1. ArchDaily
  2. Artigos

Artigos

Técnica e Aparência: o Desafio do Presente / David Leatherbarrow

As Tics e sua integração com a vida do homem: uma oportunidade para regenerar o espaço público?

É evidente que hoje em dia o "espaço público - a tradicional praça" já não é um grande atrativo para a sociedade contemporânea, que cresceu com a revolução das telecomunicações, o nascimento da internet e conectada com as redes sociais. Já não faz falta um entorno físico para realizar atos básicos cotidianos como informar-se, comunicar-se, comprar e muitos outros, fazendo com que o espaço público se encontre destituído de sua necessidade funcional e por isso perca valor dentro da trama urbana.

Oito técnicas para fazer das cidades lugares realmente transitáveis

Ao longo dos anos, já não nos impressiona saber que a frota tem crescido de uma forma assustadora. Isso se reflete em uma recente medição do Instituto Nacional de Estatística (INE), que mostra que, nos últimos cinco anos, este setor teve um aumento de 30%.

A Intersecção B / Kim Myung Hyun

Este sistema de mobiliário criado pela designer coreana Kim Myung Hyun busca economizar espaço mediante distintas combinações das diferentes peças. Como o número da tribo dos independentes aumenta, novas alternativas de móveis para pessoas solteiras são introduzidos no mercado. Geralmente são pessoas ativas no gasto de dinheiro para eles mesmos, e preferem um mobiliário que reflita os seus gostos. Além disso, buscam produtos otimizados para uma eficiente utilização do espaço.

Guía de Presentes de Natal para Arquitetos

Chegou mais um fim de ano, época de celebrações e também de  muita correria em busca do presente ideal.

Cadeira Echosim / JaeYoung Jang

Echosim é uma cadeira criada pelo designer coreano JaeYoung Jang inspirada nas cordas e som de um violão. O som é um presente especial. É uma ferramenta para expressar as emoções e a mente, e uma ferramenta para permitir a experiência de emoções diferentes. Pensada como um objeto de arte, o som pode criar novas histórias através do seu encontro com os usuários desta obra. 

Procura-se conferencistas que falem de Luz na Enlighten Americas 2013

A Associação Internacional de Designers de Iluminação (IALD) está procurando especialistas para apresentarem-se na Enlighten Americas 2013. Enlighten Americas ocorrerá de 3 à 5 de outubro de 2013, no Hyatt Regency Montréal, em Quebec, Canadá. O prazo apra apresentar uma proposta como conferencista é até o dia 18 de Janeiro de 2013.

Mais informações a seguir.

Cadeira South beach / OD Design

Quem nunca relaxou em uma famosa cadeira Adirondack? Este grande clássico da América do Norte foi um êxito devido a sua comodidade e sua forma, bastante avançada para seu tempo. A cadeira South Beach, do estúdio de design OD Design, adota estas características atualizando o design.

Cinema e Arquitetura: "Grande Hotel"

Recentemente exibido no Arquitectura Film Festival Santiago de Chile 2012, o documentário "Grande Hotel" mostra o decadente estado atual de um hotel de 12000 m², ostentoso e imponente, construído em 1955 nas costas da colônia portuguesa de Beira, em Moçambique. A diretora Lotte Stoops contrapõe imagens da época - que ilustram a majestosidade de seus espaços interiores e jardins - com material contemporâneo que coloca em evidência a transformação do edifício 60 anos mais tarde, onde atualmente vivem em suas ruínas mais de 2500 pessoas que tentar seguir a diante.

FICHA TÉCNICA

Titulo original: Grande Hotel
Ano: 2010
Duração: 70 min.
Origem: Bélgica, Moçambique
Diretor: Lotte Stoops
Produtor: Ellen De Waele
Co-Produtor: Denis Vaslin
Diretor de Fotografia: Joao Robeiro
Produção: Serendipity films, Volya Films

Do abandono ao interesse público: Sete casos de reconversão urbana

Enquanto em algumas cidades os edifícios abandonados são demolidos para serem erguidos novos projetos nem sempre reivindicam o caráter público nem comunitário de um lugar, existem outros que o fazem. estes casos de revitalização urbana validam o direito a cidade por parte de seus habitantes e lhe dão uma nova concepção do espaço público, como lugar de encontro, identificação e entretenimento.

Bookworm / Atelier 010

Bookworm é a resposta escultórica do escritório de arquitetura Atelier 010 ao encargo de projetar e produzir uma estante orgânica. Devido a sua forma curva, o mobiliário oferece também um lugar para sentar e relaxar.

O Amanhecer de uma cidade moderna

A cidade do século XIX é produto da Revolução Industrial. Os efeitos do abandono das áreas rurais e das condições extremas de aglomeração foram os temas centrais aos quais buscou dar respostas. Em Buenos Aires, o problema da cidade era sua concentração populacional e sua pressa de crescimento. A pobreza historicamente tem sido um mal endêmico, mas se redimensionou quando milhares de ricos tomaram contato com milhares de pobres.

Conheça a artista por trás desses surpreendentes playgrounds

Wonder Space II, by Toshiko Horiuchi MacAdam and Interplay, at Hakone Open Air Museum. Photo © Masaki Koizum.
Wonder Space II, by Toshiko Horiuchi MacAdam and Interplay, at Hakone Open Air Museum. Photo © Masaki Koizum.

Toshiko Horiuchi MacAdam é conhecida por seus enormes e coloridos esculturas/playgrounds. O exemplo mais famoso de seu trabalho é a extensa estrutura-rede dentro do Pavilhão "Woods of Net" Pavilion no Hakone Open Air Museum no Japão - na qual Horiuchi MacAdam tricota, inteiramente a mão, no período de um ano.

Nós reservamos um momento para conversar com a Sra. Horiuchi MacAdam sobre o Pavilhão e seus outros trabalhos, como eles ligam o mundo da arte e da arquitetura, e como eles convidam o mundo para brincar. Você pode ler a entrevista, e ver mais imagens dessas estruturas fantásticas, abaixo...

© Masaki Koizum© Masaki KoizumWonder Space II, by Toshiko Horiuchi MacAdam and Interplay, at Hakone Open Air Museum. Photo © Masaki Koizum.Wonder Space II, by Toshiko Horiuchi MacAdam and Interplay, at Hakone Open Air Museum. Photo © Masaki Koizum.+ 19

Eduardo Souto de Moura Sketchbook No.76

Sketchbook No. 76 é a reprodução de um caderno de desenho do arquiteto renomado Português e laureado com o Prêmio Pritzker do ano passado, Eduardo Souto de Moura. O caderno estava em uso entre setembro de 2011 e janeiro de 2012, e registra as primeiras ideias, esboços, estudos e anotações espontâneas que oferecem um ponto de partida para cada projeto, mas também a função como um recurso de trabalho. Pode-se literalmente experimentar o processo de projeto arquitetônico e o desenvolver de idéias existentes em diferentes variantes. Sketchbook No. 76 é uma homenagem ao meio do desenho e manifesta que este método de trabalho continua a ser um elemento essencial do processo criativo.

Vídeo: Dialogar com a luz por Antoni Arola

Sentado em sua mesa de trabalho, rodeado de seus “objets trouvés”, seus livros, sua luz, Antoni Arola expressa nesta entrevista como aborta o processo de criação de uma luminária, o caminho que segue para passar da ideia primária a um objeto de iluminação com entidade própria. Fala de sua forma de olhar, sua forma de fazer... de como se deve olhar para enxergar o que não há. E de seu desejo de alcançar em cada projeto seu objetivo: domesticar a luz, fazer com que seja próxima, encontrar o arquétipo que a converte em universal e atemporal.

Mais informação a seguir.

Coleção Bento / Form us with Love

O estúdio de design Form us With Love foi encarregado por ONFC para desenhar a primeira peça desta coleção, e eles decidiram começar pelo móvel mais emblemático que existe: a cadeira. Estas são particularmente complicadas porque é difícil encontrar um estilo que se sente que é genuinamente novo. Mas como a ONFC tem um novo enfoque como empresa, sentiram que era uma oportunidade para acrescentar algo novo no universo das cadeiras. Como projetistas, em geral enquanto mais limitações existem, melhor será o produto final.

Oscar Niemeyer, por Vinicius de Moraes

Quando documentar não é suficiente: obras, datas, reflexões e construções teóricas / Ruth Verde Zein

É preciso respeitar os documentos. Mas os documentos não falam por si mesmos: aguardam ser interpretados. E nunca é demais lembrar, como bem apontou Marina Waisman, que “se bem os objetos da reflexão provém da realidade, a problemática que comportam não se revela neles de um modo direto e evidente; será a reflexão que há de descobrir ou revelar problemas e questões que subjazem na realidade fática, pois o ato de formular questões ou perguntas se apoia em conceitos, em ideias; com base neles é que se produzem as descobertas; e logo será a práxis que responderá – positiva ou negativamente – às perguntas ou exigências formuladas pela reflexão”.[1]

Em Detalhe: Jardim Vertical na Clínica USP Sagrado Corazón, Sevilla / Terapia Urbana

Fernando Hidalgo Romero, do Terapia Urbana nos forneceu seu projeto do jardim vertical de 40 m², incluído na ampliação da Clínica Coração Sagrado USP de Sevilha, realizada pelos arquitetos do estúdio Penteado Arquitetos Este é o primeiro jardim vertical localizado em um centro hospitalar em toda a Europa e sua implementação foi concluída no início de setembro.

Mais informações e fotos abaixo.

Courtesia de Terapia UrbanaCourtesia de Terapia UrbanaCourtesia de Terapia UrbanaCourtesia de Terapia Urbana+ 19

Oscar Niemeyer: Em suas próprias palavras

Para homenagear o nosso grande arquiteto, organizamos uma série de frases célebres proferidas pelo mestre sobre arquitetura, política e a vida  ao longo de seus 104 anos. Veja a seguir nossa seleção:

"O importante não é sair da escola como profissional competente, mas estar consciente dos problemas da vida, desta miséria imensa que precisa ser eliminada."

Loop / Pivot Creative

LOOP, criado pela designer Paula Colchero e o arquiteto José Subero, do escritório Pivot Creative, é um assento que reinventa o conceito de mobiliário urbano com uma presença leve e surpreendente. LOOP é descrito pelos designers como “uma grande tira de tecido que passa por um anel de suporte criando cinco aros que atuam como assentos”.

Poesia e Arquitetura: Igual-Desigual / Carlos Drummond de Andrade

Eu desconfiava:
todas as histórias em quadrinho são iguais.
Todos os filmes norte-americanos são iguais.
Todos os filmes de todos os países são iguais.
Todos os best-sellers são iguais.
Todos os campeonatos nacionais e internacionais de futebol são
iguais.
Todos os partidos políticos
são iguais.
Todas as mulheres que andam na moda
são iguais.
Todas as experiências de sexo
são iguais.
Todos os sonetos, gazéis, virelais, sextinas e rondós são iguais
e todos, todos
os poemas em verso livre são enfadonhamente iguais.

Todas as guerras do mundo são iguais.
Todas as fomes são iguais.
Todos os amores, iguais iguais iguais.
Iguais todos os rompimentos.
A morte é igualíssima.
Todas as criações da natureza são iguais.
Todas as ações, cruéis, piedosas ou indiferentes, são iguais.
Contudo, o homem não é igual a nenhum outro homem, bicho ou
coisa.
Não é igual a nada.
Todo ser humano é um estranho
ímpar.

Arquitetura Desmembrada / Anthony Vidler

  • Meu corpo está em todo lugar: a bomba que destrói minha casa também danifica meu corpo, na medida em que a casa já era uma indicação do meu corpo
  • [ Jean-Paul Sartre, O Ser e o Nada ]

Poesia e Arquitetura: Altazor, Canto III / Vicente Huidobro

Basta senhora arpa das belas imagens
Dos furtivos comos iluminados
Outra coisa outra coisa buscamos
Sabemos pousar um beijo como um olhar
Plantar olhares como árvores
Enjaular árvores como pássaros
Regar pássaros como heliotrópios
Tocar um heliotrópio como uma música
Esvaziar uma música como um saco
Degolar um saco como um pingüim
Cultivar pingüins como vinhedos
Ordenhar um vinhedo como uma vaca
Desarvorar vacas como veleiros
Pentear um veleiro como um cometa
Desembarcar cometas como turistas
Enfeitiçar turistas como serpentes
Colher serpentes como amêndoas
Despir uma amêndoa como um atleta
Lenhar atletas como ciprestes
Iluminar ciprestes como faróis
Aninhar faróis como calhandras
Exalar calhandras como suspiros
Bordar suspiros como sedas
Derramar sedas como rios
Tremular um rio como uma bandeira
Desplumar uma bandeira como um galo
Apagar um galo como um incêndio
Vogar em incêndios como em mares
Segar mares como trigais
Repicar trigais como campanas
Dessangrar campanas como cordeiros
Desenhar cordeiros como sorrisos
Engarrafar sorrisos como licores
Engastar licores como jóias
Eletrizar joias como crepúsculos
Tripular crepúsculos como navios
Descalçar um navio como um rei
Pendurar um rei como auroras
Crucificar auroras como profetas
Etc, etc, etc.
Basta senhor violino afundado num ola ola
Cotidiana onda de religião miséria
De sonho em sonho possessão de pedrarias

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.