1. ArchDaily
  2. Fotografia Aérea

Fotografia Aérea: O mais recente de arquitetura e notícia

A importância do contexto na arquitetura: 10 casas no Equador

A possibilidade de tirar fotografias aéreas torna possível mostrar questões de projetos que muitas vezes são complexas de capturar ou representar através de métodos convencionais. A partir das oportunidades tecnológicas oferecidas pelos pequenos veículos aéreos não tripulados (UAVs), comumente chamados de drones, os fotógrafos de arquitetura começaram a explorar novas maneiras de mostrar as obras para comunicar as decisões arquitetônicas relativas a pontos como implementação, diálogo com o entorno ou a relação com edifícios próximos.

Arquitetura para colorir: 7 cidades de cores vibrantes vistas de cima

Fascinantes e fotogênicas, cidades coloridas costumam não apenas atrair os olhares dos milhares de turistas que as visitam anualmente, mas também de muitas arquitetas e arquitetos em todo o mundo. Sob o ponto de vista aéreo — que aliás, é o mesmo através do qual muitos visitantes têm o primeiro contato com essas cidades, a partir das janelas dos aviões —, são sobretudo as diferentes tonalidades dos telhados e das coberturas as responsáveis pelo visual multicolorido.

Os motivos por trás da multiplicidade das cores observadas do alto podem ser bastante variados. Enquanto a arquitetura de algumas cidades faz uso das cores nas coberturas como estratégia climática, outras seguem a colorir as casas com base em uma tradição da qual muitas vezes não se sabe ao certo a origem. De toda maneira, a presença da variedade de cores em uma cidade sem dúvidas chama a atenção pelo seu apelo visual.

Casablanca, Marrocos. Source imagery: @digitalglobeBurano, Itália. Photo by @bachir_photo_phacroryNápoles, Itália. Created by @benjaminrgrant, source imagery: @digitalglobeKhlong Sam Wa, Bangkok, Tailândia. Created by @dailyoverview, source imagery: @maxartechnologies+ 8

A verticalização das cidades sob uma perspectiva aérea

Com poucos espaços disponíveis no solo e metros quadrados cada vez mais caros, o sentido de crescimento nos grandes centros urbanos passa a ser, frequentemente, o vertical. Em grandes metrópoles, a imagem dos edifícios em altura e a imagem associada à cidade são, muitas vezes, quase indissociáveis, e assim os skylines passam a adquirir uma certa iconicidade que nos remetem imediatamente aos locais em que estão inseridos.

Nova York, Estados Unidos. Created by @overview, source imagery @maxartechnologiesDubai, Emirados Árabes Unidos. Created by @dailyoverviewSydney, Austrália. Copyright: @tiarnehawkinsShanghai, China. Source imagery: @planetlabs+ 9

Urbanismo radial: nove exemplos no mundo vistos de cima

Arco do Triunfo. Created by @benjaminrgrant, source imagery: @digitalglobeDiscovery Bay. Created by @dailyoverview, source imagery: @nearmapAl Falah Housing Project. Created by @benjaminrgrant, source imagery: @digitalglobeThe Pearl-Qatar. Created by @benjaminrgrant, source imagery: @digitalglobe+ 10

O chamado "traçado urbano radioconcêntrico" é conformado por ruas que partem de determinado centro e dirigem-se radialmente para o limite mais externo da cidade, além de ruas dispostas de forma concêntrica, que estabelecem a conexão entre as vias radiais e os lotes. Este padrão está presente, ao longo da história, desde a antiguidade até os dias atuais.

A depender do contexto histórico, localização ou proposta do planejamento da cidade, o elemento presente no centro da cidade pode variar. Praças, igrejas ou centros político-administrativos estão entre os elementos mais comuns e a sua localização central, assim como o desenho urbano destas localidades, não é por acaso. Em linhas gerais, a delineação feita pela distribuição radial das ruas tem como objetivo evidenciar um determinado elemento ou local que possui grande importância política, religiosa, econômica ou simbólica para o conjunto urbano.

Barcelona vista de cima: das praias às quadras de Cerdà

Explorar as ruas de cidades estrangeiras é profundamente envolvente. Seja conhecendo novas culturas, arquiteturas ou gastronomias, viajantes, de modo geral, costumam fazer algumas atividades turísticas recorrentes. No entanto, alguns fogem à regra e pensam fora da caixa - ou, neste caso, acima dela.

O fotógrafo húngaro Márton Mogyorósy explora Barcelona a partir de cima, registrando imagens aéreas da cidade. A fotografia com drones nos ajuda a ver as cidades a partir de uma perspectiva única e, com seu tecido urbano dinâmico, os edifícios e praias de Barcelona se transformam em obras de arte geométricas quase abstratas.

© Márton Mogyorósy© Márton Mogyorósy© Márton Mogyorósy© Márton Mogyorósy+ 9

Fotografias premiadas capturam a beleza da arquitetura e dos espaços urbanos

As inscrições vencedoras do Siena International Photo Awards 2018 foram divulgadas. Os vencedores da categoria “Arquitetura e Espaços Urbanos” oferecem uma ampla gama de assuntos, locais e perspectivas, desde a relação entre a Lua e a Torre Inclinada de Pisa até as “Casas de Brinquedo” cobertas de neve.

O Siena International Photo Awards teve 48.000 imagens enviadas de 148 países. O anúncio dos vencedores coincide com o lançamento da exposição “Beyond the Lens” dos vencedores, até 2 de dezembro de 2018 em Siena.

Guia para fotografar e filmar arquitetura com drones

A fotografia com drones foi um dos maiores avanços na fotografia aérea e na cinematografia. Drones começaram a causar um enorme impacto no cinema no início dos anos 2000, mas os grandes avanços na tecnologia de câmeras aéreas aumentaram drasticamente o uso e a demanda por imagens aéreas em quase todos os setores focados em conteúdos digitais.

A indústria da construção civil começou a implementar drones em canteiros de obras como forma de obter uma visão panorâmica de um projeto, capturar o edifício finalizado a partir de uma perspectiva única e até mesmo ser usado na construção do próprio edifício. Mas quando se trata de fotografia e cinematografia arquitetônica, estamos apenas começando a engatinhar.

Leia o guia do ArchDaily para fotografia e cinematografia com drones.

Como a construção civil está usando drones para melhorar o canteiro de obras

Nos canteiros de obras, drones estão sendo usados para fazer o que humanos não podem. Já publicamos matérias sobre drones usados para assentar tijolos, seus impactos (para melhor e pior) no ambiente urbano e como essa tecnologia pode ajudar a melhorar a precisão das visualizações digitais. No entanto, a CNBC recentemente publicou um artigo sobre o uso de drones para fotografias aéreas de canteiros de obras, permitindo alcançar ângulos e posições difíceis para fotógrafos humanos - um uso inovador que fez aumentar visivelmente a venda de drones. Segundo o artigo, "o uso de drones na construção tem aumentado na taxa de 239% ano após ano."

Paraísos sinistros: habitação de interesse social no México, por Jorge Taboada

"Alta Densidade" é um projeto realizado pelo arquiteto Jorge Taboada, o qual é composto por uma série de fotografias aéreas que procuram revelar as histórias de nossas cidades. Esta série em forma de documentário apresenta-se como uma espécie de "vestígio arqueológico" no qual "as pessoas são privadas de sua identidade, tornando-se invisíveis".

"A cidade como resultado de modelos matemáticos torna-se apenas uma textura quando vista desde cima. Uma testemunha construída com areia e cimento, uma repetição infinita, um surpreendente “paraíso sinistro” e geométrico.

Beleza ou tragédia? Imagens áreas de habitações abandonadas na Espanha ganham concurso de fotografia

Foram anunciados os vencedores do DJI Drone Photography Award, um concurso de fotografias feitas com drones, com o principal objetivo de fomentar a exploração de temas de difícil abordagem através da fotografia tradicional. Neste ano, os projetos vencedores apresentam dois cenários completamente distintos: uma perspectiva sobre as mais de 3 milhões de casas abandonadas na Espanha e um documentário da produção de sal em diversos países da Europa.

"Castelos de Areia (parte II)" por Markel Redondo. Imagem Cortesia de Markel Redondo"Castelos de Areia (parte II)" por Markel Redondo. Imagem Cortesia de Markel Redondo"Castelos de Areia (parte II)" por Markel Redondo. Imagem Cortesia de Markel Redondo"Castelos de Areia (parte II)" por Markel Redondo. Imagem Cortesia de Markel Redondo+ 12

Vídeo aéreo mostra a construção de um dos maiores complexos habitacionais de Nova Iorque

O projeto da ODA New York para o Bushwick II, um complexo residencial localizado no terreno da antiga cervejaria Rheingold, está ganhando forma em Bushwick, um bairro em rápido processo de desenvolvimento em Nova Iorque. Administrado pela All Year Management, as unidades do 123 Melrose já estão sendo comercializadas. Enquanto isso, a construção do 10 Monthieth, projetado pelo Rabksy Group, acaba de ser inaugurada.

Juntos, os projetos ocupam três quarteirões inteiros da cidade, um total de mais de 125 mil metros quadrados brutos. Bushwick II será o maior complexo habitacional que este bairro de Brooklyn já viu.

Vídeo aéreo mostra a construção de um dos maiores complexos habitacionais de Nova IorqueCortesia de ODA New YorkCortesia de ODA New YorkCortesia de ODA New York+ 24

Vídeo aéreo mostra paisagens e ícones arquitetônicos de Singapura

Diversa, verde e vibrante, neste vídeo Singapura é apresentada através de um novo ponto de vista, acima da cidade, que oferece um olhar para sua arquitetura a partir de um ângulo alternativo. O vídeo aéreo em hyperlapse produzido por André Eckhardt leva-nos para a rua, o ar e o mar ao passo que o tempo muda e as pessoas vivem seu dia a dia. Ajustando a velocidade de modo conveniente, Eckhardt alterna entre movimentos rápidos da cidade e momentos de pausa. Enquadrando ícones arquitetônicos de Singapura, como o projeto Bayside de Moshe Safdie, PARKROYAL em Pickering e o Hotel Oasia do WOHA, Gardens by the Bay e a Ponte Helix, Eckhardt traz o horizonte colorido da cidade ao primeiro plano.

Vídeo de drone mostra o projeto "Grove at Grand Bay" do BIG em Miami

Nesse vídeo, Azeez Bakare nos leva com seu drone ao recém-concluído Grove at Grand Bay, um complexo residencial ao sul de Miami projetado pelo BIG, com duas torres de 20 andares e um exuberante terraço tropical concebido pelo paisagista Raymond Jungles.

Realizado a pedido do BIG, o vídeo mostra como o edifício se transforma ao longo do dia: destacando-se como esculturas brancas durante o dia, refletindo um brilho alaranjado ao fim da tarde e, finalmente, iluminando-se internamente à noite contra o fundo do skyline de Miami.

Vídeo feito com um drone registra as geometrias da cidade mais vertical do mundo

A desmedida escala e complexidade geométrica de Hong Kong têm sido objeto de fascínio e espanto do público, reforçada nos últimos anos por impressionantes séries fotográficas, como “Architecture of Density" de Michael Wolf.

Neste recente vídeo da arquiteta Mariana Bisti, esse fenômeno é explorado pela primeira vez através de filmagens em drones. Não limitado por pontos de vista acessíveis às pessoas, o enquadramento se aproxima, afasta e percorre de forma deliberada, atravessando e adentrando os enormes blocos residenciais da cidade. Percebe-se um cuidado especial em manter a composição ortogonal - alinhada ao plano cartesiano -, o que resulta em uma experiência que captura de fora pungente a atenção do espectador.

Civilização em perspectiva: O mundo visto de cima

Há pouco mais de um século, a ideia de ver o mundo de cima não passava de fantasia: o avião ainda estava em sua infância e foguetes e satélites só seriam realidade décadas mais tarde. Aqueles que não tinham acesso às alturas não tinham outra opção além do desenho para representar o mundo de uma perspectiva aérea. Esta limitação é difícil de imaginar hoje em dia, quando o acesso a fotografias aéreas nunca esteve tão fácil. Qualquer pessoa com um smartphone tem, nesse sentido, o mundo inteiro em seu bolso. 

Em comemoração ao Dia da Terra: 5 vistas aéreas do planeta

Em comemoração ao Dia da Terra, convidamos Benjamin Grant—fundador do Daily Overview—a selecionar cinco "vistas aéreas" que ele considera entre as mais inspiradoras já compartilhadas por sua plataforma. A imagem acima, feita na noite de Natal de 1968 pelos astronautas da missão Apollo 8 da NASA, é,de acordo com Grant, "tida por muitos como a primeira 'vista total' de nosso planeta, registrada pelo astronauta Bill Anders". Esta fotografia exprime simultaneamente a grandiosidade, a complexidade e a aterradora fragilidade do planeta que habitamos. Daquele momento em diante, o advento, a aceleração e a acessibilidade às imagens de satélite deixou uma coisa bastante clara: a humanidade causou efeitos consideráveis na Terra, para melhor e para pior.

Ghadames: Uma cidade de seis mil anos vista de cima

Desde tempos imemoriáveis, e ainda atualmente, a humanidade tem imaginado como é o mundo visto de cima. Esta fascinação tem se manifestado historicamente através do desenho de plantas e fotografias aéreas. Nesse sentido, e através de um parapente motorizado, o fotógrafo da National Geographic, George Steinmetz registrou uma impressionante imagem aérea da antiga cidade de Ghadames, na Líbia.

Vídeo aéreo de Los Angeles destaca os murais da cidade

Neste vídeo, o cinegrafista Ian Wood registra a diversidade do ambiente construído de Los Angeles, mostrando desde importantes obras de arquitetura até rodovias e trens de carga. Os edifícios e lugares apresentados no vídeo abrangem um século de história de Los Angeles e cobrem a vasta geografia da região, incluindo ícones como a Hollyhock House de Frank Lloyd Wright, o Pacific Design Center de Cesar Pelli, o Edifício Stealth de Eric Owen Moss e o recente Emerson College Los Angeles do escritórios Morphosis.

Mas o que realmente se destaca no vídeo são os muitos murais espalhados pela cidade. Frequentemente se apropriando de fachadas em branco que fazem frente para estacionamentos e becos, estes murais fazem, todavia, parte do tecido urbano de Los Angeles, como se vê claramente no vídeo. Infelizmente, como comenta Wood na descrição do vídeo, haviam muitos outros murais que foram apagados antes que ele tivesse a chance de filmá-los.