Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Andrés Jaque

Andrés Jaque: O mais recente de arquitetura e notícia

Projetos de pequenos cafés: 20 exemplos com plantas e cortes

Cortesía de xm3 Cortesía de Andrés Jaque Cortesía de Office AIO Cortesía de I Like Design Studio + 59

O projeto de interiores de um café pode impulsionar ou afundar o negócio. Com um projeto convidativo, pode-se transformar a simples xícara de café em uma experiência maravilhosa. No entanto, quando se dispõe de apenas alguns metros quadrados e várias máquinas para alocar, não é fácil encontrar uma configuração espacial eficiente.

Para ajudar você a aproveitar melhor os pequenos espaços, reunimos uma seleção de 20 projetos de pequenos cafés, acompanhados pelos seus desenhos de planta.

Andrés Jaque é o novo diretor do programa de projeto avançado da Columbia GSAPP

A Decana Amale Andraos da Columbia GSAPP anunciou a nomeação de Andrés Jaque como o novo diretor do programa de Mestrado em Projeto Avançado de Arquitetura (AAD). Jaque é o fundador do Office for Political Innovation, com sede em Madri, e leciona na Columbia GSAPP desde 2013.

A  partir de junho, Jaque sucederá o professor associado Enrique Walker, que dirigiu o programa de 2008 a 2018. "Estou muito agradecido pela visão e dedicação que Walker trouxe ao programa durante sua direção", reconheceu Andraos. "Enrique estabeleceu um forte legado de trazer abordagens experimentais para pesquisa e projeto e construiu um programa firmemente embasado na formação de posições através do projeto", acrescentou.

Andrés Jaque apresenta uma nova versão da famosa série 'Sex and the City'

No início deste mês, no Storefront for Art and Architecture em Nova Iorque, foi lançada "Sex and the So-Called City", uma versão alternativa de famosa série de televisão Sex and the City, produzida pelo arquiteto Andrés Jaque / Office for Political Innovation em colaboração com Miguel de Guzmán (Imagen Subliminal) por ocasião do 20° aniversário do seriado.

Brasil, Chile e Argentina entre os 70 projetos selecionados para a Bienal de Design de Istambul 2016

No final de outubro inaugura a 3° Bienal de Desenho de Istambul e a instituição responsável por sua organização, IKSV, apresentou uma lista completa dos projetos e participantes. Curado por Beatriz Colomina e Mark Wigley, a bienal se apresenta sob o título "Somos humanos? O design das espécies: 2 segundos, 2 dias, 2 anhos, 200 anhos, 200.000 anhos" para discutir uma importante exigência: o desenho necessita ser redesenhado.

Brasil, Chile e Argentina serão representados na lista de 70 projetos dos 5 continentes, a cargo de desenhistas, arquitetos, artistas, teóricos, coreógrafos, historiadores, cineastas, cientistas, laboratórios, institutos e ONGs. As exposições serão espacializadas por Andrés Jaque + Office for Political Innovation em cinco espaços principais: a Escola Primária Grega de Galata, Studio-X Estambul, Depo (ambos em Karaköy), Alt Art Space (Bomonti) e os Museus Arqueológicos de Istambul (Sultanahmet).

Andrés Jaque vence o Prêmio Friederick Kiesler de Arquitetura e Arte 2016

Na manhã de hoje em Viena, o júri do Prêmio Friederick Kiesler de Arquitetura e Arte 2016 divulgou o nome do vencedor de sua décima edição: Andrés Jaque, primeiro espanhol a receber a honraria. 

Concedido alternadamente pela República da Áustria e a cidade de Viena, o prêmio celebra as "realizações extraordinárias na arquitetura e nas artes que tenham a ver com o posicionamento experimental e inovador de Frederick Kiesler e sua teoria das 'artes correlativas', transcendendo os limites entre as disciplinas tradicionais", de acordo com o estatuto do concurso. 

OJALÁ / Andrés Jaque

© Miguel de Guzmán © Miguel de Guzmán © Miguel de Guzmán © Miguel de Guzmán + 19

Remodelação  · 
Madrid, Espanha
  • Arquitetos: Andrés Jaque
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano: 2014

Como Andrés Jaque, vencedor do MoMA PS1, planeja politizar a água

Seguindo a tradição dos vencedores do MoMA PS1 Young Architects Program, o plano de Andrés Jaque para "COSMO" aborda uma necessidade ecológica através de uma instalação arquitetônica. Enquanto o "Hi-Fi" de 2014 explorava o uso de tijolos orgânicos e o projeto "Wendy" de 2012 abordava a poluição atmosférica, Jaque pretende lidar com algo aparentemente muito mais político: a água. Esse artigo, originalmente publicado pela Metropolis Magazine como "The Politics of Water: Andrés Jaque on His 2015 MoMA PS1 YAP Winning Design", examina como Jaque espera transformar sua instalação em um ponto de discussão política.

À primeira vista, o Janicki Omniprocessor de Bill Gates e a proposta vencedora de Jaque para o MoMA PS1 Young Architects Program (YAP) de 2015 compartilham o mesmo objetivo - ambos abordam o problema de escassez de água no mundo, que foi potencializada por mudanças climáticas, disputas políticas e diversos outros fatores. Mas enquanto o Omniprocessor se parece com uma fábrica de cimento em miniatura, o projeto de Jaque une seu objetivo social - mudar o modo como compreendemos a infraestrutura contemporânea de água - a uma estética quase psicodélica.

Andrés Jaque vence a edição 2015 do MoMA PS1 Young Architects Program (YAP)

O projeto COSMO, de Andrés Jaque / Office for Political Innovation, foi selecionado pelo Museum of Modern Art e pelo MoMA PS1 como vencedor da 16ª edição do Young Architects Program’s (YAP) em Nova Iorque. Com inauguração programada para o final de junho, a tempo para o MoMA PS1’s 2015 Warm Up, COSMO servirá como um "artefato móvel" cuja missão é proporcionar água potável para a população mundial.

"A proposta desse ano toma um dos requisitos essenciais do Young Architects Program - proporcionar uma fonte de água para lazer e diversão - e destaca a própria água como um recurso escasso", disse Pedro Gadanho, Curador do Departamento de Arquitetura e Design do MoMA. "Baseando-se em componentes comerciais de origem agro-industrial, uma exuberante arquitetura móvel celebra os processos de purificação da água, fazendo deles o pano de fundo das sessões do Warm Up."

Andrés Jaque e o reconhecimento de um (tele)urbanismo radical

Andrés Jaque e seu escritório Office for Political Innovation receberam o Leão de Prata na categoria Melhor Projeto de Pesquisa na Bienal de Veneza deste ano pelo trabalho SALES ODDITY. Milano 2 e a Política de Urbanismo Direct-to-Home TV.

Numa recente edição do suplemento Babelia do jornal espanhol El País, o arquiteto escreve sobre a pesquisa, postulando que a origem do poder de Silvio Berlusconi - polêmico magnata italiano e ex Primeiro Ministro a Itália - foi forjada em seus projetos de urbanização nos anos setenta, formulando um "urbanismo radical, projetado para isolar a população em setores homogêneos e para eliminar a política das relações entre consumo e produção."

A seguir, saiba mais sobre SALES ODDITY, pesquisa premiada na Bienal de Veneza.

Andrés Jaque e o reconhecimento de um (tele)urbanismo radical ALES ODDITY. Milano 2 e a Política de Urbanismo Direct-to-Home TV na Bienal de Veneza 2014. Imagem © Miguel de Guzmán Silvio Berlusconi, magnata italiano, proprietário da equipe AC Milan e ex Primeiro Ministro em três ocasiões. Imagem © segnale orario (Flickr) ALES ODDITY. Milano 2 e a Política de Urbanismo Direct-to-Home TV. Cortesia de Andrés Jaque / Office for Political Innovation + 8

Bienal de Veneza 2014: SALES ODDITY / Andrés Jaque, Leão de Prata pela melhor pesquisa

Na década de 1970 as dinâmicas sociais, políticas e econômicas na Itália começaram a dar forma a uma nova realidade urbana: por uma lado, a televisão estava influenciando profundamente a sociedade italiana, convertendo-se em parte fundamental do cotidiano; por outro, a tensão social resultante das manifestações estudantis e a imigração acelerada estavam começando a impactar as cidades de modo caótico. Estas dinâmicas foram abrindo caminho para Milano Due, uma nova cidade nos arredores de Milão, que prometia um novo e idílico urbanismo.

O complexo promovido como a "cidade dos números 1" parecia, à primeira vista, um bairro tradicional, porém, o empreendimento conseguiu colocar em prática alguns dos preceitos do modernismo. Suas 2.600 unidades habitacionais contavam com acesso a educação e entretenimento dispostos em torno de um jardim e lago artificiais e se conectavam através de circulações peatonais elevadas. No subsolo, o complexo abrigava os estúdios da primeira emissora de televisão privada da Itália, um aspecto que, de certa forma, moldou a vida dos habitantes de Milano Due e, posteriormente, se espalhou por toda a sociedade italiana. 

Tupper Home / Andrés Jaque

© Miguel de Guzmán © Miguel de Guzmán © Miguel de Guzmán © Miguel de Guzmán + 16

Casas  · 
Madri, Espanha
  • Arquitetos: Andrés Jaque
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano: 2007

Andrés Jaque apresenta seu livro "Doces Áreas Cotidianas" de 17 janeiro - 16 fevereiro

Andrés Jaque, recentemente eleito pelo MoMa Museu de Arte Moderna de Nova York para exibir seu trabalho "IKEA Desobedientes" como a primeira situação arquitetônica incorporada e exposta em sua coleção, apresenta esta quinta-feira 17 janeiro de 2013 às 21:00 em Lugadero (C/Correduría 5A, Sevilla), o livro "Doces Áreas Cortidianas" e inaugura a exposição do mesmo nome que narra a trajetória de seu trabalho através de seu universo gráfico particular.

Este livro é o segundo título da coleção "unodecien"em que cada exemplar é numerada e assinada pelo autor, tornando-se um objeto literário único.

Escaravox / Andres Jaque Architects

© Miguel de Guzmán

Ikea Disobedients de Andrés Jaque Arquitectos, adquirido pelo MoMA