Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Notícias de Arquitetura
  3. UNStudio é vencedor em concurso para arranha-céu em Melbourne

UNStudio é vencedor em concurso para arranha-céu em Melbourne

UNStudio é vencedor em concurso para arranha-céu em Melbourne
UNStudio é vencedor em concurso para arranha-céu em Melbourne, Green Spine / UNStudio + Cox Architecture . Cortesia de UNStudio / Cox Architecture
Green Spine / UNStudio + Cox Architecture . Cortesia de UNStudio / Cox Architecture

O UNStudio foi oficialmente anunciado como vencedor do concurso de projeto para um novo marco na cidade de Melbourne. Selecionado de uma série de escritórios de ponta, incluindo BIG, OMA e MAD Architects, a proposta do UNStudio para o projeto de U$ 2 bilhões inclui um par de torres trançadas chamadas Green Spine. Como o maior projeto monofásico da história de Victoria, na Austrália, o Green Spine foi projetado como um ambiente de uso misto de ponta, centrado em inovação em arquitetura e design.

Green Spine. Cortesia de UNStudio / Cox Architecture Green Spine. Cortesia de UNStudio / Cox Architecture Green Spine. Cortesia de UNStudio / Cox Architecture Green Spine. Cortesia de UNStudio / Cox Architecture + 30

Green Spine / UNStudio + Cox Architecture . Cortesia de UNStudio / Cox Architecture
Green Spine / UNStudio + Cox Architecture . Cortesia de UNStudio / Cox Architecture

Green Spine aproveita ao máximo o terreno da BMW Southbank, com 6.000 metros quadrados. O projeto conterá uma mistura de funções comerciais, hoteleiras, residenciais, culturais e públicas desenvolvidas por especialistas em propriedades de Melbourne, Beulah International. O projeto do UNStudio foi escolhido após uma lista ser revelada em um simpósio público em 27 de julho. Green Spine consiste em duas torres com geometrias torcida com fachadas de vidro e terraços. Uma torre residencial eleva-se a 356 metros, coroada por um Jardim Botânico acessível ao público, enquanto uma torre de hotéis e escritórios atinge 252 metros. Concebido como uma extensão conceitual do Southbank Boulevard, o esquema fornece uma conexão de pedestres no nível da rua até um recinto de varejo e entretenimento. A partir daí, a coluna da torre se torce para formar uma série de espaços ao ar livre ao longo da fachada, culminando no topo da torre residencial.

"Green Spine mostrou o trabalho de uma equipe colaborativa forte e multidisciplinar que é uma abordagem ousada, mas completamente considerada, para criar um marco voltado para o contexto como uma adição ao skyline de Melbourne", disse a diretora executiva da Beulah International, Adelene Teh. "Em seus detalhes, o esquema mostra uma forte intenção por uma amenidade pública e privada bem considerada, e no nível da rua, a proposta mostra qualidades que realmente transformarão o domínio público, corroendo as arestas que prevalecem em Southbank."

Green Spine / UNStudio + Cox Architecture . Cortesia de UNStudio / Cox Architecture
Green Spine / UNStudio + Cox Architecture . Cortesia de UNStudio / Cox Architecture

A Southbank Tower é apenas o mais recente sucesso em um ano de grandes anúncios do UNStudio, incluindo planos para um teleférico em Gotemburgo, uma Cidade do Cinema em Paris, e o estabelecimento de uma startup focada em cidades inteligentes orientadas para o homem. Mais detalhes da proposta "Green Spine" do UNStudio podem ser encontrados no site oficial do empreendimento aqui.

Green Spine / UNStudio + Cox Architecture . Cortesia de UNStudio / Cox Architecture
Green Spine / UNStudio + Cox Architecture . Cortesia de UNStudio / Cox Architecture

O concurso gerou uma ampla gama de projetos das empresas pré-selecionadas, BIG, OMA, MVRDV, Coop Himmelb (la) u e MAD. Suas propostas também estão incluídas na galeria abaixo.

BIG + Fender Katsalidis Architects

The Lanescraper. Cortesia de  BIG – Bjarke Ingels Group / Fender Katsalidis Architects
The Lanescraper. Cortesia de BIG – Bjarke Ingels Group / Fender Katsalidis Architects

“O Lanescraper” apresenta dois blocos, interligados para fornecer conectividade e rigidez estrutural, com os espaços entre a formação de uma série de caminhos.

OMA + Conrad Gargett

OMA / Conrad Gargett. Cortesia de OMA
OMA / Conrad Gargett. Cortesia de OMA

O esquema de OMA e Conrad Gargett enfatiza a base do edifício, ao invés de seu coroamento, inspirando-se nas arcadas históricas de Melbourne e nos mercados abobadados.

MVRDV + Woods Bagot

The Stack.  Cortesia de MVRDV / Woods Bagot
The Stack. Cortesia de MVRDV / Woods Bagot

"Stack" é um arranha-céu de 359 metros de altura que compreende "vizinhanças empilhadas conectadas de baixo para cima e vice-versa por elevadores, escadas e escadas rolantes para criar uma cidade vertical interconectada".

Coop Himmelb(l)au + Architectus 

The Beulah Propeller City. Cortesia de Coop Himmelb(l)au / Architectus
The Beulah Propeller City. Cortesia de Coop Himmelb(l)au / Architectus

“O Beulah Propeller City” é uma cidade vertical de 335 metros de altura, dividida em quatro funções: embasamento público, escritório, hotel e torre de apartamentos.

MAD + Elenberg Fraser

Urban Tree. Cortesia de  MAD Architects / Elenberg Fraser
Urban Tree. Cortesia de MAD Architects / Elenberg Fraser

"Urban Tree" possui pequenas colinas verdes que levam a uma "aldeia montanhosa", incluindo um parquinho infantil, obras de arte públicas e um recurso de água. O recurso mais exclusivo do programa é o "The Cloud", um espaço público de cortesia com 317 metros de altura, oferecendo panoramas de 360 graus de Melbourne.

Ver a galeria completa

Sobre este autor
Cita: Baldwin, Eric. "UNStudio é vencedor em concurso para arranha-céu em Melbourne" [UNStudio Named Winner of Landmark Melbourne Skyscraper Competition ] 17 Ago 2018. ArchDaily Brasil. (Trad. Souza, Eduardo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/900259/unstudio-e-vencedor-em-concurso-para-arranha-ceu-em-melbourne> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.