Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Preservação

Preservação: O mais recente de arquitetura e notícia

Iphan abre inscrições para mestrado profissional em preservação do patrimônio

O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) abriu inscrições para 20 bolsas de Mestrado Profissional em Preservação do Patrimônio Cultural. Os interessados em participar do processo seletivo podem se inscrever até o dia 1 de março de 2016.

Kéré Architecture vence concurso para projetar a proteção do sítio arqueológico das Termas Reais de Meroe

O escritório Kéré Architecture foi anunciado como vencedor de um concurso para projetar um abrigo nas Termas Reais de Meroe, no Sudão, sítio tombado pela UNESCO. Acredita-se que as termas tenham servido aos palácios do grande Reino Africano de Kush (atualmente o Sudão), vindo a incorporar a lista de Patrimônio Mundial da UNESCO em 2011. Ainda marcadas por templos, palácios e mais de duzentas pirâmides, as ruínas de Meroe são um testemunho das mudanças culturais ocorridas na África. Saiba mais sobre a proposta de Kéré Architecture, a seguir.

5 propostas para transformar a estação de ônibus de Preston em um novo centro da juventude

O Royal Institute of British Architects, juntamente com o Conselho Municipal de Lancashire, divulgou cinco propostas que buscam transformar a antiga Estação de Ônibus de Preston em um novo espaço público e centro da juventude. Cada projeto foi selecionado entre 100 propostas enviadas através de um concurso internacional de ideias que tinha como objetivo preservar a natureza brutalista do histórico edifício.

O aguardado plano de £13 milhões é um grande passo, considerando-se que a estação dos anos 1960, agora protegida pelo patrimônio histórico, quase foi demolida recentemente. Os esforços de reuso adaptativo são o resultado de uma bem sucedida campanha internacional que garantiu a continuidade da icônica estrutura.

Agora, a Prefeitura de Lancashire quer sua ajuda. Veja, a seguir, as cinco propostas finalistas e vote em sua favorita.

Iphan abre chamada de trabalhos para publicação em sua página

O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) abre espaço em sua página para a publicação de artigos, resenhas e ensaios voltados às temáticas de preservação, salvaguarda e valorização do patrimônio cultural brasileiro, seus reflexos no Brasil, assim como suas correlações no plano internacional.

Rem Koolhaas sobre a Fondazione Prada, preservação e a destruição de parte de Paris

Com a inauguração do edifício da Fondazione Prada em Milão no início do mês passado, o OMA teve a chance de mostrar suas habilidades em um tópico pouco frequente no escritório: preservação. Nessa entrevista para a Kultur Spiegel, Rem Koolhaas se aprofunda no tem, explicando sua crença de que "temos que preservar a história", não apenas a arquitetura, e argumenta que a popularidade da reutilização de antigos edifícios e consequência de uma mudança de paradigma, que passou dos ideais de liberdade, igualdade e fraternidade para conforto, segurança e sustentabilidade. "As dimensões e o repertório do que vale a pena preservar expandiram drasticamente", disse o arquiteto, o que significa que "não deveríamos derrubar edifícios que sejam ainda utilizáveis." Ainda assim, diz ele, isso não significa que não deveríamos derrubar e começar de novo em alguns casos." Leia a entrevista completa aqui.

"Modernism in America Award" seleciona 11 projetos vencedores

Onze edifícios foram anunciados como vencedores da premiação Modernism in America Awards 2015 (#ModernismAwards), promovida pelo Docomomo US, entre os quais a Lewis and Clark Branch Library, projetada por Frederick Dunn e em vias de ser demolida. Cada projeto premiado é "emblemático do trabalho que estava acontecendo em todo o país e representa edifícios e tipologias construtivas da sociedade do pós-guerra nos Estados Unidos." Espera-se que essa premiação lance luz sobre a importância de preservar a arquitetura moderna. Veja os vencedores, a seguir.

Destino de obra de Paul Rudolph em Nova Iorque permanece indeterminado

Contribuindo para o debate acerca do controverso Orange County Government Center de Paul Rudolph, Michael Kimmelman, do New York Times, ressalta a importância de sua sobrevivência no artigo "A Chance to Salvage a Master's Creation" [Uma chance de salvar uma criação de mestre]. Os planos debatidos para a estrutura monumental alteraria muito seu caráter atual. Kimmelman argumenta que apesar das críticas que o Centro atraiu, o Orange County deveria reconsiderar a proposta alternativa do arquiteto Gene Kaufman, que manteria a estrutura intacta, restaurando-a à sua antiga glória.

Vale a pena preservar edifícios pós-modernistas?

Nova Iorque é o lar de uma infinidade de edifícios pós-modernistas - da impressionante Sony Tower ao Central Park Ballplayers' House - mas muitas dessas construções permanecem desprotegidas pelos registros do patrimônio nacional dos EUA. A Landmarks Preservation Commission de Nova Iorque está para completar seu 50° aniversário mas ainda não reconheceu os sucessos da arquitetura entre 1970 e 1984 (menor tempo que um edifício tem que ter para ser considerado patrimônio). A comissão tem sido desnecessariamente lenta no reconhecimento de estruturas pós-modernistas na cidade, dizem Paul Makovsky e Michael Gotkin da Metropolis Magazine, que argumentam que a ausência de reconhecimento histórico do pós-modernismo já atingiu um alto custo, citando a renovação do revestimento do Takashimaya Building, na Quinta Avenida, como um "sinal de alerta" para a Comissão.

Vídeo: Jeanne Gang fala sobre salvar um ícone de Chicago

Shoreland, outrora um proeminente edifício, foi construído em 1926 e ficou por anos abandonado correndo o risco de ser apagado da história construída de Chicago. No entanto, isso tudo mudou quando Jeanne Gang do Studio Gang Architects aceitou a oportunidade de restaurar o monumental edifício, transformando-o em uma torre residencial.

Realizado pelos nosso colegas do Spirit of Space, o vídeo acima leva o espectador através de um meticuloso processo e transformação de um marco histórico, destacando a visão de Gang e de David Gwinn do Silliman Group.

Para saber mais sobre as ideias de Gang, veja a seguir a entrevista realizada pelo ArchDaily com Jeanne Gang.

O restauro da "Bachman Wilson House" de Frank Lloyd Wright

Uma rara casa de Frank Lloyd Wright do período Usoniano foi salva pelo Crystal Bridges Museum do Arkansas. O dramático resgate planeja desmontar e mover a casa para um terreno a mais de 1.500 km de distância, estratégia necessária devido às frequentes inundações que acontecem no local onde a casa se encontra atualmente, em Millstone, New Jersey. O Crystal Bridges Museum irá reconstruir e restaurar a casa em algum ponto de sua vasta propriedade.

Saiba mais sobre esta incomum estratégia de preservação. 

Existe futuro para os poços da Índia?

Turistas, quando visitam a Índia, costumam fazer um tour por templos, palácios e fortalezas espetaculares. No entanto, mesmo estando praticamente sob seus pés, as pessoas frequentemente esquecem dos poços, enormes estruturas subterrâneas (de até dez pavimentos) que pontuam a paisagem indiana.

Como mostrado no vídeo, os poços, construídos pela primeira vez por volta do ano 300 a.C., surgiram da necessidade de coletar e armazenar água de forma confiável. Eles apresentam sistemas de circulação muito complexos e, com o passar dos anos, se transformaram em centros comunitários e templos. No entanto, como aponta a arquiteta e jornalista Victoria Lautman, com o aumento da industrialização e com o clima cada vez mais seco (sem mencionar as incontáveis demolições), os poços estão sendo lentamente abandonados.

Parasita ou Salvador? A nova torre de Ibelings van Tilburg

Este artigo foi publicado originalmente na uncube magazine como "Saviour or Parasite?"

O centro da cidade de Rotterdam é dominado pelo comércio. Apenas 5% dos habitantes da cidade vivem no centro ocupado por grandes lojas, restaurantes fast food e escritórios. Após o horário comercial, as ruas ficam desertas. O município gostaria de atrair mais moradores para o centro - mas o espaço para novos edifícios de habitação é escasso. Assim, nos últimos anos, um cinema dos anos 1960 e uma igreja tiveram que abrir caminho para um novo complexo habitacional projetado por Alsop Architects e uma torre residencial de Wiel Arets foi rapidamente ligada à loja de departamento projetada por Marcel Breuer, De Bijenkorf. Não era assim até que o município forçasse a construção de novos arranha-céus residenciais nas áreas verdes do complexo residencial Lijnbaanhoven, projetado em 1954 por Hugh Maaskant, quando houveram protestos e o projeto teve que ser cancelado.

Um projeto de densificação, no entanto, tentou não destruir ou degradar o edifício do pós-guerra que originalmente ocupa o terreno. Em muitos aspectos, o arranha-céu residencial Karel Doorman pode ser chamado de salvador da antiga loja de departamentos Ter Meulen. Pode ser um pouco incomum para um valente herói se agachar sobre os ombros de uma velhinha que se pretende resgatar - mas é isso mais ou menos o que acontece aqui.

Fragmento Urbano: Casa Miller de Jose Oubrerie

Este artigo foi escrito pelo designer e crítico de Seattle Evan Chakroff.

A Casa Miller em Lexington, Kentucky, é um manifesto construído: uma proposta ambiciosa para o futuro dos subúrbios em uma época de urbanização sem precedentes. Apesar de seu "pedigree" - projetado e construído pelo discípulo de Le Corbusier, José Oubrerie – e apesar de sua (apropriada) seleção como uma "obra prima" por Kenneth Frampton, o projeto permanece um tanto desconhecido e arquitetonicamente subestimado.

A casa deveria sem dúvidas ocupar um lugar no cânone das grandes obras de arquitetura residencial. A composição complexa por si só deveria inspirar inúmeras leituras formais, mas mais importante, a casa representa um modelo de vida comunitária em meio à constante mudança das estruturas familiares. É uma rejeição radical do estilo de vida do subúrbio que se tornou socialmente, economicamente e culturalmente insustentável.

A cidade de Nova York estaria "Atrasando" seu Futuro?

Um estudo recente realizado pela REBNY, Real Estate Board of New York (Conselho Imobiliário de Nova York) concluiu que, ao preservar 27,7% dos edifícios em Manhattan, "a cidade está evitando seu futuro econômico". REBNY vem desafiando a Comissão de Preservação de Monumentos, argumentando que isso tem muito poder quando se trata de decisões de planejamento, e que ao tornar os negócios tão difíceis para os investidores, sufoca-se o crescimento da cidade.

No entanto, três dias antes do lançamento deste estudo, o presidente da REBNY, Steve Spinola, disse em uma entrevista ao WNYC que "se você perguntar aos meus membros, eles dirão a você que [os doze anos de mandato do prefeito Bloomberg] tem sido um grande período para eles ". A conclusão da matéria citada é de que a última década tem sido realmente uma época de maior crescimento para os investidores, em vez de um período de estagnação.

Seria fácil ecoar a opinião de Simeon Bankoff, diretor-executivo do Conselho de Distritos Históricos, que acredita que as ações de REBNY reduzem-se a ganância, mesmo comparando seus membros a Gordon Gekko, o anti-herói do filme Wall Street. Mas é realmente a ganância o que está por trás deste ataque à Comissão de Preservação de Edifícios? Saiba mais a seguir.

O Projeto Construtivista / Natalia Melikova

Na Rússia, centenas e centenas de edifícios estão em risco, e trabalho de assegurar que eles não sejam extintos está nas mãos de poucos interessados.

Um desses guerreiros é Natalia Melikova, autora do The Constructivist Project, um website que busca preservar a memória - e, com esperança, inspirar a proteção - da arquitetura russa de vanguarda. Embora tenha origem em seu projeto de tese, está progressivamente se tornando uma de suas paixões. Nas palavras de Melikova, "Ao compartilhar fotografias (minhas próprias e outras), artigos, eventos, exposições, e outros recursos sobre a vanguarda, The Constructivist Project une interesses em comum e apreciação da arte e história da Rússia, e as torna acessíveis em inglês a um público internacional. Este é um modo de iniciar o debate não só sobre a situação perigosa da arquitetura de vanguarda russa mas também sobre preservação cultural e desenvolvimento urbano em geral."

Veja 10 das imagens de Melikova, fotos instantâneas de uma parte da história da Rússia sendo rapidamente esquecida, com as descrições dela, a seguir.

Petição de arquitetos famosos para salvar a Casa Melnikov

Peter Eisenman, Steven Holl, e Rem Koolhaas estão entre os arquitetos que assinaram uma carta pedindo a preservação de um dos maiores trabalhos de Konstantin Melnikov, a Casa Melnikov.

As fundação da casa, de 83 anos, enfraqueceu muito desde o início da construção vizinha e infelizmente a situação só tem piorado, e muito, nos últimos meses.

Saiba mais sobre o estado de conservação da Casa Melnikov, e o que os arquitetos estão fazendo para prevenir sua deterioração...

Demolido o Hoffman Auto Showroom de Frank Lloyd Wright

No final de março, uma das poucas obras de Frank Lloyd Wright em Nova Iorque foi discretamente demolida na Park Avenue 430. Este discreto espaço comercial abrigou o Hoffman Auto Showroom durante cinco décadas e, assim que foi considerada como obra a ser preservada pela Comissão de Preservação da Paisagem, os proprietários do edifício iniciaram sua demolição. Para muitas pessoas, este ato pode ser visto como ganância corporativa ou "vandalismo corporativo", porém, a designação de patrimônio a ser preservado para espaços internos é aplicada apenas a espaços públicos, segundo as leis de preservação de Nova Iorque.

Este espaço já foi algo além de uma simples propriedade privada? E, desconsiderando-se que fora projetado por um dos arquitetos mais famosos da história, o projeto tinha algum "significado histórico, arquitetônico ou cultural especial"?

Mais na continuação

Brasília-patrimônio: desdobrar desafios e encarar o presente / Eduardo Pierrotti Rossetti

“Brasília é de um passado esplendoroso que já não existe mais.
Há milênios desapareceu esse tipo de civilização.”
Clarice Lispector