Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos

Vasundhra Aggarwal

NAVEGUE POR TODOS OS PROJETOS DESTE AUTOR

Arranha-céus de 2018: alternativas ao arquétipo da torre de vidro

© Viktor Sukharukov
© Viktor Sukharukov

Seja como um objeto isolado ou parte de um conjunto de edifícios, arranha-céus são ícones excêntricos que habitam os principais centros urbanos do planeta. Uma metáfora da modernidade, do sucesso e da riqueza, arranha-céus são sinônimos da arquitetura das mais vibrantes cidades do mundo como Nova Iorque, Dubai e Singapura.

Cada vez mais altas e onipresentes nos quatro cantos do mundo, ainda há muito para se descobrir e explorar sobre estas estruturas. O ano de 2018 nos apresentou novas abordagens, tecnologias e localizações para a tipologia arquitetônica mais celebrada dos tempos modernos. Passando por novos materiais e formas, os projetos de edifícios em altura começaram a abordar aspectos que vão muito além da simples eficiência e altura, propondo superar novos desafios e explorando novas formas. A seguir apresentaremos alguns dos projetos mais inovadores e as principais tendências em projetos de arranha-céus apresentados ao longo deste ano:

Cortesia de Plompmozes © Rafael de la-Hoz Arquitectos © Virgile Simon Bertrand Cortesia de Zaha Hadid Architects + 13

White Arkitekter reinventa a tipologia de caixa d'água através de uma estrutura horizontal de concreto

Cortesia de White Arkitekter
Cortesia de White Arkitekter

Uma série de painéis côncavos de concreto aparecem pairando sobre esbeltas colunas que mais se parecem com escoras de madeira, chamando a atenção em meio à paisagem rural da Suécia. A proposta idealizada pelo grupo White Arkitekter procura redefinir a tipologia de uma estrutura bastante racional, sua proposta para a caixa d'água de Varberg é uma estrutura horizontal e estreita, que foge de qualquer relação com a tradicional concepção de uma estrutura deste tipo, vertical e redonda. Chamada de VÅGA, ela é capaz de armazenar dois grandes tanques d'água, podendo ainda ser adaptada e ampliada de acordo com as necessidades.

Cortesia de White Arkitekter Cortesia de White Arkitekter Cortesia de White Arkitekter Cortesia de White Arkitekter + 6

Repensando o Manifesto de Le Corbusier: 6 explorações que rompem os ideais modernistas

The Society of the Spectacle / Guy Debord
The Society of the Spectacle / Guy Debord

“Uma maquete de Corbusier é a única imagem que me traz à mente a ideia de um suicídio imediato.” - Ivan Chtcheglov

Apesar de suas brincadeiras, os situacionistas podem estar certos, afinal. A angústia dos estudantes de arquitetura pode não ser resultado de um trabalho excessivo no estúdio, mas sim da repetição sermonizante dos ideais modernistas que continuam a ser ensinados. No manifesto de Le Corbusier, Vers une Architecture (Por uma arquitetura), ele defende a adoção da arquitetura moderna como a solução para as crises globais do século XX, de uma forma que agora parece bastante limitadora.

Se a disciplina não ultrapassar as fotografias em preto-e-branco do Pavilhão de Barcelona ou os projetos da Bauhaus, os alunos continuarão a produzir o que pode estar incorretamente associado à “arquitetura correta”. A partir desses estereótipos do que a arquitetura deveria ser, aqui estão seis explorações de construções, curadoria e escrita que resistem a essas noções:

via MVRDV Courtesy of Joanna E. Grant © Plamen Petkov Courtesy of Sarah Wigglesworth Architects + 19

SPARK Architects desenvolve banheiro 3D que transforma dejetos em energia

Em comemoração ao Dia Mundial do Banheiro, que foi celebrado no último dia 19 de novembro, a SPARK Architects lançou um protótipo impresso em 3D e apelidado de "Big Arse Toilet". O slogan criado pelo controverso escritório de arquitetura é "Sparks gives a sh*t". Embora a ideia seja hilária e chamativa, o projeto aborda questões muito sérias sobre a higiene e o saneamento básico como parte desta iniciativa criada pela ONU. A Organização das Nações Unidas está levantando esta bandeira com a intenção de eliminar o depósito de fezes à céu aberto no mundo até o ano de 2025. O preocupante ciclo de desnutrição, doenças e pobreza no mundo é decorrente em grande parte pela ampla falta de saneamento básico, a principal causa em quase um terço das mortes em contextos de baixa renda em um grande número de países, como a Índia por exemplo.

O módulo criado pela SPARK é leve e muito fácil de ser transportado, convertendo o lixo humano em biogás e então em eletricidade através de uma unidade CHP. Produzindo energia "limpa", a proposta dos arquitetos serve para combater a falta de saneamento básico em locais remotos, utilizando os abundantes resíduos naturais aonde há baixa acessibilidade à eletricidade.

Cortesia de SPARK Architects Cortesia de SPARK Architects Cortesia de SPARK Architects Cortesia de SPARK Architects + 10

REX projeta o novo Centro de Artes Performáticas da Brown University

O escritório de arquitetura REX, com sede em Nova York, projetou o novo centro de artes performáticas para o campus da Brown University em Providence, Rhode Island, EUA. Conhecida por seu portfólio de projetos culturais e comerciais - notadamente e recentemente incluindo o Centro de Artes Performativas Ronald O. Perelman no World Trade Center - a empresa tem como objetivo projetual acomodar performances e eventos enquanto cria um centro para interações sociais diárias no campus dentro dos seus 7500 metros quadrados. O prédio se tornará um espaço central de multimídia e artes cênicas para estudantes, professores e visitantes.

Centro de Artes Criativas Perry and Marty Granoff, Brown University / Diller Scofidio + Renfro Centro de Artes Criativas Perry and Marty Granoff, Brown University / Diller Scofidio + Renfro Cortesia de REX Cortesia de REX + 8

Exposição pop-up em Nova Iorque celebra 40 anos de inovações na carreira de Zaha Hadid

De masterplans a design de produto, o escritório Zaha Hadid Architects vem explorando o formalismo na arquitetura a partir de métodos inovadores de projeto há mais de 40 anos. Em 2006, uma colaboração dos arquitetos com designers de mobiliário levou a criação do Zaha Hadid Design, grupo que serviu tanto como um processo iterativo como resultante de um projeto arquitetônico contínuo.

Uma exposição pop-up, localizada no térreo do premiado edifício de ZHA no High Line de Nova Iorque, tem como objeto de exposição maquetes em escala do próprio edifício. Para honrar e apresentar o trabalho do escritório nas últimas quatro décadas, a Zaha Hadid Gallery expõe uma série de projetos em uma ampla gama de mídias, incluindo os Silver Models, que representam oito dos principais trabalhos da empresa.

© Luke Hayes Cortesia de Zaha Hadid Architects Cortesia Slamp © Kris Tamburello + 22

Proposta de alojamento temporário na Trilha dos Apalaches evidencia a madeira como material sustentável

A proposta do "Long Lodge" para um alojamento residencial ao longo da Trilha dos Apalaches, recentemente nomeada a Vencedora do Prêmio de Honra da Competição Maine Mass Timber Design de 2018, destaca maneiras simples e criativas das possibilidades e a beleza natural da madeira como material construtivo. A equipe de projeto vencedora criou um alojamento que não só serve como um espaço temporário, mas que se torna uma experiência espacial memorável através dos efeitos das escolhas do projeto estrutural.

Cortesia de Yueqi Li Cortesia de Yueqi Li Cortesia de Yueqi Li Cortesia de Yueqi Li + 8

Frida Escobedo entre os ganhadores da Bolsa Internacional RIBA 2019

O Instituto Real de Arquitetos Britânicos (RIBA) divulgou os sete selecionados para as Bolsas Internacionais 2019 no dia 1° de novembro. Uma honra que permite aos destinatários usar as inicias Int FRIBA depois do seu nome, que reconhece as contribuições que arquitetos de todo o mundo fizeram para esta profissão. Anteriormente outorgada a arquitetos como Jeanne Gang e Phillip Cox, a bolsa anual enfatiza não somente o impacto do trabalho dos arquitetos em seus respectivos países, mas também sua influência global.

O comitê do juri, composto por Ben Derbyshire, presidente do RIBA; Lady Patty Hopkins, medalha de ouro do RIBA em 1994; Bob Shiel, professor da Bartlett School of Architecture; Wasfi Kani, membro honorário de 2018; e Pat Woodward, de Matthew Lloyd Architects, foi o encarregado de selecionar os bolsistas 2019. As bolsas iniciarão em Londres em fevereiro de 2019.

Cortesia de RIBA Comms Cortesia de RIBA Comms Cortesia de RIBA Comms Cortesia de RIBA Comms Cortesia de RIBA Comms Cortesia de RIBA Comms Cortesia de RIBA Comms + 8

Ilhas de plástico: possibilidades de reuso do lixo oceânico na arquitetura

Cortesia de Emily-Claire Goksøyr
Cortesia de Emily-Claire Goksøyr

Com o aumento do nível do mar e o consumo incessante de plástico, os oceanos têm sofrido uma rápida deterioração. Em vez de descartar ou queimar os resíduos plásticos, os arquitetos Erik Goksøyr e Emily-Claire Goksøyr questionaram se existe algum potencial arquitetônico neste material negligenciado. Ao conduzir um extenso estudo do material, a dupla projetou três protótipos para postular essa teoria.

Embora começando como uma humilde tese, este projeto está sendo atualizado sob a organização Out of Ocean. Das margens das Ilhas Koster, na Suécia, amostras de plástico foram coletadas e estudadas para o desenvolvimento de vários materiais que variam em nuances como cor, textura, luz e translucidez.

Cortesia de Emily-Claire Goksøyr Cortesia de Emily-Claire Goksøyr Cortesia de Emily-Claire Goksøyr Cortesia de Emily-Claire Goksøyr + 36

Projeto de Stefano Corbo Studio transformará uma escola de Praga em uma "micro-cidade autônoma"

Cortesia de Stefano Corbo Studio
Cortesia de Stefano Corbo Studio

A arquitetura de Praga é conhecida por uma miscelânea de edifícios que variam em estilos e épocas. Uma recente proposta para o redesenho da Trojska Skola visa complementar uma atitude coesa semelhante ao espaço. Intitulada, Dissonant Unity, o projeto desenhado pelo Stefano Corbo Studio explora as maneiras de incorporar novos programas e expandir o espaço público para uma escola primária com um centro de esportes, auditório e cafeteria.

Cortesia de Stefano Corbo Studio Cortesia de Stefano Corbo Studio Cortesia de Stefano Corbo Studio Cortesia de Stefano Corbo Studio + 12

Em defesa do brutalismo polonês: redescobrindo os ícones da arquitetura comunista

Varrer de uma cidade a sua arquitetura é como se pudéssemos apagar por completo partes de sua história. Apesar da aversão generalizada por grande parte da população, a arquitetura brutalista na Polônia pós-stalinista andava de mãos dadas com o movimento político que prometia uma sociedade mais justa e igualitária. A arquitetura que hoje em dia é vista como a materialização de um antigo regime opressivo, austero e arrogante, foi originalmente concebida para ser tudo menos isso; estes edifícios carregam hoje um legado bastante ambíguo, apreciados como ícones do seu tempo ou rejeitados como memórias que as pessoas preferem esquecer.

Em um artigo recente publicado pelo New York Times, o escritor Akash Kapur compartilha as emoções de sua mais recente visita à Polônia, aonde nos convida à refletir sobre esta complexa história construída, tantas vezes contraditória e quase sempre, mal compreendida. Acompanhado por arquitetos locais comprometidos à defender com unhas e dentes alguns dos exemplos mais extraordinários da arquitetura moderna do final do século XX, Kapur visitou inúmeras obras decadentes do brutalismo na Polônia, conversando com a população local e descobrindo suas histórias.

Osiedle Plac Grunwaldzki "Manhattan" / Wrocław Falowiec / Gdańsk © Marcin Lachowicz via Wikimedia + 10

Guia de bolso da arquitetura Art Déco de Nova Iorque

Empire State Building / Shreve, Lamb & Harmon
Empire State Building / Shreve, Lamb & Harmon

Em um estado de permanente transitoriedade arquitetônica, a cidade de Nova Iorque continua recebendo novos arranha-céus a cada dia que passa. Historicamente impulsionada pela prosperidade financeira aliada à demanda por espaço comercial, a única maneira de continuar a construir foi explorando a verticalidade. O mapa mais recente da Blue Crow Media, "Art Deco New York Map", exibe mais de sessenta edifícios da época, celebrando a natureza eclética da arquitetura Art Déco tão profundamente enraizada na história da cidade.

Radio City Music Hall / Edward Durell Stone and Donald Deskey © Jason Woods / Blue Crow Media New School for Social Research Auditorium / Joseph Urban Brooklyn Public Library / Alfred Morton Githens and Francis Keally + 9

Primeiro projeto do BIG na América do Sul começa a ser construído

Projetado para assumir o posto de edifício mais alto de Quito, o IQON será o primeiro projeto a ser construído pelo BIG na América do Sul. Com a construção já em andamento, o edifício de uso predominantemente residencial se revela em forma de torre curva com varandas salientes. Comprimida entre o denso centro urbano de Quito e o parque La Carolina, a torre foi carinhosamente-apelidada de "urban tree farm". A sua extensão vertical foi concebida não apenas para permitir vistas para os vulcões que cercam a cidade, mas também para integrar e acolher uma nova paisagem natural dentro do próprio edifício.

Cortesia de Bjarke Ingels Group Cortesia de Bjarke Ingels Group Cortesia de Bjarke Ingels Group Cortesia de Bjarke Ingels Group + 14

Obras de Niemeyer e Eero Saarinen recebem fundo internacional da Getty Foundation para preservação

Como parte de sua iniciativa Keeping It Modern, a Getty Foundation anunciou o investimento de US$ 1,7 milhão em um fundo de conservação que será repassado a onze edifícios icônicos do século XX. Incluindo projetos de abrangência local e internacional, como o Gateway Arch de Eero Saarine, em St. Louis, e a Feira Internacional Rashid Karami de Oscar Niemeyer, no Líbano, a organização já apoiou 54 projetos de conservação desde 2014.

Salk Institute for Biological Studies / Louis Kahn Technische Universiteit Delft Auditorium / Johannes van den Broek and Jaap Bakema Engineering Building / James Stirling and James Gowan International Fairgrounds of Tripoli / Oscar Niemeyer The National Schools of Art of Havana / Ricardo Porro, Vittorio Garatti, and Roberto Gottardi + 18

Cores, formas e materiais: o charme modernista de Berlim do pós-guerra

Em mais um capítulo do projeto Urban Geometry, o fotógrafo espanhol Andres Gallardo registra as cores, formas e a materialidade da arquitetura do pós-guerra em Berlim. O projeto conta ainda com registros de arquiteturas modernas de Pequim, Seul, Copenhague e Tallinn.

© Andres Gallardo © Andres Gallardo © Andres Gallardo © Andres Gallardo + 21