Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Rotterdam

Rotterdam: O mais recente de arquitetura e notícia

MVRDV vence concurso para torres de uso misto em Roterdã

MVRDV revelou o projeto de Weenapoint, um novo empreendimento de uso misto para a cidade natal do escritório: Roterdã, na Holanda.

Localizado no Distrito Central de Roterdã, vizinho à Estação Central de Roterdã, o projeto de 50 mil metros quadrados aumentará a recente transformação do complexo Weenapoint liderado pelo empreendedor Maarsen Groep. A terceira e última fase do plano, a proposta do MVRDV acrescentará 17.000 metros quadrados de espaço de escritórios, um embasamento comercial cheio de vida e até 300 unidades residenciais.

Vista do embasamento. © Mozses Vista da rua.© MVRDV Vista da esquina. © Mozses Vista noturna. © MVRDV + 7

Groos Rotterdam / MVRDV

© Ossip van Duivenbode © Ossip van Duivenbode © Ossip van Duivenbode © Ossip van Duivenbode + 13

Rotterdam, Outro
  • Arquitetos: MVRDV
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área: 300.0 m2
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano: 2017

Casa Matryoshka / Shift Architecture Urbanism

© NoortjeKnulst © NoortjeKnulst © NoortjeKnulst © NoortjeKnulst + 17

Casas  · 
Rotterdam, Outro

Residência Kwantes / MVRDV

© Ossip van Duivenbode © Ossip van Duivenbode © Ossip van Duivenbode © Ossip van Duivenbode + 31

Casas  · 
Roterdam, Outro
  • Arquitetos: MVRDV
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área: 480.0 m2
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano: 2016

V8 Architects é selecionado para o projeto de ampliação da KPN Tower de Renzo Piano

Um ano atrás, a empresa holandesa de telecomunicações KPN anunciou a mudança de sua antiga sede em Haia para a icônica torre inclinada projetada por Renzo Piano, localizada ao pé da Ponte Erasmus em Roterdã. Concluída em 2000, a torre agora passará por um extenso projeto de renovação e expansão a cargo do escritório V8 Architects.

O próprio Piano foi consultado no processo de projeto e a proposta do V8 recebeu sua aprovação. "Como um escritório de Roterdã, estamos orgulhosos por termos sido convidados a dar a esse edifício emblemático uma nova vida", disse Michiel Raaphorst, do escritório V8. "E estamos honrados por nossa intervenção ter sido aprovada por Renzo Piano".

V8 Architects projeta a maior torre residencial de Roterdã

O horizonte de Roterdã está prestes a receber um novo marco: a torre Cooltoren, de 150 metros de altura, projetada pelo escritório V8 Architects que, após a conclusão, se tornará a torre residencial mais alta do centro da cidade. Localizado no bairro de Baan, o projeto visa integrar-se no tecido urbano pós-guerra do distrito e incorporar as características históricas de duas camadas de Roterdã - a do solo e a do skyline.

Cortesia de V8 Architects Cortesia de V8 Architects Cortesia de V8 Architects Cortesia de V8 Architects + 27

Edifício Polak / Paul de Ruiter Architects

© Tim Van de Velde © Tim Van de Velde © Tim Van de Velde © Tim Van de Velde + 21

Universidade  · 
Roterdã, Holanda
  • Arquitetos: Paul de Ruiter Architects

  • Área Área deste projeto de arquitetura Área: 8400.0 m2
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano: 2015

De Bank / KAAN Architecten

© Simone Bossi © Simone Bossi © Simone Bossi © Simone Bossi + 20

Escritórios  · 
Rotterdam, Holanda
  • Arquitetos: KAAN Architecten
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área: 1400.0
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano: 2016

Universidade Erasmus Rotterdam / Paul de Ruiter Architects

© Sebastian van Damme © Jeroen Musch © Tim van de Velde © Jeroen Musch + 33

Universidade  · 
Rotterdam, Holanda

Timmerhuis / OMA

© Ossip van Duivenbode © Ossip van Duivenbode © Ossip van Duivenbode © Sebastian van Damme + 35

  • Arquitetos: OMA
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área: 45000.0 m2
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano: 2015

McDonald's em Coolsingel / mei architects and planners

© Jeroen Musch Cortesia de Mei architects and planners © Ossip Van Duivenbode © Jeroen Musch + 32

Armazéns  · 
Roterdam, Holanda

The Luchtsingel / ZUS

© Ossip van Duivenbode © Ossip van Duivenbode © Ossip van Duivenbode © Fred Ernst + 19

Passarela  · 
Rotterdam, Outro
  • Arquitetos: ZUS
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano: 2015

The Learn'd: Um vídeo sobre a poesia da luz e espaço na obra de KAAN Architecten

The Learn'd, um vídeo dirigido por Victor Vroegindeweij (The Office for Nonfiction Storytelling, Hazazah Pictures), captura a poesia da luz e espaço no projeto para um Centro de Educação realizado pelo escritório KAAN Architecten. Parte do hospital universitário Erasmus MC, em Roterdã, o centro - outrora um átrio abandonado - foi transformado em um "iluminado pátio interno" que serve de ponto de convergência para todos os programas da escola de medicina.

30 documentários de Arquitetura e Urbanismo para ver em 2015

Em 2013 e 2014 apresentamos uma seleção de documentários imperdíveis para arquitetos e este ano não será diferente. No começo de 2015 submergimos novamente no fascinante e distinto mundo dos documentários para coletar uma série de títulos de interesse para os apaixonados pela arquitetura e urbanismo.

Estreias ou clássicos, teóricos ou curiosos, a seleção deste ano apresenta diversos filmes brasileiros, portugueses e internacionais, que abordam conteúdos sobre a habitação, biografias de grandes arquitetos e diversos outros temas como a decadência urbana de Veneza ao se ver consumida pelo turismo, a experiência de um casal que habita a polêmica “8 House”, projetada pelo BIG, e até mesmo um documentário da NatGeo que nos mostra como funciona a impressionante fábrica de Lego.

Em ordem aleatória, apresentamos 30 documentários que devem ser vistos em 2015.

30 documentários de Arquitetura e Urbanismo para ver em 2015 30 documentários de Arquitetura e Urbanismo para ver em 2015 30 documentários de Arquitetura e Urbanismo para ver em 2015 30 documentários de Arquitetura e Urbanismo para ver em 2015 + 32

MVRDV e Urbanismo Interno: Entrevista com Winy Maas

No final do século XX e início do XXI, uma das principais mudanças dentro das cidades ao redor do mundo tem sido o aumento do chamado "espaço público de propriedade privada", um desenvolvimento que tem atraído a atenção de muitos urbanistas e que está sendo amplamente debatido. No entanto, para a MONU Magazine, a predomínio crescente (e aceitação) de tais espaços privados de uso público nos dá a oportunidade de discutir um outro aspecto do espaço público: o urbanismo interno. Com a ascensão do shopping e as cada vez mais diversas funções exigidas pelos edifícios, como bibliotecas, por exemplo, os espaços interiores agora se assemelham a espaços públicos externos.

A entrevista a seguir é um trecho da 21° edição da MONU Magazine, em que Bernd Upmeyer e Beatriz Ramo entrevistam o fundador do MVRDV, Winy Maas, sobre o conceito de urbanismo interno na obra do escritório, em especial nos projetos Rotterdam Markthal, Glass Farm e Book Mountain.

Markthal Rotterdam. Imagem © Nico Saieh Book Mountain em Spijkenisse. Imagem © Jeroen Musch Book Mountain em Spijkenisse. Imagem © Jeroen Musch Glass Farm em Schijndel. Imagem © Jeroen Musch + 13

Centro Médico do Centro Educativo Universidade Erasmus / Claus en Kaan Architecten

© Sebastian van Damme © Bart Gosselin © Sebastian van Damme © Bart Gosselin + 15

Universidade  · 
Rotterdam, Outro
  • Arquitetos: KAAN Architecten
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área: 34000.0
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano: 2013

Markthal Rotterdam / MVRDV

© Daria Scagliola+Stijn Brakkee
© Daria Scagliola+Stijn Brakkee
Mercado  · 
Rotterdam, Holanda
  • Arquitetos: MVRDV
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano: 2014

© Daria Scagliola+Stijn Brakkee © Ossip van Duivenbode © Daria Scagliola+Stijn Brakkee © Nico Saieh + 32

Reflexões sobre a Bienal de Veneza 2014

Fundamentals, o título da Bienal de Veneza de 2014, fechou suas portas há algumas semanas. A partir do momento em que Rem Koolhaas revelou o título da Bienal deste ano, em janeiro de 2013, convidando os curadores nacionais a responder diretamente ao tema "Absorbing Modernity 1914-2014", houve um pressentimento de que esta bienal seria, de algum modo, especial. Tendo rejeitado convites para dirigir a Bienal no passado, o fato de Koolhaas ter agido não como curador, mas também como coordenador temático do esforço internacional, foi significativo. Esse comunicado levou Peter Eisenman (um dos primeiros tutores e defensores de Koolhaas) a dizer em uma entrevista que "[Rem está] declarando seu fim: o fim de sua carreira, o fim de sua hegemonia, o fim de sua mitologia, o fim de tudo, o fim da arquitetura."