Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Preservacao

Preservacao: O mais recente de arquitetura e notícia

A beleza e as imperfeições das ruínas arquitetônicas

19:00 - 19 Fevereiro, 2019
 A beleza e as imperfeições das ruínas arquitetônicas, © José Hevia
© José Hevia

© Erica Overmeer © Cortesia de Ricardo Bofill © Philip Vile © Erich Spahn + 17

Se as paredes pudessem falar, teriam infinitas histórias para contar - histórias de antiguidade, guerra, escândalo e reconciliação. Abordagens para a preservação são tão variadas quanto os profissionais por trás delas, e é comum vermos projetos de preservação que combinam estruturas antigas com características contemporâneas, criando belas combinações do antigo e do novo.

Reveja alguns projetos que destacam a beleza nas imperfeições das ruínas e grandes combinações de materiais usados e novos.

Esta seleção é uma das muitas compilações interessantes feitas por nossos usuários registrados. Lembre-se que você pode salvar e organizar suas inspirações no Meu ArchDaily. Crie sua conta aqui.

Intel usa tecnologia de ponta em projeto de preservação da Muralha da China

10:00 - 26 Julho, 2018
Intel usa tecnologia de ponta em projeto de preservação da Muralha da China, Screenshot do vídeo da Intel
Screenshot do vídeo da Intel

A Intel divulgou recentemente seu projeto de preservação do trecho Jiankou da Grande Muralha da China, realizado em parceria com a China Foundation for Cultural Heritage Conservation (CFCHC). O projeto incorpora tecnologias de ponta, como drones Intel® Falcon ™ 8+ e inteligência artificial Intel, para melhorar a eficiência e a segurança das estratégias de conservação.

Novo aeroporto da Cidade do México poderá servir como local de preservação de murais modernistas

10:00 - 12 Maio, 2018
Novo aeroporto da Cidade do México poderá servir como local de preservação de murais modernistas, Centro SCOP na Cidade do México foi fechado depois de uma série de terremotos devastadores. A exposição propõe a relocação de seus histórios murais. Imagem Cortesia de Pablo López Luz/ Archivo Diseño y Arquitectura
Centro SCOP na Cidade do México foi fechado depois de uma série de terremotos devastadores. A exposição propõe a relocação de seus histórios murais. Imagem Cortesia de Pablo López Luz/ Archivo Diseño y Arquitectura

Este artigo foi originalmente publicado na Metropolis Magazine como "How a Small Mexico City Exhibition Fueled a Debate About Preservation and Power."

É um dia cinza no bairro de Narvarte na Cidade do México e as rajadas de vento anunciam a chuva iminente. A presença do Centro SCOP, um gigantesco complexo modernista abandonado, faz com que este cenário pareça ainda mais sombrio. O edifício é uma obra prima - inclusive intimidante - do modernismo mexicano: um enorme conjunto de edifícios em concreto aparente projetado pelo arquiteto Carlos Lazo, os quais cobrem uma área de mais de um hectare com suas dezenas de murais coloridos e vibrantes.

Em seu auge, o edifício chegou a abrigar mais de 3.000 trabalhadores da Secretaria de Comunicações e Transportes (SCT). Hoje, salvo o solitário segurança na guarita, o conjunto encontra-se completamente vazio.

Como parte da exposição, FR-EE propõe a relocação dos murais do Centro SCOP para o aeroporto projetado em parceria com a Foster + Partners. Imagem Cortesia de FR-EE Fernando Romero Enterprises/ Archivo Diseño y Arquitectura Imagem do Centro SCOP. Imagem Cortesia da Secretaría de Comunicaciones y Transportes (SCT)/ Archivo Diseño y Arquitectura Uma imagem do Cento SCOP, logo após sua abertura em meados dos anos 1950. Imagem Cortesia de personal archive of Carlos Lazo Barreiro / Archivo General de la Nación/ Archivo Diseño y Arquitectura "Canto a La Patria (Parte 1)" (esquerda) e "Independencia y Progreso" (direita). Imagem Cortesia de Pablo López Luz/ Archivo Diseño y Arquitectura + 26

Iphan promove concurso para projetos de preservação: Prêmio Rodrigo Melo Franco de Andrade 2018

07:00 - 7 Maio, 2018
Iphan promove concurso para projetos de preservação: Prêmio Rodrigo Melo Franco de Andrade 2018, Cortesia de Iphan
Cortesia de Iphan

Estimular e valorizar aqueles que atuam em favor da preservação do patrimônio cultural no país é, também, uma das missões do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). Pensando nisso, uma das principais ações do Iphan em reconhecimento às ações de preservação do Patrimônio Cultural Brasileiro é o Prêmio Rodrigo Melo Franco de Andrade, que está com inscrições abertas. Criado em 1987 em reconhecimento a ações de proteção, preservação e divulgação do Patrimônio Cultural Brasileiro, o prêmio, que está na sua 31ª edição e foi assim denominado em homenagem ao primeiro dirigente da instituição.

Igreja de Louis Sullivan será convertida no primeiro museu de música gospel dos EUA

16:00 - 30 Abril, 2018
Igreja de Louis Sullivan será convertida no primeiro museu de música gospel dos EUA, Cortesia de Wight & Company
Cortesia de Wight & Company

Quando alguns arquitetos foram convidados a repensar os edifícios negligenciados de Chicago para uma exposição, Dirk Lohan projetou um plano de requalificação para a Igreja Batista Peregrina de Louis Sullivan. Em breve, o edifício de referência de Sullivan se tornará o primeiro Museu Nacional de Música Gospel dos EUA, e contatá com um café, lojas, espaço para eventos, uma biblioteca e um auditório para 350 pessoas.

Realidade virtual abre novas possibilidades para a preservação do patrimônio

15:00 - 27 Abril, 2018
Realidade virtual abre novas possibilidades para a preservação do patrimônio, via Google
via Google

Em parceria com uma organização sem fins lucrativos de varredura a laser em 3D chamada CyArk, o Google Arts & Culture iniciou o Open Heritage Project, um novo capítulo para a preservação histórica na forma de realidade virtual. Usando a avançada tecnologia de escaneamento a laser 3D, fotografia aérea com drones de alta resolução e câmeras DSLR, o CyArk pode recriar virtualmente o patrimônio, fazendo com que seja mais fácil explorá-lo e restaurá-lo.

Schmidt Hammer Lassen é selecionado em concurso para revitalização do bairro histórico de Riga

19:00 - 28 Março, 2018
O edifício de escritórios foi inspirado nos arcos da cervejaria histórica. Image Cortesia de Schmidt Hammer Lassen Architects
O edifício de escritórios foi inspirado nos arcos da cervejaria histórica. Image Cortesia de Schmidt Hammer Lassen Architects

A firma dinamarquesa Schmidt Hammer Lassen Architects foi escolhida para projetar a reforma de Kimmel Quarter, um bairro histórico no coração da capital da Letônia, Riga, depois de um concurso internacional. O complexo da cervejaria Kimmel, do século XIX, agora em grande parte abandonado, será transformado em um centro de uso misto com um novo prédio de escritórios, hotel e uma variedade de instalações públicas. Schmidt Hammer Lassen foi um dos onze participantes, com empresas como Henning Larsen e Zaha Hadid convidados para a competição aberta.

A proposta para o distrito de 11.500 metros quadrados se manifesta como um programa vibrante e voltado ao público, que inclui academia, creche, café, praça de alimentação e spa. Uma série de pátios e praças conectam-se ao longo do esquema, ligando o antigo e o novo em uma “aparência atemporal clássica que também é singularmente contemporânea”. O projeto ficou em 2º lugar em um concurso no qual nenhum vencedor foi selecionado, uma vez que o júri avaliou que nenhuma entrada satisfez totalmente os critérios de competição. Como a entrada com melhores notas, os organizadores do concurso se comprometeram a iniciar negociações com Schmidt Hammer Lassen para refinar o projeto.

Superfícies e fachadas são construídas com tijolos reciclados. Image Cortesia de Schmidt Hammer Lassen Architects Croqui. Image Cortesia de Schmidt Hammer Lassen Architects Terraço dos escritórios. Image Cortesia de Schmidt Hammer Lassen Architects Pátios oferecem uma conexão entre o antigo e o novo. Image Cortesia de Schmidt Hammer Lassen Architects + 19

Ilustrações futuristas mostram novas opções de trabalho no campo da arquitetura e construção em 2030

16:00 - 20 Fevereiro, 2018
Ilustrações futuristas mostram novas opções de trabalho no campo da arquitetura e construção em 2030, via MIT Technology Review
via MIT Technology Review

Em um mundo onde a tecnologia ocupa a linha de frente de nossas vidas, é difícil imaginar que muitos dos empregos de hoje em dia não existiam há 10 anos; motoristas de uber, gerentes de redes sociais, desenvolvedores de aplicativos e até o trabalho de um editor do ArchDaily pareceriam ideias abstratas num passado bastante próximo. À medida que a tecnologia avança, mais postos de trabalho serão criados, enquanto outros serão deixados para trás, dando margem a especulações sobre o que virá a seguir.

É quase impossível prever o futuro, mas a agência digital AKQA e a Mish Global tentaram o impossível e vislumbraram vários empregos potenciais no setor de arquitetura e construção em 2030, a partir das inspirações de várias apresentações do Fórum Econômico Mundial. Com a velocidade das mudanças na última década, esses novos empregos não parecem muito longe da realidade.

8 Projetos de intervenção destinados à cultura em importantes e históricos edifícios

12:00 - 13 Fevereiro, 2018
8 Projetos de intervenção destinados à cultura em importantes e históricos edifícios, Pinacoteca do Estado de São Paulo / Paulo Mendes da Rocha, Eduardo Colonelli e Weliton Ricoy Torres. Image © Nelson Kon
Pinacoteca do Estado de São Paulo / Paulo Mendes da Rocha, Eduardo Colonelli e Weliton Ricoy Torres. Image © Nelson Kon

É sempre muito delicado intervir em edificações históricas. Na arquitetura, seja por operações de restauro ou de requalificação espacial, projetos de intervenção são muitas vezes necessários para dar uma “vida nova” a edificações abandonadas ou descaracterizadas, alterando ou qualificando seu uso.

Junto ao desafio de preservar as construções já existentes, tentando não modificar bruscamente o desenho original das mesmas, há ainda o desafio por implantar edifícios ou elementos anexo capazes de atender as necessidades intrínsecas de cada caso, de forma a não “ferir” e/ou descaracterizar as edificações originais.

Saguão do AT&T Building de Philip Johnson começa a ser demolido

16:00 - 24 Janeiro, 2018
Saguão do AT&T Building de Philip Johnson começa a ser demolido, A demolição já está em andamento nos interiores do saguão. Image © DBOX
A demolição já está em andamento nos interiores do saguão. Image © DBOX

Enquanto o exterior da icônica torre da AT&T da Philip Johnson aguarda seu destino em uma próxima audiência pública em Nova Iorque, a demolição de seu saguão revestido de granito já começou.

Citando o fato de que o saguão já havia sido alterado na década de 1990 - incluindo a remoção da estátua "Golden Boy" - quando a AT&T deixou o edifício para dar lugar à Sony Corporation, a Comissão de Preservação decidiu no mês passado que os interiores do lobby não mereciam o status de patrimônio.

Alvo de um projeto de renovação, AT&T Building de Philip Johnson é aprovado na primeira etapa do processo de tombamento em Nova Iorque

16:00 - 2 Dezembro, 2017
Alvo de um projeto de renovação, AT&T Building de Philip Johnson é aprovado na primeira etapa do processo de tombamento em Nova Iorque , O projeto de renovação mudaria significativamente a presença do edifício na escala do pedestre. Image © DBOX
O projeto de renovação mudaria significativamente a presença do edifício na escala do pedestre. Image © DBOX

Alvo de um grande projeto de renovação que poderá alterar significativamente sua presença na escala do pedestre, o ícone pós-moderno de Philip Johnson, o 550 Madison (antigamente chamado de AT&T Building), passou na primeira etapa do processo de tombamento de Nova Iorque.

Recentemente, uma aplicação de tombamento do edifício foi aprovada unanimemente pela Comissão de Patrimônio e Preservação da cidade. Em alguns meses, a comissão organizará um foro público para discussão sobre o edifício, seguido por uma deliberação que dirá se a torre merece ou não o status de patrimônio.

Prédios de Curitiba

14:00 - 23 Novembro, 2017
Prédios de Curitiba, Capa - Edifício Governador, foto por Washington Takeuchi
Capa - Edifício Governador, foto por Washington Takeuchi

Porque Prédios?
O Livro "Prédios de Curitiba" é parte de um projeto cultural idealizado para ampliar a consciência histórica e cultural acerca dos edifícios da capital paranaense, os quais levaram a verticalização da cidade. Muitos dos prédios que compõem a paisagem curitibana, tem uma rica história, seja em termos arquitetônicos ou valores simbólicos, os quais geralmente passam despercebidos na correria do cotidiano.
Porque Curitiba?
Curitiba é uma cidade com edifícios marcantes em várias esferas. Há prédios públicos assinados por ganhadores de concursos de toda parte do país. Há edifícios que primam pelo corbusianismo. Há edifícios que desafiaram os moldes convencionais, como o primeiro

Turista morre atingido por parte da estrutura na Basilica de Santa Croce, em Florença

19:30 - 19 Outubro, 2017
Turista morre atingido por parte da estrutura na Basilica de Santa Croce, em Florença, © <a href='https://www.flickr.com/photos/37873897@N06/5035043739'>Flickr user Flavio~</a> licensed under <a href='https://creativecommons.org/licenses/by/2.0/'>CC BY 2.0</a>
© Flickr user Flavio~ licensed under CC BY 2.0

Um turista espanhol foi morto atingido por um fragmento da estrutura na Basílica de Santa Croce, em Florença, na Itália. Conforme relatado por The Guardian, a vítima de 52 anos foi atingida por "um pedaço de pedra decorativa que caiu de uma altura de 20 metros ao visitar o edifício religioso com sua esposa". Relatos sugerem que o fragmento era de cerca de 15cm por 15cm. Segundo o Yahoo, o fragmento "apoiava um feixe no transepto direito da Basílica".

Após o incidente, a atração foi fechada para visitantes indefinidamente.

Icônica e reverenciada, a Catedral de Notre Dame de Paris tem futuro incerto

07:00 - 15 Outubro, 2017
Icônica e reverenciada, a Catedral de Notre Dame de Paris tem futuro incerto, Cortesia de Livioandronico2013
Cortesia de Livioandronico2013

Gárgulas quebradas e balaustradas caídas foram substituídas por tubos de plástico e tábuas de madeira. Os contrafortes estão escurecidos pela poluição e corroídos pela água da chuva. Pináculos danificados e mantidos juntos por amarrações.

De acordo com a associação Friends of Notre-Dame de Paris, A icônica catedral parisiense "necessita desesperadamente de atenção". Talvez mais preocupantemente ainda é o fato de que o território sagrado e o monumento nacional francês também estejam em "um estado preocupante de preservação". Construída em pedra calcária - um material notoriamente suscetível à erosão - a edificação está em um estado acelerado de desgaste, exigindo novos esforços de financiamento e perícia para garantir seu futuro imediato e a longo prazo. Do telhado de chumbo aos contrafortes de pedra, as mundialmente famosas gárgulas e os vitrais, cada centímetro da estrutura requer diferentes níveis de atenção.

Como um romance salvou a Notre-Dame e mudou a percepção da arquitetura gótica

07:00 - 8 Setembro, 2017
Como um romance salvou a Notre-Dame e mudou a percepção da arquitetura gótica, © <a href='https://www.flickr.com/photos/kosalabandara/17395160431/'>Flickr user kosalabandara</a> licensed under <a href='https://creativecommons.org/licenses/by/2.0/'>CC BY 2.0</a>
© Flickr user kosalabandara licensed under CC BY 2.0

Este artigo foi originalmente publicado pela Common Edge como "It’s a Book. It’s a Building. It’s a Behavioral Intervention!"

Alguns anos atrás, ao visitar, ou melhor, explorar a Notre-Dame, o autor deste livro encontrou em um canto escuro de uma das torres, esta palavra esculpida na parede:

'ANÁΓKH

Estes caracteres gregos, escurecidos pelo tempo, e esculpidos profundamente na pedra com as peculiaridades de forma e arranjo comuns à caligrafia gótica realizada manualmente durante a Idade Média, sobretudo, o triste significado desta palavra foi o que mais impressionou o autor.

Robin Hood Gardens de Alison e Peter Smithson começa a ser demolido

15:00 - 7 Setembro, 2017
Robin Hood Gardens de Alison e Peter Smithson começa a ser demolido, via <a href='http://https://twitter.com/saverobinhood/status/900359306658369536'>Twitter user @saverobinhood</a>
via Twitter user @saverobinhood

Iniciou-se oficialmente as demolições do projeto habitacional Robin Hood Gardens no leste de Londres, colocando um ponto final em qualquer possibilidade de preservação de um ícone da arquitetura brutalista do Reino Unido. Projetado pelos arquitetos britânicos Alison e Peter Smithson e concluído em 1972, os planos para a limpeza e reconstrução da área tem estado em pauta há mais de cinco anos, antes mesmo da indecisão do governo e de uma corajosa campanha de protesto liderada por arquitetos como Richard Rogers, Zaha Hadid, Robert Venturi e Toyo Ito, que questionava o plano.

Decisão judicial salva o icônico Sirius Building de Sydney da demolição

16:00 - 6 Agosto, 2017
Decisão judicial salva o icônico Sirius Building de Sydney da demolição, © <a href='http://www.flickr.com/photos/andreas/2951113717'>Flickr de andreas</a>. Licença CC BY 2.0
© Flickr de andreas. Licença CC BY 2.0

Em uma grande vitória para os preservacionistas, um dos poucos exemplos da arquitetura brutalista de Sydney, o Sirius Apartment Building, foi salvo da bola de demolição depois que o tribunal decidiu contra a tentativa do governo de negar à obra um lugar na lista de patrimônio estadual. 

MASP e Bauhaus entre os 12 edifícios modernos que receberão fundos da Getty Foundation para conservação

07:00 - 3 Agosto, 2017
MASP e Bauhaus entre os 12 edifícios modernos que receberão fundos da Getty Foundation para conservação, Bauhaus Dessau © Bauhaus Dessau Foundation, Photograph: Yvonne Tenschert, 2011. Image Cortesia de Getty Foundation
Bauhaus Dessau © Bauhaus Dessau Foundation, Photograph: Yvonne Tenschert, 2011. Image Cortesia de Getty Foundation

A Getty Foundation selecionou 12 importantes edifícios do século XX pque receberão os fundos de 2017 como parte de sua iniciativa Keeping It Modern, que visa promover a compreensão e conservação da arquitetura moderna através de um enfoque preservacionista. Desde a sua criação em 2014, o programa já apoiou a preservação de 45 projetos em todo o mundo.

Este ano, foram concedidos US$ 1,66 milhões em fundos para projetos emblemáticos, entre os quais o edifício do MASP, de Lina Bo Bardi; a Bauhaus, projetada por Walter Gropius em Dessau; a Melnikov House em Moscou (o primeiro projeto russo a receber os fundos); e o único arranha-céu de Frank Lloyd Wright, a Price Tower.

Veja a lista completa com os 12 edifícios selecionados, a seguir: 

Casa Melnikov. Foto: © Pavel Kuznetsov. Image Cortesia de Getty Foundation Prefeitura de Boston. Créditos da imagem: Naquib Hossain/Dotproduct Photography. Image Cortesia de Getty Foundation MASP. Foto: Eduardo Ortega. Image Cortesia de Getty Foundation Price Tower. Foto: Jessica Lamirand, CC BY-NC-SA 2.0. Image Cortesia de Getty Foundation + 13