Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos

FRAC Dunkerque do Lacaton & Vassal é um eco histórico em forma e conceito

FRAC Dunkerque do Lacaton & Vassal é um eco histórico em forma e conceito

Com a mudança da indústria no último século, seja em termos de forma, localização ou tipo, os espaços de produção espalhados pelo mundo ocidental foram reaproveitados. Não há dúvidas ao ver essas estruturas. As grandes janelas, tetos altos e plantas otimizadas para o trabalho fabril agora marcam os espaços da “indústria criativa”. Pense na renovação do Tate Modern (de uma antiga central elétrica) realizada pelo escritório Herzog + de Meuron, ou na recente transformação colaborativa de um pátio de locomotivas em biblioteca nos Países Baixos.

FRAC Dunkerque / Lacaton & Vassal. Imagem © Laurian Ghinitoiu
FRAC Dunkerque / Lacaton & Vassal. Imagem © Laurian Ghinitoiu

Tais espaços tornaram-se tão populares (e financeiramente viáveis) que houve até um aumento no número de novas estruturas que os imitam. Não sem razão. A flexibilidade e a escala dessas estruturas os tornam ideais para uma grande variedade de usos, desde exposições de arte a apartamentos em "estilo loft" e escritórios. 

FRAC Dunkerque / Lacaton & Vassal. Imagem © Laurian Ghinitoiu
FRAC Dunkerque / Lacaton & Vassal. Imagem © Laurian Ghinitoiu

Um exemplo disso pode ser visto em Dunkirk, uma pequena cidade no norte da França, próximo à fronteira com a Bélgica. Quando o FRAC Dunkerque, um dos centros de artes regionais descentralizados da França, organizou um concurso em 2008 que buscava um novo lar permanente para seu crescente acervo, Anne Lacaton e Jean-Philippe Vassal viram uma oportunidade para celebrar a indústria e a história da região.

FRAC Dunkerque / Lacaton & Vassal. Imagem © Laurian Ghinitoiu
FRAC Dunkerque / Lacaton & Vassal. Imagem © Laurian Ghinitoiu

A história de Dunkirk ecoa a de tantos centros industriais que se deterioraram após a Segunda Guerra Mundial: a produção que manteve a cidade viva durante o conflito entrou em colapso, ocasionando o desuso de grandes faixas do tecido urbano. À medida que as pessoas se afastavam em busca de oportunidades mais estáveis, as áreas industriais se degradavam. Em Dunquerque, as estruturas de construção naval - pavilhões, docas secas e portos - que ocupavam o litoral da cidade foram demolidas ou abandonadas. Entre os que foram deixados para trás estava o que hoje é o Halle 2 do FRAC, um majestoso galpão de grandes janelas e escala monumental, apelidado pela população local de "Catedral".

FRAC Dunkerque / Lacaton & Vassal. Imagem © Laurian Ghinitoiu
FRAC Dunkerque / Lacaton & Vassal. Imagem © Laurian Ghinitoiu
FRAC Dunkerque / Lacaton & Vassal. Imagem © Laurian Ghinitoiu
FRAC Dunkerque / Lacaton & Vassal. Imagem © Laurian Ghinitoiu

O espaço chamou a atenção do escritório Lacaton & Vassal, que propôs reformar o edifício existente e construir um segundo, idêntico, imediatamente ao lado para abrigar os espaços de exposição e acervo do FRAC. Assim como haviam feito na reforma do Palais de Tokyo, em Paris (e inspirados no Tate Modern), deixaram a 'catedral' pré-existente quase inteiramente intocada, dedicando seu espaço a grandes exposições temporárias. "[O espaço] era tão forte do ponto de vista arquitetônico e esteticamente tão belo que não queríamos preenchê-lo", explicaram os arquitetos. Em vez disso, o edifício gêmeo adjacente abrigaria o programa mais tradicional, e seu custo de produção seria baixo, devido ao uso de materiais pré-fabricados.

FRAC Dunkerque / Lacaton & Vassal. Imagem © Laurian Ghinitoiu
FRAC Dunkerque / Lacaton & Vassal. Imagem © Laurian Ghinitoiu

O audacioso projeto - aparentemente arriscado na época em que o FRAC cancelara uma proposta de De Aluza / Flint - foi realizado na íntegra, abrindo para o público em 2013. A nova estrutura do Lacaton & Vassal imita exatamente a forma e a escala do edifício original, mas conta com um envelope bioclimático que lembra as obras de Buckminster Fuller. São duas estruturas discretas, visceralmente unidas. “A passarela pública (previamente planejada ao longo da fachada) se transforma em uma rua coberta que adentra o FRAC”, explicam os arquitetos. "... o funcionamento de cada um dos edifícios se dá separadamente, ou de forma combinada."

FRAC Dunkerque / Lacaton & Vassal. Imagem © Laurian Ghinitoiu
FRAC Dunkerque / Lacaton & Vassal. Imagem © Laurian Ghinitoiu
FRAC Dunkerque / Lacaton & Vassal. Imagem © Laurian Ghinitoiu
FRAC Dunkerque / Lacaton & Vassal. Imagem © Laurian Ghinitoiu

À distância, o projeto tem o efeito de uma imagem residual. A escolha de materiais diferentes para duas formas geometricamente idênticas confere ao projeto uma atmosfera estranhamente familiar, uma misteriosa composição de massa e sombra, som e eco. À noite, a mudança da luminosidade faz do edifício uma lanterna. 

FRAC Dunkerque / Lacaton & Vassal. Imagem © Laurian Ghinitoiu
FRAC Dunkerque / Lacaton & Vassal. Imagem © Laurian Ghinitoiu
FRAC Dunkerque / Lacaton & Vassal. Imagem © Laurian Ghinitoiu
FRAC Dunkerque / Lacaton & Vassal. Imagem © Laurian Ghinitoiu

O edifício é exemplo feliz em termos de reutilização e preservação. Assim como o Tate Modern, oferece aos visitantes uma lição indireta de história, além de uma aula de arte, permitindo que eles apreciem e compreendam o uso anterior da edificação, ao mesmo tempo que olham com confiança para seu futuro. Mas, como o Tate - e tantas outras conversões industriais -, a flexibilidade do espaço às vezes oprime o objetivo. Quando há espaço para fazer qualquer coisa, pode ser difícil saber por onde começar.

FRAC Dunkerque / Lacaton & Vassal. Imagem © Laurian Ghinitoiu
FRAC Dunkerque / Lacaton & Vassal. Imagem © Laurian Ghinitoiu

Galeria do Projeto

Ver tudo Mostrar menos
Sobre este autor
Cita: Allen, Katherine. "FRAC Dunkerque do Lacaton & Vassal é um eco histórico em forma e conceito" [Lacaton & Vassal's FRAC Dunkerque is an Architectural Echo Both in Form and in Concept] 27 Fev 2019. ArchDaily Brasil. (Trad. Baratto, Romullo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/912297/frac-dunkerque-do-lacaton-and-vassal-e-um-eco-historico-em-forma-e-conceito> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.