Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Tijolo

Tijolo: O mais recente de arquitetura e notícia

Pesquisadora desenvolve tijolo biológico a partir de urina humana

Cortesia de University of Cape Town
Cortesia de University of Cape Town

Há alguns anos nos Estados Unidos, pesquisadores estavam buscando maneiras de aplicar substâncias à base de urina sintética na fabricação de materiais de construção. Há milhares e milhares de quilômetros dali, na Universidade da Cidade do Cabo, na África do Sul, a pesquisadora Suzanne Lambert acaba de apresentar uma pesquisa muito parecida, na qual descobriu um processo de desperdício zero para produzir tijolos à base de urina humana.

Cortesia de University of Cape Town Cortesia de University of Cape Town Cortesia de University of Cape Town Cortesia de University of Cape Town + 6

MVRDV projeta reforma e ampliação de edifício histórico em Wrocław, Polônia

O MVRDV acaba de divulgar os últimos detalhes do projeto de restauro do edifício tombado na Ilha do Malte (Wyspa Słodowa), na cidade de Wroclaw, na Polônia. Conhecido como “Concordia Hub”, o projeto conservará a principal fachada histórica do edifício do século XIX, adicionando uma ampliação posterior de modo a criar uma nova frente para o parque.

A Ilha foi utilizada como base militar durante a segunda guerra mundial, quando a cidade ainda pertencia à Alemanha. Wroclaw foi a última cidade alemã a se render em 1945, semanas depois do suicídio de Adolf Hitler, quando a maioria das tropas Russas já havia chegado à Berlim, 350 km à oeste da capital da Baixa Silésia. Isso significa que praticamente todas as estruturas existentes na Ilha do Malte foram completamente destruídas durante os últimos meses da guerra e principalmente no ano seguinte, durante os primeiros meses da ocupação Soviética na nova Polônia. O projeto de restauro de uma das únicas estruturas remanescentes na Ilha do Malte, abandonada durante anos, é uma tentativa de resgatar o patrimônio histórico enquanto cria novas infra-estruturas públicas à serviço da comunidade local.

Cortesia de MVRDV Cortesia de MVRDV Cortesia de MVRDV Cortesia de MVRDV + 4

Fachada de tijolos assentados por robôs: o projeto de Carlos Ratti para o campus de ciência de Milão

A Carlo Ratti Associati acaba de divulgar os detalhes de seu projeto para o novo Campus de Ciências da Universidade de Milão. Fachadas de tijolos serão construídas por equipamentos mecânicos programados digitalmente, criando uma série de área comuns permeáveis que funcionarão como um oásis natural em meio à nova sede da tradicional universidade milanesa. Desenvolvida em parceria com o grupo australiano Lendlease, a proposta chamada de “Ciência para os Cidadãos” deverá ser implantada no novo Distrito de Inovação da cidade de Milão, aonde foi realizada a Expo Milano de 2015.

Quanto estiver pronto, o novo Distrito de Inovação deverá receber mais de 18.000 estudantes e 2.000 pesquisadores todos os dias. A proposta desenvolvida pelo escritório de Carlo Ratti procura “criar um campus aberto, um espaço para a experimentação e inovação, promovendo um intercâmbio diário entre a universidade, a cidade de Milão e seus habitantes”.

Paredes de tijolos à vista: dicas e tratamentos de manutenção

A partir da engenhosidade dos projetistas, o tijolo historicamente tem proporcionado uma diversidade de espaços habitáveis, de opacos a tramas variáveis que permitem a entrada da luz solar. Devido a fatores econômicos e por sua estética decorativa - tanto em cor quanto textura -, às vezes encontramos suas faces aparentes, evidenciando uma temática comum em muitas cidades.

Essa expressão material sincera em nossos projetos, no entanto, pode perder algumas de suas características por conta da passagem do tempo. A presença de umidade, o efeito da incidência solar e do vento podem provocar eflorescências e fungos nestes materiais porosos, que afetam a cor e desgastam suas superfícies, deteriorando suas propriedades e atrativos.

Por este motivo, indicamos abaixo uma série de dicas de manutenção e tratamentos para que você possa limpar e reparar tijolos à vista.

Conheça os melhores edifícios em tijolos de 2018

A Brick Industry Association (BIA) anunciou os vencedores do Brick in Architecture Awards 2018, entregue aos “projetos mais visionários do país incorporando tijolos de barro”. Neste ano, 19 projetos foram selecionados de um total de 88 inscrições, abrangendo as categorias comercial, educacional, paisagismo e residencial.

“Tijolos de barro oferecem flexibilidade estética ilimitada e é parte integrante de qualquer estratégia sustentável de construção de baixa manutenção”, disse Ray Leonhard, presidente e CEO da BIA.

Detalhes completos sobre os prêmios e vencedores estão disponíveis no site oficial, aqui. Abaixo, organizamos as propostas vencedoras por categoria.

The Study at University City – Philadelphia, Pennsylvania. Image © Halkin | Mason Photography Williams College Bookstore – Williamstown, Massachusetts. Image © Jeff Goldberg/Esto Freedom Walkway – Rock Hill, South Carolina. Image © Matthew Benham Photography 613 Baltic Street – Brooklyn, New York. Image © Will Femia & Christian Harder + 58

Eduardo Souto de Moura e META divulgam imagens de sala de exposições em Bruges, Bélgica

Eduardo Souto de Moura, em colaboração com o escritório META architectururbeau, divulgou imagens de um projeto de renovação urbana na cidade belga de Bruges. O Beursplein & Congresgebouw consiste em uma sala de exposições e praça pública coberta que ocupará o terreno outrora ocupado por uma feira.

O projeto de 40 milhões de euros pretende ser um catalisador para a renovação urbana no centro de Bruges, com um papel duplo de sala de exposições e centro de conferências capaz de abrigar eventos corporativos durante a semana e receber turistas nos finais de semana.

© infunctievan © infunctievan © infunctievan © infunctievan + 10

Cascata de arcos: novo projeto residencial do Penda em Tel Aviv

O escritório Penda divulgou imagens de seu edifício residencial em Tel Aviv, com arcos de tijolos e terraços escalonados. O projeto de 116 metros de altura abrigará diferentes tipologias de apartamentos, de um a quatro quartos, e coberturas de pé-direito duplo.

Para este projeto, Penda rejeitou o "genérico edifício em vidro" em favor de uma forma e uma materialidade que respondesse ao clima mediterrâneo ensolarado de Tel Aviv.

Cortesia de Penda Austria Cortesia de Penda Austria Cortesia de Penda Austria Cortesia de Penda Austria + 29

Equipe liderada por Schauman & Nordgren vence concurso para edifício de uso misto na Finlândia

Cortesia de Schauman & Nordgren
Cortesia de Schauman & Nordgren

A equipe formada por Schauman & Nordgren Architects, MASU Planning e Schauman Architects foi anunciada como vencedora do concurso de arquitetura por convite para o projeto de edifício de uso misto em uma antiga área industrial de Tampere, na Finlândia. A proposta para o “Tulli Halls” faz referência ao passado industrial da área com sua torre de vidro que se eleva sobre uma base construída em tijolo maciço, configurando um novo "marco urbano" na paisagem do centro da cidade de Tampere.

A proposta procura um equilíbrio entre o passado e o presente, assim como entre o público e o privado. O conceito do projeto parte da tentativa de criar uma arquitetura que “aponta para o futuro e respeita a herança industrial de Tampere”. Além disso, o projeto conta com um amplo espaço público para qualificar as condições de vida da população, oferecendo espaços de encontro e lazer para seus moradores e para o público em geral.

Cortesia de Schauman & Nordgren Cortesia de Schauman & Nordgren Cortesia de Schauman & Nordgren Cortesia de Schauman & Nordgren + 17

Ventilação natural e inspiração vernacular: Manuel Herz projeta expansão de hospital rural no Senegal

Manuel Herz foi selecionado para projetar a expansão do Hospital Tambacounda na zona rural do Senegal, concebido e financiado pela Josef and Anni Albers Foundation e pela American Friends of Le Korsa.

A extensão é vista como um projeto urgente para lidar com a superlotação nas instalações hospitalares da região, com as demandas de 20.000 pacientes anuais, o que resulta em hospitais superlotados e quentes, e crianças compartilhando camas em enfermarias. A Fundação descreveu Manuel Herz como a "escolha unânime" com uma abordagem que mostra "uma mistura de talento visual, compreensão prática e profundo humanitarismo."

Cortesia Manuel Herz Architects Cortesia Manuel Herz Architects Cortesia Manuel Herz Architects Cortesia Manuel Herz Architects + 4

Schmidt Hammer Lassen é selecionado em concurso para revitalização do bairro histórico de Riga

O edifício de escritórios foi inspirado nos arcos da cervejaria histórica. Image Cortesia de Schmidt Hammer Lassen Architects
O edifício de escritórios foi inspirado nos arcos da cervejaria histórica. Image Cortesia de Schmidt Hammer Lassen Architects

A firma dinamarquesa Schmidt Hammer Lassen Architects foi escolhida para projetar a reforma de Kimmel Quarter, um bairro histórico no coração da capital da Letônia, Riga, depois de um concurso internacional. O complexo da cervejaria Kimmel, do século XIX, agora em grande parte abandonado, será transformado em um centro de uso misto com um novo prédio de escritórios, hotel e uma variedade de instalações públicas. Schmidt Hammer Lassen foi um dos onze participantes, com empresas como Henning Larsen e Zaha Hadid convidados para a competição aberta.

A proposta para o distrito de 11.500 metros quadrados se manifesta como um programa vibrante e voltado ao público, que inclui academia, creche, café, praça de alimentação e spa. Uma série de pátios e praças conectam-se ao longo do esquema, ligando o antigo e o novo em uma “aparência atemporal clássica que também é singularmente contemporânea”. O projeto ficou em 2º lugar em um concurso no qual nenhum vencedor foi selecionado, uma vez que o júri avaliou que nenhuma entrada satisfez totalmente os critérios de competição. Como a entrada com melhores notas, os organizadores do concurso se comprometeram a iniciar negociações com Schmidt Hammer Lassen para refinar o projeto.

Superfícies e fachadas são construídas com tijolos reciclados. Image Cortesia de Schmidt Hammer Lassen Architects Croqui. Image Cortesia de Schmidt Hammer Lassen Architects Terraço dos escritórios. Image Cortesia de Schmidt Hammer Lassen Architects Pátios oferecem uma conexão entre o antigo e o novo. Image Cortesia de Schmidt Hammer Lassen Architects + 19

Clássicos da Arquitetura: Casa Vermelha / William Morris e Philip Webb

No coração de um subúrbio a leste de Londres, fica uma incongruente casa de campo em tijolos vermelhos. Com seus caixilhos arqueados ogivais e altas chaminés, a casa foi projetada para parecer uma relíquia da Idade Média. Na realidade, seu estilo vintage data da década de 1860. Esta é a Casa Vermelha (Red House), o lar Arts and Crafts do artista William Morris e sua família. Construída como uma refutação para uma era cada vez mais industrializada, a mensagem da Casa Vermelha foi diminuída pela passagem do tempo e, ao longo dos séculos, foi construída como um alívio em seu entorno.

O vitral, mostrando Love and Hate, foi um dos muitos desenhados por amigos e família de William Morris. Cortesia de Flickr user KotomiCreations (licensed under CC BY-NC 2.0) A porta da frente pintada é de caráter inegavelmente medieval; os vidros de vitrais não são originais. Cortesia do usuário do Flickr Kotomi Creations (licenciado sob CC BY-NC 2.0) Cortesia de Flickr user KotomiCreations (lCC BY-NC 2.0) A planta em L permite o foco no jardim. Cortesia de Flickr user Gabrielle Ludlow (licensed under CC BY-NC-ND 2.0) + 14

Pavilhão é construído com 2.000 tijolos únicos impressos tridimensionalmente

Desenvolvido por pesquisadores e estudantes da Faculdade de Arquitetura da HKU e apoiado por Sino Group, o "Ceramic Constellation Pavilion" é construído sobre uma estrutura de madeira que suporta uma série de "paredes" formadas por cerca de 2.000 tijolos de barro. Cada um desses componentes individuais é único e foi fabricado com tecnologia robótica e impressão em 3D, permitindo gerar diferentes tipos de transparência e opacidade em suas diferentes faces.

© Christian J. Lange © Christian J. Lange © Christian J. Lange © Christian J. Lange + 32

A obra do arquiteto argentino Eduardo Sacriste: entre a educação e a construção de habitações populares

Casa Schujman. © Lucía Mariotto Casa Schujman. © Lucía Mariotto © Lucía Mariotto Casa Schujman. © Lucía Mariotto + 14

O marco teórico e material na arquitetura de Eduardo Sacriste deixou um legado importante para os estudantes de arquitetura e os profissionais argentinos. Sua obra, que teve lugar entre a prática e o ensino, evidencia um arquiteto enquadrado nas tendências do movimento moderno, mas que valoriza a arquitetura e os costumes de seus habitantes locais.

Pondo um particular foco de atenção na capacidade da arquitetura como um meio de transformação social, sua atenção focou-se na habitação popular e vernacular argentina. Os projetos que desenvolveu são vistos principalmente na província de Tucuman, e são o resultado de um equilíbrio entre o simples, o eficiente e o reflexivo. A partir disso, considerava que a arquitetura deveria responder aos modos de vida das pessoas, e não às características do autor da arquitetura. Uma arquitetura que humilde, trabalhando com o sentido da razão e da economia.

V8 Architects projeta a maior torre residencial de Roterdã

O horizonte de Roterdã está prestes a receber um novo marco: a torre Cooltoren, de 150 metros de altura, projetada pelo escritório V8 Architects que, após a conclusão, se tornará a torre residencial mais alta do centro da cidade. Localizado no bairro de Baan, o projeto visa integrar-se no tecido urbano pós-guerra do distrito e incorporar as características históricas de duas camadas de Roterdã - a do solo e a do skyline.

Cortesia de V8 Architects Cortesia de V8 Architects Cortesia de V8 Architects Cortesia de V8 Architects + 27

Restauro do campanário e abóbada principal da Igreja do Sagrado Coração de Jesus em Tarragona, Espanha

O objeto do restauro foi a igreja do Sagrado Coração de Jesus, em Vistabella, obra do arquiteto Josep Maria Jujol, cujo projeto original data de 1917 e a construção de 1923. O edifício é uma magnífica e exclusiva obra inscrita na arquitetura catalã modernista. Uma verdadeira joia.

A pobreza dos materiais empregados, basicamente tijolos, argamassa e pedra, contrasta com a espetacular riqueza formal das soluções construtivas e estruturais: colunas, arcos e abóbodas conformam um espaço interior complexo, pessoal, rico, mágico e surrealista próprio do misticismo de Jujol, arquiteto, desenhista e pintor genial.

© Santi Prats i Rocavert   © Santi Prats i Rocavert   © Santi Prats i Rocavert   © Santi Prats i Rocavert   + 23

100 Fotografias minimalistas de cores e detalhes na arquitetura argentina

Texturas, cores e detalhes registrados por @hernanmat, a partir de uma considerável quantidade de fotografias minimalistas, evidenciam uma série de repetições e elementos característicos da arquitetura local, tradicional e popular da Argentina.

A coleção fotográfica é de certa maneira uma reflexão e um ponto vista sobre o papel que ocupam diferentes componentes da arquitetura argentina na memória coletiva.

A seguir, veja uma seleção das fotografias de @hernanmat.

Shigeru Ban Architects divulga imagens da maior torre híbrida de madeira do mundo

Imagens da torre híbrida de madeira mais alta do mundo, concebida pelo escritório Shigeru Ban Architects, foram divulgadas pela incorporadora PortLiving, com sede em Vancouver. Nomeada "Terrace House", a torre será localizado no bairro Coal Harbour de Vancouver, adjacente ao histórico Evergreen Building, do arquiteto Arthur Erickson. O projeto da "Terrace House" homenageia seu vizinho, fazendo uso de formas triangulares, materiais naturais e uma abundância de vegetação.

Terrace House (behind) with the Evergreen Building in the foreground. Image Cortesia de PortLiving Terrace House model. Image Cortesia de PortLiving Terrace House. Image Cortesia de PortLiving The adjacent Evergreen Building, designed by Arthur Erickson. Image © Flickr user jmv. Licensed under CC BY 2.0 + 5

Parede de tijolos artesanal inspira-se em ondas sonoras na água

A empresa de arquitetura alemã 22quadrat inspirou-se no efeito visual criado por ondas sonoras que se deslocam através da água ao projetar "impulsos", uma parede de tijolos no pátio interior do Complexo Residencial Pallotti em Freising, na Alemanha. Os arquitetos derivaram o conceito de uma metáfora; um único tijolo é como uma única partícula, quase não visível por si só, mas capaz de um impacto muito maior quando combinado com outros.

© 22quadrat gmbh © 22quadrat gmbh © 22quadrat gmbh © 22quadrat gmbh + 19