1. ArchDaily
  2. Hashim Sarkis

Hashim Sarkis: O mais recente de arquitetura e notícia

Arquitetos convidados na Bienal de Arquitetura de Veneza 2021: conheça as exposições

Para além da contribuição de participações nacionais, a Bienal de Arquitetura de Veneza 2021 convida arquitetos e investigadores a expor os seus trabalhos entre o Pavilhão Central do Giardini, o Arsenale e o Forte Marghera, procurando responder ao tema geral “Como viveremos juntos? ”, definido pelo curador Hashim Sarkis. Com 113 participantes de 46 países e uma representação cada vez maior da África, América Latina e Ásia, essas contribuições arquitetônicas destacam desafios globais e contextuais, bem como apresentam soluções multidisciplinares e criativas.

A 17ª Exposição Internacional de Arquitetura, que ocorre de 22 de maio a 21 de novembro de 2021, divide esses projetos entre os seguintes títulos: Co-Habitats, Stations, Among Diverse Beings, As New Households, As Emerging Communities, Across Borders e As One Planet. Após ter explorado as qualidades recorrentes observadas nos pavilhões nacionais, esta reportagem destaca o restante das intervenções pelas lentes de Laurian Ghinitoiu.

Le Consortium – Land "Grancey-le-Château, A World at the Edge" . Imagem © Laurian GhinitoiuICD Institute for Computational Design and Construction and ITKE Institute of Building Structures and Structural Design "Material Culture: Rethinking The Physical Substrate For Living Together". Imagem © Laurian GhinitoiuPhilip Beesley and the Living Architecture Systems Group / University of Waterloo School of Architecture "Grove". Imagem © Laurian GhinitoiuTVK "The Earth is an Architecture". Imagem © Laurian Ghinitoiu+ 33

Beirute, um ano depois: reconstrução cívica em uma nação devastada

Há um ano, no dia 4 de agosto de 2020, a terceira maior explosão não nuclear já registrada na história devastou metade da cidade de Beirute, destruindo o porto e a porção leste da capital libanesa. Uma das maiores tragédias urbanas dos tempos modernos, matou mais de 200 pessoas, feriu milhares e deixou cerca de 300 mil desabrigados, danificando mais de 80 mil estabelecimentos comerciais, residenciais e públicos. Sentida em países vizinhos, a explosão gerou cerca de US$ 15 bilhões em danos materiais — tudo isso em tempos de Covid-19, crise política, agitação social e colapso econômico.

Um ano depois, pouca coisa mudou. Apenas ficou mais difícil para a população de Beirute. Um ano depois, tudo na cidade ainda os lembra daquele dia. As principais questões permanecem sem resposta, nenhum resgate ou plano de ação foi colocado em marcha por instituições governamentais; na ausência completa do Estado, a sociedade civil se mobilizou para assumir com suas próprias mãos os esforços de reconstrução.

Palácio Sursock. Imagem © Dia MradBuraco negro. Imagem © Dia MradGibran Khalil Gibran 150x120 August 05 2020, Quantum House or Villa Mokbel. Image © Dia MradÓleo na água. Imagem © Dia Mrad+ 24

O melhor dos pavilhões nacionais na Bienal de Veneza 2021

Respondendo ao tema, “Como viveremos juntos” de 115 maneiras diferentes, a Bienal de Arquitetura de Veneza 2021 deu as boas-vindas, fisicamente, ao grande público, em 22 de maio de 2021. Ao se abrir para o mundo, o tema atemporal, porém sensível ao contexto, gerou um coletivo imaginário, destacando um mundo que prefere viver junto a ficar separado. Construindo uma narrativa arquitetônica do presente, que reflete sobre um futuro resiliente, o interrogatório, feito pela primeira vez em 2019, ganhou mais relevância com a pandemia, que paralisou o mundo. Com muito otimismo e amor a arte, a mostra de arquitetura abriu as portas a um público ansioso e revelou qualidades recorrentes nas intervenções apresentadas.

Argentina: A Casa Infinita / Gerardo Caballero. Image © Laurian GhinitoiuAlemanha: 2038. “Nova Serenidade”/ 2038. Imagem © Laurian GhinitoiuMéxico: Desplazamientos / Deslocamentos / Isadora Hastings, Mauricio Rocha, Elena Tudela. Imagem © Laurian GhinitoiuEspanha: Incertezas / Domingo Jacobo, González Galván, Sofía Piñero Rivero, Andrzej Gwizdala, Fernando Herrera Pérez. Imagem © Laurian Ghinitoiu+ 19

Kazuyo Sejima é nomeada presidente do júri internacional da Bienal de Veneza 2021

O Conselho de Administração da Bienal de Veneza de 2021, nomeou Kazuyo Sejima como presidente do júri internacional, encarregada de premiar o Leão de Ouro para a Melhor Participação Nacional, o Leão de Ouro para o Melhor Participante, bem como, o Leão de Prata para um jovem participante promissor. Além disso, o conselho também selecionou quatro outros membros para o júri, do Peru, Líbano, Gana e Itália. A cerimônia de premiação acontecerá em Veneza na segunda-feira, 30 de agosto de 2021.

Lamia Joreige Artes Mundi CUT por Polly Thomas. Imagem cortesia de La Biennale Architettura 2021Molinari 2 - Foto Alberto Cristofari. Imagem cortesia de La Biennale Architettura 2021Lesley Lokko © Murdo McLeod. Imagem cortesia de La Biennale Architettura 2021Sandra Barclay - Jean Pierre Crousse. Imagem cortesia de La Biennale Architettura 2021+ 6

Rafael Moneo recebe o Leão de Ouro da Bienal de Veneza 2021 pelo conjunto de sua obra

O Leão de Ouro por conjunto de obra da 17ª Exposição Internacional de Arquitetura de La Biennale di Venezia foi concedido ao arquiteto, educador, crítico e teórico espanhol Rafael Moneo. Selecionado pela Diretoria da Biennale di Venezia, por recomendação do Curador da Biennale Architettura 2021, Hashim Sarkis, o reconhecimento será concedido ao arquiteto no sábado, 22 de maio de 2021, juntamente com o Leão de Ouro Especial concedido para Lina Bo Bardi.

National Museum of Roman Art. Image © Flickr user James GordonColumbia University Northwest Corner Building. Image. Image © Michael Moran StudioCathedral of Our Lady of the Angels, Los Angeles.. Image © Flickr user cwsteeds. Licensed under CC BY-NC-ND 2.0Beirut Souks. Image © Bahaa Ghoussainy+ 8

Bienal de Veneza 2021 abrirá ao público de 22 de maio a 21 de novembro

A La Biennale di Venezia acaba de anunciar em entrevista coletiva, transmitida ao vivo no dia 12 de abril, que a 17ª Mostra Internacional de Arquitetura sob o tema “Como viveremos juntos?” com curadoria de Hashim Sarkis, estará aberta ao público de sábado, 22 de maio, a domingo, 21 de novembro de 2021 no Giardini, no Arsenale e no Forte Marghera. Além disso, a inauguração será realizada nos dias 20 e 21 de maio.

TUMO Center for Creative Technologies, TUMO Paris, 2018. © Forum des Images. Imagem Cortesia de Biennale Architettura 2021Dogma, “You always seemed so sure that one day we’d be fighting,” The Opposite Shore, 2016-19. Courtesy Dogma. Imagem Cortesia de Biennale Architettura 2021Lina Ghotmeh — Architecture, “Stone Garden North Façade,” Stone Garden under construction a year ago, 2020. © Takuji Shimmura. Imagem Cortesia de Biennale Architettura 2021SOM, “Moon Village Earth Rise,” Life Beyond Earth, 2020. Courtesy SOM | Slashcube GmbH. Imagem Cortesia de Biennale Architettura 2021+ 28

Ao ar livre: novas formas de vivermos juntos na natureza

“Precisamos de um novo contrato espacial.” Este é o apelo de Hashim Sarkis, curador da Bienal de Veneza 2021, como um convite aos arquitetos imaginarem novos espaços em que possamos viver juntos. Entre um movimento de êxodo urbano e crises globais de habitação, o crescimento de empreendimentos mais densos e prédios baixos pode fornecer uma resposta. Afastando-se das residências unifamiliares em áreas rurais e subúrbios, os projetos habitacionais modernos estão explorando novos modelos de vida compartilhada na natureza.

© Shu He© HG Esch© Christian Wöckinger© Dio Guna Putra+ 13

Hashim Sarkis: “Acho que nunca confiamos tanto na arquitetura"

Na segunda parte de sua entrevista com o ArchDaily, Hashim Sarkis reflete sobre o futuro da arquitetura ao abordar a questão atemporal da Bienal de Veneza de 2021. O curador da Bienal, que propõe o tema “Como viveremos juntos?”, discute o papel da profissão em meio a todos esses novos paradigmas, afirmando que “os arquitetos mudam o mundo [...] criando [... ] imagens de desejos do que o mundo poderia ser."

Neste artigo, o curador da esperada bienal e reitor da Escola de Arquitetura e Planejamento do MIT apresenta suas visões sobre a evolução da arquitetura e os novos rumos que o mundo acadêmico deve tomar para refletir "a complexidade dos problemas urbanos de hoje". Sarkis também menciona Beirute, discutindo abordagens de reconstrução, sociedade civil e a noção exasperante de resiliência.

Hashim Sarkis fala sobre “como viveremos juntos?”: explorando o tema da Bienal de Veneza 2021

Prevista originalmente para ocorrer entre agosto e novembro de 2020, a 17ª Bienal de Arquitetura de Veneza foi adiada, como todos os outros eventos deste ano, e será realizada de 22 de maio a 21 de novembro de 2021. Questionando "como viveremos juntos?", a inquietação do curador Hashim Sarkis convida os arquitetos “a imaginar espaços em que podemos viver juntos generosamente”. De tremenda relevância, o tema da Bienal é, de fato, foco de interesse do cenário global.

Após conversar com Sarkis há mais de um ano, o ArchDaily teve a chance de abrir o debate mais uma vez e reexaminar a questão da Bienal de Arquitetura. Em uma entrevista dividida em duas partes, o arquiteto aborda o tema, a Bienal, a situação atual e o futuro.

Bienal de Veneza transmite ao vivo exposição organizada por seus diretores artísticos

A Bienal de Veneza apresenta, pela primeira, vez uma exposição com curadoria conjunta dos diretores de seus seis setores artísticos – Arte, Arquitetura, Cinema, Dança, Música, Teatro. A exibição será transmitida ao vivo no dia 15 de julho de 2020, às 14h30 (horário italiano).

Bienal de Veneza divulga os participantes da 17ª Exposição Internacional de Arquitetura

A 17ª Exposição Internacional de Arquitetura, organizada por La Biennale di Venezia, será inaugurada no dia 23 de maio e permanecerá aberta ao público até 29 de novembro. Intitulada Como viveremos juntos? e com curadoria de Hashim Sarkis, a pré-abertura da exposição ocorrerá nos dias 21 e 22 de maio e a cerimônia de premiação acontece no dia seguinte, 23 de maio.

Osbourne Macharia, "GIKOSH: Example of Photographic art projects involving the creative Millenial within the informal settlements in Nairobi," Keja," 2019. Courtesy Osbourne Macharia. Image Courtesy of La Biennale di VeneziaTUMO Center for Creative Technologies,  TUMO Paris, 2018. © Forum des Images. Image Courtesy of La Biennale di VeneziaSOM, "Moon Village Earth Rise," Life Beyond Earth, 2020. Courtesy SOM | Slashcube GmbH. Image Courtesy of La Biennale di VeneziaPRÁCTICA, "River Somes, Urban Beach," River Somes: Across Communities and Ecosystems, 2017-ongoing. Courtesy PRÁCTICA. Image Courtesy of La Biennale di Venezia+ 16

As tendências da arquitetura em 2019

Este é o momento no qual nos projetamos ao futuro para definir as metas e focos de nossa carreira ao longo do ano que começa. Com o objetivo de ajudar os arquitetos que consultam o ArchDaily diariamente, realizamos a seguinte lista com as ideias que mais ecoaram durante 2018 e que, portanto, serão os temas que devem seguir desenvolvendo-se durante 2019.

Apenas no ano passado, mais de 130 milhões de usuários descobriram no ArchDaily novas referências, materiais e ferramentas que permitem aprimorar o desenvolvimento da arquitetura e melhorar a qualidade de vida de nossas cidades e entornos construídos. Quando nossos usuários começam a coincidir em suas buscas de informação ou demonstram maior interesse por um tema em relação a outros, estes tópicos passam a ser uma tendência.

Hashim Sarkis é nomeado curador da Bienal de Arquitetura de Veneza 2020

Hoje, o Conselho da Bienal de Veneza nomeou Hashim Sarkis como curador da 17ª Exposição Internacional de Arquitetura. Realizada a cada dois anos na capital da região do Vêneto, na Itália, a próxima edição acontecerá entre 23 de maio e 29 de novembro de 2020.

Sarkis é diretor do escritório Hashim Sarkis Studios (HSS), com filiais em Boston e Beirute, e atualmente o decano da Escola de Arquitetura e Urbanismo do MIT. Sarkis foi membro do júri internacional da Bienal de Arquitetura de Veneza 2016, com curadoria de Alejandro Aravena, e participou com seu escritório no Pavilhão dos Estados Unidos (Biennale Architettura 2014) e da Albânia (Biennale Architettura 2010).

Divulgados os membros do júri da Bienal de Veneza 2016

O Conselho Administrativo da Bienal de Veneza, sob a recomendação de Alejandro Aravena, divulgou os nomes dos jurados da próxima Bienal de Veneza, que concederá o Leão de Ouro pela Melhor Participação Nacional, o Leão de Ouro pela Melhor Participação na Exposição Internacional Reporting From the Front, e o Leão de Prata para o Jovem Participante Promissor na Exposição Internacional Reporting From the Front. Eles também terão a oportunidade de premiar com menção especial mais uma participação nacional e dois participantes da exposição internacional.