O site de arquitetura mais visitado do mundo
Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Residencias

Residencias: O mais recente de arquitetura e notícia

Casas brasileiras: 11 residências com cobogó

06:00 - 6 Abril, 2019
Casas brasileiras: 11 residências com cobogó, Casa Cobogó / Studiomk27 - Marcio Kogan + Carolina Castroviejo. Imagem: © Nelson Kon
Casa Cobogó / Studiomk27 - Marcio Kogan + Carolina Castroviejo. Imagem: © Nelson Kon

O cobogó é um elemento bastante difundido na cultura arquitetônica brasileira. Sua origem e nome remontam aos criadores dessa peça que contribui tanto para filtrar a luz natural e a ventilação, quanto para proporcionar ritmo e leveza nas fachadas e repartições internas. Amadeu Oliveira Coimbra, Ernest August Boeckmann e Antônio de is são os engenheiros que, no começo do século XX, trabalhando em Recife, idealizaram esse tipo de elemento vazado.

Casas brasileiras: 12 residências com teto-jardim

07:30 - 14 Março, 2019
Casas brasileiras: 12 residências com teto-jardim, Casa em Cotia / UNA Arquitetos. © Nelson Kon
Casa em Cotia / UNA Arquitetos. © Nelson Kon

Ocupar a cobertura das edificações é um feito milenar, no entanto, apenas com o movimento moderno e os cinco pontos da arquitetura de Le Corbusier é que a "quinta fachada" começou a ser explorada em todo o seu potencial. Pilotis, planta livre, janela em fita e fachada livre elementos estruturais se uniam ao uso da cobertura como jardim para constituir as diretrizes para a nova arquitetura. O modernismo enquanto linguagem universal ruiu, mas permanecem na arquitetura contemporânea vários de seus preceitos.

Casas brasileiras: 18 residências em terrenos inclinados

07:30 - 17 Fevereiro, 2019
Casas brasileiras: 18 residências em terrenos inclinados, Residência Quinta da Baroneza / Belluzzo Martinhão Arquitetos. Imagem: © Mariana Orsi
Residência Quinta da Baroneza / Belluzzo Martinhão Arquitetos. Imagem: © Mariana Orsi

Talvez uma das decisões mais importantes inerentes a um processo de projeto seja a forma de implantação dos volumes construídos dentro dos limites do terreno. Essa escolha pode render diversas virtudes à obra, desde uma boa orientação para receber luz natural, até funcionalidade em relação a acessos e distribuição de funções do programa. Um dos fatores centrais na hora de entender qual é a melhor forma de pousar um projeto sobre o chão é a inclinação do terreno.

Casas brasileiras: 14 residências com pátio

07:30 - 11 Fevereiro, 2019
Casas brasileiras: 14 residências com pátio , © Joana França
© Joana França

Há diferentes maneiras de organizar a implantação de uma residência em um lote. Junto aos limites laterais, recuada do fundo ou de um dos lados, alinhada à rua ou recuada, ou, ainda, isolada no terreno. Para cada estratégia, qualidades e insucessos. Em glebas de pequena dimensão, um modo interessante de implantar a casa, ao menos em relação à insolação e ventilação dos espaços, é criando pátios.

Casas brasileiras: 13 residências em terrenos estreitos

07:30 - 14 Janeiro, 2019
Casas brasileiras: 13 residências em terrenos estreitos, © Nelson Kon
© Nelson Kon

Adensamento e a demanda pelo solo urbano resultaram, entre outras coisas, na redução das dimensões dos lotes nas cidades. Grandes porções de terra, outrora destinadas a residências unifamiliares, passaram a receber edifícios onde vivem muitas famílias e, dependendo da localização, que contam em seus térreos com serviços e estabelecimentos comerciais. Construir uma casa em grandes centros urbanos não é fácil, e um dos motivos é a ausência de lotes para isso ou, quando existem, suas reduzidas dimensões.

C.F. Møller Architects e BRUT projetam distrito residencial na Bélgica

19:00 - 12 Janeiro, 2019
C.F. Møller Architects e BRUT projetam distrito residencial na Bélgica, Cortesia de C.F. Møller Architects
Cortesia de C.F. Møller Architects

C.F. Møller Architects e BRUT ganharam um concurso para o projeto de um ambicioso desenvolvimento urbano em Ostend, na Bélgica. O bairro de 500 casas demonstra um método de usar uma escala humana para melhorar a qualidade de vida dos moradores e do reino urbano.

O projeto está centrado no bairro de De Nieuwe Stad, onde um esquema existente de habitação social de 1972 se tornou obsoleto. O concurso para a remodelação completa do local atraiu 54 empresas.

Cortesia de C.F. Møller Architects Cortesia de C.F. Møller Architects Cortesia de C.F. Møller Architects Cortesia de C.F. Møller Architects + 8

Casas brasileiras: 15 residências térreas

07:30 - 7 Janeiro, 2019
Casas brasileiras: 15 residências térreas, © Leonardo Finotti
© Leonardo Finotti

Apesar das legislações apontarem para o necessário adensamento e, consequentemente, verticalização dos edifícios residenciais nos centros urbanos, em busca da melhor eficiência e acesso à infraestrutura das cidades, há alguma coisa que foge ao plano absolutamente racional e adentra a esfera subjetiva quando pensamos em casas térreas.

Casas brasileiras: 10 residências de vidro em planta e corte

07:00 - 19 Novembro, 2018
Casas brasileiras: 10 residências de vidro em planta e corte, Casa Redux / Studio MK27 - Marcio Kogan + Samanta Cafardo. © Fernando Guerra | FG+SG
Casa Redux / Studio MK27 - Marcio Kogan + Samanta Cafardo. © Fernando Guerra | FG+SG

A exploração plástica da arquitetura tem alguns espaços de experimentação possíveis dentro da prática de projeto. Propor formas, implantações e composições diversas é uma estratégia que ganha muito quanto aliada à investigação material nas obras. O vidro é um material que permite lidar com alguns dos componentes centrais do pensamento da arquitetura, isto é, iluminação natural, transparência e opacidade de superfícies, suspensão de limites espaciais e as relações visuais que se estabelecem entre partes de um edifício. Quando deslocado de sua concepção imediata de uso enquanto janela, o vidro pode representar estratégias para lidar com situações complexas de trabalho, enriquecer a qualidade espacial de um projeto ou, ainda, servir como elemento de equilíbrio entre noções de peso e leveza a partir de sua combinação com outros materiais como aço, madeira e concreto. 

Casas brasileiras: 20 projetos com concreto em planta e corte

07:00 - 12 Novembro, 2018
Casas brasileiras: 20 projetos com concreto em planta e corte, © Fernando Guerra | FG+SG
© Fernando Guerra | FG+SG

O concreto talvez seja o material mais facilmente associado à arquitetura moderna brasileira; de alta resistência à compressão e, quando armado, capaz de assumir variadas formas, sua plasticidade fez com que se tornasse o material favorito de alguns dos mais expressivos arquitetos brasileiros do século passado. 

Hoje, ainda é bastante explorado na arquitetura produzida no Brasil, seja por sua robustez estrutural, facilidade de manutenção ou valor estético. 

Casas brasileiras: 15 projetos com aço em planta e corte

07:00 - 24 Outubro, 2018
Casas brasileiras: 15 projetos com aço em planta e corte, Casa Claudios / Arquitetura Nacional. Image © Pedro Kok
Casa Claudios / Arquitetura Nacional. Image © Pedro Kok

Elementos metálicos vêm sendo usado na arquitetura e construção civil há centenas de anos, seja como elemento decorativo, coberturas ou mesmo para reforçar estruturas de alvenaria. No entanto, é apenas na segunda metade do século XVIII que surgem as primeiras pontes cuja estrutura era inteiramente feita em ferro fundido. Um século mais tarde, o ferro foi substituído por uma liga mais resistente e maleável, muito usada ainda hoje na arquitetura: o aço.

Mais denso que o concreto, a resistência o aço subverte seu peso e proporciona maior rigidez com menos material - permitindo a realização de estruturas mais leves e esbeltas que aquelas feitas de outros materiais, como a madeira ou o próprio concreto. Não é, de longe, o material mais usado na arquitetura residencial, entretanto, seu uso tem possibilitado a construção de alguns interessantes - e belos - exemplos de casas contemporâneas:

Architecture for Humans propõe comunidade neutra em emissão de carbono para abordar a mudança climática

16:00 - 30 Agosto, 2018
Architecture for Humans propõe comunidade neutra em emissão de carbono para abordar a mudança climática, Cortesia de Architecture for Humans
Cortesia de Architecture for Humans

À medida que a demanda por um estilo de vida sustentável aumenta, as cidades estão tentando encontrar estratégias para criar comunidades ecologicamente coerentes. De projetos passivos a materiais reciclados, os arquitetos estão voltando sua atenção para as mudanças climáticas e tentando encontrar soluções através da arquitetura e do design.

A Zero Emission Neighborhood é uma ideia de comunidade proposta por Architecture for Humans na cidade de Pristina, Kosovo. O conceito garante a sustentabilidade ideal para toda a comunidade através de edifícios de “emissão zero”, estratégias de design passivo, sistemas solares ativos e equipamentos energeticamente eficientes.

Cortesia de Architecture for Humans Cortesia de Architecture for Humans Cortesia de Architecture for Humans Cortesia de Architecture for Humans + 32

As residências de Eduardo Longo: utopia e experimentação

12:00 - 6 Agosto, 2018
As residências de Eduardo Longo: utopia e experimentação, Pavilhão da Utopia. Image Cortesia de Eduardo Longo
Pavilhão da Utopia. Image Cortesia de Eduardo Longo

Descrever a obra de um arquiteto é, por vezes, um trabalho árduo. Pontuar a produção pelos diferentes quesitos a qual o conjunto está atrelado é sujeito a categorizações no quadro contextual inserido. No caso de Eduardo Longo, parece haver distinção a este aspecto, uma vez que o trabalho do arquiteto apresenta certa negação aos princípios presentes na época na busca por experimentações. Ingressando em 1961 na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Presbiteriana Mackenzie, em São Paulo, deparou-se com um momento particular da arquitetura brasileira: a formação da chamada “Escola Paulista” e também junto a instabilidade no quadro político nacional, pelo processo inicial da ditadura militar no Brasil e construção da capital do país.

Enquanto estudante, afastou-se dos cânones da Escola Paulista na busca de experimentação e desenvolvimento de novas discussões. É neste cenário que, no quarto ano da academia, Longo desenha a Casa de praia Mar Casado, projeto destinado a seus tios e altamente criticado pelo corpo docente e estudantes, decorrente da “forma independente de interpretar a arquitetura” [1] e conformação estrutural – que incorporava um desenho não ortogonal, com ângulos agudos e obtusos junto à cobertura multifacetada –, não se adequando ao brutalismo paulista. Mesmo em meio às críticas, o projeto viria a ser construído e receber reconhecimento por sua relevância pelo crítico de arte Pietro Maria Bardi em 1967, na Revista Domus em 1968 e instituído ao livro de Yves Bruand em 1981 [2].

Ingenhoven architects e architectus vencem concurso para projetar o maior arranha-céu residencial de Sydney

19:00 - 5 Agosto, 2018
Ingenhoven architects e architectus vencem concurso para projetar o maior arranha-céu residencial de Sydney, Cortesia de Doug and Wolf
Cortesia de Doug and Wolf

Um novo projeto da ingenhoven architects, em cooperação com a architectus, superou uma série de arquitetos internacionalmente aclamados para o projeto da torre residencial mais alta de Sydney, na 505-523 George Street. O arranha-céu de 79 andares atingirá os 270 metros e incluirá diversos usos, que vão desde habitação e comércio até hotel e lazer. Os projetistas esperam que a torre seja “um marco profundamente visível para um desenvolvimento econômico, ambiental e socialmente sustentável e voltado para o futuro”.

Cortesia de Doug and Wolf Cortesia de Doug and Wolf Cortesia de Doug and Wolf Cortesia de Doug and Wolf + 12

Apartamento da Unité d'Habitation de Le Corbusier é restaurado em seu desenho original

15:00 - 24 Junho, 2018
Apartamento da Unité d'Habitation de Le Corbusier é restaurado em seu desenho original, © Didier Gaillard- Hohlweg
© Didier Gaillard- Hohlweg

O arquiteto Philipp Mohr liderou a reforma de um apartamento na icônica Unité d’Habitation em Berlim, de Le Corbusier, realizada com base no projeto original do arquiteto franco-suíço. Ao longo de dois anos, a equipe de Mohr se engajou na pesquisa de arquivos, compras de antiguidades e no levantamento da Unité d'Habitation Marseille, na França.

Mohr comprou o apartamento em 2016 e embarcou em uma jornada de demolição, medição e extensa renovação, incluindo a diminuição do pé-direito e deslocamento de paredes móveis, a fim de recriar o interior originalmente previsto por Le Corbusier.

© Didier Gaillard- Hohlweg © Didier Gaillard- Hohlweg © Didier Gaillard- Hohlweg © Didier Gaillard- Hohlweg + 23

Equipe liderada por Schauman & Nordgren vence concurso para edifício de uso misto na Finlândia

16:00 - 13 Junho, 2018
Cortesia de Schauman & Nordgren
Cortesia de Schauman & Nordgren

A equipe formada por Schauman & Nordgren Architects, MASU Planning e Schauman Architects foi anunciada como vencedora do concurso de arquitetura por convite para o projeto de edifício de uso misto em uma antiga área industrial de Tampere, na Finlândia. A proposta para o “Tulli Halls” faz referência ao passado industrial da área com sua torre de vidro que se eleva sobre uma base construída em tijolo maciço, configurando um novo "marco urbano" na paisagem do centro da cidade de Tampere.

A proposta procura um equilíbrio entre o passado e o presente, assim como entre o público e o privado. O conceito do projeto parte da tentativa de criar uma arquitetura que “aponta para o futuro e respeita a herança industrial de Tampere”. Além disso, o projeto conta com um amplo espaço público para qualificar as condições de vida da população, oferecendo espaços de encontro e lazer para seus moradores e para o público em geral.

Cortesia de Schauman & Nordgren Cortesia de Schauman & Nordgren Cortesia de Schauman & Nordgren Cortesia de Schauman & Nordgren + 17

Belatchew Arkitekter divulga projeto de torre de uso misto em Estocolmo

16:00 - 4 Junho, 2018
Cortesia de Belatchew Arkitekter
Cortesia de Belatchew Arkitekter

O escritório Belatchew Arkitekter divulgou imagens de seu projeto para uma torre residencial de uso misto no distrito de Nacka City, em Estocolmo. Batizada de “Discus”, a torre será um novo marco para Nacka e será construída acima da estação de metrô do distrito.

Compreendendo quase 500 apartamentos divididos em 30 pavimentos residenciais, o projeto também abrigará estabelecimentos comerciais em seu térreo. 

Cortesia de Belatchew Arkitekter Cortesia de Belatchew Arkitekter Cortesia de Belatchew Arkitekter Cortesia de Belatchew Arkitekter + 5

Novas imagens do projeto de reforma do Thompson Center em Chicago por Helmut Jahn

15:00 - 12 Maio, 2018
Novas imagens do projeto de reforma do Thompson Center em Chicago por Helmut Jahn, Cortesia de visualizedconcepts
Cortesia de visualizedconcepts

A Landmarks Illinois divulgou novas imagens do projeto de ampliação do Thompson Center, em Chicago. As imagens retratam a versatilidade deste edifício e seu potencial para criar um novo centro de uso misto na cidade. Seguindo a proposta original do projeto de Helmut Jahn, uma "super torre" poderia ser implantada na porção sudoeste do terreno sem a necessidade de demolir o edifício existente.

As novas imagens fazem parte de um projeto que nasceu no início do ano passado - uma torre de 110 pavimentos proposta pelo escritório de Helmut Jahn - em resposta à pré-anunciada demolição de um dos ícones pós-modernos da cidade de Chicago. As imagens recém divulgadas tem o objetivo de demonstrar que uma possível expansão do Thompson Center não necessariamente implicaria em sua demolição. O icônico edifício pós-modernista está na lista dos edifícios históricos mais ameaçados do estado de Illinois desde 2017 e encontra-se em uma situação bastante precária. As autoridades locais tem trabalhado para se desfazer do edifício público e substituí-lo por um novo empreendimento de alto padrão.

Cortesia de visualizedconcepts Cortesia de visualizedconcepts Proposta anterior de Helmut Jahn para uma torre de 110 pavimentos logo atrás do Thompson Center. Imagem © JAHN. Via Crain's Cortesia de visualizedconcepts + 5

Studio Gang propõe torre curvada de uso misto em Los Angeles

15:00 - 28 Abril, 2018
Cortesia de Studio Gang
Cortesia de Studio Gang

O Studio Gang divulgou detalhes de seu primeiro projeto em Los Angeles, uma torre de uso misto de 26 andares projetada em colaboração com a Creative Space e a marca europeia MOB. A proposta enfatiza os espaços comunitários, com uma forma curva criando praças públicas no nível da rua, formando um elo entre Chinatown, o recém-inaugurado LA State Historic Park, Union Station e El Pueblo.

Localizado na 643 North Spring Street, o projeto contará com 300 apartamentos, de estúdios a unidades de três quartos, e um hotel de 149 quartos operado pela MOB. Destacando a importância do espaço e da interação, os moradores e hóspedes do hotel compartilharão alguns dos espaços do projeto, como os terraços-jardim no segundo e terceiro pavimentos, a academia, e os espaços de coworking.