1. ArchDaily
  2. Tijolo

Tijolo: O mais recente de arquitetura e notícia

A arte dos padrões: entrevista com Koen Mulder sobre tipos de tijolo e suas composições

"Bem-vindo a este estranho livro. Com todos os desenhos, ele pode parecer um manual, mas não é. O livro é tanto sobre juntas quanto sobre peças. Acima de tudo, busca a ordem que é inerente às coisas". Estas palavras fazem parte da introdução ao livro de Koen Mulder - The Thrilling Surface: The Brick Bond as a Composers Tool. Disponível em alemão, o livro de 160 páginas rigorosamente ilustradas apresenta um universo de possíveis variações de padrões que podem ser criados quando se começa a projetar.

Por esta razão, entrevistamos Koen para descobrir o que o inspirou a discutir este assunto, para entender como ele conseguiu reunir todas as informações e para visualizar o impacto que este tipo de estudo pode ter na arquitetura.

Maciço, furado, cerâmico e de concreto: tipos de tijolos e suas aplicações

Talvez o mais elementar dos materiais de construção, o termo “tijolo” é utilizado muitas vezes como sinônimo do bloco cerâmico, mas ele não se limita apenas a isso. Usar tijolos em sua construção significa optar por projetos que podem ser modulares, otimizados, e principalmente, versáteis. Este artigo explora o que são e quais as finalidades dos diferentes tipos de tijolos mais usuais na construção civil.

Residência em um espartilho de aço / ŠÉPKA ARCHITEKTI. Image © Aleš JungmannMuseu Infantil do Vidro / Coordination Asia. Image Cortesia de Coordenation AsiaCasa Torto / Taguá Arquitetura. Image © Leonardo GiantomasiCasa Bellows / Architects EAT. Image © Derek Swawell+ 18

Casa CM / Arquea Arquitetos

© Federico Cairoli© Federico Cairoli© Federico Cairoli© Federico Cairoli+ 25

  • Arquitetos: Arquea Arquitetos
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  293
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2017
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: Deplako, Marcenaria Fogaci, Olaria Dois Irmãos, Tecnica Máquinas, Toninho Esquadrias

Interiores brasileiros: 19 projetos de arquitetura com tijolo aparente

Manter os materiais em sua forma natural e aparentes nos projetos parece uma estratégia cada vez mais disseminada na prática da arquitetura contemporânea. Herdada das formulações modernas, a ideia de manter em vista os elementos que constituem as construções, além de estabelecer uma relação franca entre o usuário e o espaço construído, diversifica a paleta material das obras e pode ser uma ferramenta muito importante no momento de pensar as composições de interiores. O tijolo talvez seja o material mais aplicado nesse contexto: hoje em dia, fala-se em "revestimento" de tijolo à vista, o que leva a noção da exposição dos materiais para um outro lugar, o do ornamento, sendo reproduzido inclusive como papel de parede ou peças exclusivamente de acabamento.

Casa BLM / ATRIA Arquitetos. Imagem: © Haruo MikamiCasa dos Pórticos / BLOCO Arquitetos. Imagem: © Haruo MikamiApartamento Antônio Bicudo / Vão. Imagem: © Rafaela NettoResidência Nivaldo Borges / João Filgueiras Lima. Imagem: © Joana França+ 20

Casa Beiral / Zoom Urbanismo Arquitetura e Design

São Paulo, Brasil
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  450
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2017
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: AF Vidros, Bosch, Carpintería, Empreiteira NJL, Granitorre, +11

Reciclagem de bitucas de cigarro como matéria prima para tijolos leves

Alunos da Escola de Engenharia da Universidade RMIT publicaram recentemente um estudo experimentando uma nova forma de gerenciamento de resíduos e reciclagem. Como eles observaram em sua pesquisa, bitucas de cigarro são o item de lixo individual mais comumente descartado no mundo, com cerca de 5,7 trilhões tendo sido consumidos em todo o mundo em 2016. No entanto, os materiais das pontas de cigarro - particularmente seus filtros de acetato de celulose - podem ser extremamente prejudiciais ao meio ambiente devido à baixa biodegradabilidade. O estudo RMIT baseia-se em uma pesquisa anterior de Mohajerani et. al (2016) que experimentou adicionar pontas de cigarro descartadas a tijolos de argila para uso arquitetônico. Em sua pesquisa, os alunos da RMIT descobriram que tal medida reduziria o consumo de energia do processo de produção de tijolos e diminuiria a condutividade térmica dos mesmos, mas que outras questões, incluindo contaminação bacteriana, teriam que ser abordadas antes de uma implementação bem-sucedida. A seguir, exploramos essa pesquisa com mais detalhes, investigando sua relevância para a indústria da arquitetura e imaginando possíveis futuros de aplicação.

Bloco por bloco: 9 projetos que mostram a versatilidade do piso de tijolos

Frequentemente reconhecido como um dos materiais construtivas mais difundidos em todo o mundo, o tijolo é sem dúvidas tão versátil quanto de fácil aplicação e com baixo custo. Compondo estruturas e fechamentos nos projetos, é um material de fácil utilização, pouca manutenção e considerável resistência,  graças a sua forma de produção e disponibilidade de mão de obra no mercado. No entanto, embora componha em grande parte superfícies verticais, também apresenta excelentes propriedades quando aplicados em superficies horizontais, como é o caso dos pisos.

Tetos de tijolo criam novas possibilidades arquitetônicas

Culinária, cultura, passeios turísticos e o convívio com os habitantes locais são razões pelas quais as pessoas gostam de viajar. O fator comum que nos atrai a explorar novos lugares, no entanto, é simplesmente a chance de experimentar cidades e paisagens diferentes de nosso ambiente familiar. Por exemplo, quando os turistas chineses puderem visitar Copenhague novamente, poderão admirar as sinuosas ciclovias da capital à beira-mar, os exuberantes parques e as tradições dos tijolos escandinavos aparentes em Nyhavn. Da mesma forma, um turista dinamarquês certamente ficaria surpreso com a escala impressionante de Pequim, com mais de 9 milhões de bicicletas e a exibição da cultura chinesa antiga justaposta à sociedade moderna.

Materiais e técnicas construtivas tradicionais na arquitetura contemporânea chinesa

A arquitetura vernácula nasce da escassez, da restrição de materiais e recursos disponíveis assim como de barreiras físicas, geográficas e dificuldades para transportar matérias primas de um lugar para outro. Ela se adapta ao seu contexto, utilizando materiais locais e técnicas construtivas tradicionais. Como uma tendência sempre presente, muitos arquitetos ainda buscam inspiração no passado, e cada vez mais têm incorporado com sucesso materiais e técnicas construtivas locais em seus projetos. Este artigo pretende oferecer uma visão abrangente de como os materiais tradicionais, como tijolos e telhas de barro, pedras, bambu, estruturas de madeira e taipa estão sendo ressignificados em um movimento que talvez poderíamos chamar de “a nova arquitetura vernacular chinesa”.

Tijolos e suas cores

Morovian Church / 70F Architecture. Image © Luuk KramerHVM House / M2.senos. Image © Ivo TavaresBlack Volcano / Urban Mesh Design. Image © Charles HoseaMaria Montessori Mazatlán School / EPArquitectos + Estudio Macías Peredo. Image © Onnis Luque+ 48

O tijolo é um dos materiais mais populares para arquitetos que buscam uma estética mais rústica ou vintage tornando os projetos de apartamentos, restaurantes e lojas  mais quentes e convidativos. No entanto, a cor e o tipo de corte do tijolo podem influenciar significativamente a atmosfera que emana. Enquanto o tijolo branco se presta a um design mais minimalista, o tijolo marrom, por exemplo, tende a parecer mais rústico e terroso. Neste artigo, exploramos algumas das cores mais populares de tijolos, descrevemos formas de colori-los artificialmente e listamos projetos recentes que utilizam o material.

16 Detalhes construtivos de revestimentos em tijolos

Habitualmente, os tijolos têm sido usados na arquitetura para cumprir uma dupla função: estrutural e estética. Enquanto atuam como uma solução modular eficaz e resistente nas estruturas dos edifícios, suas faces podem ser visíveis para constituir sua imagem arquitetônica, gerando fachadas ricas em textura e cor, graças ao ferro presente na argila que os compõe.

Atualmente, há produtos que permitem mesclar a aparência atraente dos tijolos com outros sistemas estruturais, separando suas funções e entregando a liberdade necessária para que as fachadas possam mover-se criativamente em favor das condições de cada projeto e dos requisitos de seus usuários.

Casas brasileiras: 19 residências com tijolo aparente

Uma das técnicas construtivas mais difundidas no Brasil certamente é a alvenaria. O tijolo, elemento que pode compor estrutura e fechamentos nos projetos, é um material expressivo e de fácil emprego graças a sua forma de produção e disponibilidade de mão de obra em qualquer região do território nacional. 

Tijolos longos e delgados para fachadas delicadas e artesanais

Originados por volta de 7500 aC, os tijolos fazem parte da estética tradicional de muitas cidades ao redor do mundo. Ao longo de sua história, no entanto, a indústria de tijolos mudou e modernizou para permanecer relevante em termos de arquitetura. As inovações na fabricação de tijolos continuam a oferecer novas oportunidades de design, combinando o calor e o caráter dos materiais naturais com a eficiência e a estética dos edifícios modernos.

Bygdøynesveien. Image © Randers TeglFredrikstad office. Image © Randers TeglMosevænget. Image © Randers TeglEufemia. Image © Randers Tegl+ 19

Cobertura em abóbada: 15 projetos na Espanha que recuperam a tradicional técnica com tijolos

Casa JASB / Alessia Scardamaglia. Image © Nuria VilaCasa Tomás / LAB + Pepe Gascon. Image © José HeviaBeats / Nook architects + byn studio. Image © Nieve | Productora AudiovisualKaikaya / Masquespacio. Image © Luis Beltran+ 16

Em alguns casos, a cobertura pode ser o elemento de maior expressividade do projeto arquitetônico. A abóbada catalã se tornou um recurso de projeto muito popular na Espanha a partir do século XIX, apresentando-se como uma solução adequada para residências, devido ao baixo custo e grande velocidade de execução. Podendo vencer vãos de até trinta metros, essa técnica foi adaptada às necessidades da arquitetura industrial, sendo utilizada em oficinas, fábricas e armazéns.

Os melhores artigos do ArchDaily Brasil sobre tijolos

Uma lista de nossos artigos, notícias e projetos que tratam, a partir de variadas perspectivas, de um dos materiais mais amplamente empregados na arquitetura: o tijolo. 

A evolução dos robôs de alvenaria: mudando as regras da construção tradicional

A automação está rapidamente se tornando uma parte do cotidiano e das carreiras de muitas pessoas, uma tendência que de maneira alguma escapou à indústria da construção. Embora essa tecnologia cada vez mais difundida seja considerada um sintoma do século XXI contemporâneo,a tecnologia de construção automatizada pode ter uma história que remonta à década de 1960. Essa tecnologia, o robô de alvenaria, transformou-se dramaticamente desde sua realização limitada há mais de 50 anos, fragmentando-se em variações mais novas e tecnologicamente avançadas atualmente.