Ao ar livre: novas formas de vivermos juntos na natureza

Ao ar livre: novas formas de vivermos juntos na natureza

“Precisamos de um novo contrato espacial.” Este é o apelo de Hashim Sarkis, curador da Bienal de Veneza 2021, como um convite aos arquitetos imaginarem novos espaços em que possamos viver juntos. Entre um movimento de êxodo urbano e crises globais de habitação, o crescimento de empreendimentos mais densos e prédios baixos pode fornecer uma resposta. Afastando-se das residências unifamiliares em áreas rurais e subúrbios, os projetos habitacionais modernos estão explorando novos modelos de vida compartilhada na natureza.

© Shu He© HG Esch© Christian Wöckinger© Dio Guna Putra+ 13

Marina One Singapore. Imagem © HG Esch
Marina One Singapore. Imagem © HG Esch

À medida que a pandemia de COVID-19 se espalha, ela exacerba os estilos de vida. Com a possibilidade da pandemia se estender por anos, mais moradores da cidade consideram a mudança para áreas rurais e pequenas cidades. Como o impacto da pandemia é sentido globalmente, há uma mudança em direção aos planos existentes, habitações multifamiliares e unidades móveis. Hoje, os arquitetos estão olhando para essas tipologias e como suas ideias podem ser implementadas em novos ambientes.

Originalmente projetado como uma solução experimental para moradias de alta qualidade em ambientes urbanos densos, o Habitat 67 é um exemplo que integra duas tipologias habitacionais - a casa com jardim suburbano e o prédio econômico de apartamentos altos. Ilustrando as possibilidades de ambientes rurais mais densos, os projetos a seguir analisam como as habitações com várias unidades podem construir novas conexões entre a arquitetura e a natureza.

Residências Edel_Weiss / Matteo Thun & Partners

© Christian Wöckinger
© Christian Wöckinger

Construídas no ponto mais alto da passagem Katschberg Alpline, com 1.600 metros de altura, essas duas torres de apartamentos monolíticas foram feitas para representar um portal quase simbólico entre as duas províncias de Salzburgo e Kärnten e se tornaram o marco da nova cidade entre as montanhas e a natureza.

Edifício San José de la Sierra / German del Rio, Nicolas del Rio, Roberto Farias

© Nico Saieh
© Nico Saieh

San Jose de la Sierra é um empreendimento de oito apartamentos em um prédio de concreto aparente de três andares. A equipe foi desafiada a oferecer uma alternativa de moradia que transmitisse tanto a abertura quanto a liberdade de uma casa com a segurança de um apartamento. O terreno está localizado no sopé da Cordilheira dos Andes.

Xixi Wetland Estate / David Chipperfield

© Simon Menges
© Simon Menges

Xixi, um parque nacional pantanoso localizado nos arredores de Hangzhou, é uma paisagem construída e uma área natural que foi moldada pelo homem por mais de mil anos. A relação entre paisagem, arquitetura e água é a chave para a atmosfera em Xixi. Esta atmosfera foi integrada em um novo empreendimento de edifícios de apartamentos.

Apartamentos La Escondida / Francisco Pardo Arquitecto

© Onnis Luque
© Onnis Luque

Este empreendimento se adapta à topografia existente, seguindo-a. Ele foi projetado com densidade máxima, privacidade máxima e vistas máximas para a paisagem. As unidades foram feitas para parecerem casas, não apartamentos, devido à topografia e aos grandes terraços externos. Todas as unidades têm vista para o oceano pacífico.

Residências Eling / Safdie Architects

© ARCH-EXIST
© ARCH-EXIST

As Residências Eling estão espalhadas no planalto mais alto de Eling Hill, adjacente ao conhecido Parque Eling de Chongqing e com vista para a Península de Yuzhong - o ponto central do município de Chongqing - e o rio Yangtze. O empreendimento contém 126 apartamentos organizados em terraços que ecoam a inclinação do terreno.

A Casa Expansível / Urban Rural Systems

© Dio Guna Putra
© Dio Guna Putra

A casa expansível foi projetada para ser parte de uma resposta sustentável aos desafios do arquipélago de Riau, na Indonésia. O projeto da casa expansível foca no desafio da habitação. Isso permite que o edifício seja configurado de maneira flexível em torno dos padrões flutuantes de consumo e usos de recursos, ou metabolismo, de seus residentes.

Huangshan Mountain Village / MAD Architects

© Shu He
© Shu He

O projeto do MAD para esta vila na montanha é parte de um plano diretor turístico para o Lago Huangshan Taiping. Compostos em deferência à topografia local, cada um dos edifícios é diverso em altura e aparência, e foram concebidos para garantir que os níveis originais das montanhas sejam mantidos.

Este artigo faz parte do Tópico do ArchDaily: Como vivermos juntos. Todo mês exploramos um tópico em profundidade por meio de artigos, entrevistas, notícias e projetos. Saiba mais sobre nossos tópicos mensais aqui. Como sempre, no ArchDaily agradecemos as contribuições de nossos leitores; se você deseja enviar um artigo ou projeto, entre em contato conosco.

Sobre este autor
Cita: Baldwin, Eric. "Ao ar livre: novas formas de vivermos juntos na natureza" [Open Air: New Ways We Can Live Together in Nature] 16 Ago 2020. ArchDaily Brasil. (Trad. Sbeghen Ghisleni, Camila) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/945503/ao-ar-livre-novas-formas-de-vivermos-juntos-na-natureza> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.