Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Alvar Aalto

Alvar Aalto: O mais recente de arquitetura e notícia

Analisando o "Manual of Section": o desenho arquitetônico mais intrigante

Para Paul Lewis, Marc Tsurumaki e David J. Lewis, o corte "é muitas vezes entendido como um tipo simplificado de desenho, produzido no final do processo de concepção para descrever condições estruturais e materiais para a etapa da construção."

Esta é uma definição muito familiar para a maioria das pessoas que estudam ou trabalham com a arquitetura. Muitas vezes pensamos primeiramente na planta baixa, pois nos permite abraçar as expectativas programáticas de um projeto e fornecer um resumo das várias funções necessárias. Na idade moderna, programas de software de modelagem digital oferecem cada vez mais possibilidades quando se trata de criar objetos tridimensionais complexos, tornando o corte uma reflexão ainda mais tardia.

Com o seu Manual of Section (Manual do Corte) lançado em 2016, os três sócios fundadores do LTL architects apresentam o corte como uma ferramenta essencial no projeto arquitetônico, e vamos admitir isso, essa leitura pode fazer você mudar de ideia sobre o tema. Para os co-autores, "pensar e projetar o corte requer a construção de um discurso sobre ele, reconhecendo-o como um local de intervenção." Talvez, na verdade, precisamos entender as capacidades dos desenhos em corte tanto para usá-los de forma mais eficiente, quanto para desfrutar ao fazê-los.

Bagsværd Church by Jørn Utzon (1976). Published in Manual of Section by Paul Lewis, Marc Tsurumaki, and David J. Lewis published by Princeton Architectural Press (2016). Image Courtesy of LTL Architects Notre Dame du Haut by Le Corbusier (1954). Published in Manual of Section by Paul Lewis, Marc Tsurumaki, and David J. Lewis published by Princeton Architectural Press (2016). Image Courtesy of LTL Architects United States Pavilion at Expo '67 by Buckminster Fuller and Shoji Sadao (1967). Published in Manual of Section by Paul Lewis, Marc Tsurumaki, and David J. Lewis published by Princeton Architectural Press (2016). Image Courtesy of LTL Architects The Solomon R. Guggenheim Museum by Frank Lloyd Wright (1959). Published in Manual of Section by Paul Lewis, Marc Tsurumaki, and David J. Lewis published by Princeton Architectural Press (2016). Image Courtesy of LTL Architects + 15

Guia de arquitetura: 20 obras de Alvar Aalto

O arquiteto finlandês Alvar Aalto foi pioneiro em design e arquitetura modernos a partir de formas orgânicas e materiais naturais. Quando decidiu que seria arquiteto, mudou-se para Helsinque, único lugar do país onde se podia estudar arquitetura na época. Ao longo de sua carreira, ergueu obras em diversos países, deixando um amplo legado para a arquitetura moderna. A seguir, mapeamos 20 de suas obras que deveriam ser visitadas por todo estudante e profissional de arquitetura.

10 Projetos do ArchDaily que você pode reservar no Airbnb

ArchDaily e Airbnb foram fundados no mesmo ano, 2008, porém com propósitos muito diferentes. Desde então, o ArchDaily acumulou uma vasta base de dados com milhares de projetos localizados em cidades e países de todo o mundo. O Airbnb, por outro lado, revolucionou a forma como exploramos os países e habitamos os edifícios, mesmo se for por uma única noite.

Enquanto para os amantes da arquitetura foram oferecidas ocasionalmente experiências muito limitadas através do Airbnb, como a estadia de uma noite na Grande Muralha da China ou uma visita arquitetônica ao Estádio Olímpico de Tóquio 2020, cortesia de Kengo Kuma, a lista de obras disponíveis na plataforma possui ainda mais jóias arquitetônicas agora disponíveis para reserva.

Kubuswoningen / Piet Blom. Imagem © Dirk Verwoerd Residência Ex of In / Steven Holl Architects. Imagem © Paul Warchol Sky Pods / Natura Vive. Imagem © Airbnb VillaLóla / ARKÍS architects. Imagem © ARKÍS architects + 52

Clássicos da Arquitetura: Edifício da Universidade de Jyväskylä / Alvar Aalto

Jyväskylä, uma cidade cujo status como centro da cultura e da academia finlandesa durante o século XIX obteve o apelido de "Atenas da Finlândia", contratou Alvar Aalto para projetar um campus universitário digno do patrimônio cultural da cidade em 1951. Construído em torno das instalações pré-existentes do Athenaeum da Finlândia, a nova universidade seria projetada com grande cuidado para respeitar seu ambiente natural e institucional.

A cidade de Jyväskylä era familiar para Aalto; Ele se mudou para lá quando criança com sua família em 1903 e retornou para formar seu escritório na cidade depois de se qualificar como arquiteto em Helsinque no ano de 1923. Ele conhecia bem o Seminário de professores de Jyväskylä, que tinha sido um bastião do estudo da língua finlandesa desde 1863. Essa instituição era eminentemente importante em um país que passara a maior parte de sua história como parte da Suécia ou da Rússia. Como tal, o ensino do finlandês foi considerado parte integrante do despertar da identidade nacional do país incipiente. [1]

© Nico Saieh © Nico Saieh © Nico Saieh © Nico Saieh + 24

Sete arquitetos famosos e seus curiosos primeiros empregos

Envelhecer é, sem dúvida, importante no campo da arquitetura. Apesar do que se diz, a profissão pode pagar relativamente bem - assumindo que você já trabalha há algumas décadas. Mesmo Bjarke Ingels, provocador e criador de vídeos, que fez parte de um documentário do Netflix e fundador do ultra-contemporâneo BIG não é um milenar; com 42 o dinamarquês é nove anos mais velho do que Mark Zuckerberg.

Como resultado, é comum levar uma vida complexa antes de encontrar fama arquitetônica e muitos dos arquitetos mais bem sucedidos do mundo começaram suas carreiras em um campo completamente diferente. Se você ainda não conseguiu o seu trabalho dos seus sonhos, fique tranquilo e confira a lista dos primeiros trabalhos de arquitetos famosos.

Clássicos da Arquitetura: Câmara Municipal de Säynätsalo / Alvar Aalto

Ocupando o centro de uma pequena cidade agrícola na Finlândia, a Câmara Municipal de Säynätsalo pode parecer quase monumental demais para o seu contexto. Projetada por Alvar Aalto em 1949, a prefeitura é um estudo em oposição: elementos do classicismo e do monumental misturados com a modernidade e a intimidade para formar um novo ponto central coeso para a comunidade. Estes e outros aspectos do projeto inicialmente se mostraram divisivos, e a Câmara Municipal não esteve fora de controvérsias desde a sua criação.

Cortesia de Flickr user Leon Cortesia de Wikimedia user Zache © Wittenborn & Company Cortesia de Flickr user Leon + 13

Por dentro das estranhas vidas pessoais de arquitetos famosos

Os arquitetos famosos são muitas vezes vistos mais como enigmas do que como pessoas mas, mesmo assim, os maiores nomes escondem escândalos e tragédias da vida cotidiana. Como celebridades, muitos dos mais famosos arquitetos do mundo enfrentaram rumores e, até hoje, há dúvidas sobre a verdade de alguns de seus assuntos particulares. Clientes e colegas que frequentavam seus estúdios puderam ver um pouco de suas vidas pessoais, mas, às vezes, a força da personalidade que muitas vezes vem com gênio criativo impede uma percepção mais detalhada. No entanto, o fato é que a vida desses arquitetos era mais do que a soma dos seus edifícios.

Alvar Aalto: Em busca de uma arquitetura local moderna

Alvar Aalto é frequentemente lembrado como um dos maiores nomes da arquitetura moderna, tendo, talvez como nenhum outro, mesclado com sucesso elementos de sua própria cultura e território - Finlândia - com referências de diversas partes do mundo. Dedicado tanto à arquitetura como ao design de móveis e utensílios, Aalto escapou da frieza, da arestas e da ordem cartesiana impostas pela modernidade e inclinou sua produção a um caminho que considerava as formas naturais dos lagos, troncos de árvores e a "perfeita imperfeição do natural": sua obra buscava o real.

Em foco: Alvar Aalto

“Tornar mais humana a arquitetura significa fazer uma arquitetura melhor e alcançar um funcionalismo muito mais amplo que o puramente técnico."

Clássicos da Arquitetura: Casa da cultura / Alvar Aalto

Originalmente construída como a sede do Partido Comunista Finlandês, a Casa da Cultura (Kultuuritalo em finlandês) se estabeleceu desde então como uma das mais populares salas de concerto de Helsinki. [1] Composta por um bloco retilíneo de escritórios revestido em cobre, um auditório curvo de tijolos e uma grande cobertura que os une, a Casa da Cultura representa o auge do trabalho de Alvar Aalto com a arquitetura em tijolos vermelhos na década de 1950.

Os estranhos hábitos de arquitetos renomados

Os arquitetos famosos são fáceis de admirar ou repudiar quando vistos de longe, mas de perto, hábitos estranhamente humanos muitas vezes vêm à tona. Embora todos nós tenhamos nossas peculiaridades, estes hábitos, vindos de profissionais mundialmente reconhecidos, desvelam seu lado humano que, muitas vezes, não dão nenhum indício de como eles se tornaram figuras tão notáveis no campo da arquitetura. Os seguintes hábitos de vários arquitetos renomados revelam partes do seu processo criativo, momentos de relaxamento ou, simplesmente, partes de sua identidade. Alguns são inspiradores outros surpreendentes, mas todos dão uma pequena visão sobre as qualidades mentais necessárias para se atingir o topo da profissão de arquiteto -  desde um trabalho excepcional até uma pitada de excentricidade (e algumas qualidades ainda mais interessantes) .

Reveja 15 obras de Alvar Aalto com este estereoscópio digital

Em homenagem ao quadragésimo aniversário de falecimento do arquiteto finlandês Alvar Aalto, a Expedia Finland criou "O mundo segundo Alvar", um portfólio visual interativo que contem alguns de seus edifícios mais notáveis. O estereoscópio digital permite navegar através de 15 obras do arquiteto, incluindo o Helsinki Hall of Culture e o Baker House Dormitory no MIT, apresentadas por diagramas, fotografias e uma descrição de cada projeto. O website também mostra a localização precisa de cada projeto.

Veja alguns dos projetos apresentados no website, a seguir. 

15 arquitetos imortalizados em papel moeda

Em termos de homenagem a uma pessoa, ser escolhido para representar seu país como estampa em uma cédula de dinheiro é uma das maiores honras que se pode alcançar. Mesmo com as transações eletrônicas cada vez mais presentes, o dinheiro em espécie permanece como um padrão confiável de troca de bens e serviços; então, ter seu rosto estampado nas notas é garantia de que as pessoas o verão diariamente, assegurando, de algum modo,  que seu legado permaneça vivo.

Entre as personalidades escolhidas para estampar as notas de diferentes moedas, alguns poucos arquitetos foram imortalizados e continuam circulando diariamente nas carteiras de pessoas de várias partes do globo. A seguir, mostramos 15 arquitetos imortalizados desta forma e quanto eles "valem".

10 projetos de Alvar Aalto que mostram a abrangência de sua obra

Alvar Aalto nasceu em Alajärvi, na região central da Finlândia, e cresceu em Jyväskylä. Após a conclusão de seus estudos na Universidade de Tecnologia de Helsinki, fundou seu próprio escritório em Jyväskylä em 1923. Embora muitos de seus primeiros projetos sejam exemplos do "Classicismo Nórdico", após casar-se com a arquiteta Aino Marsio-Aalto, sua obra assume a estética modernista. De edifícios cívicos a casas de cultura, centros universitários, os dez projetos compilados aqui - construídos entre 1935 e 1978 - celebram a abrangência da obra de Aalto.

25 Livros de Arquitetura Grátis para Ler Online

Se você não tem acesso a uma biblioteca de arquitetura (ou mesmo se você tiver), vasculhar prateleiras pode levar horas. Comprar livros pode ser ainda mais doloroso - para a sua carteira, pelo menos. Em vez disso, por que não dar uma olhada nesta lista de 25 livros* que estão todos online gratuitamente e de fácil acesso? Alguns são clássicos bem conhecidos da literatura arquitetônica, mas nós esperamos que você encontre algumas surpresas também.

*Os livros estão disponíveis em inglês.

30 documentários de Arquitetura e Urbanismo para ver em 2015

Em 2013 e 2014 apresentamos uma seleção de documentários imperdíveis para arquitetos e este ano não será diferente. No começo de 2015 submergimos novamente no fascinante e distinto mundo dos documentários para coletar uma série de títulos de interesse para os apaixonados pela arquitetura e urbanismo.

Estreias ou clássicos, teóricos ou curiosos, a seleção deste ano apresenta diversos filmes brasileiros, portugueses e internacionais, que abordam conteúdos sobre a habitação, biografias de grandes arquitetos e diversos outros temas como a decadência urbana de Veneza ao se ver consumida pelo turismo, a experiência de um casal que habita a polêmica “8 House”, projetada pelo BIG, e até mesmo um documentário da NatGeo que nos mostra como funciona a impressionante fábrica de Lego.

Em ordem aleatória, apresentamos 30 documentários que devem ser vistos em 2015.

30 documentários de Arquitetura e Urbanismo para ver em 2015 30 documentários de Arquitetura e Urbanismo para ver em 2015 30 documentários de Arquitetura e Urbanismo para ver em 2015 30 documentários de Arquitetura e Urbanismo para ver em 2015 + 32

Restauro da Biblioteca Viipuri, de Alvar Aalto, vence o Modernism Prize 2014

O 2014 World Monuments Fund/Knoll Modernism Prize foi concedido ao Comitê Finlandês pelo restauro da Biblioteca Viipuri  de Alvar Aalto em Vyborg, Rússia. "Projetada por Aalto e construída entre 1927 e 1935, na cidade de Viipuri (até então na Finlândia)", informava o comunicado de imprensa do WMF, "a biblioteca reflete a emergência da distinta combinação de formas e materiais orgânicos com os princípios de clara expressão funcionalista, que se tornou a marca da arquitetura de Aalto."

Uma citação de Barry Bergdoll e mais imagens, a seguir.

Saguão da escada principal, 2014. Imagem © The Finnish Committee for the Restoration of Viipuri Library and Petri Neuvonen Saguão, 2014. Imagem © The Finnish Committee for the Restoration of Viipuri Library and Petri Neuvonen Alvar e Aino Aalto com Aarne Erve, 1935. Cortesia de The Finnish Committee for the Restoration of Viipuri Library Viipuri Library, c. 1935. Cortesia de The Finnish Committee for the Restoration of Viipuri Library + 15

Google lança nova experiência virtual que nos leva para dentro das obras de Alvar Aalto

A Alvar Aalto Foundation iniciou um projeto colaborativo com a Google para tornar os edifícios de Aalto ainda mais acessíveis ao público. Usando a ferramenta de visualização do Google Street View, o projeto mostra o interior de alguns dos mais icônicos projetos do arquiteto. Saiba mais sobre essa iniciativa e faça o passeio virtual, a seguir.