1. ArchDaily
  2. Aeroportos

Aeroportos: O mais recente de arquitetura e notícia

Por que continuamos a construir salas de espera?

Este artigo foi publicado originalmente em Common Edge.

Salas de espera não estão no topo da lista de espaços favoritos das pessoas, tampouco desfrutam de melhor fama entre os arquitetos e arquitetas. Segundo estatísticas publicadas pela Software Advice, um grupo de consultoria com sede em Austin, Texas, 80% dos entrevistados disseram que ser informado sobre o tempo de espera minimizaria sua frustração; 40% disseram que estariam dispostos a trocar de médico se isso acarretaria em um tempo de espera menor; 20% estariam dispostos a pagar uma taxa extra por um serviço mais rápido; e 97% dos entrevistados—ou seja, virtualmente todos eles—ficam frustrados com longos períodos de espera. Neste contexto, além de figurarem na lista dos espaços menos queridos pelos usuários, as salas de espera se transformaram em um dos principais veículos para a propagação de vírus e disseminação de doenças contagiosas.

Aeroporto Berlin-Tegel será transformado em incubadora de empresas emergentes na Alemanha

No último dia 8 de novembro, Berlin-Tegel assistiu a sua última decolagem. Ao longo dos próximos anos o famoso aeroporto da capital alemã estará fechado para reformas. Segundo projeto desenvolvido pela equipe do gmp architekten, o aeroporto será transformado em um parque industrial para o desenvolvimento de novas tecnologias urbanas. Chamado de Berlin TXL–Urban Tech Republic, o projeto transformará os edifícios existentes para que possam abrigar novas funções, operando como uma incubadora para empresas emergentes na Alemanha.

Perdendo a escala: aeroportos vistos de cima

Aeroporto Jandakot, Austrália. Imagem de Nearmap. <a href='https://www.instagram.com/p/Bd1khcWFqIZ/'>Via Instagram</a>
Aeroporto Jandakot, Austrália. Imagem de Nearmap. Via Instagram

Em diversos momentos da história, a escala humana e a aproximação dos edifícios à dimensão sensível e vinculada ao corpo foram valores perseguidos pelos arquitetos e objeto de reflexão dentro da produção teórica do campo. Embora seja uma virtude que um espaço possa ser apreendido em uma relação direta entre pessoa e construção, existem situações, e mais do que isso, algumas escalas de projeto, que só podem ser percebidas a partir de um olhar mais distanciado. 

6 Interiores de aeroportos que tornam a experiência dos passageiros mais confortável

Aeroporto Internacional Fort McMurray / office of mcfarlane biggar architects + designers. Imagem: © Ema Peter
Aeroporto Internacional Fort McMurray / office of mcfarlane biggar architects + designers. Imagem: © Ema Peter

O pensamento arquitetônico em relação às obras com programas de infraestrutura, tendem, em geral, a balizar sua reflexão nas questões relativas à implantação, organização de fluxos, dinamização e boa articulação de seu uso, uma vez que costumam ser projetos ligados a um grande contingente de usuários e múltiplos usos simultâneos. Embora a grande escala seja certamente um norte inevitável para esse tipo de programa, em alguns casos, pensar em formas de ambientar as áreas internas destas construções é uma demanda tão importante quanto, sobretudo em casos como os dos aeroportos, locais onde a espera e a pausa são atividades contínuas e impostas a praticamente todos os usuários.

Aeroporto de Zaha Hadid em Pequim se tornará o maior hub aéreo do mundo

Quando, em 2015, os arquitetos Zaha Hadid e a ADP Ingeniérie divulgaram o projeto para o "maior aeroporto comercial do mundo" em Pequim, grande parte das manobras políticas para permitir que ele se torne mesmo o que prometeu ser permaneceram obscuras. Mas a situação mudou desde então, divulgou a Bloomberg, com as autoridades chinesas designando este novo terminal - que competirá com o aeroporto existente da capital - como "o hub para os membros da aliança SkyTeam".

Aeroporto Changi de Safdie Architecs terá a maior queda d'água interna do mundo

A maior cascata interna do mundo está atualmente sendo construída na nova extensão do aeroporto Jewel Changi em Singapura. Projetada por Safdie Architects, a cúpula é o mais novo acréscimo neste que já é um dos aeroportos mais movimentados do mundo. Com cerca de 134 mil metros quadrados, a cúpula abriga uma variedade de instalações, como serviços de aeroporto, jardins interiores, lojas e atrações de lazer - incluindo um parque interno. A cachoeira de 40 m de altura foi projetada pelo estúdio WET, responsável por outros grandes projetos aquáticos, como as fontes do Bellagio e do Burj Khalifa.

Zaha Hadid Architects e HOK repensam o futuro do aeroporto Heathrow em Londres

O aeroporto Heathrow está divulgando as primeiras imagens das propostas de ampliação encomendadas aos escritórios Zaha Hadid Architects, Grimshaw, HOK, e Benoy. A encomenda exigia "ideias ousadas para criar um aeroporto sustentável de primeira classe que oferecesse inovações em serviços aos passageiros, integrasse comunidades locais e exibisse o melhor da arquitetura britânica." Desafiando os arquitetos a expandirem os limites do que é atualmente a tipologia do aeroporto, as propostas deveriam dar um passo em direção à mudança do projeto de aeroportos globais.

Proposta de Zaha Hadid Architects. Cortesia de Heathrow Media CentreProposta de Grimshaw. Cortesia de Heathrow Media CentreProposta de HOK. Cortesia de Heathrow Media CentreProposta de Benoy. Cortesia de Heathrow Media Centre+ 4

"Osteobotics": Estruturas de poliéster para pavilhões temporários biodegradáveis

A arquitetura pode ser construída com elementos comprimíveis e com elementos tensionados, mas poucos materiais têm a capacidade de serem esticados e também resistir a esforços de compressão. Em um novo projeto dos alunos Soulaf Aburas, Maria Velasquez, Giannis Nikas e Mattia Santi, da Architectural Association DRL, um destes materiais - policaprolactona, um poliéster biodegradável - é usado para criar uma estrutura para pavilhões e instalações temporárias. Construído por braços robóticos programáveis, o produto resultante é um mono-material autoportante sem junções que lembra visualmente a estrutura dos ossos, rendendo ao projeto o nome de Osteobotics.

Cortesia de AADRL, AA School, Londres, Reino UnidoCortesia de AADRL, AA School, Londres, Reino UnidoCortesia de AADRL, AA School, Londres, Reino UnidoCortesia de AADRL, AA School, Londres, Reino Unido+ 21

Herzog & de Meuron divulga imagens do novo estádio do Chelsea em Londres

Após o anúncio publicado este ano de que Herzog & de Meuron estava desenvolvendo um projeto para o novo estádio do Chelsea Football Club, o escritório suíço divulgou uma série de imagens que narram as intenções de projeto e suas implicações conceituais. O novo estádio, que será construído no lugar do atual estádio Stamford Bridge, terá três níveis de arquibancadas com capacidade total para 60 mil torcedores, e terá cerca de 60 mil metros quadrados de instalações voltadas para as equipes e público.

© Herzog & de Meuron© Herzog & de Meuron© Herzog & de Meuron© Herzog & de Meuron+ 9

Perkins+Will é selecionado para projetar a "Airport City" em Istambul

O escritório Perkins+Will foi selecionado para conceber o masterplan de um enorme empreendimento adjacente ao Istanbul New Airport - um dos maiores aeroportos do mundo, atualmente em construção. A proposta de 690 hectares intitulada "Airport City" contará com um "distrito central de inovação", hoteis, espaços comerciais e corporativos, centros de logística, um centro de convenções e exposições, espaços públicos e conexões de metrô e trem de alta velocidade com Istambul e outras cidades.