Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Patrimônio Mundial

Patrimônio Mundial: O mais recente de arquitetura e notícia

Cais do Valongo no Rio de Janeiro está mais perto de se tornar patrimônio mundial

O histórico Cais do Valongo, localizado próximo à orla do centro do Rio de Janeiro, está um passo pais perto de se tornar Patrimônio Mundial. Em visita à cidade, Daniel Schávelzon, representante do conselho consultivo da UNESCO, deu parecer favorável ao sítio arqueológico. O cais é o local mais importante da diáspora africana em solo americano, tendo recebido mais de um milhão de escravos.

Schávelzon se mostrou a favor de que o sítio receba o título, e a presidente do Iphan, Kátia Bogéa, disse: "Já temos mais da metade do caminho andado."

Patterlini Benoit propõe edifício de uso misto ao redor do Arco do Triunfo

O arquiteto francês Patterlini Benoit propôs um edifício de uso misto que envolve metade do Arco do Triunfo em Paris, França. Finalizada em 1836 como um memorial à vitória da armada francesa baixo Napoleão, o Arco do Triunfo é um dos pontos turísticos mais visitados do mundo. Porém, Benoit argumenta que seu status como um destino turístico o tira da paisagem urbana que é usada diariamente pelos parisienses. Sua proposta tenta recuperar o monumento para a cidade, ao dividir o arco com um enorme espelho plano, que visualmente completa o monumento desde uma perspectiva e dá uma nova função à outra. Neste sentido, Benoit alega que a estrutura pode "trazer a modernidade sem negar sua história".

© Patterlini Benoit © Patterlini Benoit © Patterlini Benoit © Patterlini Benoit + 10

A obra de Francisco Salamone na Argentina: cemitérios, matadouros e prefeituras

A variada obra do arquiteto e engenheiro italiano Francisco Salamone, espalhada por pequenas cidades da província de Buenos Aires e construída entre 1936 e 1940, manifesta a ideia de crescimento e desenvolvimento dos municípios do interior através de obras de caráter público. Através de calçadões, mobiliário urbano, praças e edifícios públicos - entre os quais se destacam os cemitérios, matadeiros e prefeituras - fica em evidência a necessidade da representação e destaque do Estado, traduzido através da monumentalidade. 

Atualmente, a dualidade na obra construída de Salamone - entre edificações em ruínas e edifícios municipais monumentais - não deixa de demonstrar a existência de um rastro identitário presente em cada uma das cidades onde foram construídos. 

Conheça, a seguir, os cemitérios, matadeiros e prefeituras de Francisco Salamone.

Portal del cementerio Laprida. Image via © Wikipedia User: Andresbarbieri Licensed under CC BY-SA 3.0 Matadero de Coronel Pringles. Image via © Wikipedia User: ORLO2002 Licensed under CC BY-SA 3.0 Palacio Municipal de Pellegrini. Image via © Wikipedia User: Maria Alejandra Fontana Licensed under CC BY-SA 3.0 Portal del cementerio de Azul. Image via © Wikipedia User: Maria Carla Lanari Licensed under CC BY 3.0 + 40

Detalhes do interior da Casa Curutchet fotografados pelo coletivo "Caminando La Plata"

A Casa Curutchet -Patrimônio da Humanidade pela Unesco desde julho deste ano - é o resultado do encontro entre Pedro Curutchet, Amancio Williams e Le Corbusier. As atuações e os intercâmbios entre estes protagonistas podem ser vistas em cada detalhe do interior da residência e sua evidência é registrada pelo coletivo de fotógrafos argentinos "Caminando La Plata" para a lCOMOS Argentina e a Fundación Ciudad de La Plata.

A precisão e variedade dos detalhes internos convidam à reflexão sobre as relações existentes entre os indivíduos que interviram no processo de configuração e construção da obra, demonstrando a complexidade da Casa Curutchet. 

17 obras de Le Corbusier são incluídas na lista do Patrimônio Mundial da Humanidade da UNESCO

A Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) acaba de qualificar 17 obras de Le Corbusier espalhadas em 7 países como Patrimônio Mundial da Humanidade. Concedida a sítios de especial importância cultural ou física, a nomeação ajudará a proteger e preservar os edifícios para as futuras gerações. Citando a inventiva linguagem arquitetônica de Le Corbusier, a UNESCO elogiou a série de projetos por "[refletirem] as soluções que o movimento moderno buscou aplicar durante o século XX ao desafio de inventar novas técnicas arquitetônicas que respondessem às necessidades da sociedade."

"A inscrição na Lista do Patrimônio Mundial dos 17 edifícios de Le Corbusier representa um grande incentivo para continuar a rever toda a obra construída de Le Corbusier, mantendo este patrimônio vivo para as futuras gerações", comentou Antoine Picon, Presidente da Fundação Le Corbusier, em um comunicado de imprensa. "Esta nomeação também contribui para a compreensão  deste complexo e frágil legado, além de ajudar em sua disseminação para um público mais amplo."

Veja a segui a lista completa das obras de Le Corbusier que agora fazem parte da Lista do Patrimônio Mundial da UNESCO.

Conjunto Moderno da Pampulha é declarado Patrimônio Mundial pela Unesco

O Conjunto Moderno da Pampulha foi declarado na madrugada deste domingo Patrimônio Mundial da Humanidade, durante a 40ª sessão do Comitê do Patrimônio Mundial da Unesco, realizada entre os dias 15 e 17 de julho, no Centro de Convenções de Istambul, na Turquia. A indicação da Pampulha foi ratificada pelos 21 países integrantes do Comitê, por consenso.

Povoados, comunidades e arquiteturas esquecidas da província de Buenos Aires, por Juan Viel

As pequenas histórias e práticas arquitetônicas típicas a cada povoado da província de Buenos Aires são resgatadas por Juan Viel, que registra com sua câmera as atmosferas e particularidades desses lugares.

A variedade de registros e a atenção do fotógrafo são um convite à reflexão sobre o patrimônio material arquitetônico dos pequenos povoados  e sobre o lugar onde habitamos. 

Cortesia de Juan Viel Cortesia de Juan Viel Cortesia de Juan Viel Cortesia de Juan Viel + 34

Obras de Álvaro Siza e Fundação Calouste Gulbenkian na nova lista de Portugal para o Patrimônio Mundial

A nova lista indicativa de Portugal ao Patrimônio Mundial que foi recentemente concluída integra a obra construída de Álvaro Siza e a Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa – mais concretamente o conjunto constituído pelo edifício-sede (projeto dos arquitetos Ruy Athouguia, Pedro Cid e Alberto Pessoa) e pelo parque (projeto de António Viana Barreto e de Gonçalo Ribeiro Telles). Também a rota de Fernão de Magalhães, que em 1522 concluiu a primeira viagem de circum-navegação, e os caminhos portugueses de peregrinação a Santiago de Compostela passam a integrar a lista.

Restauração da Torre Medieval de Cádiz: Atentado ou preservação do patrimônio?

Em 2011, após o colapso parcial da Torre Medieval do Castelo de Matrera em Villamartin, Cádiz (datado do século IX dC), decidiu-se finalizar a restauração do projeto, com o objetivo de controlar o risco de colapso total e evitar assim, a destruição dos poucos itens que ainda restavam.

O desafio da execução do projeto de restauração ficou à cargo do arquiteto espanhol Carlos Quevedo Rojas, cujo projeto foi aprovado pela Junta da Andaluzia em conformidade com a Lei Andaluz de Patrimônio Histórico, que proíbe tentativas de reconstrução mimética e que exige o uso de materiais que se diferenciem dos materiais originais da obra.

Segundo o arquiteto: "Esta intervenção pretende atingir três objetivos básicos:  consolidar estruturalmente os elementos emergentes em risco; diferenciar a intervenção adicionada ao item original (evitando as reconstruções miméticas que são proibidas por Lei) e recuperar o volume, textura e tonalidade que tinha a torre originalmente. Sendo, portanto, uma realidade aparentemente antagônica, a essência do projeto não se destina a ser, portanto, uma imagem do futuro, mas sim um reflexo de seu próprio passado, de sua própria origem ".

A controversa restauração não só gerou uma ampla discussão internacional sobre a restauração do patrimônio, mas será levada para a Comissão da Cultura do Parlamento de Andaluzia pelo grupo Izquierda Unida, para ver se este era o resultado esperado pelo Ministério da Cultura. Por outro lado, o edifício que antigamente recebia visitas esporádicas hoje tornou-se a nova atração turística da região.

Por que essa restauração tem causado tanta controvérsia? É realmente um "atentado patrimonial", como chamaram os meios de comunicação? Você acha que poderia ter sido feito de melhor maneira?

O que você acha? Veja os comentários nas redes sociais, e deixe a sua opinião no final do post.

UNESCO e Itália criam "capacetes azuis culturais" para proteger patrimônio mundial

A Itália e a UNESCO firmaram no dia 16 de fevereiro deste ano, em Roma, um acordo para criar uma força especial italiana e um centro em Turim para treinar especialistas na proteção do patrimônio em áreas marcadas por conflitos armados ao redor do mundo. O acordo foi proposto a partir de uma emenda sugerida pela Itália à UNESCO em outubro do ano passado, que contou com o apoio de 53 países e o Conselho de Segurança da ONU.

Idealizado como um desdobramento cultural dos Capacetes Azuis - as forças pacificadoras da ONU - este contingente será composto, inicialmente, por 30 investigadores policiais especializados em casos de roubo de obras de arte e também por 30 arqueólogos, restauradores e historiadores de arte que "já estão preparados para ir onde a UNESCO os enviar", se acordo com o Ministro da Cultura da Itália, Dario Franceschini.

Unesco indica três conjuntos brasileiros para Patrimônio Mundial

A Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) aprovou recentemente a inserção de três novos bens brasileiros na Lista Indicativa do Patrimônio Mundial. A partir de agora, o sítio arqueológico do antigo Cais do Valongo, no Rio de Janeiro, a Vila Ferroviária de Paranapiacaba, em Santo André - SP, e o Ver-o-Peso, em Belém - PA, poderão ser avaliados e, quiçá, receber o título de Patrimônio Mundial.

Após 18 anos sem atualizações, a lista indicativa do Brasil passa a ter 18 bens, classificados como naturais, culturais e mistos.

Rio de Janeiro é Patrimônio Mundial da Humanidade / Rio de Janeiro - RJ