Ampliar imagem | Tamanho original
Apresentamos a seguir a proposta do escritório Indio da Costa para o concurso Museu Guggenheim Helsinki, o maior concurso de arquitetura da história, com 1.715 projetos inscritos. Veja a seguir algumas imagens e a descrição da proposta pelos autores. Dos arquitetos: O museu moderno nasceu, no passado, para proteger e destacar a arte do mundo. O museu contemporâneo, no presente, quer abrir e situar a arte no mundo. Quer, ele mesmo, ser arte arquitetônica – conforme a tradição do Guggenheim tão bem exemplifica. Hoje, o museu não procura separar a arte da cidade, mas entrosá-las, ser ponte entre elas. Não é um “aqui” frente a um “ali”. É passagem entre o aqui e o ali. Não é meta nem objetivo final – é travessia. Integra a cidade, não se aparta dela. Define-se pelo que guarda dentro de si, a arte, mas também pelo que abre a partir de si: experiência cultural, afetiva, pessoal, visual. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar