Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Guggenheim

Guggenheim: O mais recente de arquitetura e notícia

AMO / Rem Koolhaas e Guggenheim conduzem pesquisa sobre "mudanças radicais no campo"

16:00 - 3 Dezembro, 2017
AMO / Rem Koolhaas e Guggenheim conduzem pesquisa sobre "mudanças radicais no campo", Countryside: Future of the World, uma colaboração entre Guggenheim e AMO / Rem Koolhaas examina mudanças radicais que transformam a paisagem não-urbana. Foto: Pieternel van Velden (Koppert Cress, Países Baixos 2011). Cortesia de Guggenheim
Countryside: Future of the World, uma colaboração entre Guggenheim e AMO / Rem Koolhaas examina mudanças radicais que transformam a paisagem não-urbana. Foto: Pieternel van Velden (Koppert Cress, Países Baixos 2011). Cortesia de Guggenheim

O Museu Solomon R. Guggenheim e o AMO, estúdio de investigações de Rem Koolhaas, anunciaram um novo projeto de pesquisa que explora as "mudanças radicais no campo, nas vastas áreas não urbanizadas do planeta", e que resultará em uma exposição no museu projetado por Frank Lloyd Wright em meados de 2019.

O projeto conduzido por Koolhaas e seu think tank AMO dá seguimento a uma pesquisa já iniciada pelo arquiteto e estudantes da Harvard Graduate School of Design.

Countryside: Future of the World, uma colaboração entre Guggenheim e AMO / Rem Koolhaas examina mudanças radicais que transformam a paisagem não-urbana. Cortesia de Guggenheim Countryside: Future of the World, uma colaboração entre Guggenheim e AMO / Rem Koolhaas examina mudanças radicais que transformam a paisagem não-urbana. Cortesia de Guggenheim. Foto: Mikhaylovich Prokudin-Gorsky circa 1909. Cortesia de Guggenheim Countryside: Future of the World, uma colaboração entre Guggenheim e AMO / Rem Koolhaas examina mudanças radicais que transformam a paisagem não-urbana. Cortesia de Guggenheim Rem Koolhaas. Foto: Fred Ernst, Cortesia do OMA + 5

Projeções na fachada do Guggenheim de Bilbao contam a história dos 20 anos do museu

07:00 - 20 Outubro, 2017

Em comemoração ao 20º Aniversário do Museu Guggenheim de Bilbao, projetado por Frank Gehry, o estúdio 59 Productions criou um espetáculo de projeção de luzes que durou 4 dias, transformando as icônicas curvas do museu em uma gigantesca tela.

De 11 a 14 de outubro, a produção de 20 minutos de duração combinou música e luzes através da técnica de projection mapping, criando um show nas fachadas de titânio que contava a história do museu.

59 Productions transforma o Guggenheim de Bilbao com "Reflections" para o aniversário de 20 anos do museu. Foto de Justin Sutcliffe. 59 Productions transforma o Guggenheim de Bilbao com "Reflections" para o aniversário de 20 anos do museu. Cortesia de 59 Productions 59 Productions transforma o Guggenheim de Bilbao com "Reflections" para o aniversário de 20 anos do museu. Foto de Justin Sutcliffe. 59 Productions transforma o Guggenheim de Bilbao com "Reflections" para o aniversário de 20 anos do museu. Foto de Justin Sutcliffe. + 20

Novo livro apresenta modelos de papel das principais obras de Frank Lloyd Wright

15:00 - 24 Junho, 2017
Novo livro apresenta modelos de papel das principais obras de Frank Lloyd Wright , Cortesia de Lawrence King Publishing
Cortesia de Lawrence King Publishing

Com as celebrações do 150º aniversário de Frank Lloyd Wright ainda em curso, um novo livro está dando aos fanáticos de Wright a chance de recriar alguns dos trabalhos mais notáveis do arquiteto através de uma série de modelos de papel cortados e dobrados.

Criado pelo artista Marc Hagan-Guirey, o livro contém modelos para recriar 14 estruturas projetadas por Wright usando a arte japonesa de kirigami. O livro mostra como montar cada modelo, fornecendo fotografias, desenhos e informações de cada edifício, incluindo a icônica Casa da Cascata e o Museu Solomon R. Guggenheim em Nova Iorque.

LEGO lança kit para montar o Museu Guggenheim de Frank Lloyd Wright

15:00 - 6 Junho, 2017
LEGO lança kit para montar o Museu Guggenheim de Frank Lloyd Wright, via Target
via Target

Com o aniversário de 150 anos do nascimento de Frank Lloyd Wright cada vez mais perto, a LEGO lançou mais um kit da sua série de arquitetura, desta vez, com uma obra-prima deste arquiteto que ajudou a definir a arquitetura moderna norte-americana: o Museu Solomon R. Guggenheim.

O conjunto de 744 peças apresenta uma reinterpretação do edifício a partir dos clássicos blocos de montar, após uma primeira versão de 208 peças lançada em 2009. O novo conjunto mostra uma reconstituição muito mais realista do edifício original de Wright e, além disso, conta com a torre anexa de 10 pavimentos, feita de pedra calcária, projetada por Gwathmey Siegel & Associates Architects em 1992 a partir dos esboços originais de Wright.

Museu Guggenheim de Nova Iorque disponibiliza mais de 200 livros e catálogos para download

10:00 - 3 Maio, 2017
Museu Guggenheim de Nova Iorque disponibiliza mais de 200 livros e catálogos para download, Fachada do Museu Guggenheim de Nova Iorque. . Image © Peder Sterll, via Flickr. Licença CC BY-NC 2.0
Fachada do Museu Guggenheim de Nova Iorque. . Image © Peder Sterll, via Flickr. Licença CC BY-NC 2.0

Você provavelmente já deve ter ouvido falar do Arquivo da Internet, um acervo online com milhões de livros, softwares, filmes, músicas e outros documentos disponíveis gratuitamente. Há algum tempo, museus do mundo todo começaram a digitalizar seus acervos, tornando-os acessíveis ao público através da página do Arquivo (archive.org), e dentre estes está o Museu Solomon R. Guggenheim de Nova York, que recentemente disponibilizou mais de 200 catálogos de exposições e outros livros de arte.

Sem o financiamento estatal previsto, Guggenheim Helsinki busca apoio em doações privadas

16:00 - 27 Novembro, 2016
Sem o financiamento estatal previsto, Guggenheim Helsinki busca apoio em doações privadas, Proposta vencedora para o museu Guggenheim Helsinki (2015). Imagem © Moreau Kusunoki Architectes / Guggenheim
Proposta vencedora para o museu Guggenheim Helsinki (2015). Imagem © Moreau Kusunoki Architectes / Guggenheim

Dois meses após o governo finlandês vetar o financiamento do projeto Guggenheim Helsinki, escolhido através de um concurso internacional que teve como vencedor o escritório parisiense Moreau Kusunoki, foi divulgado que os apoiadores do projeto apresentaram uma nova proposta para a construção do museu. Segundo o The New York Times, "dos custos de construção previstos em US$ 144 milhões, a cidade de Helsinki cobriria no máximo US$ 89 milhões".

9 vezes que arquitetos transformaram o Museu Guggenheim de Frank Lloyd Wright

07:00 - 24 Outubro, 2016
Projeto Expositivo de Gae Aulenti. Instalação: The Italian Metamorphosis, 1943–1968, Solomon R. Guggenheim Museum, Nova York, 6 de Outubro de 1994 – 22 Janeiro 1995. Foto: David Heald
Projeto Expositivo de Gae Aulenti. Instalação: The Italian Metamorphosis, 1943–1968, Solomon R. Guggenheim Museum, Nova York, 6 de Outubro de 1994 – 22 Janeiro 1995. Foto: David Heald

Este texto foi originalmente publicado em guggenheim.org/blogs sob o título "Nove Exposições do Guggenheim projetadas por Arquitetos" (em tradução livre) e está sendo utilizado com sua permissão.

Projetos de exposições nunca são simples nem diretos, mas isso se torna evidente dentro da arquitetura não convencional do Museu Guggenheim de Frank Lloyd Wright. Pendurar um quadro em uma galeria tradicional de formas cúbicas é literalmente simples, no entanto toda a exposição no Guggenheim é a reinvenção de um dos edifícios mais icônicos e distintivos do mundo. O edifício exige projetos museográficos específicos - paredes divisórias, pedestais, vitrines e bancos são todos fabricados especialmente sob medida para cada exposição. Ao mesmo tempo, estas qualidades do edifício apresentam uma oportunidade para instalações únicas e memoráveis. O projeto aparece simultaneamente em uma micro e macro escala - criando soluções de exposição para trabalhos de arte individuais enquanto produzem contexto e fluxo gerais que representam a visão curatorial para a exposição. É por isso que todos os responsáveis pelas exposições internas mais impressionantes possuem conexão com a arquitetura. Desenvolveram relações íntimas com cada ângulo e curva da rampa ascendente e de suas paredes inclinadas.

Museu Guggenheim de Nova Iorque pelas lentes de Laurian Ghinitoiu

07:00 - 11 Junho, 2016
Museu Guggenheim de Nova Iorque pelas lentes de Laurian Ghinitoiu, © Laurian Ghinitoiu
© Laurian Ghinitoiu

O Museu Solomon R. Guggenheim de Nova Iorque, inaugurado em 1959, causou controvérsias por ser "menos um museu que um monumento" de Frank Lloyd Wright. Embora Wright pretendesse exibir as pinturas nas paredes internas, a concavidade das superfícies tornou isso impossível. Em vez disso, então, o átrio central se tornou um lugar de procissão onde o espaço é revelado através do movimento. A rampa contínua que se volta para o átrio permite a interação das pessoas em diferentes níveis.

O fotógrafo Laurian Ghinitoiu situa as pessoas no centro de suas fotografias, o que talvez explique como, nesta série fotográfica do Museu Guggenheim em homenagem ao 149° ano de nascimento de Wright, ele tenha conseguido capturar a essência e vitalidade do museu. Ao passo que algumas imagens retratam o átrio do museu como um lugar de passagem, contemplação e socialização, outras mostram a crescente influência da fotografia e auto-representação na experiência dos visitantes. Algumas fotografias mostram ainda o edifício inserido em seu contexto urbano, com pessoas envolvidas em suas atividades diárias.

© Laurian Ghinitoiu © Laurian Ghinitoiu © Laurian Ghinitoiu © Laurian Ghinitoiu + 30

Google coloca o espaço interno do Guggenheim de Nova Iorque no Street View

15:00 - 1 Fevereiro, 2016
Google coloca o espaço interno do Guggenheim de Nova Iorque no Street View, Vista da exposição: Storylines: Contemporary Art at the Guggenheim. Imagem © Solomon R. Guggenheim Museum, New York
Vista da exposição: Storylines: Contemporary Art at the Guggenheim. Imagem © Solomon R. Guggenheim Museum, New York

O Google Cultural Institute se uniu ao icônico Museu Guggenheim de Nova Iorque, projetado por Frank Lloyd Wright, para abrir as portas da instituição no Street View. Além disso, a Solomon R. Guggenheim Foundation disponibilizou mais de 120 obras de arte para serem vistas online. "Com a tecnologia do Street View é agora possível caminhar pelas distintas rampas espiraladas do museu a partir de qualquer lugar", comentou a fundação.

Proposta de Moreau Kusunoki vence o concurso para o Guggenheim Helsinki

18:00 - 24 Junho, 2015
Proposta de Moreau Kusunoki vence o concurso para o Guggenheim Helsinki , Proposta Vencedora. Imagem © Moreau Kusunoki Architectes / Guggenheim
Proposta Vencedora. Imagem © Moreau Kusunoki Architectes / Guggenheim

O escritório Moreau Kusunoki, com sede em Paris, foi anunciado como vencedor do concurso para o Guggenheim Helsinki após um ano de pré-seleção e deliberação. Sua proposta - intitulada Art in the City - "resume as qualidades que o júri admirou no projeto", observou Mark Wigley, presidente do júri. Ele continuou: "a orla, o parque e a área urbana próxima estabelecem um diálogo com o conjunto de pavilhões, com as pessoas e as atividades que fluem entre eles. O projeto está impregnado de um senso de comunidade e de animação que corresponde às ambições do edital a fim de honrar tanto o povo da Finlândia quanto à criação de um museu preocupado com o futuro ".

O anúncio foi feito esta semana em Helsinki por Richard Armstrong, diretor do Museu e Fundação Solomon R. Guggenheim. Também esteve presente o Professor Mark Wigley, presidente do júri e reitor emérito da Columbia GSAPP, Jussi Pajunen, Presidente da Câmara de Helsinki, Lahti Ari, presidente da Fundação de Apoio do Guggenheim Helsinki e a equipe do arquiteto.

Proposta Vencedora. Imagem © Moreau Kusunoki Architectes / Guggenheim Proposta Vencedora. Imagem © Moreau Kusunoki Architectes / Guggenheim Proposta Vencedora. Imagem © Moreau Kusunoki Architectes / Guggenheim Proposta Vencedora. Imagem © Moreau Kusunoki Architectes / Guggenheim + 16

Exposição mostra o estágio de desenvolvimento dos seis finalistas para o Guggenheim Helsinki

15:00 - 24 Abril, 2015
Exposição mostra o estágio de desenvolvimento dos seis finalistas para o Guggenheim Helsinki, Os seis finalistas. Cortesia de Guggenheim
Os seis finalistas. Cortesia de Guggenheim

Após alguns meses desde a escolha dos finalistas, o Guggenheim divulgou o estado de desenvolvimento dos seis projetos que concorrem para se tornar o Guggenheim Helsinki. Selecionados entre 1.715 propostas neste que foi o maior concurso de arquitetura já realizado, os finalistas passaram os últimos cinco meses refinando suas propostas após serem escolhidos por um júri de 11 membros, entre os quais Jeanne Gang, do Studio Gang, e o decano da Columbia University, Mark Wigley.

Proposta para o Museu Guggenheim Helsinki / Estúdio 41 + Arquea Arquitetos

21:00 - 12 Março, 2015
Proposta para o Museu Guggenheim Helsinki / Estúdio 41 + Arquea Arquitetos, Cortesia de Estúdio 41 + Arquea Arquitetos
Cortesia de Estúdio 41 + Arquea Arquitetos

proposta

Competição : Museu Guggenheim Helsinki
Premio : Proposta
Projeto :
Autores : Emerson Vidigal, Eron Costin, Fabio Henrique Faria, João Gabriel Moura Rosa Cordeiro, Martin Kaufer Goic, Dario Corrêa Durce, Bernardo Richter, Fernando Caldeira de Lacerda, Pedro Amin Tavares e Helena Engelhardt Wenzel de Carvalho, Afa Consult , Marcelo Miotto e Priscila Milena Vicentim , 2014, Helsinki, Finlândia

Apresentamos a seguir a proposta do escritórios Estúdio 41 e Arquea Arquitetos para o concurso Museu Guggenheim Helsinki, o maior concurso de arquitetura da história, com 1.715 projetos inscritos. Veja a seguir algumas imagens e a descrição da proposta pelos autores.

Cortesia de Estúdio 41 + Arquea Arquitetos Cortesia de Estúdio 41 + Arquea Arquitetos Cortesia de Estúdio 41 + Arquea Arquitetos Cortesia de Estúdio 41 + Arquea Arquitetos + 19

Proposta para o Museu Guggenheim Helsinki / Vazio S/A

21:00 - 6 Março, 2015
Proposta para o Museu Guggenheim Helsinki / Vazio S/A, Cortesia de Vazio S/A, EdiT Studio
Cortesia de Vazio S/A, EdiT Studio

proposta

Competição : Museu Guggenheim Helsinki
Premio : Proposta
Projeto :
Autores : Carlos M Teixeira, Leonardo Rodrigues (colaboração), Daila Araújo (colaboração), Vazio S/A, EdiT Studio, 12.160m², Helsinki, Finlândia, 2014

Apresentamos a seguir a proposta do escritório Vazio S/A para o concurso Museu Guggenheim Helsinki, o maior concurso de arquitetura da história, com 1.715 projetos inscritos. Veja a seguir algumas imagens e a descrição da proposta pelos autores.]

Cortesia de Vazio S/A, EdiT Studio Cortesia de Vazio S/A, EdiT Studio Cortesia de Vazio S/A, EdiT Studio Cortesia de Vazio S/A, EdiT Studio + 19

Proposta para o Museu Guggenheim Helsinki / Indio da Costa

21:00 - 1 Março, 2015
Proposta para o Museu Guggenheim Helsinki / Indio da Costa , Cortesia de Indio da Costa
Cortesia de Indio da Costa

proposta

Competição : Museu Guggenheim Helsinki
Premio : Proposta
Projeto :
Autores : Indio da Costa A.U.D.T, Luiz Eduardo Indio da Costa , Carlota Sampaio, Leonardo Lopes, Isabel Sperry, João Maró, Igor de Vetyemy, Rafael Távora e Gabriela Folly, Natália Kato e João Magnus, Sérgio Liuzzi (programação visual), Rafaela Sarinho (programação visual), Dico Tostes (Branding), Maria Laisi (Arquiteta local), Andrew Marchesin (Sustentabilidade), Justin Stolze (estrutura), Mônica Lobo (Iluminação), Pedro Duarte (textos) e Leslie Damasceno (tradução), Christopher Malheiros e Gabriela Folly, Helsinque, Finlândia, 2014 , 12.855m²

Apresentamos a seguir a proposta do escritório Indio da Costa para o concurso Museu Guggenheim Helsinki, o maior concurso de arquitetura da história, com 1.715 projetos inscritos. Veja a seguir algumas imagens e a descrição da proposta pelos autores.

Cortesia de Indio da Costa Cortesia de Indio da Costa Cortesia de Indio da Costa Cortesia de Indio da Costa + 9

Concurso para o Guggenheim Helsinki: uma análise paramétrica

15:00 - 22 Dezembro, 2014
Concurso para o Guggenheim Helsinki: uma análise paramétrica, GH-6750399503. Cortesia de Malcolm Reading Consultants
GH-6750399503. Cortesia de Malcolm Reading Consultants

A análise a seguir das propostas enviadas para o concurso do Guggenheim Helsinki é uma contribuição de Federico Reyneri, sócio do escritório LPzR associates architects, e sua equipe de pesquisa.

Arquitetos sempre expandiram os limites, frequentemente experimentando com formas e tecnologias indisponíveis em sua época. Nos últimos 20 anos, experienciamos uma pequena revolução no pensamento dos espaços e abraçamos a complexidade ao passo que os computadores começaram a mostrar seu poder real. Desde que o Guggenheim de Gehry veio à luz em meados dos anos 1990, nada mais foi o mesmo: formas livres emergem por toda a parte da terra dos sonhos para a realidade (se tornando, com frequência, o pesadelo de alguém). Antes dessa tecnologia dos computadores, exceto para o reino da mente e da modelagem em argila, o controle real sobre a complexidade através de desenhos técnicos era um jogo muito difícil para nós reles mortais, mas eventualmente, nos últimos dez anos mais ou menos, computadores mais poderosos e baratos e programas ainda mais baratos, capazes de criar elementos paramétricos impressionantes, vieram a tona. Desde então, as novas gerações de projetistas começaram a propor ideias livres e alucinantes, mostrando ao mundo imagens impressionantes geradas pelo computador. Alguns arquitetos até começaram a construí-las.

Mas quão disseminada está a tecnologia paramétrica? Como ela influencia a arquitetura pelo mundo? Começamos a analisar o concurso de projeto para o Guggenheim Helsinki, o maior concurso de arquitetura da história.

Proposta para o Museu Guggenheim Helsinki / SIAA

18:00 - 15 Dezembro, 2014
Proposta para o Museu Guggenheim Helsinki / SIAA, Cortesia de SIAA
Cortesia de SIAA

Competição : Museu Guggenheim Helsinki
Premio :
Projeto :
Autores : SIAA (Shundi Iwamizu Arquitetos Associados), César Shundi Iwamizu e Eduardo Pereira Gurian, Bruno Valdetaro Salvador, Alessandra Figueiredo, Andrei Barbosa, Carlos Augusto Gomide Arruda, Daniel Nobre, Fernanda Britto, Henrique Costa, Leonardo Nakaoka Nakandakari, Rafael Carvalho, Renata Sério e Gustavo Cavalcante, Helsinki, Finlândia, 2014

Apresentamos a seguir a proposta do escritório paulistano SIAA para o concurso Museu Guggenheim Helsinki, o maior concurso de arquitetura da história, com 1.715 projetos inscritos. Veja a seguir algumas imagens e a descrição da proposta pelos autores.

Cortesia de SIAA Cortesia de SIAA Diagrama axonométrico. Image Cortesia de SIAA Corte transversal. Image Cortesia de SIAA + 18

Divulgados os 6 finalistas do concurso para o Guggenheim Helsinki

12:00 - 2 Dezembro, 2014
Divulgados os 6 finalistas do concurso para o Guggenheim Helsinki , Cortesia de Malcolm Reading Consultants
Cortesia de Malcolm Reading Consultants

O Guggenheim anunciou os finalistas do concurso de projeto para o Guggenheim Helsinki, selecionados entre as 1.715 propostas submetidas ao júri (um recorde mundial de quantidade de participantes). Representando tanto escritórios novos como outros já estabelecidos, oriundos de sete países, a lista de finalistas mostra uma variedade de respostas ao desafio de criar um museu de nível mundial.

Os seis finalistas são:

  • AGPS Architecture Ltd. (Zurique, Suíça e Los Angeles, EUA)
  • Asif Khan Ltd. (Londres, Reino Unido)
  • Fake Industries Architectural Agonism (Nova Iorque, EUA; Barcelona, Espanha; e Sydney, Austrália)
  • Haas Cook Zemmrich STUDIO2050 (Stuttgart, Alemanha)
  • Moreau Kusunoki Architect (Paris, França)
  • SMAR Architecture Studio (Madri, Espanha e Austrália Ocidental)

Saiba mais sobre as propostas finalistas, a seguir.

Veja todas as 1.715 propostas enviadas para o concurso Guggenheim Helsinki

22:00 - 28 Outubro, 2014
GH-7128234610. Cortesia de Malcolm Reading Consultants
GH-7128234610. Cortesia de Malcolm Reading Consultants

O concurso para o novo Museu Guggenheim em Helsinki encerrou mês passado e já exibe o título de concurso de arquitetura mais popular da história, com 1.715 propostas enviadas. Recentemente, os organizadores do concurso - Malcolm Reading Consultants - disponibilizaram todos os projetos online, com cada proposta anônima apresentada através de duas imagens e uma breve descrição dos arquitetos. "Desde seu início o concurso foi organizado para ser receptivo, inclusivo e transparente, e a galeria apresenta uma oportunidade única para o público de explorar e considerar a ampla gama de propostas", disse Richard Armstrong, diretor do Solomon R. Guggenheim Museum and Foundation.

O organizador do concurso, Malcolm Reading, acrescentou: "Para todos os interessados em projeto, a galeria é um tremendo recurso que oferece uma rara visão do processo de projeto e ilustra como a proposta para o Guggenheim Helsinki ... capturou a imaginação dos arquitetos ao redor do mundo."

E, de fato, a página é uma poderosa ferramenta; com tamanho volume de propostas, o banco de dados e o sistema de busca oferecem um recurso interessante para sondar o zeitgeist da arquitetura. Por exemplo, parece que edifícios "curvos" são quase duas vezes mais populares que edifícios "retos"; e edifícios "opacos" não são muito populares, sendo que há quase cinco vezes mais propostas "transparentes", apesar da tradicional tipologia opaca dos museus.

Mas quando se trata de qualidade arquitetônica, por onde começar entre as 1.715 propostas? A página do concurso criou um mecanismo que permite a cada visitante escolher as seis propostas que mais lhe agradam, gerando, assim, uma pequena "lista de finalistas". O ArchDaily Brasil também pode ajudar nessa empreitada para escolher os melhores projetos: selecionamos, a seguir, as 50 propostas mais interessantes, não-usuais ou simplesmente absurdas dentre todas as enviadas.

GH-7957359931. Cortesia de Malcolm Reading Consultants GH-7734493657. Cortesia de Malcolm Reading Consultants GH-4443683769. Cortesia de Malcolm Reading Consultants GH-8642314774. Cortesia de Malcolm Reading Consultants GH-24454218. Cortesia de Malcolm Reading Consultants GH-2546922855. Cortesia de Malcolm Reading Consultants GH-4420168699. Cortesia de Malcolm Reading Consultants GH-8839631394. Cortesia de Malcolm Reading Consultants + 100