1. ArchDaily
  2. Reforma

Reforma: O mais recente de arquitetura e notícia

Projetos de reabilitação e a reinvenção do lugar: entrevista com Adriana Floret

No País dos Arquitectos é um podcast criado por Sara Nunes, responsável também pela produtora de filmes de arquitetura Building Pictures, que tem como objetivo conhecer os profissionais, os projetos e as histórias por trás da arquitetura portuguesa contemporânea de referência. Com pouco mais de 10 milhões de habitantes, Portugal é um país muito instigante em relação a este campo profissional, e sua produção arquitetônica não faz jus à escala populacional ou territorial.

© João Morgado© João Morgado© João Morgado© João Morgado+ 13

Quanto custa e o que considerar na reforma de uma cozinha?

Uma reforma pode ser sinônimo de dor de cabeça para muitas pessoas. Para evitar isso, quanto maior for o planejamento e mais tempo for investido num projeto que garanta que todas as etapas sejam executadas dentro do prazo e, principalmente, do orçamento é fundamental. Pensando nisso, apresentamos aqui algumas dicas e elementos que devem ser ponderados antes de fazer uma reforma básica na sua cozinha.

Casa de monte / TACO taller de arquitectura contextual. Foto: © Leo EspinosaApartamento Sumarezinho / Vão. Foto: © Julia NovoaApartamento Lanterna / COTA760. Foto: © Cris FarhatApartamento Bloco A / Alan Chu. Foto: © Djan Chu+ 5

Remodelando o exterior de edifícios: com o que se preocupar ao reformar a fachada?

As fachadas são o cartão de visitas de toda construção, é quando os visitantes constroem as primeiras impressões do ambiente que estão adentrando. Elas são também parte da construção que mais fica exposta à ação do tempo e da poluição das ruas, exigindo manutenção periódica. Neste texto trazemos dicas que podem ajudar na hora de reformar a frente de sua casa. 

Reforma Residencial L'Escher / NatureHumaine. Image © Ronan MézièreResidência Alas Paraguayas / OMCM arquitectos . Image © Leonardo MendezCasa Alto Mearim / depA architects. Image © José CamposCentro Cultural Le 148 / WAW Achitectes . Image © MFL Photo /  Mathieu FIOL+ 10

8 Projetos em que arquitetos adotaram o retrofit e o reuso adaptativo

OMA e Jason Long / Reutilização adaptativa da histórica estação de correios de Houston. Imagem © Leonid Furmansky
OMA e Jason Long / Reutilização adaptativa da histórica estação de correios de Houston. Imagem © Leonid Furmansky

Durante o ano passado, as práticas estabelecidas continuaram a defender a transformação das estruturas existentes, com a reutilização adaptativa e os retrofits cada vez mais se tornando um aspecto definidor da arquitetura contemporânea. Desde a renovação de estruturas históricas até a reutilização adaptativa de instalações obsoletas, a ideia de dar uma vida nova às construções existentes foi adotada como premissa para uma prática mais sustentável, mas também para reforçar a identidade urbana e cultural das cidades. Descubra oito projetos e obras recentemente concluídas que mostram uma nova prática comum de reutilização dos edifícios existentes.

GMP converte fábrica de aço de Xangai em academia de arte. Imagem © Willmore CGEdifício Marcel Breuer transformado em hotel. Imagem © Becker + Becker© Herzog & de Meuron. Imagem Station AIdea Factory / MVRDV. Image © Xia Zhi+ 9

BIG, Adjaye Associates e Diller Scofidio + Renfro entre os finalistas do concurso para a reforma do Barbican Centre em Londres

© Max Colson Cortesia do Barbican Centre
© Max Colson Cortesia do Barbican Centre

O Barbican Centre passará por uma reforma substancial, e a City of London Corporation revelou as cinco equipes pré-selecionadas para a renovação do ícone da arquitetura brutalista, entre eles firmas como BIG, Diller Scofidio + Renfro, Adjaye Associates ou o Asif Khan Studio. O espaço cultural no coração do famoso conjunto habitacional de mesmo nome no centro de Londres foi alvo de um concurso internacional que busca preservar sua herança ao mesmo tempo que atualiza sua antiga estrutura para atender demandas contemporâneas.

© Max Colson Cortesia do Barbican Centre© Max Colson Cortesia do Barbican Centre© Max Colson Cortesia do Barbican Centre© Peter Dazeley Cortesia do Barbican Centre+ 5

Edifício brutalista de Marcel Breuer será transformado em hotel sustentável

O Pirelli Tire Building, projetado por Marcel Breuer em 1969, está sendo transformado em um hotel segundo projeto desenvolvido pela Becker and Becker. Desocupado desde 1999, o antigo edifício de escritórios da Armstrong Rubber Co. nos Estados Unidos foi recentemente vendido à empresa de construção do também arquiteto Bruce Redman Becker, que em 2020 deu início ao projeto que pretende transformar este ícone brutalista em um hotel boutique de energia zero com capacidade para 165 quartos. Apropriando-se da estrutra existente de um dos edifícios brutalistas mais significativos construídos nos Estado Unidos, o novo hotel sustentável da Becker and Becker pretende ser um modelo para futuros projetos de hotéis de energia zero, combinando suas características arquitetônicas únicas com novas e inovadoras soluções de reutilização adaptativa.

© Becker + Becker© Becker + Becker© Becker + Becker© Becker + Becker+ 22

Palácio de Versailles na França é convertido em hotel de luxo

Localizado próximo a Paris e símbolo do poder dos monarcas franceses absolutistas, o Palácio de Versalhes começou a ser construído entre 1610 e 1643 como residência rural para os períodos de caça do Rei Luís XIII da França. Com o tempo, a residência foi sendo reformada e aperfeiçoada, até que em 1634 tornou-se em um palacete. Sua transformação em um grande palácio de luxo e ostentação da realeza se dá a partir da regência de Luís XIV, conhecido como o Rei Sol.

Grand Appartement. Image via Airelles Château de Versailles , Le Grand ContrôleGrand Appartement. Image via Airelles Château de Versailles , Le Grand Contrôle© Clark Van Der Beken on UnsplashJunior Suite Baron de Staël-Holstein. Image via Airelles Château de Versailles , Le Grand Contrôle+ 8

Casa dos Cubos / EMBAIXADA arquitectura

Cortesia de embaixada arquitecturaCortesia de embaixada arquitecturaCortesia de embaixada arquitecturaCortesia de embaixada arquitectura+ 23

Tomar, Portugal
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área :  980
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano :  2007
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes :  Arper

Arquiteturas abertas: como projetar para a mudança de usos?

Por necessidade, edifícios mudam de uso ao longo do tempo. Igrejas passam a ser bibliotecas, armazéns abandonados são transformados em centros culturais. Embora muito tenha sido escrito sobre o assunto, desde o conceito de open building de N. John Habraken nos anos 70, há, hoje, um interessante debate global sobre isso em curso. É necessário ter tantos metros quadrados dedicados a escritórios quando, com a pandemia, percebemos que muito do trabalho pode ser feito remotamente?

Reabilitação do patrimônio: entrevista com Guilherme Machado Vaz sobre o projeto da Casa da Arquitectura

Com objetivo de conhecer os arquitetos, os projetos e as histórias por trás da arquitetura portuguesa de referência, Sara Nunes, da produtora de filmes de arquitetura Building Pictures, lançou o podcast No País dos Arquitectos, em que conversa com importantes nomes da arquitetura portuguesa contemporânea.

No episódio desta semana, Sara conversa com o arquiteto Guilherme Machado Vaz, sobre o impacto que a Casa da Arquitectura e a antiga Real Companhia Vinícola assumem na cidade de Matosinhos, norte de Portugal. Reveja as outras entrevistas realizadas pelo podcast No Pais dos Arquitectos e leia a transcrição da entrevista com Vaz, a seguir:

© Luís Ferreira Alves© Luís Ferreira Alves© Luís Ferreira Alves© Luís Ferreira Alves+ 17

OMA completa primeira fase da loja de departamentos KaDeWe em Berlim

© Marco Cappelletti, Courtesy of OMA
© Marco Cappelletti, Courtesy of OMA

O primeiro quadrante da transformação das lojas de departamento KaDeWe, projetado pelo OMA, abriu suas portas para o público. A loja em Berlim revela uma nova abordagem do design de varejo, na era das compras on-line, mudando o comportamento do consumidor. O masterplan dividiu o edifício histórico, da maior loja de departamento da Europa continental, em quatro setores menores, facilmente acessíveis e navegáveis. O quadrante completo apresenta um vazio de seis pavimentos, que abriga uma série de escadas rolantes e atua simultaneamente como circulação, varejo e um espaço para eventos.

© Marco Cappelletti, Courtesy of OMA© Marco Cappelletti, Courtesy of OMA© Marco Cappelletti, Courtesy of OMA© Marco Cappelletti, Courtesy of OMA+ 21

Reformar deverá ser a especialidade dos arquitetos do futuro?

A escolha de Lacaton & Vassal para receber o Prêmio Pritzker de 2021 foi, acima de tudo, emblemática. Sob o mantra “nunca demolir, nunca remover ou substituir, sempre adicionar, transformar e reutilizar”, a dupla francesa construiu uma carreira focada em reformar edificações, dotando-as de qualidade espacial, eficiência e novos programas. Sua abordagem contrasta com grande parte das arquiteturas que estamos acostumados a prestigiar: obras icônicas, imponentes e grandiosas. Também, com a noção da tabula rasa, de construir e reconstruir do zero, tão bem representada na Ville Radieuse de Le Corbusier, e que tem fascinado arquitetos e urbanistas desde então.

Seja por conta das demandas de sustentabilidade em voga atualmente, ou simplesmente por já existirem construções o suficiente em muitas partes do mundo, o ofício de reabilitar espaços e edificações tem sido visto como importante motor de mudanças. O foco é, geralmente, centrar os esforços nos espaços interiores, dando especial atenção à qualidade ambiental e ao conforto dos habitantes, além de adequar os usos às demandas contemporâneas. A principal questão gira em torno de que forma atualizar (e até automatizar) os edifícios do passado para se adaptarem às novas necessidades de eficiência, sustentabilidade e bem-estar.

Residência Brise / Gisele Taranto Arquitetura

© MCA Estudio © MCA Estudio © MCA Estudio © MCA Estudio + 43

Rio de Janeiro, Brasil

Cartilha gratuita mostra como fazer moradias e reformas sustentáveis

O Conselho Internacional da Construção (CIB) aponta que o setor de construção é o que mais consome recursos naturais. Para minimizar os impactos ambientais surge então o conceito de construção sustentável, onde se busca técnicas que garantem maior eficiência e responsabilidade do início ao fim da obra.

A primeira coisa a se observar é a posição dos ambientes, cada cômodo tem um local ideal para ser construído, de acordo com o clima local. “A disposição dos ambientes em uma residência pode criar condições prévias de conforto ou desconforto. Cabe ao projeto arquitetônico, por intermédio da organização da planta, assegurar o grau adequado de insolação e ventilação natural para cada ambiente”, afirma o texto da cartilha gratuita de reformas sustentáveis disponibilizada pelo Ministério do Meio Ambiente.

Com selo LEED e madeira recuperada, Museu da Língua Portuguesa reabrirá em julho

O Museu da Língua Portuguesa será reinaugurado no próximo dia 31 de julho, reconstruído após o incêndio que o atingiu em dezembro de 2015. Um dos primeiros museus totalmente dedicados a um idioma, instalado na cidade com o maior número de falantes de português no mundo, na histórica Estação da Luz, o museu celebra a língua como elemento fundador da nossa cultura. Por meio de experiências interativas, conteúdo audiovisual e ambientes imersivos, o visitante é conduzido a um mergulho na história e na diversidade do idioma falado por 261 milhões de pessoas em todo o mundo. A cerimônia oficial de inauguração, no dia 31, terá transmissão ao vivo pelas redes sociais do Museu.

© Ana Mello© Ana Mello© Ana Mello© Ana Mello+ 13