O Laboratório do Futuro: Bienal de Arquitetura de Veneza anuncia tema da edição de 2023

O Laboratório do Futuro: Bienal de Arquitetura de Veneza anuncia tema da edição de 2023

De 20 de maio a 26 de novembro de 2023, a 18ª Exposição Internacional de Arquitetura ocupará os espaços do Giardini, Arsenale e outros locais de Veneza. Intitulada O Laboratório do Futuro, a mostra foi anunciada hoje pelo presidente da Biennale di Venezia, Roberto Cicutto, e pela curadora da exposição, Lesley Lokko.

O tema e título desta edição considerará o continente africano como protagonista do futuro. “Há um lugar neste planeta onde todas essas questões de equidade, raça, esperança e medo convergem e se unem. África. A nível antropológico, somos todos africanos. E o que acontece na África acontece com todos nós”, explica Lokko.

O Laboratório do Futuro: Bienal de Arquitetura de Veneza anuncia tema da edição de 2023 - Imagem 2 de 14O Laboratório do Futuro: Bienal de Arquitetura de Veneza anuncia tema da edição de 2023 - Imagem 3 de 14O Laboratório do Futuro: Bienal de Arquitetura de Veneza anuncia tema da edição de 2023 - Imagem 4 de 14O Laboratório do Futuro: Bienal de Arquitetura de Veneza anuncia tema da edição de 2023 - Imagem 5 de 14O Laboratório do Futuro: Bienal de Arquitetura de Veneza anuncia tema da edição de 2023 - Mais Imagens+ 9

Imaginando a exposição como uma oficina, ou laboratório, a Bienal de Arquitetura de Veneza 2023 convida “arquitetos e profissionais de um campo expandido das disciplinas criativas a extrair exemplos de suas práticas contemporâneas que traçam um caminho para o público imaginar, ele mesmo, o que o futuro pode reservar”. Inspirado no trabalho de Lokko sobre “A África como laboratório para o futuro”, o tema desta bienal procura oferecer novas definições para o futuro e para este laboratório.

O Laboratório do Futuro: Bienal de Arquitetura de Veneza anuncia tema da edição de 2023 - Imagem 2 de 14
Accra_Festus Jackson-Davis. Imagem cortesia de La Biennale di Venezia

Novas tecnologias aparecem e desaparecem continuamente, oferecendo uma visão da vida em partes do globo que provavelmente nunca visitaremos, muito menos entenderemos. Mas ver simultaneamente tanto perto como longe é, como Du Bois e Fanon disseram, uma forma de dupla consciência, o conflito interno de todos os grupos subordinados ou colonizados, que representa a maioria do mundo, não apenas 'lá', nos chamados Mundos em Desenvolvimento, Terceiros e Árabes, mas 'aqui' também, nas metrópoles e paisagens do norte global. Na Europa, falamos de minorias e diversidade, mas a verdade é que as minorias do Ocidente são a maioria global – a diversidade é a nossa norma. — Lesley Lokko

O Laboratório do Futuro: Bienal de Arquitetura de Veneza anuncia tema da edição de 2023 - Imagem 3 de 14
Accra_Festus Jackson-Davis. Imagem cortesia de La Biennale di Venezia

A 18ª Exposição Internacional de Arquitetura contará, como de costume, com as Participações Nacionais, bem como uma seleção de Eventos Colaterais organizados por instituições internacionais, que realizarão suas próprias mostras e iniciativas em Veneza.

O Laboratório do Futuro: Bienal de Arquitetura de Veneza anuncia tema da edição de 2023 - Imagem 4 de 14
Accra_Festus Jackson-Davis. Imagem cortesia de La Biennale di Venezia

Esta é uma Exposição que, baseada em premissas muito práticas e pontos de vista muito específicos, olhará diretamente nos olhos dos representantes dos países participantes e de todos aqueles que lotarão o Giardini, o Arsenale e a Cidade de Veneza. Este evento busca falar com o mundo, que é a verdadeira razão pela qual uma Curadora assume a responsabilidade de organizar uma Exposição Internacional da Bienal. — Roberto Cicutto, Presidente da Bienal

Leia o texto curatorial na íntegra. 

O Laboratório do Futuro: Bienal de Arquitetura de Veneza anuncia tema da edição de 2023 - Imagem 7 de 14
Lesley Lokko de Jacopo Salvi. Imagem cortesia de La Biennale di Venezia

Texto Curatorial

“Em primeiro lugar, a África é o laboratório do futuro. Somos o continente mais jovem do mundo, com idade média igual à metade da Europa e dos Estados Unidos, e uma década mais jovem que a Ásia. Somos o continente em processo de urbanização mais rápido do mundo, crescendo a uma taxa de quase 4% ao ano. Esse crescimento rápido e em grande parte não planejado geralmente ocorre às custas do meio ambiente e dos ecossistemas locais, o que nos coloca na frente das mudanças climáticas, tanto em nível regional quanto planetário. Continuamos sendo o continente menos vacinado, com apenas 15%, mas registramos o menor número de mortes e infecções por uma margem significativa que a comunidade científica ainda não consegue explicar. Muitas vezes do lado errado da esperança e da história, a resiliência, a autoconfiança e uma longa, longa história de cuidados de saúde comunitários de base de repente desequilibraram a balança a nosso favor. A longa e traumática história de migração forçada através do tráfico transatlântico de escravizados é o terreno sobre o qual lutas sucessivas por direitos e uma sociedade mais civil estão sendo travadas em todo o mundo hoje. Em toda a conversa sobre descarbonização, é fácil esquecer que os corpos negros foram as primeiras unidades de trabalho a alimentar a expansão imperial europeia que moldou o mundo moderno. A equidade racial e a justiça climática são dois lados da mesma moeda.

O Laboratório do Futuro: Bienal de Arquitetura de Veneza anuncia tema da edição de 2023 - Imagem 5 de 14
Laboratório do Futuro - Cortesia de La Biennale di Venezia. Imagem © Fred Swart

Mas a esperança é uma moeda poderosa. Ter esperança é ser humano. Em um nível profundamente pessoal, devo minha presença nesta mesa hoje às demandas incansáveis por um mundo mais justo, mais inclusivo e mais equitativo batalhadas por gerações antes de mim. A visão de uma sociedade moderna, diversa e inclusiva é sedutora e persuasiva, mas enquanto permanecer uma imagem, é uma miragem. Algo mais do que representação é necessário, e os arquitetos são, historicamente, atores fundamentais na tradução de imagens em realidade.

O Laboratório do Futuro: Bienal de Arquitetura de Veneza anuncia tema da edição de 2023 - Imagem 11 de 14
Accra - Laboratório do Futuro - Cortesia de La Biennale di Venezia. Imagem © Lesley Lokko

Em segundo lugar, a própria Biennale di Venezia é também uma espécie de laboratório do futuro, um tempo e espaço em que ocorrem especulações sobre a relevância da disciplina para este mundo – e o mundo por vir. Hoje, a palavra “laboratório” é mais geralmente associada à experimentação científica e evoca imagens de um tipo específico de sala ou edifício. Mas o exame de Richard Sennett da palavra “workshop” [oficina], da qual deriva a palavra “laboratório”, aprofunda o conceito de esforços colaborativos de uma maneira diferente. No mundo antigo, tanto na China quanto na Grécia, a oficina era a instituição mais importante de ancoragem da vida cívica. No rescaldo da guerra civil americana, Booker T Washington, um ex-escravizado, criou um projeto no qual escravos libertos que se recuperavam da escravidão sairiam de casa, treinariam em duas instituições modelo, os Institutos Hampton e Tuskegee, e retornariam às suas comunidades de origem. É importante ressaltar que durante essa realocação temporária, a cooperação seria forjada pela experiência direta e pelo contato diário entre iguais. Prevemos nossa exposição como uma espécie de oficina, um laboratório onde arquitetos e profissionais do campo expandido das disciplinas criativas extraem exemplos de suas práticas contemporâneas que traçam um caminho para o público — participantes e visitantes — percorrer, imaginando por si mesmo o que o futuro reserva”.

Via La Biennale di Venezia.

Galeria de Imagens

Ver tudoMostrar menos
Sobre este autor
Cita: Harrouk, Christele. "O Laboratório do Futuro: Bienal de Arquitetura de Veneza anuncia tema da edição de 2023" [The Laboratory of the Future: The 2023 Venice Architecture Biennale Announces Title and Theme of its 18th Edition] 19 Jun 2022. ArchDaily Brasil. (Trad. Baratto, Romullo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/982886/o-laboratorio-do-futuro-bienal-de-arquitetura-de-veneza-anuncia-tema-da-edicao-de-2023> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.