O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos

Cau Br

"Basta!": Nota do CAU/BR sobre a tragédia do Museu Nacional

10:00 - 4 Setembro, 2018
"Basta!": Nota do CAU/BR sobre a tragédia do Museu Nacional, The Brazilian Report. <a href='https://twitter.com/BrazilianReport/status/1036667238026280961'>Via Twitter</a>
The Brazilian Report. Via Twitter

A destruição o Museu Nacional da Quinta da Boa Vista, no Rio de Janeiro, não pode passar em branco. Essa tragédia deve servir como um grito de basta contra o abandono, negligência e destruição da memória nacional. A realidade, lamentavelmente, é que a situação do Museu Nacional não é única. Outras tragédias iguais podem ocorrer.

Os valores que nos identificam como sociedade não podem virar cinzas como o Museu Nacional. Conclamamos o Estado, os arquitetos e 2 urbanistas, as universidades, os intelectuais, as entidades de classe, enfim, a sociedade brasileira a se mobilizar.

Decreto estabelece que novos empreendimentos residenciais deverão prever acessibilidade

07:00 - 15 Agosto, 2018
Decreto estabelece que novos empreendimentos residenciais deverão prever acessibilidade, Cortesia de CAU/BR
Cortesia de CAU/BR

Novos empreendimentos residenciais no país deverão incorporar recursos de acessibilidade em todas as áreas de uso comum, já as unidades habitacionais devem ser adaptadas de acordo com a demanda do compradores. Os condomínios terão prazo de 18 meses para se adaptar às novas regras estabelecidas pelo Decreto 9.451, cujas diretrizes regulamentam a Lei Brasileira de Inclusão.

Com foco nas Eleições, arquitetos propõem política habitacional com múltiplas soluções

14:00 - 1 Agosto, 2018
Com foco nas Eleições, arquitetos propõem política habitacional com múltiplas soluções, Residencial Alexandre Mackenzie, em Jaguaré (SP). Projeto de Boldarini Arquitetos Associados. Image © Daniel Ducci
Residencial Alexandre Mackenzie, em Jaguaré (SP). Projeto de Boldarini Arquitetos Associados. Image © Daniel Ducci

Contendo ao todo 53 propostas, o Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil e o Instituto de Arquitetos do Brasil lançaram a “Carta Aberta aos Candidatos nas Eleições de 2018 pelo Direito à Cidade”. A questão da moradia social é um dos destaques do “Planejamento Urbano Solidário e Inclusivo” proposto. Para as entidades, é fundamental a criação de uma política habitacional constituída por soluções diversas, não um modelo único baseado na construção de imensos conjuntos, em geral nas áreas periféricas das cidades, como ocorre atualmente.

CAU lança livro com comentários sobre o Código de Ética que esclarece questões de conduta profissional

07:00 - 22 Julho, 2018
CAU lança livro com comentários sobre o Código de Ética que esclarece questões de conduta profissional, Museu Nacional Honestino Guimarães (Oscar Niemeyer, 2006) em Brasília/DF. Image © Pedro Ventura/Agência Brasília
Museu Nacional Honestino Guimarães (Oscar Niemeyer, 2006) em Brasília/DF. Image © Pedro Ventura/Agência Brasília

O CAU/BR lançou recentemente o livro Comentários ao Código de Ética e Disciplina do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil, que ajuda a esclarecer questões de conduta profissional com base no Código de Ética e Disciplina do Arquiteto e Urbanista, também publicado pelo conselho.

Arquitetura Social: CAU/SP oferece 800 mil reais para capacitação e projetos

07:00 - 7 Julho, 2018
Arquitetura Social: CAU/SP oferece 800 mil reais para capacitação e projetos, Conjunto dos “Redondinhos”, em Heliópolis, São Paulo. Projeto de Ruy Ohtake. Image © Daniel Ducci
Conjunto dos “Redondinhos”, em Heliópolis, São Paulo. Projeto de Ruy Ohtake. Image © Daniel Ducci

Quer trabalhar com Habitação Social? Até o dia 13 de julho, o CAU/SP vai receber propostas para o desenvolvimento e a execução de projetos de Apoio à Assistência Técnica Habitacional de Interesse Social (ATHIS) por meio de parcerias com Organizações da Sociedade Civil (OSC).

O Conselho reservou um valor total de R$ 803,9 mil a ser distribuído por meio de dois editais. Trata-se de uma oportunidade ímpar para o desenvolvimento de ações que visem melhorar a qualidade de vida e de habitação da população com renda inferior a três salário mínimos.  

Seminário Nacional de Política Urbana: Por cidades humanas, justas e sustentáveis

10:30 - 25 Junho, 2018
Seminário Nacional de Política Urbana: Por cidades humanas, justas e sustentáveis, Evento tem por objetivo redigir a "Carta dos Arquitetos e Urbanistas aos Candidatos às Eleições de 2018, em defesa do Direito  à Cidade"
Evento tem por objetivo redigir a "Carta dos Arquitetos e Urbanistas aos Candidatos às Eleições de 2018, em defesa do Direito à Cidade"

Renomados arquitetos e urbanistas brasileiros, entre eles Paulo Mendes da Rocha, estarão reunidos por dois dias em São Paulo, no início de julho, em diálogo com cerca de outros 300 profissionais, para elaborarem a “Carta dos Arquitetos e Urbanistas aos Candidatos às Eleições de 2018, em defesa do Direito à Cidade”, pauta antiga e permanente da categoria desde o I Congresso Brasileiro de Arquitetos, organizado pelo IAB em 1945, marco da definição da função social como prioridade na atividade.

CAU/BR reivindica salário mínimo profissional para arquitetos no concurso do Iphan

10:00 - 22 Junho, 2018
CAU/BR reivindica salário mínimo profissional para arquitetos no concurso do Iphan, Igreja de Santa Rita de Cássia, Paraty, RJ. Image © Rodrigo Soldon, via Flickr. Licença CC BY-ND 2.0
Igreja de Santa Rita de Cássia, Paraty, RJ. Image © Rodrigo Soldon, via Flickr. Licença CC BY-ND 2.0

O Conselho de Arquitetura e Urbanismo - CAU/BR enviou uma carta aberta à presidente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, a historiadora Kátia Bogéa, reivindicando remuneração de salário mínimo profissional para os arquitetos que forem selecionados através do concurso nacional lançado na semana passada.

7 Coisas que arquitetos e urbanistas precisam saber sobre a tecnologia BIM

07:00 - 25 Maio, 2018
7 Coisas que arquitetos e urbanistas precisam saber sobre a tecnologia BIM, Cortesia de CAU/BR
Cortesia de CAU/BR

Arquitetura e Urbanismo é um dos mercados que mais evolui de acordo com os novos desenvolvimentos tecnológicos. É assim com o maquinário pesado usado na construção, com os materiais de obra e também com as ferramentas de projeto. Hoje, essa evolução está relacionada à tecnologia BIM.

Essa é a sigla para Building Information Modeling, ou Modelagem da Informação da Construção. Trata-se de um método de trabalho que reúne, por meio de ferramentas digitais, todas as informações que dizem respeito à construção de um edifício. 

CAU divulga manifesto em defesa de uma política nacional de recuperação dos centros urbanos com foco na habitação social

07:00 - 5 Maio, 2018
CAU divulga manifesto em defesa de uma política nacional de recuperação dos centros urbanos com foco na habitação social, Centro de São Paulo. Image © César Leite, via Flickr. Licença CC BY-NC 2.0
Centro de São Paulo. Image © César Leite, via Flickr. Licença CC BY-NC 2.0

A tragédia do incêndio e desabamento do edifício Wilton Paes de Almeida, no centro de São Paulo, motiva esta manifestação do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil sobre os problemas sociais e urbanos não apenas da capital paulista, mas da maior parte das grandes cidades do país.

O relevante na tragédia é o drama social das famílias das vítimas e dos milhares de pessoas que vivem em outras ocupações de prédios com condições precárias em importantes centros urbanos brasileiros. A perda de um edifício modernista de valor cultural agrega mais um componente a lamentar.      

CAU se manifesta contra o Projeto de Lei que pode afetar as áreas de atuação da arquitetura

10:00 - 3 Maio, 2018
CAU se manifesta contra o Projeto de Lei que pode afetar as áreas de atuação da arquitetura, Fotografia via <a href="https://visualhunt.com/re/107f0e">Visualhunt.com</a>
Fotografia via Visualhunt.com

O Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil vem a público para esclarecer as razões de sua discordância do Projeto de Lei (PL) n° 9818/2018 e do Projeto de Decreto Legislativo (PDC) n° 901/2018, que tramitam na Câmara dos Deputados, e que comprometem a regulamentação da profissão de arquitetos e urbanistas e colocam em risco importantes instrumentos de defesa da sociedade em relação à saúde, segurança e meio ambiente.

Dez dicas para quem quer começar a trabalhar com arquitetura social

07:00 - 6 Abril, 2018
Dez dicas para quem quer começar a trabalhar com arquitetura social, Vista de um dos blocos do Mutirão União da Juta, acompanhado pelo USINA CTAH. Imagem © Nelson Kon
Vista de um dos blocos do Mutirão União da Juta, acompanhado pelo USINA CTAH. Imagem © Nelson Kon

Como empreender em Arquitetura Social? A questão foi o tema do III Seminário de Empreendedorismo e Novas Tecnologias em Arquitetura e Urbanismo, promovido pela Comissão Especial de Política Profissional do CAU/BR e pelo CAU/RO. O evento foi realizado nos dias 19 e 20 de março em Porto Velho e Ji-Paraná, as duas maiores cidades de Rondônia. Mais de 600 arquitetos e urbanistas participaram dos eventos nas duas cidades. Em 2017, o Seminário de e Novas Tecnologias em Arquitetura e Urbanismo foi realizado em São Paulo e Porto Alegre, também com forte presença dos profissionais, cada vez mais interessados em abrir novos mercados para seus serviços.

Congresso Nacional discute tornar crime o exercício ilegal da arquitetura e urbanismo

15:00 - 27 Março, 2018
Congresso Nacional discute tornar crime o exercício ilegal da arquitetura e urbanismo, Cortesia de CAU/BR
Cortesia de CAU/BR

A Câmara dos Deputados discutiu ontem, 26 de março, o projeto de lei que torna crime contra a saúde pública o exercício ilegal da arquitetura, urbanismo, agronomia e engenharia. Atualmente, as pessoas que exercem ilegalmente a profissão de arquiteto e urbanista são punidas nos moldes do artigo 47 da Lei de Contravenções Penais, que prevê pena de prisão simples de 15 dias a 3 meses ou multa.

O PL 6699/2002, que esteve em pauta para discussão e votação, prevê pena de detenção de 6 meses a 2 anos para quem exercer Arquitetura e Urbanismo sem registro profissional. Caso o exercício se dê com fins lucrativos, o condenado pagará ainda multa de 2 a 20 salários mínimos. No Código Penal já estão criminalizadas as condutas de exercício ilegal da profissão de médico, dentista e farmacêutico.

Comissão de Exercício Profissional revisa normas que tratam da prática da arquitetura

15:00 - 20 Março, 2018
Comissão de Exercício Profissional revisa normas que tratam da prática da arquitetura, © Ponto e virgula, via Flickr. Licença CC BY-NC-ND 2.0
© Ponto e virgula, via Flickr. Licença CC BY-NC-ND 2.0

A Comissão de Exercício Profissional (CEP) do CAU/BR fará um revisão nas quatro principais normas que regulamentam o exercício profissional de arquitetos e urbanistas em todo o Brasil. São as Resoluções CAU/BR Nº 10 (Engenharia de Segurança do Trabalho), Nº 18 (Registro de Profissionais no CAU); Nº 22 (Fiscalização da Arquitetura e Urbanismo); e Nº 28 (Registro de Empresas no CAU). “Essas quatro resoluções definem o dia adia dos arquitetos e urbanistas”, afirma a coordenadora Lana Jubé (GO). “O objetivo é aprovar novas resoluções sobre esses assuntos até o fim de 2018”.

Assistência técnica: Vereadora Marielle Franco apresentou projeto de lei sobre o tema

10:00 - 19 Março, 2018
Assistência técnica: Vereadora Marielle Franco apresentou projeto de lei sobre o tema, Cortesia de CAU/BR
Cortesia de CAU/BR

A vereadora Marielle Franco, assassinada a tiros no Rio de Janeiro, havia apresentado em dezembro do ano passado um projeto de lei para instituir na cidade um programa de Assistência Técnica para Habitação de Interesse Social. “Esta é uma demanda histórica dos movimentos sociais e de entidades ligadas ao campo da arquitetura e urbanismo diante da enorme população de baixa renda que necessita de projetos e obras para a melhoria da sua condição de moradia”, afirmou Marielle na justificativa do projeto. “Também se mostra importante ampliar o número de exemplos de boas práticas de projeto e construção na cidade, que contribua para difusão das experiências”.

CAU/BR disponibiliza cadernos técnicos sobre planejamento e projeto em favelas

09:00 - 26 Novembro, 2017
CAU/BR disponibiliza cadernos técnicos sobre planejamento e projeto em favelas, Cortesia de CAU/BR
Cortesia de CAU/BR

O Conselho de Arquitetura e Urbanismo disponibiliza em sua biblioteca online a série de Cadernos Técnicos Morar Carioca, publicações que têm como objetivo nivelar os parâmetros da urbanização entre arquitetos, planejadores, lideranças comunitárias, moradores, agentes sociais e gestão pública.

O conteúdo dos cadernos tem caráter técnico e busca servir de ferramenta para o projeto, planejamento e gestão da urbanização em favelas.

Jaime Lerner: Arquitetos precisam ter coragem de fazer coisas simples e imperfeitas

09:00 - 14 Outubro, 2017
Jaime Lerner: Arquitetos precisam ter coragem de fazer coisas simples e imperfeitas, © Comunicação CAU/BR
© Comunicação CAU/BR

O arquiteto e urbanista Jaime Lerner foi três vezes prefeito de Curitiba, duas vezes governador do Paraná e presidente da União Internacional dos Arquitetos (UIA). Em 2010, foi escolhido pela revista “Time” como um dos 25 pensadores mais inovadores do mundo. Celebrado como um dos mais importantes urbanistas em atividade, Jaime emocionou mais de 300 arquitetos e urbanistas presentes na II Conferência Nacional de Arquitetura e Urbanismo com lições poderosas sobre otimismo, inovação e a construção de cidades mais justas e sustentáveis.

“Temos que ter a coragem de fazer coisas simples e imperfeitas. A Arquitetura as vezes é um compromisso com a simplicidade e imperfeição. Temos que ter orgulho da nossa constelação de arquitetos-estrelas, mas precisamos mais de uma constelação de arquitetos preocupados com as cidades. Menos ego-arquitetos, mais eco-arquitetos”, afirmou ele na palestra magna de abertura do evento, mediada pelo vice-presidente da União Internacional de Arquitetos (UIA), Roberto Simon. 

Paulo Mendes da Rocha: “Arquitetura não é para ser vista, é para ser vivida”

10:00 - 12 Outubro, 2017
Paulo Mendes da Rocha: “Arquitetura não é para ser vista, é para ser vivida”, © Comunicação CAU/BR
© Comunicação CAU/BR

Paulo Mendes da Rocha é o arquiteto brasileiro vivo com maior reconhecimento no mundo. Ganhador do Prêmio Pritzker em 2006, do Leão de Ouro da Bienal de Arquitetura de Veneza em 2016 e da Medalha de Ouro do Instituto Rea Britânico de Arquitetos (RIBA), ele é responsável por obras icônicas como o Pavilhão do Brasil em Osaka em 1970, o Museu Brasileiro de Escultura (Mube), a reforma da Pinacoteca de São Paulo, do Museu do Museu dos Coches em Portugal e, mais recentemente, do Sesc 24 de Maio na capital paulista. Porém, na sua palestra magna na II Conferência Nacional de Arquitetura e Urbanismo ele fez questão de ressaltar a importância das cidades, em vez de obras isoladas. “A cidade é o monumento supremo da Arquitetura. Arquitetura não é para ser vista, é para ser vivida”, afirmou.   

CAU/BR lança o Anuário de Arquitetura e Urbanismo 2016 com dados inéditos sobre a profissão

10:00 - 10 Outubro, 2017
CAU/BR lança o Anuário de Arquitetura e Urbanismo 2016 com dados inéditos sobre a profissão, Cortesia de CAU/BR
Cortesia de CAU/BR

O Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil (CAU/BR) lançou o Anuário de Arquitetura e Urbanismo 2016, publicação que traz todas as informações sobre as atividades do setor. Nos últimos cinco anos, houve um crescimento de 47% no total de trabalhos realizados por arquitetos e urbanistas.

Essa evolução acompanhou a gangorra da economia brasileira: após dois anos seguidos de crescimento (43% em 2013 e 14% em 2014), o setor de Arquitetura e Urbanismo amargou estagnação em 2015 e queda de 10% em 2016. As principais atividades realizadas foram projetos (53%) e execução de obras (32%).