Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Sustentabilidade

Sustentabilidade: O mais recente de arquitetura e notícia

Estádio de madeira de Zaha Hadid Architects recebe autorização para ser construído

O estádio de futebol mais "verde" do mundo, projetado por Zaha Hadid Architects, será construído em Gloucestershire, Inglaterra, após o concelho local ter finalmente assinado a autorização para o início das obras.

Arranha-céu em Deli propõe purificar a atmosfera da capital Indiana

De acordo com um relatório da OMS de novembro de 2019, os residentes de Deli, capital da Índia, respiram cerca de 25 vezes mais ar tóxico que o limite permitido, diminuindo suas taxas de expectativa de vida. Despoluir a atmosfera se tornou um desafio na maioria dos países com economias em crescimento. Um estudo realizado pelo estúdio de arquitetura Studio Symbiosis analisou várias soluções para enfrentar essa ameaça aos moradores da capital indiana.

Aũra, a solução de projeto do estúdio, é uma torre de "purificação do ar" que tem como objetivo oferecer às pessoas uma atmosfera pura e respirável usando princípios da aerodinâmica.

© Studio Symbiosis Architects © Studio Symbiosis Architects © Studio Symbiosis Architects © Studio Symbiosis Architects + 18

Guia gratuito permite calcular a quantidade de água usada nas edificações

A preocupação em relação ao uso de recursos naturais na arquitetura tem recebido cada vez mais a atenção de profissionais e pesquisadores e já é possível vislumbrar, inclusive, um futuro em que arquitetos terão não apenas que projetar, mas também viabilizar o desmonte e reciclagem das edificações. Nesse sentido, assume grande destaque a conscientização sobre do desperdício de água em canteiros de obra, questão que se tornou tema de um guia lançado recentemente pelo Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo (SindusCon-SP), a Caixa Econômica Federal e o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD).

Olson Kundig projeta primeiro centro de compostagem humana do mundo

O escritório de arquitetura de Olson Kundig acaba de apresentar uma inovadora e surpreendente proposta desenvolvida em parceira com a Recompose, uma empresa que procura oferecer uma opção alternativa aos tradicionais métodos funerários. Pensando de maneira alternativa, e também sustentável, os arquitetos desenvolveram o projeto de uma infraestrutura concebida para converter restos mortais em solo.

© Olson Kundig © Olson Kundig © Olson Kundig © Olson Kundig + 10

Casas brasileiras: 4 residências construídas utilizando contêiners

Originalmente utilizados para o transporte de grandes cargas em embarcações, os contêiners apresentam como características uma estrutura de aço rígida e bastante resistente, a partir de uma variação em dimensões. No entanto, indo além do tradicional uso apenas como sistema para armazenamento e carregamentos, há alguns anos estas estruturas passaram a ser utilizadas como base para a construção de módulos comerciais e residenciais, uma vez que apresentam grande resistência, baixo custo, rapidez construtiva e sobretudo, sistema coligado a sustentabilidade, uma vez que são reutilizados. Pensando nisso e indo além da produção de casas estandardizadas, alguns arquitetos tem desenvolvido projetos residenciais a partir do reuso de contêiners enquanto módulos, empilhando ou unindo-os lateralmente, a partir do programa de necessidades de cada cliente.

Esta casa foi construída com tijolos de plástico reciclado em apenas 5 dias

Há treze anos o colombiano Fernando Llanos tentou construir sua própria casa na cidade de Cundinamarca, na Colômbia. Nesta ocasião se deu conta de que deslocar os materiais de Bogotá até sua cidade seria um grande problema. Depois de muitas idas e vindas, decidiu construir sua moradia com plástico, e após uma série de erros e acertos, conheceu o arquiteto Óscar Méndez que desenvolveu sua tese exatamente sobre esse tema, e com quem fundou a empresa Conceptos Plásticos.

Senado disponibiliza e-book gratuito sobre projeto de edifícios públicos sustentáveis

O Senado Federal disponibilizou em sua página oficial um e-book gratuito sobre projeto de edifícios públicos sustentáveis. De autoria de Mário Hermes Stanziona Viggiano, o livro apresenta uma abordagem cultural, econômica, ambiental e arquitetônica à concepção e desenho de edificações de uso público.

Casas brasileiras: 26 residências com brise-soleil

Projetar em um país onde o clima é predominantemente equatorial ou tropical implica em tomar decisões que diminuam a sensação de calor nos espaços internos da edificação. A versatilidade, a funcionalidade e a estética do brise-soleil são características que encorajam arquitetos, sobretudo no contexto brasileiro, a utilizá-lo em edifícios residenciais. O brise-soleil, quebra-sol, ou apenas brise, funciona como uma espécie de “meio termo” entre abertura e fechamento, controlando a entrada de iluminação no edifício sem impedir a ventilação. Além disso, o sistema também permite uma maior conciliação entre a privacidade dos espaços internos e a vista para o externo.

10 Ideias utópicas de planejamento urbano

Construir cidades nos terrenos que ficaram destruídos na Primeira Guerra Mundial foi uma proposta anunciada como a cidade do futuro por Le Corbusier sob o título de Ville Radieuse que contribuiria com a criação de uma sociedade melhor. Embora este master plan tenha sido apresentado pela primeira vez em 1924, nunca chegou a ser concretizado, mas influenciou a construção de habitação de alta densidade.

Luxemburgo será primeiro país a liberar transporte público gratuito

O pequeno Estado soberano de Luxemburgo possui cerca de 560 mil habitantes. O número de carros, no entanto, não acompanha seu tamanho: 662 para cada mil pessoas, segundo o New York Times. É a maior quantidade de carros em relação à população de toda a União Europeia. Para resolver essa questão, o primeiro-ministro Xavier Bettel, reeleito para o segundo mandato, prometeu passe livre para todos os moradores.

Los Angeles usará plástico reciclável no asfalto de suas ruas

As ruas de Los Angeles servirão de teste para um novo composto asfáltico feito a partir de plástico reciclado. Desenvolvido pela empresa TechniSoil Industrial, o material emprega em sua composição resíduos plásticos que seriam normalmente descartados, misturados com o próprio asfalto reciclado das ruas.

Studio NAB transforma estacionamentos em fazendas urbanas e usinas de energia renovável

Todos os anos na França são utilizados mais de 66.000 toneladas de agrotóxicos e cerca de 4,5 milhões de toneladas de plásticos não produzidos, dos quais, apenas 22% são reciclados. Durante o mesmo período, 48.000 mortes são atribuídas à problemas de saúde decorrentes da poluição e atividades relacionadas com a indústria automobilística. Em um contexto tão grave como este, novos parâmetros de sustentabilidade ambiental passaram a ser incorporados aos projetos de desenvolvimento urbano em busca de soluções mais sustentáveis e ambientalmente corretas tanto para o setor público quanto privado.

Considerando esta delicada situação e em conformidade com os critérios definidos pela Agenda de Objetivos de Desenvolvimento Sustentável 2030 das Nações Unidas, o Studio NAB desenvolveu um projeto de estacionamento ecológico chamado Car Parks 2.0, uma proposta que pretende oferecer uma solução alternativa para as abundantes áreas de estacionamento que ocupam as nossas cidades, transformando-as em espaços mais sustentáveis e humanos.

© Studio NAB © Studio NAB © Studio NAB © Studio NAB + 23

Hut-to-Hut / Rintala Eggertsson Architects

© Pasi Aalto © Pasi Aalto © Pasi Aalto © Pasi Aalto + 24

La Forêt Monumentale: um festival de arquitetura sustentável na França

© lan Aubry - Métropole Rouen Normandie © lan Aubry - Métropole Rouen Normandie © lan Aubry - Métropole Rouen Normandie © lan Aubry - Métropole Rouen Normandie + 24

Forêt Monumentale é uma exposição sustentável de arte e arquitetura que recebe obras e pavilhões site-specific temporários, concebidos para a região de floresta que cerca a cidade de Rouen, no norte da França.

1º PDC no Parque da Água Branca - Curso de Design Permacultural

1º PDC no Parque - Curso de Design Permacultural
Gratuito!

Organizado pela Escola de Bioconstrução do Fundo Social de São Paulo
Governo do Estado

A Escola de Bioconstrução visa a capacitação e a geração de trabalho e renda alinhados à regeneração ambiental.

Têm o objetivo de proporcionar experiência teórica e prática em técnicas ecológicas de construção, como parte das estratégias de enfrentamento da pobreza, poluição ambiental e seus problemas decorrentes, de modo a proteger os recursos naturais para as futuras gerações, incentivando a construção de ambientes mais saudáveis.

O PDC - Curso de Design Permacultural, é um

Creche em Florianópolis é a primeira do mundo com selo máximo de arquitetura sustentável

Já é viável construir edifícios públicos com certificação sustentável. Ao menos é o que mostra o projeto da Creche Hassis, em Florianópolis, projetada pela arquiteta Rachel Braga. A edificação de 1.182 m² é a primeira deste tipo no mundo e o primeiro edifício público no Brasil a receber classificação Leadership in Energy and Environmental Design (LEED) – em português, Liderança em Energia e Design Ambiental – em nível máximo: Platinum.