Prêmio EU Mies van der Rohe 2022 divulga lista de obras selecionadas

Prêmio EU Mies van der Rohe 2022 divulga lista de obras selecionadas

O Prêmio da União Europeia para a Arquitetura Contemporânea, Prêmio Mies van der Rohe, acaba de anunciar as primeiras 449 obras para concorrer na sua edição de 2022. Selecionados em 279 cidades de 41 países, os projetos foram nomeados por especialistas europeus independentes, associações nacionais de arquitetura e pelo Comitê Consultivo do Prêmio.

Copenhill/ Dinamarca ©Rasmus Hjortshoj. Imagem cortesia do Prêmio Mies van der RoheRequalificação da Frente Marítima da Cidade da Horta / Portugal ©Filipe Goncalves. Imagem cortesia do Prêmio Mies van der RoheBiblioteca Central de Oslo / Noruega ©EINAR ASLAKSEN. Imagem cortesia do Prêmio Mies van der RoheGudlaug Baths / Islândia ©Ragnar Th Sigurðsson_Arctic Images. Imagem cortesia do Prêmio Mies van der Rohe+ 15

Iniciado em 1987, o Prêmio da União Europeia para Arquitetura Contemporânea - Prêmio Mies van der Rohe, organizado pela Fundação Mies van der Rohe e pela Comissão Europeia desde 2001, é concedido bienalmente a obras concluídas nos dois anos anteriores e, excepcionalmente, desta vez, considerando o período de 2 a 5 anos. As 449 obras, concluídas entre outubro de 2018 e outubro de 2020, concorrem ao Prêmio de 2022. Revelada hoje pela Comissão Europeia e pela Fundação Mies van der Rohe, a lista de nomeados inclui pela primeira vez obras arquitetônicas da Armênia, Moldávia e Tunísia. Esta primeira seleção será complementada em setembro, com um novo grupo de projetos nomeados, concluídos entre novembro de 2020 e abril de 2021. O novo ciclo do prêmio, reflete sobre os desafios atuais, e anunciará os trabalhos pré-selecionados em janeiro de 2022, os 5 finalistas em fevereiro de 2022 e o vencedor em abril do mesmo ano.

Jardim de infância Nová Ruda / República Tcheca ©Alexandra Timpau. Imagem cortesia do Prêmio Mies van der Rohe
Jardim de infância Nová Ruda / República Tcheca ©Alexandra Timpau. Imagem cortesia do Prêmio Mies van der Rohe

A edição de 2022 do Prêmio Mies van der Rohe, inclui obras concluídas durante a pandemia de Covid-19 e comissões que datam da crise financeira de 2007-2012. Avaliado durante o período pós-pandémico, de forma que o júri pudesse visitar os projetos, o prêmio visa também “apoiar o repensar e replanejar da Europa […] priorizando o ambiente através de um projeto cultural, no qual o design e sustentabilidade são indissociáveis”.

Vanadzor/ Armênia ©Garegin Yeghoyan. Imagem cortesia do Prêmio Mies van der Rohe
Vanadzor/ Armênia ©Garegin Yeghoyan. Imagem cortesia do Prêmio Mies van der Rohe

Tendo em vista uma mudança importante nas tendências do Prêmio, o setor de habitações superou os projetos culturais. Pela primeira vez desde 2003, as moradias unifamiliares (18,10%) tornaram-se o maior conjunto de obras selecionadas, na sequência as habitações coletivas (14,87%) e os estabelecimentos de ensino (14,01%), superando os edifícios com programas culturais específicos. Os edifícios de habitação coletiva têm particular destaque em cidades como Barcelona (6), Paris (4) e Riga (3). Por outro lado, a área de Requalificação segue avançando com um quarto do número total de indicados. Na verdade, 5 das 7 obras de Copenhague foram resultados de transformações, enquanto em Bruxelas, 3 das 5 obras são retrofits. O número de edificações requalificadas superou as edificações culturais (31), seguidas de Educação (18) e de Regeneração Urbana (13).

Sede da Província / Bélgica  ©Maxime Delvaux. Imagem cortesia do Prêmio Mies van der Rohe
Sede da Província / Bélgica ©Maxime Delvaux. Imagem cortesia do Prêmio Mies van der Rohe

Além disso, houve um aumento nas obras transnacionais (10%), em que arquitetos de um país constroem em outro ou as obras são colaborações de escritórios de arquitetura em parceria com arquitetos locais. O estúdio BIG - Bjarke Ingels Group (Copenhagen) possui o maior número de projetos indicados (4), sendo um deles em Copenhagen (DK) e os outros em Bordeaux (FR), Jevnaker (NO) e Estocolmo (SW). O segundo mais nomeado é o escritório COBE (Copenhagen), que tem obras em Copenhagen, Køge e Fredericia, todas na Dinamarca; seguido pela A DO Architects (Vilnius), que tem obras em Vilnius e Klaipėda, todas na Lituânia; A Grafton Architects (Dublin), que construiu em Toulouse, Paris e Londres; e Helen & Hard (Oslo e Stavanger), que possui duas obras em Stavanger e uma em Oslo, todas na Noruega.

RUN RUN RUN / Espanha ©Jose Hevia. Imagem cortesia do Prêmio Mies van der Rohe
RUN RUN RUN / Espanha ©Jose Hevia. Imagem cortesia do Prêmio Mies van der Rohe

O Prêmio Mies da UE, resultante do trabalho de uma forte rede de europeus, mostra que a qualidade pode ser entendida de muitas formas diferentes, mas que deve estar sempre ligada aos desafios atuais com o ambiente, tornando as cidades e a infraestrutura mais sustentáveis e resilientes. - Anna Ramos, Diretora da Fundação Mies van der Rohe.

Casa de cedro / Lituânia ©Norbert Tukaj. Imagem cortesia do Prêmio Mies van der Rohe
Casa de cedro / Lituânia ©Norbert Tukaj. Imagem cortesia do Prêmio Mies van der Rohe

Conheça abaixo a lista de países e os programas indicados com maior destaque, e para a lista completa de selecionados, consulte o site oficial.

Cortesia do Prêmio Mies van der Rohe
Cortesia do Prêmio Mies van der Rohe
Cortesia do Prêmio Mies van der Rohe
Cortesia do Prêmio Mies van der Rohe

  • Espanha: Habitação Coletiva
  • França: Habitação Coletiva
  • Alemanha: Cultura
  • Bélgica: Educação
  • Portugal: Habitação Unifamiliar
  • Itália: Habitação Coletiva e Unifamiliar, Cultura e Educação
  • Reino Unido: Habitação Unifamiliar
  • Holanda: Habitação Coletiva
  • Polônia: Habitação Coletiva, Cultura e Projetos Urbanos
  • Dinamarca: Infraestrutura
  • Áustria: Educação
  • Irlanda: Cultura e Educação

Museu De Lakenhal / Holanda ©Karin Borghouts. Imagem cortesia do Prêmio Mies van der Rohe
Museu De Lakenhal / Holanda ©Karin Borghouts. Imagem cortesia do Prêmio Mies van der Rohe

  • Lituânia: Habitação Unifamiliar
  • Eslovênia: Educação e Habitação Unifamiliar
  • Ucrânia: Educação e Projetos Urbanos
  • Grécia: Habitação Unifamiliar
  • Hungria: Esportes e Lazer
  • Noruega: Cultura
  • República Tcheca: Comercial
  • Croácia: Educação, Alimentação, Habitação e Projetos Urbanos
  • Geórgia: Habitação Coletiva e Projetos Urbanos
  • Letônia: Habitação Coletiva
  • Bulgária: Habitação Coletiva e Corporativo
  • Finlândia: Educação e Habitação Unifamiliar
  • Montenegro: Habitação Unifamiliar
  • Romênia: Habitação Coletiva

Skate Park e Parkour Ground Mziuri / Georgia ©Givi Maghradze. Imagem cortesia do Prêmio Mies van der Rohe
Skate Park e Parkour Ground Mziuri / Georgia ©Givi Maghradze. Imagem cortesia do Prêmio Mies van der Rohe

  • Estônia: Cultura
  • Macedônia do Norte: Habitação Unifamiliar
  • Suécia: Habitação Coletiva
  • Chipre: Habitação Unifamiliar
  • Sérvia: edifícios de uso misto e Habitação Unifamiliar
  • Eslováquia: moradias isoladas, projetos funerários e urbanos
  • Luxemburgo: Habitação Coletiva, Comercial, Alimentação e Esportes
  • Kosovo: Habitação Coletiva
  • Malta: Habitação Unifamiliar
  • Albânia: Habitação Unifamiliar
  • Armênia: Educação
  • Bósnia - Herzegóvina: Governo e Cívico, Paisagismo e Habitação Unifamiliar
  • Islândia: Cultura, Habitação, Esporte e Lazer
  • Tunísia: Edifícios Corporativos
  • Moldávia: Cultura

Galeria de Imagens

Ver tudoMostrar menos
Sobre este autor
Cita: Harrouk, Christele. "Prêmio EU Mies van der Rohe 2022 divulga lista de obras selecionadas " [The 2022 Edition of the EU Mies van der Rohe Award Reveals First 449 Nominated Works] 04 Fev 2021. ArchDaily Brasil. (Trad. Bisineli, Rafaella) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/956320/premio-eu-mies-van-der-rohe-2022-divulga-lista-de-obras-selecionadas> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.