Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Sesc Pompéia

Sesc Pompéia: O mais recente de arquitetura e notícia

"Tijolo por tijolo": conheça a história por trás do Sesc Pompeia de Lina Bo Bardi

"Tijolo por Tijolo" é uma websérie sobre o Sesc Pompeia, obra-prima de Lina Bo Bardi. Através de vídeos de curtíssima duração é possível conhecer a trajetória do bairro da Pompeia e saber mais sobre a fábrica que funcionava no espaço antes de o Sesc ser aberto. Além disso, a série também retrata o processo de readequação e requalificação da área e curiosidades do projeto realizado pela arquiteta ítalo-brasileira. No total serão 15 episódios semanais com conteúdos exclusivos sobre a Cidadela da Liberdade, contendo fatos históricos, citações da arquiteta e fotos raras. Confira abaixo os seis primeiros vídeos da série:

Sesc Pompeia inaugura exposição sobre os 100 anos da Bauhaus

O Sesc Pompeia acaba de inaugurar a exposição bauhaus imaginista: Aprendizados Recíprocos. A mostra é um dos quatro “capítulos” do projeto internacional que comemora o centenário da Bauhaus, a inovadora escola de arquitetura, artes e design, que foi fundada na Alemanha em 1919 e fechada pelo regime nazista 14 anos depois.

Encontro Fotográfico com Manuel Sá

Fundado no ano de 2016, por três estudantes de arquitetura e urbanismo - Matheus Pereira, Ellen Corrêa e Yasmim Amorim - imbuídos pelo desejo em analisar o espaço urbano e debater de modo mais profundo a arquitetura paulistana e suas camadas, o projeto nasceu da vontade em despertar aos estudantes de arquitetura e urbanismo e interessados à área, uma nova percepção do espaço, através da observação à Cidade e aos lugares em que convivemos diariamente e não notamos-o em sua mera importância.

Sendo assim, promovemos visitas em diversos pontos da cidade de São Paulo, onde você irá conhecer

Exposição no Sesc Pompeia busca entender os múltiplos ângulos de Lina Bo Bardi

Até o dia 18 de março, o Sesc Pompeia recebe a segunda edição do projeto Plano Expandido, instalação com obras inéditas de Walmor Corrêa, que busca compreender as múltiplas facetas de Lina Bo Bardi.

Os Clássicos de Lina

Continuando as comemorações do aniversário de Lina Bo Bardi, que completaria 102 anos hoje, reunimos alguns dos seus projetos já publicados em nossa seção Clássicos da Arquitetura. Apesar de sua atuação profissional extrapolar o campo da arquitetura, com incursões na cenografia, design, ilustrações, entre outros, suas obras arquitetônicas têm importância ímpar para a Arquitetura Brasileira. Entre projetos residenciais, de restauro e culturais, vemos parte do legado para nossas cidades deixado pela arquiteta ítalo-brasileira.

"Lina Bo Bardi: Together" | Exposição celebra e explora a visão modernista da arquiteta ítalo-brasileira.

Tributo à filosofia inclusiva da arquiteta italiana radicada no Brasil Lina Bo Bardi exibe vídeos inéditos, objetos da cultura popular, desenhos originais e três exemplares de sua celebrada “Bowl Chair” (1951), além de uma extensa linha do tempo. Entrada gratuita

O Sesc - Serviço Social do Comércio - realiza de 12 de outubro a 11 de dezembro de 2016, em São Paulo, a última itinerância da mostra internacional “Lina Bo Bardi: Together”, com curadoria da arquiteta argentina Noemí Blager e projeto expográfico do coletivo britânico Assemble. Focada no trabalho da arquiteta italiana radicada no Brasil, Lina Bo Bardi (1914 - 1992),

A Cidadela: O Sesc Pompeia de Lina Bo Bardi / Baba Vacaro, Daniel Almeida, Rogério Trentini

Este  é  o  primeiro  volume  da  Coleção  Arranha-­‐Céu,  que  conta  para  o  público  infantil,  em  livro, audiolivro  e aplicativo,  a  história  e  as  histórias  de  algumas  das  principais  obras  da  arquitetura   brasileira.      

The Guardian elege Sesc Pompeia entre os dez melhores edifícios de concreto do mundo

No início deste mês o jornal britânico The Guardian publicou uma matéria em que elegia os dez "melhores edifícios de concreto do mundo". Do Panteon de Roma à Unité d'Habitation de Marseille, de Le Corbusier, a lista, elaborada por pelo crítico de arquitetura , conta ainda com o Banco de Londres em Buenos Aires, do arquiteto Clorindo Testa, e com o Pavilhão Nacional Português, de Álvaro Siza.

Falar de concreto sem mencionar obras do brutalismo brasileiro seria quase inadmissível para um crítico de arquitetura, e Moore sabe disso, por isso, entre os dez melhores elegeu, talvez, o exemplo mais interessante dentre todos os edifícios de concreto do Brasil: o Sesc Pompeia, emblemático projeto de recuperação e anexos para uma antiga fábrica de tambores na cidade de São Paulo, realizado por Lina Bo Bardi em 1986.

Sesc SP promove série de palestras sobre a relação da arquitetura de centros culturais e a cidade

Quando um centro cultural é projetado, ele geralmente é pensado para ser um espaço agregador, onde o público possa ter contato fácil e direto com várias manifestações culturais. Mas, para além do tamanho do espaço, qual a importância da arquitetura e do design na percepção do público quanto ao espaço cultural? Sem dúvidas é grande!

Gustavo Cedroni fala sobre o projeto expográfico de "Terra Comunal", de Marina Abramović

Aberta ao público ontem, 10 de março, a maior retrospectiva da obra de Marina Abramović já realizada na América do Sul – “Terra Comunal” – permanecerá aberta até 10 de maio no Sesc Pompéia.

A exposição é dividida e duas partes, sendo uma dedicada à retrospectiva da carreira de Abramović e outra à maior experiência aplicada pelo Marina Abramovic Institute (MAI), e esteve a cargo do escritório paulistano METRO, que teve a complexa tarefa de transformar temporariamente o espaço polifônico do Sesc Pompéia em um museu.

A escolha da icônica obra de Lina não é gratuita, a artista de performance se mostrou impressionada com o conjunto – que consiste na requalificação de uma antiga fábrica de tambores de óleo e dois novos prismas de concreto aparente conectados por passarelas – e manifestou publicamente sua empatia pela atmosfera e pelas “energias” do lugar.

Sesc Pompéia de Lina Bo Bardi é tombado pelo IPHAN

O famoso conjunto do Sesc Pompéia, projeto de requalificação de uma antiga fábrica de tambores liderado pela arquiteta ítalo-brasileira Lina Bo Bardi, foi, nesta quinta-feira, incluído na lista de edifícios tombados pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN).

Os edifícios, já protegidos pelo Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico, Cultural e Ambiental da Cidade de São Paulo (Conpresp), entram agora para a lista de obras protegidas em âmbito nacional, tendo sido aprovados unanimemente pelo Conselho Consultivo do Patrimônio Cultural.

Sesc Pompéia traz Marina Abramovic com expografia do METRO

Após um ano e meio de desenvolvimento em conjunto com a própria artista, o projeto expográfico para o TERRA COMUNAL- MARINA ABRAMOVIC + MAI toma forma no espaço de convivência e no galpão do Sesc Pompéia.

A exposição se divide em duas partes: “Terra Comunal – Marina Abramovic”, a maior retrospectiva da artista já realizada na América do Sul e “Terra Comunal – MAI”, a mais abrangente experiência aplicada até hoje por seu instituto – Marina Abramovic Institute (MAI). Durante o período da exposição, a artista tambem participará de oito encontros abertos ao público no Teatro do Sesc Pompeia.

Marina Abramović fala sobre o Sesc Pompeia

Com exposição marcada para março deste ano no Sesc Pompeia, o maior expoente da arte de performance no mundo, Marina Abramović, contou ao Portal do Sesc suas primeiras impressões sobre os espaços do icônico projeto de Lina Bo Bardi.

Com uma visão bastante sensível e aberta às “energias do lugar”, a artista sérvia se impressionou com a quantidade de pessoas usando os espaços da antiga fábrica de tambores, um público heterogêneo ocupado com atividades das mais variadas.

E eu gostei imediatamente. Havia tipo um sentimento de democracia. Um rio atravessava o espaço. E havia uma lareira. Alguns cristais e pedras foram colocados em diferentes cantos, marcando pontos de energia. Este não é um espaço normal de exposição onde se exibe Arte como museus e centros culturais de arte contemporânea que você encontra na Europa e na América. Tudo neste espaço é diferente. E o diferente é que nele há uma espécie de redemoinho energético, cheio de curiosidade, inocência e simplicidade.”

Clássicos da Arquitetura: 100 anos de Lina Bo Bardi

Hoje celebraríamos o 100º aniversário de Lina Bo Bardi.
Para comemorar, selecionamos quatro clássicos da arquiteta ítalo-brasileira já publicados pelo ArchDaily Brasil.

Citações de Lina Bo Bardi

Para a comemoração do centenário de Lina Bo Bardi, selecionamos algumas citações da arquiteta retiradas de seus textos, aulas e conferências, para que sirvam de inspiração no nosso dia-a-dia como arquitetos e humanos.

As citações foram retiradas do livro “Lina por Escrito”, da editora Cosac Naify. Aqui, elas foram separadas em alguns temas: arquitetura, cultura, política e crítica, o “presente histórico”, vida e obra.

Veja todas as citações escolhidas, a seguir.

Documentário: Sesc Pompeia 30 anos - Lina Bo Bardi

A fim de celebrar o centenário de nascimento da arquiteta e designer ítalo-brasileira Lina Bo Bardi, o Sesc Pompeia realiza uma série de atividades colocando em foco sua trajetória e produção. Amanhã, inauguram duas exposições sobre a arquiteta na instituição. Devido ao evento, apresentamos um documentário criado pelo Sesc Pompeia que aborda os seus 30 anos de existência e, claro, como ele foi concebido por Lina Bo Bardi.

Sesc Pompeia promove duas exposições sobre Lina Bo Bardi em outubro

Nascida em 1914 em Roma, Itália, Lina Bo Bardi escolheu o Brasil como lar e foi aqui que se fez seu nome. Este ano marca seu centenário e em comemoração foram organizados diversos eventos e exposições em algumas cidades brasileiras do exterior.

Para participar das celebrações, o Sesc Pompeia – instituição que ocupa uma das obras mais importantes da arquiteta – promove duas exposições, “A Arquitetura Política de Lina Bo Bardi” e “Lina Gráfica”, ambas com abertura marcada para a semana que vem, no dia 08 de outubro.

SESC Pompeia comemora seus 30 anos com exposição sobre sua história

A unidade do Sesc Pompeia comemora 30 anos de existência com uma exposição especial sobre sua história. O projeto, a única unidade do Sesc tombada, é de autoria da arquiteta italiana Lina Bo Bardi, em colaboração com André Vainer e Marcelo Ferraz que são os responsáveis pela exposição.