Christele Harrouk

Arquiteta, Urbanista, e Managing Editor do ArchDaily.com. Reside em Beirute, Líbano.

NAVEGUE POR TODOS OS PROJETOS DESTE AUTOR

Prêmio EU Mies 2024 anuncia 40 projetos finalistas

A Comissão Europeia e a Fundació Mies van der Rohe anunciaram os 40 trabalhos selecionados para o Prêmio da União Europeia para a Arquitetura Contemporânea - Prêmio Mies van der Rohe 2024. Escolhidos por um júri composto por sete membros: Frédéric Druot, Martin Braathen, Pippo Ciorra, Tinatin Gurgenidze, Adriana Krnáčová, Sala Makumbundu e Hrvoje Njiric, a partir de uma lista de 362 indicados, os projetos "estão espalhados por 38 cidades europeias em 33 regiões e 20 países", e apresentam 14 programas diferentes.

Prêmio EU Mies 2024 anuncia 40 projetos finalistas  - Image 1 of 4Prêmio EU Mies 2024 anuncia 40 projetos finalistas  - Image 2 of 4Prêmio EU Mies 2024 anuncia 40 projetos finalistas  - Image 3 of 4Prêmio EU Mies 2024 anuncia 40 projetos finalistas  - Image 4 of 4Prêmio EU Mies 2024 anuncia 40 projetos finalistas  - Mais Imagens+ 8

Riad, capital da Arábia Saudita, sediará a Expo Mundial de 2030

O Bureau International des Expositions (BIE) anunciou ontem que Riad, a capital do Reino da Arábia Saudita, será a sede da Expo Mundial de 2030. A cidade conquistou a vitória na primeira rodada de votação, garantindo a necessária maioria de dois terços dos votos. A escolha representa mais um marco para a região do Golfo, após a Expo 2020 em Dubai e Copa do Mundo 2022 no Catar.

Realizada a cada cinco anos, a Expo atrai milhões de visitantes e investimentos significativos. Com o tema A Era da Mudança: Juntos por um Amanhã Planejado, a Expo 2030 Riad acontecerá de 1º de outubro de 2030 a 31 de março de 2031.

Na competição com a cidade portuária de Busan, na Coreia do Sul, e Roma, na Itália, Riad conquistou a preferência com 119 votos, enquanto Busan recebeu 29 votos e Roma, 17 votos, de um total de 182 membros do Bureau International des Expositions (BIE), sediado em Paris. Outros temas explorados foram Transformando Nosso Mundo, Navegando em Direção a um Futuro Melhor por Busan e Pessoas e Territórios: Regeneração, Inclusão e Inovação, por Roma.

Conheça os vencedores do Holcim Awards 2023

A Fundação Holcim para Construção Sustentável revelou os projetos vencedores da competição Holcim Awards 2023, assim como os prêmios de prata, bronze e menção honrosa, em uma cerimônia realizada em 18 de novembro em Veneza, Itália. Avaliados por um júri composto por cinco painéis de especialistas independentes de todo o mundo, esses projetos foram escolhidos por destacar abordagens contextuais e práticas para a construção sustentável, mostrando diversidade em termos de escalas, orçamentos, geografias e formas. Houve também a participação de Francis Kéré, vencedor do Holcim Gold Global em 2012 e laureado com o Prêmio Pritzker de Arquitetura em 2022, que subiu ao palco para falar sobre a influência do Holcim Award em sua carreira.

O estúdio de Design e Arquitetura DnA recebeu o prêmio de ouro na região da Ásia-Pacífico por um projeto de reuso adaptativo de um edifício histórico, enquanto Husos, Elii, e Ultrazul venceram na Europa com um processo de co-design para a reabilitação de um edifício industrial. Na América Latina, Cano Vera Arquitectura foi eleito pelo projeto de um bosque urbano e um complexo de infraestrutura social, e na região do Oriente Médio e África, Juergen Strohmayer e Glenn DeRoché foram selecionados por uma cooperativa de empoderamento juvenil e turismo responsável. Na América do Norte, a Partisans Architects e a Well-Grounded Real Estate conquistaram o primeiro prêmio com uma solução de habitação modular de alta tecnologia e baixo custo.

Conheça os vencedores do Holcim Awards 2023 - Image 1 of 4Conheça os vencedores do Holcim Awards 2023 - Image 2 of 4Conheça os vencedores do Holcim Awards 2023 - Image 3 of 4Conheça os vencedores do Holcim Awards 2023 - Image 4 of 4Conheça os vencedores do Holcim Awards 2023 - Mais Imagens+ 21

Dia Mundial da Arquitetura 2023: promovendo comunidades resilientes

Toda primeira segunda-feira de outubro, celebramos o Dia Mundial da Arquitetura e o Dia Mundial do Habitat, datas que servem como um lembrete para a comunidade global de sua responsabilidade coletiva pelo bem-estar do ambiente construído. Esta edição, assim como nos anos anteriores, lança luz sobre o campo da arquitetura e os desafios enfrentados por nossas cidades, introduzindo novos temas, contemplando o estado de nossas áreas urbanas e propondo estratégias construtivas.

Uma vez que as economias urbanas enfrentaram dificuldades significativas este ano, o Dia Mundial do Habitat promovido pela ONU concentra-se em no tema Economias Urbanas Resilientes: cidades como impulsionadoras do crescimento e da recuperação. Lançando o Outubro Urbano, este evento busca reunir diversos atores para deliberar políticas que ajudem as cidades a se recuperarem após os impactos econômicos duplos causados pela pandemia de Covid-19 e conflitos em todo o mundo. Alinhado a esse conceito, o Dia Mundial da Arquitetura, criado pela UIA em 1985, foca em Arquitetura para Comunidades Resilientes, enfatizando o papel e o dever da arquitetura em promover a existência próspera entre comunidades, ao mesmo tempo em que inicia um diálogo global sobre a interconexão das regiões urbanas e rurais dentro de cada país.

Dia Mundial da Arquitetura 2023: promovendo comunidades resilientes - Image 1 of 4Dia Mundial da Arquitetura 2023: promovendo comunidades resilientes - Image 2 of 4Dia Mundial da Arquitetura 2023: promovendo comunidades resilientes - Image 3 of 4Dia Mundial da Arquitetura 2023: promovendo comunidades resilientes - Image 4 of 4Dia Mundial da Arquitetura 2023: promovendo comunidades resilientes - Mais Imagens+ 1

Projeto "Living Breakwaters" da SCAPE Landscape Architecture ganha o Prêmio Obel 2023

Na sua quinta edição, o Prêmio Obel, focado na área de Adaptação, foi entregue ao projeto Living Breakwaters em Nova York. Este projeto consiste em uma infraestrutura verde localizada ao longo da costa de Staten Island. O prêmio foi concedido à SCAPE Landscape Architecture e sua fundadora, Kate Orff, a mente por trás do 'Living Breakwaters'. A premiação reconhece contribuições arquitetônicas que têm um impacto positivo tanto nas pessoas quanto no planeta.

O Prêmio Obel é uma distinção internacional concedida anualmente pela Fundação Henrik Frode Obel em reconhecimento a realizações notáveis na arquitetura. A cada ano, um foco específico é estabelecido pelo júri, e um prêmio é concedido à solução mais destacada. No ano anterior, em 2022, o prêmio foi para a Seratech, uma solução de concreto neutro em carbono,. Em 2021, por sua vez, o conceito da "cidade de 15 minutos" foi premiado por sua contribuição na criação de ambientes urbanos sustentáveis e centrados nas pessoas. A cerimônia de premiação será na Sydney Opera House em 21 de outubro de 2023. O vencedor receberá um prêmio de 100.000 Euros e uma obra de arte do artista Tomás Saraceno como troféu.

Projeto "Living Breakwaters" da SCAPE Landscape Architecture ganha o Prêmio Obel 2023 - Image 1 of 4Projeto "Living Breakwaters" da SCAPE Landscape Architecture ganha o Prêmio Obel 2023 - Image 2 of 4Projeto "Living Breakwaters" da SCAPE Landscape Architecture ganha o Prêmio Obel 2023 - Image 3 of 4Projeto "Living Breakwaters" da SCAPE Landscape Architecture ganha o Prêmio Obel 2023 - Image 4 of 4Projeto Living Breakwaters da SCAPE Landscape Architecture ganha o Prêmio Obel 2023 - Mais Imagens+ 4

As cidades mais habitáveis do mundo em 2023: conheça os lugares com melhor qualidade de vida

Pelo segundo ano consecutivo, Viena é a cidade mais habitável do mundo, de acordo com o Índice Global de Habitabilidade 2023 da Unidade de Inteligência da revista The Economist. Liderando o ranking pela quarta vez em cinco anos, Viena se destacou em estabilidade, cultura e entretenimento, e infraestrutura confiável. Copenhague, na Dinamarca, manteve a segunda posição, enquanto Melbourne e Sydney ficaram em terceiro e quarto lugares, voltando ao top 5 onde tinham uma presença consistente antes da pandemia.

A pontuação do índice global deste ano voltou aos dias pré-Covid-19, sugerindo que o mundo se recuperou quase totalmente da pandemia. Classificando as condições de vida em 173 cidades com base em estabilidade, cuidados de saúde, cultura e meio ambiente, educação e infraestrutura, a pesquisa sugere que atualmente "a vida nas cidades está um pouco melhor do que em qualquer outro momento dos últimos 15 anos", embora as pontuações de estabilidade tenham caído em média em 2023, devido a conflitos, crises políticas, protestos sociais, inflação e guerras.

As cidades mais habitáveis do mundo em 2023: conheça os lugares com melhor qualidade de vida - Image 1 of 4As cidades mais habitáveis do mundo em 2023: conheça os lugares com melhor qualidade de vida - Image 2 of 4As cidades mais habitáveis do mundo em 2023: conheça os lugares com melhor qualidade de vida - Image 3 of 4As cidades mais habitáveis do mundo em 2023: conheça os lugares com melhor qualidade de vida - Image 4 of 4As cidades mais habitáveis do mundo em 2023: conheça os lugares com melhor qualidade de vida - Mais Imagens+ 8

Temas emergentes na Bienal de Arquitetura de Veneza de 2023: destaques dos pavilhões nacionais

Desafiando o público a pensar de forma diferente e mais empática, a bienal de Lesley Lokko é uma representação autêntica de um assunto altamente complexo. Inaugurada em 20 de maio, a 18ª Exposição Internacional de Arquitetura - La Biennale di Venezia, intitulada O Laboratório do Futuro, já provocou discussões em todo o mundo.

Ao adotar uma perspectiva mais ampla sobre a arquitetura, a exposição desloca seu foco para a disciplina em si, em vez de apenas para a profissão. Não se trata apenas de "construir edifícios", explica a curadora ao ArchDaily. Em vez disso, busca-se questionar nossa compreensão convencional da arquitetura e, com isso, das exposições arquitetônicas. A Bienal de 2023 é um laboratório em todos os sentidos da palavra, uma plataforma global de experimentação e um espaço para explorar novas ideias diante da falta de locais que nos permitam fazê-lo. "Ela empresta sua estrutura e formato de exposições de arte, mas difere da arte em aspectos críticos que muitas vezes passam despercebidos", afirma Lesley Lokko.

Temas emergentes na Bienal de Arquitetura de Veneza de 2023: destaques dos pavilhões nacionais - Image 1 of 4Temas emergentes na Bienal de Arquitetura de Veneza de 2023: destaques dos pavilhões nacionais - Image 2 of 4Temas emergentes na Bienal de Arquitetura de Veneza de 2023: destaques dos pavilhões nacionais - Image 3 of 4Temas emergentes na Bienal de Arquitetura de Veneza de 2023: destaques dos pavilhões nacionais - Image 4 of 4Temas emergentes na Bienal de Arquitetura de Veneza de 2023: destaques dos pavilhões nacionais - Mais Imagens+ 37

Tadao Ando projeta instalação geométrica de concreto para o MPavilion

A Fundação Naomi Milgrom divulgou o projeto da décima edição do MPavilion, feita pelo vencedor do Prêmio Pritzker, Tadao Ando. Concebido em concreto, como boa parte das obras mais emblemáticas de Ando, este será o primeiro projeto do arquiteto japonês na Austrália. Criado como um novo local de encontro no distrito cultural e botânico de Melbourne, pavilhão responde diretamente ao entorno do parque, enfatizando a pureza espacial por meio de formas geométricas básicas quadradas e circulares. O pavilhão tem inauguração prevista para 16 de novembro de 2023.

Brasil vence Leão de Ouro de melhor participação nacional na Bienal de Arquitetura de Veneza 2023

O Pavilhão Brasileiro "Terra", com curadoria de Gabriela de Matos e Paulo Tavares, venceu o Leão de Ouro de Melhor Participação Nacional na Bienal de Arquitetura de Veneza de 2023. Selecionada por um júri presidido pelo arquiteto e curador italiano Ippolito Pestellini Laparelli, acompanhado de Nora Akawi, Thelma Golden, Tau Tavengwa e Izabela Wieczorek, a intervenção vencedora na 18ª Bienal de Arquitetura de Veneza "propõe repensar o passado para projetar futuros possíveis, destacando atores esquecidos pelos cânones arquitetônicos, em diálogo com a curadoria da edição, O Laboratório do Futuro".

Transmitida ao vivo na página oficial da Bienal, a cerimônia ocorreu na Ca'Giustinian, sede da Biennale di Venezia, e também concedeu o Leão de Ouro de Melhor Participação na Exposição Internacional O Laboratório do Futuro para DAAR (Alessandro Petti + Sandi Hilal), ao passo que o Leão de Prata para participação jovem e promissora foi entregue a Olalekan Jeyifous. Outros reconhecimentos incluíram uma menção especial para Wolff Architects, Ilze Wolff e Heinrich Wolff, para Twenty Nine Studio / Sammy Baloji, e para o Pavilhão Nacional da Grã-Bretanha, intitulado Dancing Before the Moon, com curadoria de Jayden Ali, Joseph Henry, Meneesha Kellay e Sumitra Upham.

Brasil vence Leão de Ouro de melhor participação nacional na Bienal de Arquitetura de Veneza 2023 - Image 1 of 4Brasil vence Leão de Ouro de melhor participação nacional na Bienal de Arquitetura de Veneza 2023 - Image 2 of 4Brasil vence Leão de Ouro de melhor participação nacional na Bienal de Arquitetura de Veneza 2023 - Image 3 of 4Brasil vence Leão de Ouro de melhor participação nacional na Bienal de Arquitetura de Veneza 2023 - Image 4 of 4Brasil vence Leão de Ouro de melhor participação nacional na Bienal de Arquitetura de Veneza 2023 - Mais Imagens+ 5

Lesley Lokko sobre a Bienal de Veneza 2023: "Espero que ela provoque o público a pensar com mais empatia"

A 18ª Exposição Internacional de Arquitetura, com curadoria de Lesley Lokko, está programada para abrir em menos de um mês e terá como o tema O Laboratório do Futuro. A mostra apresenta o continente africano como força motriz na formação do mundo que está por vir e desafia as noções convencionais do que o futuro pode trazer e do que um laboratório pode ser. Apresentando 63 pavilhões nacionais, 89 participantes e 9 eventos paralelos na cidade, a Bienal de Arquitetura de Veneza de 2023 convida profissionais de uma ampla gama de disciplinas e origens a explorar novas possibilidades.

Fundadora e diretora do African Futures Institute (AFI) com sede em Accra, Gana, Lesley Lokko é uma arquiteta, educadora e romancista ganesa-escocesa. Com uma carreira que abrange Joanesburgo, Londres, Accra e Edimburgo, ela ocupou vários cargos como professora e é amplamente reconhecida em seu campo. A professora Lokko foi nomeada curadora da 18ª Exposição Internacional de Arquitetura, La Biennale di Venezia, em dezembro de 2021, depois de ter atuado como membro do júri do Golden Lions Awards da edição anterior da Bienal de Veneza. Em sua primeira entrevista ao ArchDaily, após ser nomeada curadora da Bienal de Arquitetura de 2023, Lesley Lokko compartilha ideias sobre os preparativos, o tema e esta 18ª edição.

Lesley Lokko sobre a Bienal de Veneza 2023: "Espero que ela provoque o público a pensar com mais empatia" - Image 1 of 4Lesley Lokko sobre a Bienal de Veneza 2023: "Espero que ela provoque o público a pensar com mais empatia" - Image 2 of 4Lesley Lokko sobre a Bienal de Veneza 2023: "Espero que ela provoque o público a pensar com mais empatia" - Image 3 of 4Lesley Lokko sobre a Bienal de Veneza 2023: "Espero que ela provoque o público a pensar com mais empatia" - Image 4 of 4Lesley Lokko sobre a Bienal de Veneza 2023: Espero que ela provoque o público a pensar com mais empatia - Mais Imagens+ 4

Time Space Existence 2023 prevê novos caminhos sustentáveis para o futuro

Organizada e sediada pelo Centro Cultural Europeu (ECC), uma organização sem fins lucrativos comprometida em promover cultura por meio de intercâmbios internacionais, a sexta edição da exposição Time Space Existence "chamará a atenção para as expressões emergentes de sustentabilidade em suas diversas formas, que vão desde um foco no ambiente e paisagem urbana até as conversas em curso sobre inovação, reutilização, comunidade e inclusão".

Arquitetos, designers, artistas, acadêmicos e fotógrafos de 52 países se reunirão para explorar e contemplar os conceitos filosóficos de tempo, espaço e existência, por meio de diferentes meios e perspectivas diversas. Destacando um total de 217 projetos, a exposição ficará disponível de 20 de maio a 26 de novembro de 2023, no Palazzo Bembo, Palazzo Mora e nos Jardins da Marinaressa, em Veneza, durante a Bienal de Arquitetura de Veneza de 2023. Ao longo dos seis meses de abertura, a exposição será complementada por um programa de palestras, conferências e workshops.

Time Space Existence 2023 prevê novos caminhos sustentáveis para o futuro - Image 1 of 4Time Space Existence 2023 prevê novos caminhos sustentáveis para o futuro - Image 2 of 4Time Space Existence 2023 prevê novos caminhos sustentáveis para o futuro - Image 3 of 4Time Space Existence 2023 prevê novos caminhos sustentáveis para o futuro - Image 4 of 4Time Space Existence 2023 prevê novos caminhos sustentáveis para o futuro - Mais Imagens+ 19

Bienal de Veneza 2023 anuncia júri com Ippolito Pestellini Laparelli como presidente

A Bienal de Arquitetura de Veneza 2023 divulgou o júri da 18ª Exposição Internacional de Arquitetura. Presidido pelo arquiteto e curador italiano Ippolito Pestellini Laparelli, o júri conta também com a arquiteta e curadora palestina Nora Akawi, a diretora e curadora americana do The Studio Museum in Harlem, Thelma Golden, a fundadora e coeditora sul-africana da Cityscapes Magazine, Tau Tavengwa; e a arquiteta, pesquisadora e educadora polonesa radicada em Londres, Izabela Wieczorek.

O Júri Internacional concederá o "Leão de Ouro para a Melhor Participação Nacional", o "Leão de Ouro para o melhor participante da Exposição Internacional - O Laboratório do Futuro", bem como o "Leão de Prata para um jovem promissor na Exposição Internacional O Laboratório do Futuro". O Júri poderá ainda atribuir uma menção honrosa a uma Participação Nacional, e no máximo duas menções honrosas aos participantes da Mostra Internacional O Laboratório do Futuro. Os anúncios e a cerimônia de premiação acontecerão em Veneza no sábado, 20 de maio de 2023.

Semana de Design de Milão 2023: explore os Guias DAAily da cidade e da feira

Em 2023, a Semana de Design de Milão e o Salone Del Mobile, o maior evento de design e feira de móveis do mundo, retornam ao calendário de abril. Para a ocasião, as plataformas DAAily apresentam seus guias DAAily, o manual anual para otimizar seu tempo em Milão, com atividades especialmente selecionadas por nossa equipe de arquitetos e designers. Os guias oferecem uma seleção com curadoria de showrooms, locais e eventos imperdíveis em toda a cidade de Milão; bem como uma seleção detalhada dos melhores expositores, marcas e produtos para visitar no Salone del Mobile 2023 e Euroluce. Sob o tema "Conexão", em sua segunda edição, o DAAily bar, organizado em conjunto por Designboom, Architonic e ArchDaily, acontecerá novamente na Swiss Corner da Piazza Cavour, nos arredores de Brera, de 17 a 21 de abril de 2023.

Semana de Design de Milão 2023: explore os Guias DAAily da cidade e da feira - Image 1 of 4Semana de Design de Milão 2023: explore os Guias DAAily da cidade e da feira - Image 2 of 4Semana de Design de Milão 2023: explore os Guias DAAily da cidade e da feira - Image 3 of 4Semana de Design de Milão 2023: explore os Guias DAAily da cidade e da feira - Image 4 of 4Semana de Design de Milão 2023: explore os Guias DAAily da cidade e da feira - Mais Imagens+ 11