Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Refurbishment Architecture Photography

Refurbishment Architecture Photography: O mais recente de arquitetura e notícia

Um diálogo entre o passado e o presente: a renovação do Hotel Fouquet Barrière

Embora edifícios antigos tenham presença e sejam atraentes, a demolição ou a mudança radical costumam ser seu destino. Enquanto alguns profissionais preferem introduzir estruturas completamente novas, outros optam por celebrar as obras do passado que serviram de base para a cidade que existe hoje. 

Para as obras do Hotel Fouquet Barrière, em Paris, localizado a uma quadra da Avenida Champs Elysées, Edouard François foi selecionado para reformar toda a propriedade, incluindo escritórios, serviços de spa, fachada e pátios. A estratégia de projeto de François foi bastante clara e se baseou no termo “COPY-EDIT”; uma reinterpretação do “antigo” através de tecnologias e materiais contemporâneos.

© Laurian Ghinitoiu © Laurian Ghinitoiu © Laurian Ghinitoiu © Laurian Ghinitoiu + 18

Preservando o sentido de comunidade: de Igreja a centro recreativo

© Laurian Ghinitoiu © Laurian Ghinitoiu © Laurian Ghinitoiu © Laurian Ghinitoiu + 19

Após serem vítimas de bombardeio, os edifícios parecem ter apenas um destino: a destruição. Severamente danificada durante a Guerra Civil Espanhola, a Igreja Gótica de Vilanova de la Barca (Lleida, Espanha), do século XIII, permaneceu abandonada desde 1936.

Foi apenas quase 80 anos depois que os remanescentes da estrutura – partes das naves, a fachada oeste e a abside ao leste – passaram por um processo de restauração e reforma. Desta vez, no entanto, o edifício não foi concebido para ser usado como uma igreja, mas como um salão multiuso.

A improvável vida, morte e renascimento do cais de Hastings

A história do Cais de Hastings é improvável. Localizado em Hastings - a poucos passos de distância do campo de batalha que definiu a história da Inglaterra - o cais foi aberto ao público em 1872. Durante décadas, a estrutura entreteve multidões à beira-mar, mas no século XXI caiu em desuso. Em 2008, o cais foi fechado - um ato que se tornou aparentemente irreversível quando, dois anos depois, a estrutura foi alvo de um incêndio.

Hastings Pier / dRMM. Imagem © Laurian Ghinitiou Hastings Pier / dRMM. Imagem © Laurian Ghinitiou Hastings Pier / dRMM. Imagem © Laurian Ghinitiou Hastings Pier / dRMM. Imagem © Laurian Ghinitiou + 21

Novas Formas de Indústria: Shed #19 por Andrea Oliva Architetto

© Laurian Ghinitoiu © Laurian Ghinitoiu © Laurian Ghinitoiu © Laurian Ghinitoiu + 23

Pesquisa é a chave para o projeto Shed #19 de Andrea Oliva— não apenas porque essa antiga fábrica foi transformada em um pólo tecnológico para investigação industrial, mas também porque a proposta arquitetônica usa a pesquisa como uma maneira de identificar as possíveis transformações no edifício. Neste caso, a rica história industrial e do lugar é considerada essencial na remodelação; e o projeto depende da compreensão de seu significado.

Atelier Deshaus transforma a orla de Xangai com três projetos culturais

Em um cenário criativo que já está repleto de talento e inovação, as obras do Atelier Deshaus se destacam na China. Seus projetos, muitas vezes revitalizações de espaços existentes, não seguem regras particulares de estilo estabelecidas por outros ou por eles mesmos. No entanto, eles estão unidos por uma visão sutil e enigmática da experiência do espaço nos ambientes urbanos em constante mudança no país.

© Laurian Ghintiou Long Museum West Bund / Atelier Deshaus. Image © Laurian Ghintiou Shanghai Modern Art Museum / Atelier Deshaus. Image © Laurian Ghintiou Renovation of 80,000-ton silos on Minsheng Wharf / Atelier Deshaus. Image © Laurian Ghintiou + 29

FRAC Dunkerque do Lacaton & Vassal é um eco histórico em forma e conceito

Com a mudança da indústria no último século, seja em termos de forma, localização ou tipo, os espaços de produção espalhados pelo mundo ocidental foram reaproveitados. Não há dúvidas ao ver essas estruturas. As grandes janelas, tetos altos e plantas otimizadas para o trabalho fabril agora marcam os espaços da “indústria criativa”. Pense na renovação do Tate Modern (de uma antiga central elétrica) realizada pelo escritório Herzog + de Meuron, ou na recente transformação colaborativa de um pátio de locomotivas em biblioteca nos Países Baixos.

Apartamento Consolação / SOEK Arquitetura

© Rafael Renzo © Rafael Renzo © Rafael Renzo © Rafael Renzo + 24

Apartamentos  · 
Cerqueira César, Brasil
  • Arquitetos Autores deste projeto de arquitetura SOEK Arquitetura
  • Área Área deste projeto de arquitetura
    110.0 m2

Apartamento AN / Rua 141 + ZALC Arquitetura

© Romulo Fialdini © Romulo Fialdini © Romulo Fialdini © Romulo Fialdini + 19

Apartamentos  · 
São Paulo, Brasil
  • Arquitetos Autores deste projeto de arquitetura Rua 141, ZALC Arquitetura
  • Área Área deste projeto de arquitetura
    70.0 m2

Arquitetura transformada em narrativa: a reforma do Castello di Rivolli de Turim

Castello di Rivoli / Andrea Bruno (Refurbishment). Imagem © Laurian Ghinitoiu
Castello di Rivoli / Andrea Bruno (Refurbishment). Imagem © Laurian Ghinitoiu

Ainda que possamos reconhecer a sua enorme influência histórica, a Itália, enquanto país unificado, possui uma história surpreendentemente jovem. Durante séculos e séculos, a região esteve dividida entre cidades-estados extremamente poderosas e independentes (e conflitantes na maioria dos casos). Cada reino possuía sua própria identidade, cultura e influência regional. Alguns períodos históricos ficaram marcados eternamente na historia da humanidade. Roma é berço da história e da cultura ocidental e o coração de uma religião; Florença é o berço do renascimento e sinônimo de arte e arquitetura; e a agitada Milão é um dos principais centros de moda e design do mundo contemporâneo.

A história de Turim talvez seja um pouco menos romântica. A pequena cidade de Rivoli, na região metropolitana de Turim, não muito longe da fronteira entre a Itália e a França, estabeleceu-se como uma potência industrial. É onde nasceu a Fabrica Italiana Automobile Torino ou simplesmente, a FIAT. Turim é a casa de algumas das melhores e mais reconhecidas universidades da Itália; suas ruas estão repletas de obras de Pier Luigi Nervi, Mario Botta e Aldo Rossi. Mas, apesar de toda a glória de sua arquitetura moderna, talvez seja o Castello di Rivoli um de seus mais importantes exemplares.

Castello di Rivoli / Andrea Bruno (Refurbishment). Imagem © Laurian Ghinitoiu Castello di Rivoli / Andrea Bruno (Refurbishment). Imagem © Laurian Ghinitoiu Castello di Rivoli / Andrea Bruno (Refurbishment). Imagem © Laurian Ghinitoiu Castello di Rivoli / Andrea Bruno (Refurbishment). Imagem © Laurian Ghinitoiu + 21

Reforma de Renzo Piano para o Harvard Art Museum se revelou um triunfo silencioso

A primeira vista, projetar um edifício em Harvard parece algo tão sério quanto a própria estrutura desta instituição, uma das mais importantes e renomadas universidades do mundo. Por outro lado, o programa para o novo Museu de Arte de Harvard era tão simples quanto inovador, o tipo de encargo que todo arquiteto sonha um dia receber. Mas, apesar de toda a liberdade e disponibilidade de recursos, o processo de projeto foi muito mais complexo do que poderia parecer em um primeiro momento - foram mais de seis anos até que a obra fosse finalmente concluída.

© Laurian Ghinitoiu © Laurian Ghinitoiu © Laurian Ghinitoiu © Laurian Ghinitoiu + 21

Projeto em vila japonesa define os padrões para uma arquitetura de resíduo zero

Aninhada nos íngremes desfiladeiros e vales fluviais da província de Tokushima, no Japão, fica Kamikatsu - uma pequena cidade como qualquer outra. Mas Kamikatsu, ao contrário de seus vizinhos (ou a maioria das cidades do mundo), pode orgulhar-se de ser quase totalmente livre de resíduos.

Desde 2003 - anos antes de o movimento ganhar popularidade - a cidade comprometeu-se com uma política de desperdício zero. Os requisitos são exigentes: os resíduos devem ser classificados em mais de 30 categorias, itens quebrados ou obsoletos são doados ou separados em peças, itens indesejados são deixados em uma loja para troca de comunidade. Mas os esforços dos moradores ao longo dos anos foram recompensados - quase 80% de todos os resíduos da vila são reciclados.

© Laurian Ghinitoiu © Laurian Ghinitoiu © Laurian Ghinitoiu © Laurian Ghinitoiu + 20

Museu Kolumba de Peter Zumthor usa material local para reenquadrar a experiência histórica

A obra de Peter Zumthor, caracterizada pela serenidade formal e uma espécie de primitivismo técnico, há décadas inspira um grande número de arquitetos. Seu Museu Kolumba, localizado em Colônia, Alemanha, uma cidade que fora quase que completamente destruída na Segunda Guerra Mundial, abriga a coleção de arte da Arquidiocese Católica Romana - um acervo com obras e artefatos produzidos em um período de mais de um milênio. O projeto de Zumthor se eleva delicadamente sobre a antiga igreja gótica, respeitando a rica história do lugar e preservando sua essência.

© Laurian Ghintiou © Laurian Ghintiou © Laurian Ghintiou © Laurian Ghintiou + 21

AL_A usa placas de porcelana na expansão do V&A Museum de Londres

Concluído ano passado, o pátio público de porcelana desenhado pelo escritório AL_A para a expansão do V&A Museum em Londres é o maior projeto de restauração do famoso museu em mais de um século. O AL_A também foi responsável pelo projeto de uma nova colunata e uma galeira de planta livre. O projeto conecta o pátio aos edifícios adjacentes, proporcionando ao museu uma sequência mais simplificada de espaços expositivos.

© Laurian Ghinitoiu © Laurian Ghinitoiu © Laurian Ghinitoiu © Laurian Ghinitoiu + 20

WORKac projeta uma cobertura "invisível" em edifício centenário

À primeira vista, o Stealth Building parece um prédio de apartamentos de ferro fundido primorosamente restaurado. Isso é porque, tecnicamente, é o que ele é. Mas, após uma observação mais minuciosa, o edifício de Lower Manhattan é repleto de práticas inovadoras de restauração e renovação da WORKac.

© Laurian Ghinitoiu © Laurian Ghinitoiu © Laurian Ghinitoiu © Laurian Ghinitoiu + 23

7 arquitetos criam 7 novos espaços comunitários sob um viaduto japonês em desuso

Um trecho de mais de 100 metros sob um viaduto de trem em Koganecho, distrito de Yokohama, Japão, sofreu uma reforma progressiva em que sete tipos diferentes de espaços comunitários, cada um projetado por um arquiteto diferente, foram construídos dentro de uma grade espacial pré-definida. Historicamente, havia muitas questões sociais na área, em grande parte em relação ao seu lucrativo mas perigoso mercado negro e como área de prostituição. Uma vez que a atividade ilegal foi erradicada em 2005, a passagem subterrânea apresentou uma grande oportunidade de redesenvolvimento social, e o projeto resultante - o Centro Koganecho - enfatizou um antigo compromisso cultural japonês, onde o que uma vez foi quebrado é usado para fazer algo novo .

© Laurian Ghinitoiu © Laurian Ghinitoiu © Laurian Ghinitoiu © Laurian Ghinitoiu + 23

Esta fábrica têxtil chinesa foi transformada num próspero centro cultural por O-Office

© Laurian Ghinitoiu © Laurian Ghinitoiu © Laurian Ghinitoiu © Laurian Ghinitoiu + 21

Construído em Shenzhen (China), iD Town é um projeto com uma história interessante: originalmente era a fábrica da companhia Honghua Dyeing, um lugar que coroa uma colina, rodeado por montanhas e a costa litorânea.

Através de intervenções mínimas ao edifício original, O-Office Architects remodelou esta fábrica de oito hectares de extensão num centro cultural.