Cidades testam sistemas de transporte público gratuito para promover a mobilidade sustentável

Cidades testam sistemas de transporte público gratuito para promover a mobilidade sustentável
Foto por Uno Raamat on Unsplash. Imagem Tallinn
Foto por Uno Raamat on Unsplash. Imagem Tallinn

Várias cidades têm experimentado taxas oscilantes nos serviços de transporte público em um esforço para promover a mobilidade sustentável, aliviar o congestionamento e diminuir a desigualdade social. Em fevereiro passado, Salt Lake City interrompeu a cobrança de tarifas por um mês para reduzir as emissões de carbono na região. No final de março, a cidade italiana de Gênova estendeu o acesso gratuito a algumas de suas redes de transporte público, após uma experiência bem-sucedida iniciada no final de 2021 em um plano ambicioso para se tornar a primeira cidade italiana com transporte gratuito. Enquanto isso, o pequeno ducado de Luxemburgo se tornou o primeiro país do mundo com transporte público gratuito em 2020.

VLT Luxemburgo. Imagem © Creative CommonsVLT Kansas. Image via Flickr User Jim MaurerFoto por Folco Masi on Unsplash. Imagem GenoaMetrô - LA. Imagem © 2019 LACMTA Metro+ 5

VLT Kansas. Image via Flickr User Jim Maurer
VLT Kansas. Image via Flickr User Jim Maurer

Salt Lake City implementou um “Fevereiro sem tarifas”, com a intenção de marcar o 20º aniversário de Salt Lake City como sede dos Jogos Olímpicos de Inverno de 2002 e reduzir as emissões de carbono. O experimento resultou em um aumento acentuado no número de passageiros. Outras cidades dos EUA, como Richmond ou Kansas City, adotaram o transporte gratuito em um esforço para lidar com a desigualdade social.

Foto por Folco Masi on Unsplash. Imagem Genoa
Foto por Folco Masi on Unsplash. Imagem Genoa

O experimento de quatro meses em Gênova foi feito para ajudar os planejadores da cidade e as autoridades a entender como a isenção de taxas poderia mudar os hábitos antes de redesenhar a estratégia de mobilidade urbana. Em março, a cidade registrou um aumento de 18% no uso do metrô, o equivalente a 36.000 passageiros a mais. Pesquisas também destacaram que 25% dos passageiros mudaram seus hábitos de viagem e 26% deles costumam viajar usando veículos particulares. Agora, a cidade ampliou o acesso gratuito a funiculares e metrô em determinados horários do dia para promover uma mobilidade mais sustentável.

VLT Luxemburgo. Imagem © Creative Commons
VLT Luxemburgo. Imagem © Creative Commons

Em 2020, Luxemburgo recebeu o título de primeiro país do mundo a tornar todo o seu transporte público gratuito. O país possui uma extensa rede interligada de ônibus, trens e VLTs, que agora são gratuitos para residentes e turistas, com exceção das passagens de primeira classe, que ainda precisam ser pagas. Em 2018, a Estônia aprovou uma lei permitindo que todos os condados implementassem transporte público gratuito, enquanto também poderiam optar por não participar da inciativa. A capital, Tallinn, tem transporte público gratuito desde 2013. No entanto, uma auditoria de 2021 revelou que o projeto não cumpriu as metas de reduzir as viagens de carro, questionando a viabilidade de tais esforços.

Metrô - LA. Imagem © 2019 LACMTA Metro
Metrô - LA. Imagem © 2019 LACMTA Metro

Galeria de Imagens

Ver tudoMostrar menos
Sobre este autor
Cita: Cutieru, Andreea. "Cidades testam sistemas de transporte público gratuito para promover a mobilidade sustentável" [Cities are Experimenting with Free Public Transit to Promote Sustainable Mobility] 13 Mai 2022. ArchDaily Brasil. (Trad. Ghisleni, Camilla) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/981639/cidades-testam-sistemas-de-transporte-publico-gratuito-para-promover-a-mobilidade-sustentavel> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.