1. ArchDaily
  2. Frank Lloyd Wright

Frank Lloyd Wright: O mais recente de arquitetura e notícia

Casas de pássaros inspiradas na arquitetura moderna

Douglas Barnhard, proprietário da empresa de decoração Sourgrassbuilt, projeta e constrói casas de pássaros. Construídos com materiais reutilizados, seus projetos são inspirados no modernismo de meados do século XX e prestam homenagem a Frank Lloyd Wright, Joseph Eichler e a Bauhaus, embora apresentem também elementos que reflitam a rica cultura de surf e skate da Califórnia.

Os melhores videoclipes para arquitetos de 2017

Aquele velho ditado que diz "escrever sobre música é como dançar sobre arquitetura", parece não ter mais sentido quando a arquitetura se torna de fato o pano de fundo da música e da dança. Desde que o vídeo suplantou a rádio, famosos projetos de casas e edifícios históricos são utilizados como cenários para vídeos musicais dos mais variados estilos. Então, quais foram os clipes de 2017 que melhor incorporaram o nosso maravilhoso mundo da arquitetura?

O Thespaces.com compilou uma lista dos melhores vídeos musicais para amantes da arquitetura em 2017. Aqui apresentamos os nossos favoritos desta lista e alguns outros que acreditamos merecer uma menção especial.

Recém reformada, casa projetada por Frank Lloyd Wright pode ser alugada pelo Airbnb

Que tal passar a noite em uma casa de Frank Lloyd Wright? Esta é a sua chance.

Projetada por Wright e construída em 1953, a Eppstein House, acaba de ser restaurada por seus proprietários, Marika Broere e Tony Hillebrandt, e encontra-se disponível no Airbnb. Localizado em Galesburg, Michigan, a casa foi originalmente projetada como parte de um condomínio de "Usonian Houses" projetado para abrigar 21 casas ao todo, mas apenas quatro acabaram sendo construídas.

Cortesia The Eppstein Housevia Airbnbvia Airbnbvia Airbnb+ 18

Frank Lloyd Wright confirma reputação de egocêntrico em entrevista aos 83 anos de idade

No começo da minha carreira, tive que escolher entre a honesta arrogância e a humildade hipócrita. Eu escolhi a arrogância, e até hoje não encontrei nenhuma razão para mudar.

Frank Lloyd Wright é o maior nome da arquitetura nos Estados Unidos. As histórias à respeito de seu ego são tão difusas quanto o seu prolífico trabalho. Ver Frank Lloyd Wright aos 83 anos de idade não é uma aula de história comum. A entrevista foi transmitida pela NBC Chicago em 1958 e mostra Frank Lloyd Wright contando histórias para Hugh Downs sobre a sua educação, o início de sua carreira com Louis Sullivan, as inspirações para os projetos Taliesin e Taliesin West e as suas contribuições para a arquitetura (digamos que esta questão não precisa necessariamente de uma resposta tão humilde).

Clássicos da Arquitetura: Casa Kings Road / Rudolf Schindler

Isolada atrás de um plano de altos brotos de bambu na região oeste de Hollywood, em Los Angeles, há quem considere a Casa Kings Road a primeira casa construída no estilo moderno. [1] Projetada por Rudolf Schindler em 1921, o uso da laje inclinada em concreto pelo arquiteto da construção (altamente inovador na época) e um layout aberto, diferenciou-se de seus contemporâneos; de fato, o projeto daria o tom para outros projetos residenciais modernistas por décadas.

© Joshua White Photography© Luke FiedererCortesia de Flickr user John ZacherleCortesia de Flickr user collectmoments+ 10

Mapa ilustrado mostra a evolução dos projetos de Frank Lloyd Wright

Lar de Frank Lloyd Wright por muitos anos, Oak Park, no estado de Illinois, também é o local com a maior concentração de casas e edifícios projetados pelo arquiteto. Tendo construído no local durante quase quatro décadas, Wright usou Oak Park como um lugar para experimentar novas técnicas e evoluir seu estilo projetual.

Com isso em mente, o ilustrador Phil Thompson, da Cape Horn Illustration, criou um mapa dos projetos do Wright em Oak Park. Organizado de forma cronológica e por localização, o mapa permite estabelecer conexões entre as estruturas, mostrando como os projetos evoluíram de telhados de palha a coberturas planas, de pequenas casas a grandes edifícios.

58 Anos de evolução no Museu Guggenheim de Frank Lloyd Wright

Este artigo foi publicado originalmente em guggenheim.org/blogs, sob o título "Wright’s Living Organism: The Evolution of the Guggenheim Museum," e é utilizado com permissão.

Em 1957, no canteiro de obras do Museu Solomon R. Guggenheim, o arquiteto Frank Lloyd Wright proclamou: "É tudo uma coisa só, integral, e não parte sobre parte. Este é o princípio pelo qual sempre trabalhei." O princípio a que Wright se referiu é a ideologia de projeto que desenvolveu ao longo de sua carreira de setenta anos: a arquitetura orgânica. No seu cerne, esse princípio era uma aspiração à continuidade espacial, em que cada elemento de uma edificação fosse concebido não como um módulo discretamente projetado, mas como um constituinte do todo.

Embora não seja a intenção de Wright por si só, é apropriado que o edifício que ele concebeu como um organismo vivo tenha evoluído ao longo do tempo. A integridade geral e a forma espiral que definem suas características permaneceram inalteradas, mas houve uma série de adições e renovações exigidas pelo crescimento e modernização da instituição.

Clássicos da Arquitetura: Torre de Pesquisas SC Johnson Wax / Frank Lloyd Wright

A próxima vez que você sentir o aroma de um purificador de ar Glade ou espantar mosquitos irritantes com um repelente Off!, pense em Frank Lloyd Wright. Seu edifício para a Torre de Pesquisas para a empresa SC Johnson, de 1950, em sua sede em Racine, Wisconsin, foi o lar da invenção de muitos produtos históricos.

Vista da torre durante a construção. Image © SC JohnsonGrande claraboia acima da área de recepção do departamento de publicidade. Image © Ezra Stoller/EstoClássicos da Arquitetura: Torre de Pesquisas SC Johnson Wax / Frank Lloyd WrightClássicos da Arquitetura: Torre de Pesquisas SC Johnson Wax / Frank Lloyd Wright+ 35

Conheça a residência de Marilyn Monroe projetada por Frank Lloyd Wright

Alguns projetos não construídos - as esperanças que eles revelam e os motivos que os impediram de ser construídos - contam histórias intensas. Esse é o caso da residência projetada por Frank Lloyd Wright para Marilyn Monroe e Arthur Miller. Ou será que é aquilo que supomos saber sobre Marilyn, que o torna tão pungente?

A união entre um intelectual de vida pacata e o maior símbolo sexual do século passado foi desconcertante para o público, e o conflito entre suas aspirações e personalidades parece interferido em seus planos para esta casa, localizada no estado de Connecticut. Após se mudarem para a residência de campo de Miller, Monroe pediu a Wright que criasse uma nova casa para eles naqueles arredores.

Novo livro apresenta modelos de papel das principais obras de Frank Lloyd Wright

Com as celebrações do 150º aniversário de Frank Lloyd Wright ainda em curso, um novo livro está dando aos fanáticos de Wright a chance de recriar alguns dos trabalhos mais notáveis do arquiteto através de uma série de modelos de papel cortados e dobrados.

Criado pelo artista Marc Hagan-Guirey, o livro contém modelos para recriar 14 estruturas projetadas por Wright usando a arte japonesa de kirigami. O livro mostra como montar cada modelo, fornecendo fotografias, desenhos e informações de cada edifício, incluindo a icônica Casa da Cascata e o Museu Solomon R. Guggenheim em Nova Iorque.

Por dentro das estranhas vidas pessoais de arquitetos famosos

Os arquitetos famosos são muitas vezes vistos mais como enigmas do que como pessoas mas, mesmo assim, os maiores nomes escondem escândalos e tragédias da vida cotidiana. Como celebridades, muitos dos mais famosos arquitetos do mundo enfrentaram rumores e, até hoje, há dúvidas sobre a verdade de alguns de seus assuntos particulares. Clientes e colegas que frequentavam seus estúdios puderam ver um pouco de suas vidas pessoais, mas, às vezes, a força da personalidade que muitas vezes vem com gênio criativo impede uma percepção mais detalhada. No entanto, o fato é que a vida desses arquitetos era mais do que a soma dos seus edifícios.

Primeiras plantas do Guggenheim de Frank Lloyd Wright mostram algumas ideias que não se concretizaram

Em um recente post em seu blog, o Museu Solomon R. Guggenheim explora os detalhes de projeto que não foram realizados no icônico edifício de Frank Lloyd Wright em Nova Iorque, com base em uma série de desenhos e croquis do arquivo do museu. De problemas relacionados à forma e escala até a escolhas de materiais, muitas alterações de projeto foram feitas durante os 16 anos entre a contratação do arquiteto e a inauguração do museu. O mais notável são os trajetos circulares desenhados por Wright que, nos desenhos de 1953, incluem uma rampa circular ainda mais íngreme - além da "Grande Rampa" - , que permitiria uma passagem mais rápida por cada pavimento. Embora a proposta tenha sido substituída por escadas, a "Rampa Rápida" demonstra a intenção de Wright de explorar geometrias que se sobrepõem.

Detalhe da planta do Museu Guggenheim de 1953, que mostra a proposta de "rampa rápida". Imagem © 2017 Frank Lloyd Wright Foundation, Scottsdale, AZ.Todos os direitos reservadosDetalhe da seção de corte do Museu Guggenheim de 1953 mostrando a proposta de "rampa rápida". imagem © 2017 Frank Lloyd Wright Foundation, Scottsdale, AZ. Todos os direitos reservadosPlanta do projeto Museu Guggenheim proposto em 1953. Imagem © 2017 Frank Lloyd Wright Foundation, Scottsdale, AZ. Todos os direitos reservadosO modelo de1945 do Guggenheim, se estendia até 89 Street. imagem © 2017 Frank Lloyd Wright Foundation, Scottsdale, AZ. Todos os direitos reservados.+ 6

As tirinhas do The New Yorker que acompanharam a abertura do Guggenheim de Frank Lloyd Wright

Cortesia de The New Yorker
Cortesia de The New Yorker

Do maravilhamento ao desgosto, a abertura do Museu Solomon R. Guggenheim projetado por Frank Lloyd Wright, em 1959, recebeu uma ampla gama de reações do público. Este momento cultural foi destilado em uma série de tirinhas espirituosas publicadas no The New Yorker que, simultaneamente, satirizaram a arquitetura inovadora e seus críticos. Os desenhos foram recentemente compartilhados num post do blog do Museu Guggenheim. Através de esboços detalhados, o cartunista Alan Dunn representa a experiência do edifício, de olhar para as janelas de vigia exteriores e o caminhar pela grande rampa. Em um desenho, ele retrata a perspectiva do térreo olhando para a cúpula, demonstrando a sensação da curvatura e geometrias do edifício.

Conheça o último projeto (não construído) de Frank Lloyd Wright nesta Maquete 3D

A última casa projetada por Frank Lloyd Wright nunca foi construída, com seu projeto sendo entregue ao cliente apenas alguns dias após o funeral de Wright. No entanto, a realização de sua visão é tentadora, pois essas plantas, e o terreno para qual foi projetada, ainda são mantidos pela mesma família - e estão à venda, juntamente com o terreno adjacente e uma casa existente de Wright.

Frases inspiradoras de Frank Lloyd Wright para qualquer situação

Não é segredo que Frank Lloyd Wright é um dos personagens mais apaixonantes da arquitetura. Conhecido por ser um egoísta sincero, a apreciação de Wright pela arquitetura foi superada apenas por sua apreciação por ele mesmo - o que talvez seja compreensível, já que ele, indiscutivelmente, está entre os grandes gênios do século XX. Para melhor ou pior (provavelmente pior), seu caráter se enraizou na profissão, em grande medida graças a Ayn Rand, que usou Wright como inspiração para o personagem principal de um dos seus livros mais famosos, The Fountainhead.

Mas, na realidade, a maioria dos arquitetos tem pelo menos um pouco da personalidade de Frank Lloyd Wright. É difícil ter autoconfiança sem um pingo de ego, e uma vez que projetar exige muita autoconfiança, e muitos de nós podemos nos ver refletidos, ao menos em parte, na persona do maior arquiteto dos Estados Unidos. Em homenagem ao 150º aniversário de nascimento de Frank Lloyd Wright, reunimos alguns de seus comentários mais "perspicazes". Agora, pegue sua humildade, coloque-a em uma caixa dentro de sua mente, tranque-a e junte-se a nós em uma jornada de 150 anos de sabedoria ...

Projetos clássicos de Frank Lloyd Wright

Frank Lloyd Wright foi, inegavelmente, um dos arquitetos mais inspiradores da história. Suas ideias transcenderam gerações e vem influenciado profissionais até hoje em dia através de sua vasta obra, incluindo além de diversos projetos, textos, livros e a educação de jovens. Foi o principal nome da arquitetura orgânica, líder do movimento Prairie School e, no ano de 1991, foi reconhecido pelo Instituto Americano de Arquitetos (AIA) como "o maior arquiteto americano de todos os tempos".

Comemorando seu aniversário no dia de hoje, 08 de junho, veja uma seleção de projetos clássicos do arquiteto:

Acompanhe as mudanças do entorno natural da Casa da Cascata de Frank Lloyd Wright durante as estações do ano

Hoje, 08 de junho, celebramos o 150º aniversário do nascimento do arquiteto norte-americano Frank Lloyd Wright, considerado por muitos um dos principais mestres da arquitetura do século XX.

Como introdutor do termo arquitetura orgânica, uma de suas obras mais representativas é, sem dúvida, a Casa das Cascatas. Este clássico da arquitetura tem sido um permanente ponto de referência na reflexão sobre o habitar, devido aos questionamentos que levanta sobre a relação entre o homem, arquitetura e a natureza.

A vez em que Frank Lloyd Wright e Le Corbusier tiveram uma discussão pública no New York Times

Frank Lloyd Wright e Le Corbusier são arquitetos conhecidos por suas ideias grandiosas e inovadoras, bem como pela alta estima por suas próprias opiniões. Entretanto, os dois não compartilharam das mesmas visões para o futuro das cidades americanas e a civilização. Ambos os arquitetos tinham planos utópicos e abrangentes para sua cidade americana ideal, combinando ideias sociais e arquitetônicas. Em 1932, os dois descreveram essas ideias no The New York Times; nestes dois artigos Frank Lloyd Wright e Le Corbusier tornaram muito claras para o público suas diferenças de opinião sobre o futuro das cidades.