OMA e Jason Long transformam antigo galpão em espaço artístico comunitário em Detroit

OMA e Jason Long transformam antigo galpão em espaço artístico comunitário em Detroit
Proposed, South Facade. Imagem © OMA e Luxigon
Proposed, South Facade. Imagem © OMA e Luxigon

O escritório OMA divulgou seu mais recente projeto de adaptação e reuso em Detroit, nos EUA. Trata-se da transformando uma antiga padaria e armazém em um espaço de uso misto comunitário voltado às artes e educação. Desenvolvido em colaboração com o coletivo Library Street, o projeto oferece uma nova sede para duas organizações sem fins lucrativos locais, PASC e Signal-Return, ao mesmo tempo em que cria uma mistura de estúdios de artistas, galerias, lojas comunitárias e espaços de reunião. Apelidado de “LANTERN”, o empreendimento pretende se tornar um “aglutinador de atividades”.

Vista aérea da proposta. Imagem © OMA e LuxigonPátio e corredores públicos. Imagem © OMA e LuxigonAcesso Kercheval e McCllellan. Imagem © OMA e LuxigonExistente, Fachada sul. Imagem © OMA+ 15

Vista aérea da proposta. Imagem © OMA e Luxigon
Vista aérea da proposta. Imagem © OMA e Luxigon

A estrutura existente encontra-se abandonada, o que levou a ideia de propor novos usos para o local. Uma área do antigo galpão, que se encontra sem cobertura e com paredes inacabadas, será transformada em um pátio acessível no centro do empreendimento. Este espaço será cercado por galerias para que o caráter público do espaço seja destacado. Duas organizações sem fins lucrativos da vizinhança também se abrirão para este pátio, atuando como âncoras do complexo de 2.000 metros quadrados, que terá seu programa distribuído dentro das estruturas já existentes para potencializar a relação entre comunidade e os acessos.

Acesso Kercheval e McCllellan. Imagem © OMA e Luxigon
Acesso Kercheval e McCllellan. Imagem © OMA e Luxigon

PASC e Signal-Return são organizações extraordinárias com uma abordagem diversificada que objetiva a construção de comunidades através das artes. Para apoiá-las e melhorar suas condições, iremos voltar o edifício para o bairro para aumentar densidade de atividades criativas no East Village - Jason Long, OMA.

As aberturas existentes que foram fechadas no passado com tijolos ou tábuas serão reabertas estrategicamente e as janelas das galerias serão adaptadas para se tornarem vitrines. A fachada sul do edifício apresenta atualmente uma parede cega de alvenaria de concreto. Ao invés de propor janelas, o projeto propõe 1.500 furos na fachada de alvenaria de concreto, preenchidos com blocos de vidro. Esta área com pequenas aberturas revelará sutilmente as atividades do interior do edifício.

Existente, Fachada sul. Imagem © OMA
Existente, Fachada sul. Imagem © OMA
Proposed, South Facade. Imagem © OMA e Luxigon
Proposed, South Facade. Imagem © OMA e Luxigon

  • Arquiteto responsável: Jason Long
  • Associado: Chris Yoon
  • Arquiteto de projeto: Samuel Biroscak
  • Equipe de projeto: Yiyao Wang, Cameron Fullmer, Mariana Curti
  • Projeto executivo: Metro Cad Group
  • Estruturas: Wiss, Janney, Elstner Associates, Inc.
  • Instalações prediais: EAM Engineers, Inc.
  • Construção: CIR Group Arts
  • Entidades parceiras sem fins lucrativos: Signal-Return Press, Progressive Art Studio Collective (PASC)

Galeria de Imagens

Ver tudoMostrar menos
Sobre este autor
Cita: Cutieru, Andreea. "OMA e Jason Long transformam antigo galpão em espaço artístico comunitário em Detroit" [OMA / Jason Long Transforms Former Warehouse into Mixed-Use Arts and Community Venue in Detroit] 12 Mai 2022. ArchDaily Brasil. (Trad. Gagliardi, Walter) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/981544/oma-e-jason-long-transformam-antigo-galpao-em-espaco-artistico-comunitario-em-detroit> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.