Clássicos e boa arquitetura: a habitação moderna no continente americano entre 1930 e 1960

Clássicos e boa arquitetura: a habitação moderna no continente americano entre 1930 e 1960

Grande parte da produção da arquitetura moderna no continente americano foi baseada no modelo dos arquitetos europeus que, com suas obras, lançaram as premissas e ideias fundamentais para a vida moderna. Estes pilares da arquitetura foram transferidos, e consequentemente adaptados, ao território americano, introduzindo, ao mesmo tempo, suas próprias características de acordo com o contexto territorial, sócio-cultural e econômico. 

Entendemos que uma boa arquitetura é aquela que serve como modelo para resolver problemas inerentes ao campo em geral. É por isso que certas referências que consideramos hoje como "clássicos" são exemplos de boas práticas arquitetônicas que foram apropriadas por outros arquitetos, a partir da adoção de elementos pertinentes e necessários para alcançar um resultado de acordo com cada contexto particular. 

Clássicos e boa arquitetura: a habitação moderna no continente americano entre 1930 e 1960 - Imagem 7 de 40
© Flavio Bragaia

Ao mesmo tempo, estas obras se tornam, elas mesmas, referências para as gerações futuras. Considerando os anos que se passaram desde sua construção, os clássicos da arquitetura sobrevivem à passagem do tempo sem perder sua relevância. Assim, eles se tornam obras exemplares do cânone moderno na América.

Clássicos e boa arquitetura: a habitação moderna no continente americano entre 1930 e 1960 - Imagem 8 de 40
© Ken Maccown

Analisamos a habitação como um programa fundamental do movimento moderno, tanto individual como coletivo. Estamos interessados no redirecionamento do debate europeu para a produção americana. Em particular, a redefinição da esfera doméstica traz consigo soluções inovadoras em termos de espacialidade e exploração material. O uso da luz, a planta flexível, o despojamento da ornamentação, a nova relação entre privacidade e intimidade, são apenas algumas das operações formais que marcaram a produção da segunda metade do século XX. O recorte coincide com o momento da maior produção moderna do continente americano e vai de 1930 a 1960.

Casa Modernista da Rua Santa Cruz / Gregori Warchavchik

Clássicos e boa arquitetura: a habitação moderna no continente americano entre 1930 e 1960 - Imagem 18 de 40
Cortesía de Modern Brazil Architecture
Clássicos e boa arquitetura: a habitação moderna no continente americano entre 1930 e 1960 - Imagem 28 de 40
Clássicos e boa arquitetura: a habitação moderna no continente americano entre 1930 e 1960 - Imagem 20 de 40
© Agustina Coulleri

Casa Curutchet / Le Corbusier

Clássicos e boa arquitetura: a habitação moderna no continente americano entre 1930 e 1960 - Imagem 12 de 40
Bajo Licencia CC BY-SA 3.0. Image © Jrivell
Clássicos e boa arquitetura: a habitação moderna no continente americano entre 1930 e 1960 - Imagem 29 de 40
Clássicos e boa arquitetura: a habitação moderna no continente americano entre 1930 e 1960 - Imagem 3 de 40
Sob Licença CC BY-SA 2.0. Imagem via Flickr Usuário: Júlia Risi

Casa sobre o arroio / Amancio Williams

Clássicos e boa arquitetura: a habitação moderna no continente americano entre 1930 e 1960 - Imagem 13 de 40
© Javier Deyheralde
Clássicos e boa arquitetura: a habitação moderna no continente americano entre 1930 e 1960 - Imagem 30 de 40
© Fabián Dejtiar
Clássicos e boa arquitetura: a habitação moderna no continente americano entre 1930 e 1960 - Imagem 14 de 40
Sob Licença CC BY 2.5 AR. Imagem via Ministerio del Interior, Obras Públicas y Vivienda

Casa das Canoas / Oscar Niemeyer

Clássicos e boa arquitetura: a habitação moderna no continente americano entre 1930 e 1960 - Imagem 16 de 40
Bajo Licencia CC BY-SA 3.0. Image © Arquepoética
Clássicos e boa arquitetura: a habitação moderna no continente americano entre 1930 e 1960 - Imagem 31 de 40
Clássicos e boa arquitetura: a habitação moderna no continente americano entre 1930 e 1960 - Imagem 17 de 40
via Flickr Usuário: Frank van Leersum

Casa Farnsworth / Mies van der Rohe

Clássicos e boa arquitetura: a habitação moderna no continente americano entre 1930 e 1960 - Imagem 10 de 40
© Greg Robbins
Clássicos e boa arquitetura: a habitação moderna no continente americano entre 1930 e 1960 - Imagem 32 de 40
Clássicos e boa arquitetura: a habitação moderna no continente americano entre 1930 e 1960 - Imagem 11 de 40
Sob Licença CC BY-SA 4.0. Imagem © Paul R. Burley

Casa O´Gorman / Juan O´Gorman

Clássicos e boa arquitetura: a habitação moderna no continente americano entre 1930 e 1960 - Imagem 21 de 40
Cortesía de Museo Casa Estudio Diego Rivera
Clássicos e boa arquitetura: a habitação moderna no continente americano entre 1930 e 1960 - Imagem 33 de 40
© Juan José Kochen + Ximena Rios-Zertuche
Clássicos e boa arquitetura: a habitação moderna no continente americano entre 1930 e 1960 - Imagem 4 de 40
Cortesía de Museo Casa Estudio Diego Rivera

Casa de vidro / Lina Bo Bardi

Clássicos e boa arquitetura: a habitação moderna no continente americano entre 1930 e 1960 - Imagem 25 de 40
© Agustina Coulleri
Clássicos e boa arquitetura: a habitação moderna no continente americano entre 1930 e 1960 - Imagem 34 de 40
Clássicos e boa arquitetura: a habitação moderna no continente americano entre 1930 e 1960 - Imagem 26 de 40
via Flickr Usuário: Maira Martines

Casa Barragán / Luis Barragán

Clássicos e boa arquitetura: a habitação moderna no continente americano entre 1930 e 1960 - Imagem 23 de 40
Cortesía de Casa Luis Barragán
Clássicos e boa arquitetura: a habitação moderna no continente americano entre 1930 e 1960 - Imagem 35 de 40
Clássicos e boa arquitetura: a habitação moderna no continente americano entre 1930 e 1960 - Imagem 24 de 40
via Flickr Usuário: LrBln

Edifício Los Eucaliptus / Jorge Ferrari Hardoy + Juan Kurchan

Clássicos e boa arquitetura: a habitação moderna no continente americano entre 1930 e 1960 - Imagem 5 de 40
Cortesía de Moderna Buenos Aires
Clássicos e boa arquitetura: a habitação moderna no continente americano entre 1930 e 1960 - Imagem 37 de 40
Clássicos e boa arquitetura: a habitação moderna no continente americano entre 1930 e 1960 - Imagem 22 de 40
Cortesía de Moderna Buenos Aires

Parque Eduardo Guinle / Lucio Costa

Clássicos e boa arquitetura: a habitação moderna no continente americano entre 1930 e 1960 - Imagem 27 de 40
© Nelson Kon
Clássicos e boa arquitetura: a habitação moderna no continente americano entre 1930 e 1960 - Imagem 38 de 40
Clássicos e boa arquitetura: a habitação moderna no continente americano entre 1930 e 1960 - Imagem 9 de 40
© Nelson Kon

Conjunto residencial Prefeito Mendes de Moraes (Pedregulho) / Affonso Eduardo Reidy

Clássicos e boa arquitetura: a habitação moderna no continente americano entre 1930 e 1960 - Imagem 6 de 40
Cortesía de EAD/PUCV
Clássicos e boa arquitetura: a habitação moderna no continente americano entre 1930 e 1960 - Imagem 39 de 40
Clássicos e boa arquitetura: a habitação moderna no continente americano entre 1930 e 1960 - Imagem 2 de 40
Cortesía de Nabil Bonduki

Este artigo é parte dos Tópicos do ArchDaily: O que é uma boa arquitetura?, orgulhosamente apresentado pelo nosso primeiro livro: The ArchDaily Guide to Good Architecture. Mensalmente, exploramos um tema específico através de artigos, entrevistas, notícias e projetos. Saiba mais sobre os tópicos do ArchDaily. Como sempre, o ArchDaily está aberto a contribuições de nossos leitores; se você quiser enviar um artigo ou projeto, entre em contato.

Galeria de Imagens

Ver tudoMostrar menos
Sobre este autor
Cita: Paula Pintos + Agustina Coulleri. "Clássicos e boa arquitetura: a habitação moderna no continente americano entre 1930 e 1960" [Clásicos y buena arquitectura: la vivienda moderna en el continente americano 1930-1960] 18 Out 2022. ArchDaily Brasil. (Trad. Daudén, Julia) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/989481/classicos-e-boa-arquitetura-a-habitacao-moderna-no-continente-americano-entre-1930-e-1960> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.