1. ArchDaily
  2. Tatiana Bilbao Estudio

Tatiana Bilbao Estudio: O mais recente de arquitetura e notícia

Tatiana Bilbao e Uribe Schwarzkopf projetam edifício residencial em Quito, Equador

Bot.niqo. Topografia. Imagem © Tatiana BilbaoBot.niqo. Maquete, Primeira Fase. Imagem © Tatiana BilbaoBot.niqo. Imagem © Tatiana BilbaoBot.niqo. Traçado Urbano. Imagem © Tatiana Bilbao+ 9

O escritório Tatiana Bilbao Estudio, com sede na Cidade do México, divulgou seu novo projeto em colaboração com o escritório equatoriano Uribe Schwarzkopf. Trata-se de um empreendimento residencial em Cumbay, um bairro vibrante dentro do grande Distrito Metropolitano de Quito, Equador. Abrangendo mais de 12.000 km2, este projeto irá transferir 4.000 km2 de terra para criar um novo centro de transporte que vai atender a mais de 60.000 pessoas por dia e proporcionar espaços verdes ao redor do complexo que beneficiarão o público em geral.

Jacques Herzog conversa com Tatiana Bilbao

Jacques Herzog recebeu Tatiana Bilbao em seu escritório na Basileia, Suíça, em maio deste ano, para discutir as obras e abordagens projetuais da arquiteta mexicana. Os dois premiados arquitetos conversaram sobre os momentos decisivos em sua amizade e o conselho de Herzog que influenciou profundamente o método de trabalho de Bilbao. 

Tatiana Bilbao fala sobre sustentabilidade e a responsabilidade de construir

A premiada arquiteta Tatiana Bilbao falou em uma entrevista divulgada pelo Louisiana Channel sobre suas frustrações com a situação atual de sustentabilidade na arquitetura. Vivendo no México, que Bilbao descreve como um "país sem recursos", ela afirma que as pessoas estão acostumadas a não desperdiçar recursos e que a "sustentabilidade" é uma parte natural da vida cotidiana. “Eu odeio a palavra 'sustentabilidade' porque acho que se tornou uma palavra que pode qualificar um tipo de arquitetura e que, para mim, deveria ser incorporada."

O desafio de construir um espaço público em uma cidade violenta no México

O que acontece com o espaço público de uma cidade que aprendeu a aceitar a violência como fator cotidiano? Embora seja ingênuo acreditar que a arquitetura por si só possa resolver problemas sociais e políticos complexos, também é importante entender como e de onde pode agir de alguma maneira, por menor que seja.

Tatiana Bilbao: Criar espaços relevantes significa melhorar a vida de alguém

No segundo vídeo da série Time-Space-Existence da PLANE-SITE, a arquiteta mexicana Tatiana Bilbao compartilha sua visão de como a arquitetura deve ser projetada com a experiência do usuário em mente, e não em função de qualidades estéticas autônomas. No vídeo, ela comenta que os arquitetos devem, em certa medida, deixar de lado suas intenções artísticas para focar em uma abordagem mais prática, visando atender as necessidades das pessoas. Fala também sobre como a arquitetura se separou, nos últimos cinquenta anos, de seu objetivo maior devido à influência do capitalismo.

© Rory Gardiner© Jaime Navarro© Jaime Navarro© Jaime Navarro+ 12

Como os arquitetos da Bienal de Chicago estão "fazendo uma nova história"

"Estamos em um momento de grande transição cultural", diz Jorge Otero-Pailos. "Os tipos de objetos que procuramos para oferecer algum tipo de continuidade nessa transformação são, frequentemente, arquiteturas, [...] um dos objetos mais estáveis da cultura". Este curta-metragem, no qual vários participantes da Bienal de Arquitetura de Chicago de 2017 refletem sobre seus trabalhos, aborda o tema definido pelos diretores artísticos Sharon Johnston e Mark Lee: Make New History.

Vertical City: 16 arquitetos contemporâneos reinterpretam a Tribune Tower na Bienal de Chicago

© Laurian Ghinitoiu
© Laurian Ghinitoiu

Em uma grande instalação central na Bienal de arquitetura de Chicago deste ano, os escritórios 6a architects, Barozzi Veiga, Kéré Architecture, MOS, OFFICE KGDVS e Sergison Bates, entre outros, projetaram dezesseis propostas contemporâneas, materializadas em maquetes de cinco metros de altura, para o famoso concurso que resultou na construção da Tribune Tower em 1922.

© Laurian Ghinitoiu© Laurian Ghinitoiu© Laurian Ghinitoiu© Laurian Ghinitoiu+ 56

Bienal de Arquitetura de Chicago divulga lista de participantes da edição de 2017

A Bienal de Arquitetura de Chicago anunciou a lista de participantes convidados a contribuir para a segunda edição do evento, que será realizada entre 16 de setembro e 7 de janeiro de 2018, em Chicago. Mais de 100 escritórios de arquitetura e artistas foram selecionados pelos diretores artísticos de 2017, Sharon Johnston e Mark Lee, fundadores da Johnston Marklee, de Los Angeles, para projetar exposições que serão exibidas no Chicago Cultural Center e em toda a cidade. Entre os selecionados, destaca-se a presença portuguesa com Aires Mateus, Bak Gordon, Barbas Lopes, Fala Atelier, Nuno Brandão Costa e SAMI-arquitectos.

"Nossa meta para a Bienal de Arquitetura de Chicago 2017 é continuar a construir a partir dos temas e ideias apresentadas na primeira edição", explicaram Johnston e Lee. "Esperamos examinar, através do trabalho dos participantes escolhidos, o contínuo envolvimento com questões de história e arquitetura como uma prática evolutiva".

AR seleciona 15 finalistas para o Women in Architecture Awards

O Architectural Review (AR) revelou as candidatas para seus prêmios Woman Architect of the Year 2016 e Moira Gemmill Prize for Emerging Architecture. Tatiana Bilbao, Jeanne Gang, Kazuyo Sejima e Charlotte Skene Catling estão entre as finalistas do Woman of the Year por seus respectivos impactos na profissão e habilidades de inspirar mudanças no campo da arquitetura.

Onze mulheres estão entre as finalistas do Moira Gemmill Prize for Emerging Architecture, selecionadas pelo "uso de inovações na arquitetura para catalisar mudanças sociais positivas." Veja, a seguir, a lista completa.