1. ArchDaily
  2. Mumbai

Mumbai: O mais recente de arquitetura e notícia

Cinema e Arquitetura: "Quem Quer Ser um Milionário?"

O tema pobreza já foi abordado através de vários pontos de vista ao longo da história do cinema. Muitas delas são visões românticas e que servem como mero plano de fundo para uma história pouco comprometida com a realidade. Poucos pontos de vista são ousados, destacando talvez o trabalho de Fernando Meirelles com seu maravilhoso “Cidade de Deus”, o principal comparativo com o filme que iremos analisar.

Os diretores de ambos os filmes se expressaram diante dessa comparação, já que suas visões são retratos dos mundos mais baixos e miseráveis da cidade. Mesmo com enfoques similares, as obras possuem um caráter totalmente diferente. Uma é o resultado fiel de uma determinada época e a outra, uma história de amor que narra, ao fundo, a evolução de uma cidade.

“Cidade Participativa”: 100 tendências urbanas para Berlim, Mumbai e Nova Iorque

Entre 2011 e este ano, uma equipe de arquitetos, designers e urbanistas do BMW Guggenheim Lab percorreram Berlim, Mumbai e Nova Iorque para conhecer as tendências urbanas locais que os cidadãos consideram importantes para a melhoria de suas cidades.

Todas estas propostas foram reunidas no projeto "Cidades Participativas" que permitiu dar forma ao projeto "100 Tendências Urbanas: Um Glossário de idéias do Laboratório BMW Guggenheim ". Por exemplo, em Nova Iorque foi necessário pensar a cidade como um sistema orgânico, em Berlim foi resgatada a importância da história urbana e representação da cidade e em Mumbai se pensou na representação da cidade no cinema, entre outros temas tratados.

Mais informações a seguir.

Entrevista: William Hunter discute o urbanismo controverso de Dharavi

Dharavi - a maior favela da Ásia, com um milhão de pessoas e uma densidade média de 18 mil habitantes por acre - está no centro de uma acalorada discussão entre seus habitantes, o governo e investidores privados, por se localizar em um dos mais promissores bolsões de especulação imobiliária da Índia. Enquanto o governo busca soluções para "dissolver" a favela e relocar seus habitantes em edifícios em altura, a abordagem do investidores, visando o lucro, colocou os habitantes na defensiva, "fazendo de Dharavi a tempestade um de urbanismo controverso", segundo o arquiteto, urbanista e autor William Hunter.

Com esta discussão em pauta, gostaríamos de redirecionar os leitores e leitoras a esta entrevista de Andrew Wad, na qual é discutida a terrível situação de Dharavi e o tema do novo livro de Hunter, Contested Urbanism in Dharavi: Writings and Projects for the Resilient City. Leia a entrevista na íntegra aqui, e recapitule a situação de Dharavi nesta notícia publicada no ArchDaily Brasil.

Adrian Smith and Gordon Gill Architecture revelam proposta para a torre mais alta de Mumbai

© Adrian Smith and Gordon Gill Architecture
© Adrian Smith and Gordon Gill Architecture

Adrian Smith and Gordon Gill Architecture revelaram um protótipo do que esperam ser o mais alto arranha-céu de Mumbai. 400 metros acima das tumultuadas ruas da cidade, a forma curvilínea da Imperial Tower, com 116 pavimentos, é moldada aerodinamicamente para "confundir o vento". Suas 132 "espaçosas e luxuosas" unidades residenciais são pontuadas com jardins voltados para norte e sul, que cortam o vento em torno da torre e proporcionam entradas de luz natural e vistas para o mar Arábico.

CSMVS - Centro de Visitantes do Museu Príncipe de Gales / RMA Architects

© Rajesh Vora© Rajesh Vora© Rajesh Vora© Rajesh Vora+ 18

Promessa de Recuperação de Favelas em Mumbai

Vista aérea de Mumbai; Cortesia de Flickr User Cactus Bones; Licenciado por Creative Commons
Vista aérea de Mumbai; Cortesia de Flickr User Cactus Bones; Licenciado por Creative Commons

Favelas, ocupações provisórias, ocupações ilegais - são todas produtos de uma explosão de migração de áreas rurais para áreas urbanas. No último meio século, o número de pessoas vivendo próximo ou dentro de zonas metropolitanas cresceu exponencialmente em comparação com a população global. As migrações de áreas rurais para áreas urbanas cresceu exponencialmente na medida em que as cidades de tornaram centros de atividades econômicas e empregos, prometendo novas oportunidades de mobilidade social e educação. Mesmo assim, muitas das pessoas que optaram por migrar se encontram em difíceis circunstâncias de integração em um ambiente que não consegue acomodar o crescimento populacional. Cidades como Mumbai, por exemplo, a maior cidade da Índia e 11ª na lista mundial de 2012 com uma população estimada em 20,5 milhões de habitantes. De acordo com um artigo de 2011 de New York Times, cerca de 60% deste número vive em habitações improvisadas que agora ocupam terrenos valiosos para os investidores em Mumbai.

Saiba mais após o intervalo.

Concrete 0023 / studio eight twentythree

Cortesia do studio eight twentythreeCortesia do studio eight twentythreeCortesia do studio eight twentythreeCortesia do studio eight twentythree+ 14

Mumbai, Índia
  • arquitetos: studio eight twentythree
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2012

Prêmio Audi Urban Future: O estado de nosso mundo urbanizado

Cidades em Foco: Mumbai Rickshaws

Casa em Pali Hill / Studio Mumbai Architects

Conferência Design 361º / Índia

Casa Palmyra / Studio Mumbai Architects

© Helene Binet