Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Intervenção Urbana

Intervenção Urbana: O mais recente de arquitetura e notícia

Ocupação Conexidade / Estúdio Chão

© Diego Padilha © Diego Padilha © Diego Padilha © Renato Mangolin + 29

Rio de Janeiro, Brasil
  • Arquitetos: Estúdio Chão
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área: 20500.0
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano: 2018

BIG projeta a primeira cidade da Toyota no Japão

O BIG acaba de divulgar seu mais recente projeto, a Toyota Woven City, primeiro empreendimento imobiliário da empresa no Japão. Localizado aos pés do monte Fuji, o projeto, desenvolvido em colaboração com a Toyota Motor Corporation, é a primeira incubadora urbana do mundo voltada para o desenvolvimento de estratégias de mobilidade.

Cortesia de BIG - Bjarke Ingels Group Cortesia de BIG - Bjarke Ingels Group Cortesia de BIG - Bjarke Ingels Group Cortesia de BIG - Bjarke Ingels Group + 20

Intervenção TransBorda / Estúdio Chão

© Renato Mangolin © Renato Mangolin © Renato Mangolin © Renato Mangolin + 19

Adjaye Associates e Daniel Boyd se unem para projetar a nova Sydney Plaza

A cidade de Sydney selecionou o escritório Adjaye Associates e o artista aborígine contemporâneo Daniel Boyd para projetar um novo edifício, praça, e obra de arte pública. O projeto busca descobrir a história perdida do lugar onde está inserido, reconciliar culturas e definir identidades.

O que é urbanismo tático?

O urbanismo tático, prática que vem ganhando destaque nos últimos anos, tem se mostrado uma estratégia atrativa para coletivos ativistas, arquitetos, urbanistas e designers ao redor do mundo por propor, a baixo custo e numa micro-escala, intervenções urbanas pontuais na intenção de promover o direito à cidade. Essa maneira de se pensar espaços públicos na cidade busca atuar por uma lógica não-hierárquica, na qual a sociedade civil (em colaboração ou não com o Estado e/ou empresas privadas) propõe alternativas ao processo tradicional de projeto na esfera urbana.

Restauro de antiga igreja na Coreia conecta Deus, natureza e seres humanos

A Igreja Changtteul é um antigo local de culto em Gyeonggi-do, Coreia do Sul, cujo nome remete à imagem de "uma moldura contendo uma janela". Nesse sentido, o caráter do edifício é definido por sua série de janelas, proporcionando aos visitantes uma experiência única de luz e paisagens emolduradas.

Os arquitetos Hanyoung Jang e Hanjin Jang, do estúdio minorormajor, utilizaram as janelas de Changtteul como metáfora para seu partido projetual. A dupla explora o elemento arquitetônico a partir de duas perspectivas: a "janela entre o homem e Deus" e "a janela entre o homem e a natureza".

© studio minorormajor © studio minorormajor © studio minorormajor © studio minorormajor + 20

Translações sonoras: a construção de paisagens auditivas na cidade

Translações Sonoras é uma instalação urbana desenvolvida pelos arquitetos Mathias Klenner e Sofía Balbontín, acadêmicos da Faculdade de Arquitetura, Design e Construção da UDLA, em conjunto com estudantes de arquitetura da Universidad Austral de Chile.

A intervenção explora as diversas paisagens sonoras de Valdivia e seu entorno próximo, vinculando territórios e comunidades através da translação em tempo real de múltiplas sonoridades invisibilizadas em direção ao centro da cidade.

Conheça a proposta detalhada segundo as palavras de seus autores, a seguir.

Mountain / Zhaohong Zhang

© Li Zhou © Li Zhou © Li Zhou © Li Zhou + 26

Intervenção no Pavilhão Mies van der Rohe explora a potencialidade reflexiva de seus espaços

Dificilmente poderíamos associar a figura de Mies van der Rohe à filosofia zen, muito menos se tratando do projeto do Pavilhão de Barcelona. Ainda assim, o artista estadounidense Spencer Finch está tentando precisamente estabelecer esta conexão através do seu projeto de intervenção chamado de "Fifteen stones (Ryōan-ji)".

Finch é o mais recente artista convidado pela Fundação Mies van der Rohe a "explorar novos pontos de vista e reflexões através de intervenções no icônico Pavilhão de Barcelona, potencializando-o como um espaço experimental e inspirador para artistas e arquitetos". Assim, Finch será o mais novo artista a integrar um seleto grupo daqueles que já interviram no pavilhão de Mies, somando-se a artistas e arquitetos como SANAA, Jeff Wall, Ai Wei Wei, Enric Miralles, Andrés Jaque e Anna & Eugeni Bach, entre outros.

© Anna Mas © Anna Mas © Anna Mas © Anna Mas + 10

Prefeitura de São Paulo abre consulta pública para Projeto de Intervenção Urbana no Anhembi

A Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal de Urbanismo e Licenciamento – SMUL, abriu uma consulta participativa para o projeto de lei que tem como objetivo fixar os parâmetros de parcelamento, uso e ocupação solo da Zona de Ocupação Especial – ZOE do Anhembi.

A definição desses parâmetros será seguida pelo detalhamento dos mesmos através de um Projeto de Intervenção Urbana – PIU, mas já permite o prosseguimento dos processos de alienação da área de um milhão de metros quadrados.

Intervenção em escola de Madri exercita a criatividade e a capacidade imaginativa das crianças

O arquiteto espanhol Nacho Gias, em colaboração com o designer gráfico Fernando Carbayo, apresentaram o Playground, uma intervenção em uma quadra de futebol de uma escola em Torrelodones, Madri. A obra pretende fomentar a criatividade e a capacidade imaginativa das crianças enquanto elas inventam seus próprios jogos, guiados por percursos, pontos de encontro e pistas dentro do próprio campo.

O Colectivo MU e o urbanismo na escala humana em Bogotá

Colectivo Microurbanismo [MU] foi fundado há pouco menos de um ano com o objetivo de recuperar, reorganizar e revitalizar o espaço público em Bogotá através de ações temporárias e participativas. Segundo seus criadores Sharon Figueroa e Camilo Amezquita, isso suscita outras maneiras de abordar questões relevantes na cidade, como a mobilidade, proximidade, acessibilidade, equidade, apropriação, cultura, harmonia, habitabilidade, segurança, paisagem e a dotação de equipamentos públicos.

As intervenções realizadas por MU são descritas como pequenas apropriações ou acupunturas urbanas que tratam distintas temáticas frente a condicionantes específicas da cidade, devolvendo o espaço aos cidadãos em um ato de celebração do público ou propiciando a crítica sobre uma problemática relacionada ao espectro do cívico. "Com este propósito se desenvolveram intervenções de pequena escala elementais desde seu planejamento, atraentes no estético e social, realizáveis desde sua factibilidade, ágeis na execução, amáveis com os habitantes e geradoras de alto impacto na população", enfatizam seus criadores.

Além disso, o coletivo centra-se em várias estratégias de implementação como o urbanismo tático, o conhecimento de projetos concretos formulados através de políticas públicas e a experiência de outros atores do espaço público reforçando o caráter participativo a diferentes escalas em suas intervenções.

 18 x 18. Image Cortesía de Sharon Figueroa  / Camilo Amézquita (Colectivo Microurbanismo) 17 x 17. Image Cortesía de Sharon Figueroa  / Camilo Amézquita (Colectivo Microurbanismo) Propuestas urbanas para el peatón. Image Cortesía de Sharon Figueroa  / Camilo Amézquita (Colectivo Microurbanismo) Calles de juego. Image Cortesía de Sharon Figueroa  / Camilo Amézquita (Colectivo Microurbanismo) + 23

Cinco cidades que criaram seus "highlines" em vias de transporte abandonadas

A revolução industrial deixou marcas profundas nas cidades, definindo em grande parte a aparência e o funcionamento das cidades até os dias de hoje. Vias férreas serviram durante décadas à expansão econômica e territorial das cidades, entretanto, com o surgimento do automóvel na primeira metade do século passado e hegemonia do rodoviarismo na segunda metade, a grande maioria das ferrovias urbanas foram abandonadas, tornando-se apenas o registro concreto de eras passadas.

Por décadas desocupadas, comunidades de diversas cidades ao redor do mundo passaram, nas últimas décadas, a ver com outros olhos estas relíquias do transporte ferroviário. O The Guardian compilou cinco cidades que transformaram suas ferrovias abandonadas em espaços públicos, parques e áreas de lazer - veja-as a seguir.

FGMF Arquitetos realizará Workshop no CURA no final de Julho

WORKSHOP | ÂNCORAS DE URBANIDADE
os equipamentos urbanos como deveriam ser

LOURENÇO GIMENES é Arquiteto e Urbanista pela FAUUSP, com mestrado pela mesma instituição e sócio do escritório FGMF Arquitetos.

RESUMO
A oficina promoverá a intervenção em equipamentos urbanos que, graças a um pobre desenho arquitetônico, não cumprem seu papel de qualificar a vida urbana. As intervenções terão a premissa de transformar a paisagem e o uso do tecido urbano ao seu redor através da arquitetura, desenho urbano e arte.

PÚBLICO + PARTICIPAÇÃO
· Oficina indicada para Arquitetos, Urbanistas, Designers e Engenheiros. Encorajamos também a participação de Artistas, Geógrafos, Economistas, Sociólogos e Ativistas Urbanos de

A cidade como sala de aula / Helena Napoleon Degreas, Adriana Valli Mendonça, Cidomar Biancardi Filho e Lilian Regina Machado de Oliveira

Com o objetivo de formar cidadãos e futuros profissionais autônomos e participativos nos processos de produção de nossas cidades, laboratórios experimentais e escritórios-modelo vem acolhendo práticas pedagógicas experimentais que tornam o aprendizado mais significativo para os alunos ao propor a valorização da prática e da experimentação. É nesse contexto que surge o projeto acadêmico “Arte à Vista: um presente dos alunos do Instituto de Cegos Padre Chico e do FIAM-FAAM para a cidade!

São Miguel mais humana, rua para todos: intervenção urbana temporária na Área 40 de São Miguel Paulista

São Miguel Paulista, bairro no extremo leste de São Paulo, recebeu, no último 19 de novembro, a intervenção urbana temporária “São Miguel Mais Humana: Rua Para Todos”. A iniciativa foi parte do projeto de requalificação urbana e segurança viária da Área 40 de São Miguel - uma parceria entre Prefeitura Municipal de São Paulo e Iniciativa Bloomberg para a Segurança Global no Trânsito (BIGRS) apoiada pelo ITDP Brasil.

Intervenções Urbanas Art Rio por Penique Productions

Cortesia de Penique Productions Cortesia de Penique Productions Cortesia de Penique Productions Cortesia de Penique Productions + 13

A curadora Isabel Portela convidou o Coletivo para participar na exposição Intervenções Urbanas Art Rio, que teve lugar nos jardins do Museu da República, Rio de Janeiro. Junto com as obras de outros 14 artistas, o Parque é ocupado do dia 27 de setembro ao 02 de outubro de 2016 e, para a ocasião, Penique productions escolhe realizar a instalação na gruta do referido jardim.

Intervenções temporárias no Rio de Janeiro ganham cartografia detalhada

Está no ar o site “Intervenções temporárias no Rio de Janeiro”, elaborado pelo Laboratório de Intervenções Temporárias e Urbanismo Tático (LabIT), do PROURB-FAU/UFRJ. Este é um projeto 100% acadêmico que disponibiliza o mapeamento de intervenções temporárias na cidade do Rio de Janeiro, permitindo que qualquer pessoa possa pesquisar, manter-se informada e indicar novas intervenções que estejam acontecendo ou que já tenham ocorrido na cidade.

O objetivo do site, que tambem está disponível em inglês e espanhol, é aprofundar as relações entre as intervenções temporárias e os espaços coletivos da cidade, construindo uma cartografia do temporário disponível de forma interativa, oferecendo infinitos tipos de busca e permitindo entender quais espaços da cidade são apropriados e de que forma, possibilitando aproximações e comparações entre eles.