Pagina inicial

Conheça a história por trás da nova identidade da nossa marca

Saiba mais

Andreea Cutieru

Sou uma arquiteta residente em Bucareste com um grande interesse na complexidade programática da arquitetura contemporânea, e sou apaixonada por arquitetura que aumenta o capital social e a qualidade de vida. Vejo o espaço arquitetônico como um potencial catalisador para a interação social e me inspiro na possibilidade de possibilitar conexões humanas por meio do design.

NAVEGUE POR TODOS OS PROJETOS DESTE AUTOR

Conheça os doze escritórios finalistas do concurso para reformar a Estação Ferroviária Nyugati em Budapeste

Cortesia do BFK
Cortesia do BFK

A cidade de Budapeste, por meio da Agência de Desenvolvimento de Budapeste (BFK), lançou um concurso internacional de projeto no final do ano passado para a ampla reforma da Estação Ferroviária de Nyugati e de seus arredores. A iniciativa busca expandir a capacidade da estação para atingir as metas de transporte ferroviário da capital húngara de dobrar o n´¨mero de trens das redes suburbana e metropolitana. Após uma fase inicial que atraiu 36 participantes, 12 escritórios foram escolhidos para a segunda rodada da competição, dentre os quais estão Benthem Crouwel Architects, Grimshaw Architects, a Zaha Hadid Architects, Foster + Partners, Kengo Kuma & Associates e Sweco.

Çanakkale Antenna Tower está prestes a ser concluída e se tornará o novo destino turístico da Turquia

© Sebastian van Damme
© Sebastian van Damme

A Çanakkale Antenna Tower projetada pela IND [Inter.National.Design] e Powerhouse Company está quase concluída. Localizada em uma colina da cidade de Çanakkale, Turquia, a estrutura de aço tem um embasamento que envolve a paisagem antes de se erguer em uma torre de 100 metros de altura com vista panorâmica para a histórica cidade.

© Sebastian van Damme© Sebastian van Damme© Sebastian van Damme© Sebastian van Damme+ 8

Europa prioriza mobilidade urbana sustentável para reduzir emissões de carbono no transporte em 90%

Estação Central de Utrecht / Benthem Crouwel Architects. Image © Jannes Linders
Estação Central de Utrecht / Benthem Crouwel Architects. Image © Jannes Linders

A Comissão Europeia adotou em dezembro uma série de propostas para colocar o setor de Transportes a caminho de uma redução de 90% em emissões de carbono, tomando mais um passo na direção da implementação do Pacto Ecológico Europeu. As iniciativas buscam aumentar o transporte ferroviário, incentivando viagens longas e internacionais por trem, apoiando a disponibilização de pontos de carga para veículos elétricos e a o desenvolvimento de infra-estrutura para abastecimento alternativo, além do desenvolvimento posterior de outros modais.

Passarela de pedestres da estação ferroviária de alta velocidade de Saint Laud por Dietmar Feichtinger Architectes. Image © David Boureau© Søren Bang ClemmesenPonte Lex van Delden por Dok Architecten. Image © Arjen Schmitzvia Shutterstock+ 5

Novos modelos de moradia coletiva

251 1st Street by ODA New York. Imagem © Miguel de Guzman / Imagen Subliminal
251 1st Street by ODA New York. Imagem © Miguel de Guzman / Imagen Subliminal

Por séculos, a produção habitacional tem se amparado em um conjunto bastante limitado de configurações espaciais, uma conduta que finalmente parece não mais responder às correntes necessidades dos usuários. Somado a isso, a escassez generalizada de moradias acessíveis, o aumento de pessoas que vivem sozinhas e o envelhecimento da população têm nos forçado a reavaliar nossos principais modelos de habitação, a fim de propor soluções de moradia que possam melhor reponder a realidade humana das cidades. Com isso em mente, a seguir exploramos alguns dos modelos contemporâneos de habitação coletiva que buscam reinterpretar o conceito de moradia para melhor os amoldar aos estilos de vida atuais.

R50 – Cohousing by ifau und Jesko Fezer + Heide & von Beckerath. Imagem © Andrew AlbertsVan B Residences in Munich. Imagem Courtesy of UNStudio and BauwerkMarmalade Lane Cohousing Development by Mole Architects. Imagem © David ButlerBay State Commons Cohousing by French 2D. Imagem Courtesy of THIS X THAT+ 9

Primeira etapa do projeto "1,000 Trees" do Heatherwick Studio é inaugurada em Xangai

A primeira etapa do projeto 1,000 Trees do Heatherick Studio em Xangai foi recentemente inaugurada, mostrando uma volumetria em forma de montanha. O projeto destaca os pilares estruturais, cada um sustentando uma enorme porção de terra, similar a uma floreira com vegetação. Equilibrando as exigências por um empreendimento denso mas com escala humana, o Heatherick Studio abordou o projeto como "uma extensão visual" do parque adjacente, propondo uma nova topografia definida por sua vegetação integrada.

© Justin Szeremeta© Justin Szeremeta© Justin Szeremeta© Justin Szeremeta+ 23

Eventos de arquitetura para acompanhar em 2022

O recente encerramento da Bienal de Arquitetura de Veneza deixou muitos arquitetos e arquitetas refletindo sobre os possíveis caminhos e desdobramentos da arquitetura para os próximos anos, e mais do que isso, sobre o que é que está para acontecer no ano que vem. Acontece que a pandemia representou uma importante ruptura no calendário dos principais eventos de arquitetura do planeta, pois a maioria dos eventos de 2020 e até mesmo alguns de 2021 tiveram de ser adiados por razões já bastante óbvias. Ainda assim—e como em todo processo de retomada—, a expectativa é que no próximo ano teremos um calendário recheado de muitas novidades. Pensando nisso, listamos à seguir alguns dos principais eventos de arquitetura que estão planejados para acontecer ao longo do próximo ano.

Courtesy of Tallinn Architecture Biennale“City and the Sky above” – MVRDV + Airbus, 2019 Image © UABB. Image © UABBUntitled, Open Space Office series, Portugal, 2011. Image © Tito MourazCourtesy of Oslo Architecture Triennale+ 7

Biodiversidade em ambientes urbanos

Parque cultural Shenzhen Bao'an Waterfront por SWA GROUP +AUBE CONCEPTION. Imagem © Tianpei Zeng
Parque cultural Shenzhen Bao'an Waterfront por SWA GROUP +AUBE CONCEPTION. Imagem © Tianpei Zeng

A preservação da biodiversidade passou a estar presente em todas descrições de projetos com preocupação ambiental. O crescente interesse na sustentabilidade, inspirado nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU, faz com que haja a necessidade de uma compreensão mais profunda do que significa biodiversidade em ambientes urbanos e como a arquitetura e o desenho urbano podem contribuir ativamente para isso. As cidades passaram a ter um papel crucial na manutenção da biodiversidade, dado o aumento da extinção de espécies e a continua expansão urbana. A seguir, mostramos como o ambiente construído pode criar habitats para várias espécies.

Pavilhão de Singapura na Expo 2020 Dubai. Imagem © Quentin Sim© COOKFOXEscola La Pau Square por Leku Studio. Imagem © DEL RIO BANIEdifício Trudo. Imagem © Stefano Boeri Architetti+ 5

MVRDV apresenta proposta de requalificação de antigo complexo de edifícios em Munique

Cortesia de MVRDV
Cortesia de MVRDV

O escritório holandês MVRDV divulgou seus planos de renovação de um complexo de edifícios ao sul de Munique, Alemanha. Mantendo seis dos nove blocos existentes, o projeto expande o programa atual e cria um novo marco para o bairro ao implementar uma praça no centro do empreendimento.

Cortesia de MVRDVCortesia de MVRDVCortesia de MVRDVCortesia de MVRDV+ 7

Projeto de restauro dos interiores de Notre Dame é aprovado com polêmica

via Shutterstock. Image By Diego Mariottini
via Shutterstock. Image By Diego Mariottini

À medida que as obras de reconstrução e restauração na Catedral de Notre Dame avançam, os especialistas em patrimônio responsáveis pela obra estão tendo que tomar importantes decisões no que se refere à aparência de alguns elementos que precisam ser substituídos. A Secretária de Arquitetura e Patrimônio Histórico da França aprovou recentemente o projeto de restauro do interior da catedral, o qual engloba o completo redesenho e reorganização do mobiliário, assim como a inclusão de obras de arte contemporânea e projeções de luz. A proposta foi encomendada e defendida pela diocese de Paris, que acredita na capacidade desta nova versão do projeto em promover um melhor engajamento com os usuários e visitantes. Por outro lado, muitas pessoas criticaram a decisão da Secretaria, argumentando que as intervenções contemporâneas não dialogam com a estrutura gótica da catedral.

<a href="https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Notre-Dame_de_Paris_-_interior.jpg">Kriti Shankar</a>, <a href="https://creativecommons.org/licenses/by-sa/3.0">CC BY-SA 3.0</a>, via Wikimedia CommonsProjeto de restauro dos interiores de Notre Dame é aprovado com polêmicavia Shutterstock. Image By UlyssePixeNotre Dame Cathedral. Image © Flickr user kosalabandara licensed under CC BY 2.0+ 5

MVRDV projeta novas estruturas temporárias sobre as coberturas de Roterdã

Rotterdam Rooftop Walk. Imagem Cortesia de MVRDV
Rotterdam Rooftop Walk. Imagem Cortesia de MVRDV

O MVRDV acaba de apresentar novas imagens de um projeto de intervenção temporária em Roterdã, uma estrutura que permitirá aos moradores e visitantes acessarem uma série de coberturas de edifícios históricos no centro da cidade. Procurando explorar todo o potencial destes espaços—tantas vezes ociosos e subutilizados—, expandindo assim o domínio público e a acessibilidade na cidade. Desenvolvido no contexto do festival Rotterdam Rooftop Days, a edição deste ano contará com uma ponte suspensa que permitirá aos moradores e turistas da cidade de Roterdã transitarem entre a cobertura do edifício The Bijenkorf e o topo do World Trade Center, a qual ficará aberta ao público entre os dias 26 de maio e 24 de junho de 2022, durante o Mês da Arquitetura de Roterdã.

Rotterdam Rooftop Walk. Imagem Cortesia de MVRDVPassagem do Rooftop Catalogue. Imagem Cortesia de MVRDVStairs of Kriterion, intervenção temporária em Roterdã. Imagem © Laurian GhinitoiuStairs of Kriterion, intervenção temporária em Roterdã. Imagem © Laurian Ghinitoiu+ 5

Edifícios à prova de futuro: incorporando a incerteza no processo de projeto

OMA's transformation of Post Houston. Image © Leonid Furmansky
OMA's transformation of Post Houston. Image © Leonid Furmansky

Por definição, a arquitetura e o urbanismo costumam operam em um território repleto de incertezas. Isso significa dizer que a prática da arquitetura não busca apenas respostas para os problemas conhecidos no presente, mas principalmente soluções para os desafios imprevisíveis do futuro. Como resultado, arquitetos e arquitetas confronta-se constantemente com a ambiguidade do ofício: procurando respostas para questões bastante concretas, ao mesmo tempo que buscam abrir espaço para que novos cenários alternativos e imprevisíveis possam surgir. A incerteza é uma condição inerente não apenas ao campo da arquitetura, mas sobretudo, à sociedade contemporânea. O constante e progressivo processo de transformação nos âmbitos sociais, econômicos e até ambientais em nossa sociedade hoje, nos levam a refletir sobre a importância da incerteza no pensar e fazer arquitetura no tempo presente. Pensando nisso, apresentaremos a seguir uma série de abordagens em arquitetura que nos convidam a refletir sobre tudo aquilo que é incerto, e como a imprevisibilidade pode ser útil ao projetar espaços e cidades para o futuro.

Superlofts by Marc Koehler Architects, an example of open building. Image © Marcel van der BurgPlug-In City by Archigram. Image © Archigram ArchivesLatapie House by Lacaton & Vassal. Image © Philippe RuaultNantes School of Architecture by Lacaton & Vassal. Image © Philippe Ruault+ 5

Progressos em 2021 rumo à descarbonização no setor da construção civil

Foto por Danist Soh, Unsplash
Foto por Danist Soh, Unsplash

A crise climática tem sido um dos principais assuntos de 2021, tanto no discurso político quanto na área da arquitetura, acompanhada por um novo reconhecimento da gravidade do problema. Durante o ano passado, o relatório do IPCC revelou as graves consequências da falta de ações paliativas, enquanto a COP26 e a cúpula do G7 resultaram em comprometimentos insuficientes com medidas imediatas e palpáveis. O setor de construção, responsável por impressionantes 39% dos gases de efeito estufa emitidos, pode trazer uma contribuição significativa para a contenção das mudanças climáticas. A seguir, as medidas de descarbonização de 2021 que afetam essa indústria.

Pavilhão Solar de John Wardle Architects com Ash Keating apresentado em A New Normal durante a Melbourne Design Week 2021. Imagens © Kristoffer Paulsen, © Kristoffer PaulsenBoston City Hall . Imagem Cortesia de Utile e Reed Hilderbrand© Frederico Torra, PLANE-SITEInstalação "The Exploded View Beyond Building" na Dutch Deisign Week. Imagem © Oscar Vinck e Jeroen van der Wielen+ 7

Veneza troca piso de vidro da Ponte della Costituzione de Santiago Calatrava

<a href="https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Quarto_ponte_sul_Canal_Grande.jpg">Filippo Leonardi per Comune di Venezia</a>, <a href="https://creativecommons.org/licenses/by/3.0">CC BY 3.0</a>, via Wikimedia Commons
Filippo Leonardi per Comune di Venezia, CC BY 3.0, via Wikimedia Commons

A Prefeitura de Veneza anunciou a substituição do vidro usado no piso da Ponte della Costituzione, projetada por Santiago Calatrava, por pedra – a superfície transparente é muito lisa para um equipamento público e já causou diversos acidentes. A decisão foi tomada após várias tentativas de evitar escorregamentos usando resina e adesivos antiderrapantes e, até mesmo, barreiras físicas que impediam o tráfego. Inaugurada em 2008, a ponte foi tema de polêmica e protestos desde cedo, com os custos de construção e o prazo extrapolando as estimativas iniciais.

Henning Larsen divulga projeto para Centro Internacional de Convenções de Pujiang, China

Cortesia de Henning Larsen
Cortesia de Henning Larsen

Henning Larsen revelou sua proposta para um Centro Internacional de Conferências em Pujiang, China, que ajudaria a definir um local vibrante com sustentabilidade como sua marca registrada. Apresentando uma estrutura circular com um parque urbano em seu núcleo, o projeto é articulado em torno de dez estratégias de desenho para atingir a neutralidade de carbono e atender a altos padrões de bem-estar. A proposta é um dos projetos vencedores de um concurso internacional cuja lista inclui Zaha Hadid Architect, GMP Architects, MVRDV e Swooding Architects.

Cortesia de Henning LarsenCortesia de Henning LarsenCortesia de Henning LarsenCortesia de Henning Larsen+ 11

Valentino Gareri Atelier projeta protótipo para vila de economia circular na Austrália

Valentino Gareri Atelier foi selecionado para projetar o projeto-piloto de um modelo de comunidade de economia circular, que visa redefinir a expansão urbana através da sustentabilidade e um programa diversificado. Compreendendo oito vilarejos residenciais com espaços de coworking e entretenimento, a Vila Espiral será criada utilizando métodos emergentes de impressão 3D e promoverá a circularidade através de um centro de desperdício de recursos, um sistema agrícola regenerativo diversificado, um sistema de gestão sustentável da água e da energia renovável.

© Valentino Gareri Atelier© Valentino Gareri Atelier© Valentino Gareri Atelier© Valentino Gareri Atelier+ 8

Arup vence concurso para projeto de torre "net zero" em Hong Kong

A Arup acaba de revelar as últimas images do projeto vencedor do concurso para uma torre de emissão líquida zero de 230 m de altura em Hong Kong. Alinhada com o objetivo da cidade em se tornar neutra em emissões de carbono até 2050, a Torre Taikoo Green Ribbon combina alta tecnologia e sustentabilidade para criar um novo ecossistema urbano além de uma nova tipologia de edifício de escritórios. Caracterizada por uma fachada altamente tecnológica composta por painéis fotovoltáicos translúcidos curvos, jardins verticais e incorporando ainda outras inúmeras fontes de energia renováveis, a Taikoo Green Ribbon é um edifício em altura de altíssimo desempenho—projetada para neutralizar todo o carbono emitido durante a fase de projeto e construção em menos de dez anos de operação.

Cortesia de ArupCortesia de ArupCortesia de ArupCortesia de Arup+ 17

OMA cria série de NFTs inspirada em esculturas subaquáticas

imagem do vídeo NFT Coral Arena. Imagem © OMA com Charlotte Taylor e Nicholas Préaud
imagem do vídeo NFT Coral Arena. Imagem © OMA com Charlotte Taylor e Nicholas Préaud

OMA / Shohei Shigematsu, junto com os artistas Charlotte Taylor e Nicholas Préaud, criaram uma série de NFTs inspirados em uma escultura subaquática feita para o projeto ReefLine. Encomendado por Aorist para seu mercado de NFT voltado para o meio ambiente, o vídeo NFT Coral Arena desdobra uma narrativa virtual do monumento, simulando a evolução da futura obra de arte física de um objeto abstrato para ser o suporte de um ecossistema subaquático. Os NFTs foram revelados durante a Miami Art Week e os lucros de sua venda serão doados para a conclusão do projeto ReefLine.

Coral Arena / 2021. Imagem © OMA com Charlotte Taylor e Nicholas Préaudimagem do vídeo NFT Coral Arena. Imagem © OMA com Charlotte Taylor e Nicholas PréaudCoral Arena / 2021. Imagem © OMA com Charlotte Taylor e Nicholas PréaudProjeto ReefLine. Imagem © OMA+ 6