1. ArchDaily
  2. Phnom Penh

Phnom Penh: O mais recente de arquitetura e notícia

Para além dos templos: arquitetura contemporânea no Camboja

O Camboja é um país de vasta e rica história. Desde o final da idade média até meados do século XV, a região foi dominada pelo império Khmer e Agkor, sua capital, representa ainda hoje o maior legado arquitetônico da história do país. Estabelecida entre a segunda metade do século VIII à primeira metade do século XV, a cidade dos templos de Angkor, ou “Angkor Wat”, é o maior monumento religioso do mundo e patrimônio mundial declarado pela UNESCO. Entre 1431, ano da queda do império Khmer e abandono da cidade de Angkor, até a atualidade, muita coisa mudou no país que hoje chamamos de Caamboja. Um novo movimento na arquitetura local começa a ganhar importância no cenário internacional, uma abordagem contemporânea que re-interpreta a herança histórica cambojana para criar espaços modernos para a vida contemporânea.

© David YeowCortesia de Orkidstudio© David YeowCortesia de Khmeresque+ 13

Zaha Hadid propõe cinco torres de madeira para o Instituto do Genocídio do Camboja

Reflecting Pool. Image © ZHA
Reflecting Pool. Image © ZHA

O escritório Zaha Hadid Architects revelou sua proposta para o Sleuk Rith Institute em Phnom Penh. O projeto bastante antecipado, comissionado pelo Centro de Documentação do Camboja, servirá de arquivo para o centro Khmer Rouge de história e estudos do genocídio na Ásia.

O instituto é composto por cinco torres de madeira inspiradas na antiga arquitetura Angkoriana que abrigarão um centro de pesquisas de genocídio, uma escola de graduação, um museu, um arquivo e uma biblioteca. À medida que as torres se elevam, as estruturas se entrelaçam e conectam diferentes departamentos acima do térreo, unindo as instituições como um todo.

Faça um passeio virtual pelo instituto, a seguir.

South Facade and Memorial Park. Image © ZHAEntrance. Image © ZHAFoyer. Image © ZHALibrary. Image © ZHA+ 7

Zaha Hadid projetará o Instituto Sleuk Rith, no Camboja

O Centro de Documentação do Camboja (DC-Cam) contratou Zaha Hadid para projetar o muito aguardado instituto de estudos sobre genocídio em Phnom Penh. O novo campus, conhecido como Instituto Sleuk Rith, servirá como uma extensão do trabalho realizado no DC-Cam, além de ser um importante centro de estudos sobre genocídio na Ásia. Com um campus modesto, o instituto abrigará o centro de estudos, uma escola, um museu voltado à memória e educação e outros programas.

"A visão de Youk Chhang é inspiradora", disse Zaha. "O programa do Instituto Sleuk Rith clama por beleza e por um futuro otimista para curar e reconectar um país, sendo o Centro de Documentação do Camboja uma peça chave neste processo."