O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos

Eduardo Souza

Arquiteto Urbanista formado pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Mestre no Programa de Urbanismo, História e Arquitetura da Cidade, também na UFSC, com pesquisa relacionada ao tema da mobilidade e dispersão urbana. Interessado em projetos de requalificação urbana, transportes não-motorizados e espaços públicos, entre muitos outros assuntos. Colabora no ArchDaily Brasil desde 2012 e atualmente é Editor de Clássicos da Arquitetura e Artigos.

NAVEGUE POR TODOS OS PROJETOS DESTE AUTOR

Contêineres como espaços pedagógicos para crianças: confira o resultado do concurso

19:00 - 7 Agosto, 2018
Contêineres como espaços pedagógicos para crianças: confira o resultado do concurso, 1º lugar. Image Cortesia de Asbea-PR
1º lugar. Image Cortesia de Asbea-PR

O Concurso de ideias Agisa Todeschini envolveu arquitetos e estudantes de arquitetura e urbanismo, com o objetivo de selecionar e premiar as três melhores ideias de criação livre, com ocupação de um ou mais módulos habitáveis como um espaço de interação para a instituição beneficiada. O vencedor do Concurso, além da premiação em dinheiro, assinará o projeto de um módulo habitável mobiliado que será executado e doado ao Lar Infantil Sol Amigo, que atende crianças em estado de vulnerabilidade em Curitiba, como um espaço pedagógico para incentivar a educação e interação entre as crianças.

Em foco: Roberto Burle Marx

06:00 - 4 Agosto, 2018
Em foco: Roberto Burle Marx, © Haruyoshi Ono / Acervo Escritório Burle Marx
© Haruyoshi Ono / Acervo Escritório Burle Marx

Hoje, dia 04 de agosto de 2018, Roberto Burle Marx completaria 109 anos. Nascido em 1909, no estado de São Paulo, cresceu no estado do Rio de Janeiro, onde desenvolveu a maior parte de suas obras paisagísticas. Com pai alemão, Willem Marx, foi com sua mãe recifense, Cecília Burle, que despertou seu desejo pela botânica. Aos dezenove anos morou por um ano na Alemanha, onde teve seus primeiros contatos com os artistas de vanguarda que influenciaram seu trabalho.

Tornou-se o mais influente paisagista brasileiro, responsável por um extenso legado de projetos em território nacional e internacional, aventurando-se em variados campos artísticos para além do paisagismo, como a pintura, desenho, escultura, tapeçaria e artesanato, expressando compulsivamente sua visão de mundo e suas ideias.

Inês Abreu Ribeiro vence Concurso Internacional de Ideias Sommer Pavilion

19:00 - 30 Julho, 2018
Inês Abreu Ribeiro vence Concurso Internacional de Ideias Sommer Pavilion, Projeto vencedor. Image Cortesia de OASRS
Projeto vencedor. Image Cortesia de OASRS

O Município de Cascais lançou, com a assessoria técnica da OASRS, lançou em maio deste ano o "Concurso Internacional de Ideias Sommer Pavilion" para a construção de uma intervenção efémera para o Jardim da Parada, ao lado da Casa Sommer, no centro da cidade de Cascais, em Portugal. O projeto "Gravidade em Suspenso" da autoria da arquiteta Inês Abreu Ribeiro e do engenheiro Fernando Coutinho de Vasconcelos Pereira da Silva sagrou-se vencedor. O júri considerou que, das 49 propostas apreciadas, a vencedora destacou-se pela “estimulante abordagem ao tema do concurso, explorando diferentes estados de água sob a forma de um “pavilhão da chuva” e um “pavilhão do nevoeiro” que se relacionam mutuamente.”

Centro de Tênis e Bem Estar do Esporte Clube Pinheiros, por Biselli Katchborian Arquitetos e Zanatta Figueiredo

19:00 - 26 Julho, 2018
Centro de Tênis e Bem Estar do Esporte Clube Pinheiros, por Biselli Katchborian Arquitetos e Zanatta Figueiredo, Cortesia de Biselli Katchborian + Zanatta Figueiredo
Cortesia de Biselli Katchborian + Zanatta Figueiredo

O projeto de revitalização do CCR - Centro Cultural e Recreativo do Esporte Clube Pinheiros resultou de um concurso fechado de estudos preliminares de arquitetura, promovido pelo clube em abril de 2017. O concurso contou com a participação de cinco escritórios convidados – Andrade Morettin Arquitetos Associados, Biselli Katchborian Arquitetos, SIAA, MMBB Arquitetos e Paulo Bruna Arquitetos Associados –, pediu aos concorrentes que apresentassem suas ideias para:

  • a revitalização do CCR, que deveria ter suas áreas renovadas e o auditório atual transformado num teatro completo, além de ser ampliado de 5.000 m² para 9.000 m² a fim de concentrar todas as instalações culturais do clube; e
  • a construção de um novo edifício, o CBS - Centro de Beleza e Saúde, junto ao centro do tênis, com cerca de 5.000 m² de área prevista, que deveria abrigar grosso modo os vestiários e a administração desse setor do clube, as saunas, um centro médico e de fisioterapia, barbearia e salão de beleza, além de café e restaurante.

Os escritórios Biselli Katchborian Arquitetos, juntamente com Zanatta Figueiredo, venceram o para o Centro de Tênis e Bem Estar. Conheça o projeto a seguir:

Fragmentos de Nova Iorque: arquitetos brasileiros ganham menção honrosa em concurso internacional

19:00 - 23 Julho, 2018
Fragmentos de Nova Iorque: arquitetos brasileiros ganham menção honrosa em concurso internacional , Cortesia de Carol Vasques, Diego Saraiva e Pedro Dal Molin.
Cortesia de Carol Vasques, Diego Saraiva e Pedro Dal Molin.

Descrição enviada pela equipe de projeto. Nova Iorque pode ser definida como a cidade símbolo do progresso profissional, dos sonhos, das ambições e inovações. Apesar disso, a cidade que é o oposto da monotonia, ainda lida com a existência de espaços de trabalho repetitivos e maçantes em grande parte de suas edificações. A partir disso, surge o questionamento: estaria a arquitetura em descompasso com a imagem da cidade?  Como lidar com essa contradição?

O concurso “New York Vertical City Pro” organizado pelo Archmedium tinha como objetivo a elaboração de uma nova torre de uso misto em Nova Iorque, que deveria contar com escritórios, moradias temporárias, espaços culturais e de lazer. Os arquitetos deveriam solucionar uma pequena “cidade vertical” do século XXI.

O que influencia na qualidade de vida dos ambientes urbanos?

12:00 - 19 Julho, 2018
O que influencia na qualidade de vida dos ambientes urbanos?, Yago Veith. <a href='https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Badi-Oberer-Letten_Zuerich_Sommer.jpg'>Via Wikimedia Commons (CC BY-SA 3.0 DE)</a>
Yago Veith. Via Wikimedia Commons (CC BY-SA 3.0 DE)

Ao sair pelas ruas de Zurique, após participar de uma conferência sobre qualidade de vida, me deparei com o exemplo vivo do que havia acabado de escutar. Virei a esquina e me senti dentro de uma renderização arquitetônica: as árvores estavam podadas e verdes, não havia fios elétricos por todos os lados e os meios-fios subiam e desciam conformando rampas. Ciclistas trafegavam elegantemente pelas ciclovias, o bonde se deslocava silencioso e pontual e banhistas desfrutavam o verão nos rios e lagos no centro da cidade. Para minha surpresa, caminhei sob um viaduto e percebi que até locais como esse podem ser qualificados e seguros. Em seguida, tomei um café sabendo que quem me atendeu recebe um salário justo e não precisa se desdobrar em três empregos para pagar as contas (é claro que o café não saiu barato…). São essas pequenas constatações, quase mundanas para alguns, que juntas proporcionam um bem-estar difícil de mensurar.

Resultado do concurso para Pólo de Saúde de Carcavelos, em Portugal

19:00 - 16 Julho, 2018
Resultado do concurso para Pólo de Saúde de Carcavelos, em Portugal, Cortesia de ordem dos arquitectos secção regional sul
Cortesia de ordem dos arquitectos secção regional sul

O resultado do Concurso para a elaboração do projeto do Pólo de Saúde de Carcavelos, em Portugal, foi divulgado no último mês. Foram avaliadas 40 propostas pelo Júri, composto pelo Arquitecto Luís Campos Guerra, Engenheiro Paulo Nunes e a Arquitecta Gabriela Gonçalves. O concurso foi promovido pelo Município de Cascais, com assessoria técnica da Secção Regional Sul da Ordem dos Arquitetos.

20 Cortes construtivos com fundações

12:00 - 10 Julho, 2018
20 Cortes construtivos com fundações, Museu Internacional do Barroco / Toyo Ito. Image
Museu Internacional do Barroco / Toyo Ito. Image

Definitivamente, as fundações não são os elementos estruturais em que os arquitetos investem mais tempo durante o projeto. Uma vez que geralmente estão abaixo da terra e apresentam somente função técnica, essa é uma decisão geralmente deixada aos engenheiros estruturais. Mas as fundações desempenham um papel importante na obra, já que são os elementos estruturais que transmitem as cargas da edificação para o terreno onde ela está apoiada.

Uma escolha adequada do tipo de fundação no projeto depende de diversos fatores, como as características do solo e os esforços atuantes na edificação e pode influenciar diretamente no projeto arquitetônico. Solos moles exigem fundações profundas, que são bem mais dispendiosas, e o espaçamento entre os pilares deve ser maior para que seja aproveitada a capacidade de carga das estacas. Já os solos resistentes permitem que sejam projetados pilares mais próximos entre si, o que barateia o custo das vigas já que terão de vencer vãos menores. Ainda que as fundações possam abranger até 10% do custo total do edifício, tentar corrigir posteriores problemas pode ser uma enorme dor de cabeça (além de um custo altíssimo). 

Em nossa busca pelos exemplos, compilamos a seguir uma seleção com 20 detalhes construtivos de fundações em alguns projetos já publicados no ArchDaily.

Equipe brasileira recebe Menção Honrosa no Concurso Internacional de Desenho Urbano - Bañado Norte, em Assunção

19:00 - 27 Junho, 2018
Equipe brasileira recebe Menção Honrosa no Concurso Internacional de Desenho Urbano - Bañado Norte, em Assunção, Cortesia de TESE Tecnologia Arquitetura e Cultura LTDA + Oficina Urbana de Arquitetura (OUA)
Cortesia de TESE Tecnologia Arquitetura e Cultura LTDA + Oficina Urbana de Arquitetura (OUA)

O concurso visava a concepção urbana, ambiental, sociocultural, econômica e de gestão de uma área de 514 hectares localizada na cidade de Assunção, capital do Paraguai, em terrenos alagáveis junto ao Rio Paraguai e próxima ao Centro Histórico, dotada de alta fragilidade ambiental e social, com milhares de famílias vivendo em habitações precárias em área de risco. Foram 41 projetos inscritos com participantes dos Estados Unidos, México, Portugal, Espanha, República Dominicana, Brasil, Chile, Uruguai, Argentina, Peru, Equador, Bolívia, São Tomé e Príncipe, e Paraguai. A equipe brasileira composta pelos escritórios TESE Tecnologia Arquitetura e Cultura LTDA e Oficina Urbana de Arquitetura (OUA) recebeu a única menção honrosa.

O edital visava a elaboração de uma proposta de projeto de desenho urbano, incluindo o desenho dos espaços urbanos, visando a conexão da área com o restante da cidade e que favorecesse a conexão entre a cidade e o rio, tendo como base os princípios e diretrizes do Plano Diretor da Franja Costeira Norte. Os critérios de julgamento centraram-se na necessidade de recuperar e valorizar a dimensão urbano-ambiental da área de intervenção, bem como o desenvolvimento de uma estratégia para sua ligação à cidade, fortalecimento de sua identidade e potencial, proporcionando acessibilidade e permeabilidade física e visual, com uma visão de intervenção urbana integrada. Confira abaixo o resultado geral do concurso e o projeto da equipe brasileira, junto com seu memorial descritivo.

Cortesia de TESE Tecnologia Arquitetura e Cultura LTDA + Oficina Urbana de Arquitetura (OUA) Cortesia de TESE Tecnologia Arquitetura e Cultura LTDA + Oficina Urbana de Arquitetura (OUA) Cortesia de TESE Tecnologia Arquitetura e Cultura LTDA + Oficina Urbana de Arquitetura (OUA) Cortesia de TESE Tecnologia Arquitetura e Cultura LTDA + Oficina Urbana de Arquitetura (OUA) + 30

Ágora Tech Park: Conheça os vencedores do concurso para parque tecnológico em Joinville

19:00 - 15 Junho, 2018
Ágora Tech Park: Conheça os vencedores do concurso para parque tecnológico em Joinville, 1º lugar / Estúdio Módulo de Arquitetura. Image Cortesia de Concurso Agora Tech Park
1º lugar / Estúdio Módulo de Arquitetura. Image Cortesia de Concurso Agora Tech Park

O concurso consistia na elaboração de propostas para para a ocupação de 70 mil metros quadrados do complexo Ágora Tech Park, além do projeto do primeiro prédio do complexo, com área de aproximadamente 4 mil metros quadrados. Será implantado em uma quadra de 70 mil m2, no Perini Business Park, em frente ao Campus da UFSC no Norte catarinense.

Um dos objetivos dos organizadores foi desenvolver o conceito de “Human Smart Cities”, em que a infraestrutura tecnológica interage e modifica positivamente a vida das pessoas. O júri do concurso foi composto por: Gustavo Cedroni, Mário Biselli, Roberto Loeb, Emerson Edel, Marcelo Hack e Danilo Conti. O contrato para desenvolvimento do projeto já foi assinado. Essa informação renova o otimismo de qualquer arquiteto que se envolve frequentemente em concurso por acreditar que seja a forma mais democrática de se alcançar trabalhos relevantes e interessantes, mesmo no caso de escritórios jovens, como é o caso do Estúdio Módulo. A agilidade demonstra a vontade do realizador em tirar o projeto do papel, diferente da grande maioria dos concursos realizados. A obra já tem data para ser inaugurada: dia 28 de Março de 2019.

Conheça, abaixo, os premiados:

Como calcular e projetar escadas helicoidais

12:00 - 15 Junho, 2018
Como calcular e projetar escadas helicoidais, © Matheus Pereira
© Matheus Pereira

Escadas helicoidais podem economizar metros quadrados valiosos em ambientes pequenos e vencer a altura do pé-direito ocupando muito menos área do que uma escada convencional. Podem também ser objetos icônicos nos projetos, com formas arrojadas e diversas configurações. No entanto, o seu projeto exige atenção, para que não se tornem desconfortáveis ou perigosas. Atualmente os softwares BIM vem tornando esse processo muito mais simples, mas é sempre importante entender as restrições e alguns dos conceitos básicos para um desenho adequado.

Edifícios de Higienópolis ilustrados por Fabrizio Lenci

12:00 - 13 Junho, 2018

Poucos bairros possuem um conjunto de arquiteturas residenciais modernas de tanta qualidade como Higienópolis. Obras de Vilanova Artigas, Artacho Jurado, Rino Levi, entre muitos outros arquitetos de destaque, convivem com palacetes históricos entre suas ruas arborizadas. O loteamento planejado foi o primeiro a receber iluminação a gás, arborização, linhas de bondes, redes de água e esgoto na cidade paulistana. E, por situar-se majoritariamente em cotas mais altas, não apresentava enchentes e era menos propenso a contaminação de doenças como febre amarela, tifo e malária. Ocupado originalmente pela aristocracia paulistana, até hoje é um bairro extremamente valorizado e procurado. Sobretudo entre as décadas de 40 e 50 diversos lotes foram ocupados por edifícios modernos de alta qualidade projetual, construtiva e espaços generosos.

As ilustrações foram desenvolvidas por Fabrizio Lenci, arquiteto, ilustrador e sócio do escritório Vapor 324, para o Jornal A quadra, a partir da seleção desenvolvida por André Scarpa. Confira abaixo um pouco da história de cada um dos edifícios desenhados:

Kengo Kuma & Associates e OODA vencem concurso para a Renovação e Reconversão do Antigo Matadouro do Porto, em Portugal

12:00 - 1 Junho, 2018
Kengo Kuma & Associates e OODA vencem concurso para a Renovação e Reconversão do Antigo Matadouro do Porto, em Portugal , Cortesia de Kengo Kuma & Associates + OODA
Cortesia de Kengo Kuma & Associates + OODA

O concurso para a "Reconversão e Exploração do Antigo Matadouro Industrial do Porto" foi lançado no ano de 2017 para transformar o edifício, abandonado há cerca de 20 anos, num equipamento âncora baseado no convívio social, com espaços empresariais e cultura, mantendo a memória da arquitetura da edificação de 1910. Um consórcio liderado pela empresa construtora Mota-Engil, trabalhando em conjunto com o atelier do arquitecto japonês Kengo Kuma em colaboração com o atelier de arquitectura portuguesa OODA, sagrou-se o vencedor.

Conheça abaixo, a proposta que recebeu o primeiro lugar:

Equipe brasileira é premiada em concurso para transformar fortaleza na Itália

19:00 - 30 Maio, 2018
Equipe brasileira é premiada em concurso para transformar fortaleza na Itália , Cortesia de Fernando Bonini
Cortesia de Fernando Bonini

O concurso organizado pelo site YAC - Young Architect Competition e pelo Município de Favignana foi criado para transformar a Fortaleza de Santa Caterina, na Italia, em um novo centro da arte contemporânea do Mediterrâneo. Um lugar de encontro, cultura e pesquisa criativa onde os artistas possam se retirar para se deleitarem num contexto histórico capaz de inspirar a imaginação e introspecção. O júri contou com arquitetos conhecidos, como Daniel Libeskind, João Luís Carrilho da Graça, Manuel Aires Mateus, além de membros da prefeitura da cidade italiana. Uma equipe brasileira recebeu o segundo lugar. Conheça, a seguir, seu projeto e os participantes.

Clássicos da Arquitetura: Residência Milan / Marcos Acayaba

12:00 - 25 Maio, 2018
Clássicos da Arquitetura: Residência Milan / Marcos Acayaba, © Nelson Kon
© Nelson Kon

© Nelson Kon © Nelson Kon © Marcos Acayaba © Nelson Kon + 20

Descrição enviada pela equipe de projeto. O terreno grande teve seu desnível original trabalhado em três níveis, ensejando uma melhor distribuição dos espaços sem isolá-los visualmente. A cobertura, casca de concreto em arco com as extremidades apoiadas no jardim, abriga os espaços internos garantindo a vista em toda a volta. Atravessando o espaço coberto pelo arco, meio nível acima da sala/estúdio e da piscina, uma laje plana linear sustenta o piso dos dormitórios e cobre os serviços e o estacionamento. Na área central, no desnível, duas torres de concreto apóiam as caixas d'água e contêm os banheiros em dois níveis (dormitórios e serviços).

3º lugar no concurso para o Masterplan ORLA LIVRE do Lago Paranoá, Brasília, por Atelier77

19:00 - 18 Maio, 2018
3º lugar no concurso para o Masterplan ORLA LIVRE do Lago Paranoá, Brasília, por Atelier77, Cortesia de Atelier77
Cortesia de Atelier77

O escritório Atelier77 foi premiado com o terceiro lugar no Concurso Público do Masterplan da Orla do Lago Paranoá. A proposta do Atelier77 visa a resgatar e a recuperar os espaços públicos na orla do Lago Paranoá, conciliando o uso da população com o equilíbrio ecológico, concorrendo para um processo de ocupação sustentável do território. Projeta uma infraestrutura urbana em três camadas projetuais, ecossistema, transporte e inserção de usos e atividades, para criar uma orla com vitalidade

O júri, com presidência de Ângelo Bucci, destacou a qualidade de preservação das fitofisionomias do Cerrado, da inserção de corredores ecológicos, da drenagem sustentável e a inserção de usos culturais, assim como a infra-estrutura de transportes com uma nova linha de VLT e uso de catamarã. A proposta sugere uma ocupação ativa da Orla, inserindo um grande número de equipamentos e atividades, para garantir uso permanente, preservação, segurança e consequente funcionamento da Orla. Considera importante projetar muito além de um parque para fornecer uma Orla democrática e acessível para todos.

Leia, a seguir, parte do memorial descritivo do projeto

Concurso de estudantes propõe repensar a tipologia de um motel: confira o resultado

19:00 - 10 Maio, 2018
Concurso de estudantes propõe repensar a tipologia de um motel: confira o resultado, Cortesia de Projetar.org
Cortesia de Projetar.org

O desafio proposto pelo concurso, voltado para os estudantes, era descaracterizar a tipologia de motel de rodovia, criando um edifício que dialogasse com o skyline da cidade do Rio de Janeiro, e que fosse focado no design e no entretenimento dos seus hóspedes.

Segundo o júri, “Muitas propostas se concentraram na concepção volumétrica autônoma, como se os deslocamentos de volumes para atender a uma solução funcional pudessem dar conta da complexidade necessária para uma inserção urbana. Por isso, os critérios considerados mais importantes na avaliação foram a inovação no programa, os corretos dimensionamentos de fluxos e as formas de interação entre arquitetura e espaços livres. Nesse sentido, as propostas que conseguiram absorver as potencialidades do local atingiram os objetivos do concurso: a criação de um Motel URBANO.”

Conheça os vencedores abaixo.

Projeto vencedor do concurso para o Centro Cultural e Recreativo do Clube Pinheiros, de MMBB, ATM, Estúdio Módulo e Hugo Mesquita

12:00 - 4 Maio, 2018
Projeto vencedor do concurso para o Centro Cultural e Recreativo do Clube Pinheiros, de MMBB, ATM, Estúdio Módulo e Hugo Mesquita, Cortesia de MMBB + ATM + Estúdio Módulo + Hugo Mesquita
Cortesia de MMBB + ATM + Estúdio Módulo + Hugo Mesquita

O projeto de revitalização do CCR - Centro Cultural e Recreativo do Esporte Clube Pinheiros resultou de um concurso fechado de estudos preliminares de arquitetura, promovido pelo clube em abril de 2017. O concurso contou com a participação de cinco escritórios convidados – Andrade Morettin Arquitetos Associados, Biselli Katchborian Arquitetos, SIAA, MMBB Arquitetos e Paulo Bruna Arquitetos Associados –, pediu aos concorrentes que apresentassem suas ideias para:

  • a revitalização do CCR, que deveria ter suas áreas renovadas e o auditório atual transformado num teatro completo, além de ser ampliado de 5.000 m² para 9.000 m² a fim de concentrar todas as instalações culturais do clube; e
  • a construção de um novo edifício, o CBS - Centro de Beleza e Saúde, junto ao centro do tênis, com cerca de 5.000 m² de área prevista, que deveria abrigar grosso modo os vestiários e a administração desse setor do clube, as saunas, um centro médico e de fisioterapia, barbearia e salão de beleza, além de café e restaurante.

Os estudos do MMBB, juntamente com seus parceiros, foram os escolhidos para a revitalização do CCR e os do Biselli Katchborian para a construção do CSB. Conheça o projeto vencedor para o Centro Cultural e Recreativo a seguir:

CCR - Centro Cultural e Recreativo