Eric Baldwin

NAVEGUE POR TODOS OS PROJETOS DESTE AUTOR

Redesenhando o caminho para uma arquitetura neutra em carbono: entrevista com CO Adaptive Architecture

A crise climática reformulou a arquitetura contemporânea. A sustentabilidade se tornou uma força orientadora importante no projeto e, por sua vez, os arquitetos estão repensando como devem construir. Para o escritório CO Adaptive Architecture, abordar a crise climática começa com uma prática orientada a processos. Juntos, Ruth Mandl e Bobby Johnston criaram uma empresa que incorpora como uma abordagem baseada em valores pode abordar as questões mais urgentes de nosso tempo. O resultado é uma arquitetura elegante e impactante trazida à vida com equilíbrio e finesse.

Cortesia de CO Adaptive ArchitectureCortesia de CO Adaptive ArchitectureCortesia de CO Adaptive ArchitectureCortesia de CO Adaptive Architecture+ 9

Casas sem cozinha: co-living e novos interiores

A ascensão do co-living começou a moldar radicalmente o design de interiores. Em projetos residenciais e empreendimentos comerciais, o co-living está ligado ao surgimento da ideia de uma moradia sem cozinha. Iniciada pela arquiteta espanhola Anna Puigjaner, essa ideia está conectada a uma série de inovações em design de interiores e co-living construídas nos últimos cinco anos. Por sua vez, esses novos interiores começaram a contar uma história de habitação e experiência espacial enraizada na vida moderna.

© Jose Hevia© Jose Hevia© Jose Hevia© Jose Hevia+ 11

Cabanas, casas de campo e complexos residenciais em Nova York

A cultura do projeto residencial de Nova York vai muito além da Big Apple. O Hudson Valley é uma região que se estende ao longo do rio Hudson, do condado de Westchester a Albany. Conhecido por seus vinhedos, pomares e fazendas, o vale do rio inclui uma série de pequenas cidades e casas remotas. Hoje, essas residências rurais estão sendo projetadas para explorar as conexões entre pessoas, natureza e lugar.

Cortesia de KleinCortesia de Fractal Construction LLC© Brad Feinknopf© Mikiko Kikuyama+ 14

Desenhos transparentes: visualizando a arquitetura de novo

Desenhos e visualizações são arquitetura por si só. Como meios de reconsiderar o que vemos ou o que poderia ser, os estilos de desenho são tão diversos quanto os meios pelos quais são produzidos. Para os desenhos transparentes, a observação e a imaginação andam de mãos dadas. Não só este estilo único requer um exame crítico, mas também a capacidade de conceituar novas possibilidades.

Como o projeto de estufas pode mudar a arquitetura?

Poucas estruturas são tão elegantes e engenhosas quanto as estufas. Construídas em grande parte com projetos simples e diretos, esses abrigos minimalistas criam espaços protegidos e iluminados que definem o clima interno. Dedicados ao cultivo de plantas, são projetos diversos que combinam programas e sistemas para enfatizar a sustentabilidade, educação e conservação. No fundo, as estufas dizem respeito à experiência e descoberta.

© Markus BertschiCortesia de Garciagerman Arquitectos© Anna Beeke© Nigel Young+ 14

O oceano acima de nós: planetários e a experiência imersiva da arquitetura

Os planetários são projetados para descoberta e exploração. Criados em torno de experiências imersivas, estes projetos atraem nossa imaginação para novos mundos. Como centros de educação e entretenimento, eles também reúnem as pessoas. Hoje, arquitetos e designers estão reimaginando o que o planetário moderno pode se tornar e, por sua vez, estão inspirando novas investigações sobre o universo e o vasto oceano acima de nós.

© Arch-ExistCortesia de Anmahian Winton Architects© Rafael Gamo© Hengzhong LYU+ 9

Construindo beleza: quando artistas projetam arquiteturas

Arquitetura sendo uma arte ou não, a questão é que edifícios e espaços moldam a vida cotidiana. Expandindo as fronteiras da arquitetura e a categorização da arte, as investigações contemporâneas entre as disciplinas estão repensando a tradição. Como transformações baseadas na experiência humana, essas instalações e estruturas compartilham qualidades de propósito, função e expressão criativa, ao mesmo tempo em que reorientam as limitações e possibilidades de cada profissão.

© Gareth Gardner© Young-moon Ha© Eric Gregory Powell© Wolfgang Volz+ 7

Arquitetura de hotéis e uma nova ideia de hospitalidade para viajantes

Hotéis são centros de comércio, transporte e cultura. Hoje, os designers de interiores estão redefinindo os espaços de hospitalidade para acomodar novas formas de viagens, comunicação e descanso. De renovações históricas a hotéis contemporâneos, esses projetos se concentram em lazer e experiências memoráveis para os hóspedes. Por sua vez, expressam também a identidade da marca em repensar o que será o design de interiores e a hospitalidade no futuro.

© Ce Wang© Ce Wang© Robert Rieger© Alex Filz+ 10

Legado Olímpico: reuso, adaptação e design para cidades

Poucos eventos culturais unem o mundo todo como as Olimpíadas. Hoje, atletas de todo o mundo continuam participando de diversas competições após a pandemia de Covid-19. Os Jogos Olímpicos são considerados a principal competição esportiva do mundo, com mais de 200 nações participantes. Devido a isso, coloca-se em pauta o papel da arquitetura e do design no desenvolvimento urbano das cidades-sede após os jogos.

© Hanneke WetterCortesia de Japan Sports Associate© Iwan BaanCortesia de Populous+ 7

Design no gelo: arquitetura e patinação

Pistas de patinação e gelo combinam temperatura, atmosfera e estruturas. Entre esporte e lazer, esses espaços são projetados em torno da experiência e do tempo como alguns dos espaços públicos mais interativos. Como uma arquitetura de recreação e lazer, os centros de patinação também abrigam uma variedade de esportes. Hoje, a arquitetura dos espaços de patinação engloba uma gama de programas e abordagens formais que definem algumas das atividades mais emblemáticas e sociais.

© Grigoriy Sokolinsky© Wei Shuxiang© Marc Detiffe© Zhepeng Zhang+ 11

Fé e luz: a arquitetura judaica

Poucas religiões têm tanta história e simbolismo quanto o judaísmo. Como a religião monoteísta mais antiga do mundo, remonta a cerca de quatro mil anos. No judaísmo, a arquitetura e as casas de culto servem como locais não apenas para serviços litúrgicos, mas também para reuniões e estudos. Hoje, os arquitetos estão repensando o projeto de sinagogas e espaços de encontro comunitário para celebrar o judaísmo, a reflexão e a comunidade.

© Iwan Baan© LGM Studio - Luis Gallardo© Norbert Miguletz© Aryeh Kornfeld+ 11

Projetando para a lei: repensando a arquitetura dos tribunais

A arquitetura dos tribunais é geralmente representada por projetos cívicos e monumentais. Projetos que fazem uso de uma linguagem contemporânea, superam as representações tradicionais e exploram novas abordagens da forma. De maneira geral, tribunais são tidos como grandes marcos nas cidades e refletem alguns valores fundamentais da sociedade; funcionam, também, como pontos de encontro comunitário.

© Fernando Alda© Lawrence Anderson, ESTO© Casey Dunn© David Romero-Uzeda+ 10

Luz sagrada: novas catedrais e espaços de culto

A arquitetura há muito tempo é pensada pra simbolizar e venerar valores e crenças compartilhadas. Isso é especialmente verdadeiro no caso de catedrais e lugares de culto, estruturas que ultrapassam todas as fronteiras culturais, ambientais e econômicas. Essas construções abrangem o ritual e a reunião ao passo que exploram uma relação entre a experiência humana e o divino. Atualmente, as catedrais estão sendo reimaginadas pela vida contemporânea e por novas tradições de construção. 

© Yves MernierCortesia de SOM© Adam Mørk© Peter Cook+ 9

A ascensão do co-living: projetando moradias comunitárias

Não há nada de novo em viver comunitariamente. A história mostra as moradias se aglutinam devido tanto pelas necessidades em comum quanto para a concentração de recursos. Hoje, devido ao crescimento populacional, ao adensamento urbano e preços dos imóveis, arquitetos e urbanistas têm procurado achar alternativas para habitações compartilhadas, também chamadas de co-living. Esses novos modos de morar exploram uma variedade de formas e configurações espaciais coerentes com o que se espera do futuro.

© Masao Nishikawa© Ossip van Duivenbode© Luke Hayes© Onnis Luque+ 12

Portal para o futuro: repensando o projeto de campus

A arquitetura cresce do contexto. No planejamento de seu campus, uma instituição ou organização estabelece uma estratégia para o uso do terreno em longo prazo e no contexto imediato. Como a SCUP resume, o projeto de um campus pode ser acolhedor, convidativo e estimulante. "Pode ser a manifestação física da missão de uma instituição, um lembrete da promessa e um potencial esperando ser libertado". Hoje, o design de campi engloba abordagens integradas juntando espaços abertos, prédios, circulação e equipamentos. 

Cortesia de Archi-Union Architects© Peter Aaron, Esto Photographics© Florian GroehnCortesia de Kéré Architecture+ 9

Ética na arquitetura: repensando a prática em 2021

A ética abrange todas as práticas da arquitetura. Da interseccionalidade e projetos à crise climática, um arquiteto deve trabalhar com uma gama de condições e contextos que informam o ambiente construído e o processo de sua criação. Em todas as culturas, políticas e climas, a arquitetura é tão funcional e estética quanto política, social, econômica e ecológica. Ao abordar a ética da prática, os arquitetos e urbanistas podem reimaginar o impacto da disciplina e a quem ela serve. 

© Stijn Bollaert© Adli Wahid© CO Adaptive Architecture© Anne Fougeron+ 13