1. ArchDaily
  2. Tijolos

Tijolos: O mais recente de arquitetura e notícia

Casas argentinas com abóbadas: exemplos em tijolo, madeira e concreto

Casa Monopoli / Fabrizio Pugliese. Image
Casa Monopoli / Fabrizio Pugliese. Image

Casa Virginia / Reimers Risso Arquitectura. Image Casa Rodney / BAAG. Image Casa Monopoli / Fabrizio Pugliese. Image Casa Viisa / Francisco Farias Arquitecto y Asociados. Image + 11

Uma abóbada é um elemento construtivo no qual os elementos que constituem a superfície trabalham em compressão. Embora esta resolução construtiva venha sendo utilizada desde a época romana, alguns tipos de abóbadas (como a catalã ou a valenciana) tornaram-se populares em algumas regiões do mundo a partir do século XIX, apresentando-se como uma solução adequada para a construção residencial (sobretudo por seu baixo custo). Podendo vencer vãos de até trinta metros, esse sistema foi muito usado em certas tipologias industriais, adaptando-se às necessidades e dimensões de oficinas, fábricas e depósitos.

Mobiliário integrado à arquitetura: 10 projetos com tijolo

Algumas arquitetas e arquitetos conseguem propor interações entre as diferentes escalas dos projetos, atuando em uma multiplicidade de campos que vão da cidade ao detalhe dos acabamentos, passando pela escala do edifício. Embora, em muitos casos, a seleção do mobiliário que vai complementar um projeto – isto é, os elementos que acabarão por interagir com a escala humana – costuma ser relegada a uma etapa pós-construção, seu desenho nem sempre é considerado um problema secundário.

Vantagens e características da alvenaria estrutural

O Monadnock Building, em Chicago, teve sua construção iniciada em 1891 e segue em uso. O edifício evidencia uma fachada sóbria sem grandes ornamentos e uma altura muito expressiva - à época - de 16 pavimentos. É considerado o primeiro arranha-céu construído em alvenaria estrutural, com tijolos cerâmicos e uma base de granito. Para suportar toda a carga da edificação, as paredes estruturais no térreo têm 1,8 metros de espessura, enquanto na parte superior, 46 centímetros. Cento e trinta anos depois, este sistema construtivo continua em voga e permite erigir edifícios mais altos, com paredes muito mais delgadas, atingindo racionalidade e economia na obra. Mas do que se trata a alvenaria estrutural, como utilizá-la nos projetos de arquitetura e em quais edificações este sistema é mais indicado?

O que são e para que servem os tijolos refratários?

Variando do amarelo ao cinza, passando pelos mais tradicionais vermelhos e alaranjados, tijolos são onipresentes em muitas das nossas cidades, amplamente utilizados na construção civil. Resumidamente, seu processo de fabricação abrange a moldagem de argila e a sua queima em fornos, permitindo a criação de blocos maciços, perfurados, cobogós, telhas e outras formas. Tijolos cerâmicos são baratos, fáceis de encontrar, apresentam uma boa resistência, inércia térmica, acabamento e não requerem uma mão-de-obra tão especializada para a construção. Mas, se a instalação for feita próxima de fontes de calor elevado, o tijolo comum acabará fissurando e quebrando e tijolos refratários serão os mais indicados. Mas o que isso quer dizer?

Estúdio Mangava projeta instalação de tijolos que explora a subjetividade do futuro

“ONDE SE ENCONTRA?” é o título da instalação produzida pelo Estúdio Mangava para o feverestival 2020 (Festival Internacional de Teatro de Campinas) e ficou exposta na segunda semana de fevereiro, cerca de um mês antes do entrarmos em quarentena. O desafio proposto pela organização do festival ao Estúdio foi o de representar através de uma instalação interativa a temática da edição, que trouxe a proposta de reafirmar seu presente, revisitar o passado e projetar o futuro: o que queremos construir a partir daqui? O que desejamos reinventar? Qual projeto de mundo estamos buscando? Quais são os nossos futuros desejáveis?

Evento do Feverestival 2020 no Sesi Amoreiras, Campinas, 2020. Image © Nina PiresEvento do Feverestival 2020 no Sesi Amoreiras, Campinas, 2020. Image © Gabriella ZanardiEvento do Feverestival 2020 no Sesi Amoreiras, Campinas, 2020. Image © Nina PiresEvento do Feverestival 2020 no Sesi Amoreiras, Campinas, 2020. Image © Nina Pires+ 8

Detalhes construtivos apresentam 16 formas de assentar tijolos

Os diferentes modos de dispor peças de alvenaria permitem configurar diversos espaços habitáveis. O tijolo está presente em espaços exteriores e interiores, que através de diferentes composições podem permitir a entrada da luz natural e gerar um ritmo dinâmico nas paredes.

Ao longo da história, o emparelhamento de tijolos constituiu algumas formas pré-determinas de disposição de peças, no entanto, existe uma infinidade de maneiras de distribuição, por este motivo selecionamos 16 projetos que evidenciam o potencial de estudo da posição dos tijolos.

© Onnis Luque© Nicolás Mántaras © Iwan Baan© Adria Goula + 81

Casas mexicanas que mostram diferentes formas de usar o tijolo

© Carlos Berdejo Mandujano© César Béjar© Ricardo Rodríguez© Ariel Valenzuela + Diego Ledesma+ 12

Esta semana, apresentamos uma seleção de algumas das melhores fotografias de casas de tijolo publicadas em nossos sites. Estes 11 projetos mexicanos revelam a inventividade dos arquitetos no uso deste que é um dos materiais construtivos mais utilizados na América Latina. Veja a seguir uma série de fotos feitas por nomes como Carlos Berdejo Mandujano, Onnis Luque e Patrick Lopez.

Tijolos e suas cores

Morovian Church / 70F Architecture. Image © Luuk KramerHVM House / M2.senos. Image © Ivo TavaresBlack Volcano / Urban Mesh Design. Image © Charles HoseaMaria Montessori Mazatlán School / EPArquitectos + Estudio Macías Peredo. Image © Onnis Luque+ 48

O tijolo é um dos materiais mais populares para arquitetos que buscam uma estética mais rústica ou vintage tornando os projetos de apartamentos, restaurantes e lojas  mais quentes e convidativos. No entanto, a cor e o tipo de corte do tijolo podem influenciar significativamente a atmosfera que emana. Enquanto o tijolo branco se presta a um design mais minimalista, o tijolo marrom, por exemplo, tende a parecer mais rústico e terroso. Neste artigo, exploramos algumas das cores mais populares de tijolos, descrevemos formas de colori-los artificialmente e listamos projetos recentes que utilizam o material.

Casas de tijolo no Equador: projetos contemporâneos com alvenaria aparente

Casa en el Carrizal / Daniel Moreno + Sebastián Calero. Image © Lorena Darquea
Casa en el Carrizal / Daniel Moreno + Sebastián Calero. Image © Lorena Darquea

La casa del silencio / Natura Futura Arquitectura. Image Casa CM / Sergio Zalamea. Image Casa Melania / CASTILLO + VALDIVIESO arquitectos. Image Casa de las tejas voladoras / Daniel Moreno Flores. Image + 21

O tijolo cerâmico é um dos materiais construtivos mais usados na cultura arquitetônica latino-americana. A diversidade e versatilidade da alvenaria deu origem a uma grande variedade de usos e aplicações. Seja por fatores econômicos ou estéticos, o tijolo é muitas vezes usado de forma aparente – sem revestimentos ou acabamentos externos – mostrando grande riqueza associada a suas texturas e tons.

Como as paredes dos edifícios romanos eram construídas?

No apogeu do Império Romano, seu território se estendia a mais de cinco milhões de quilômetros quadrados, entre Europa, Ásia e África. Roma exercia poder sobre uma população de mais de 70 milhões de pessoas, o que correspondia a 21% da população mundial na época. De fato, como já mostramos em outro artigo, todos os caminhos levavam à cidade de Roma, grande sede do império e o patrimônio material e imaterial deixado pelo império é incomensurável, sendo que até hoje pesquisadores buscam entender todo o seu impacto no mundo atual. Desde o início de sua expansão no século VI a.C. até sua queda no ano de 476 d.C., o legado deixado pelos romanos abrange áreas como o direito, as artes plásticas, o latim que originou diversos idiomas, o sistema de governo e, muito importante, a arquitetura.

Tijolo por Tijolo: Repensando a Construção em Alvenaria no Irã

A arquitetura do Irã está enraizada na cultura persa. De casas e pavilhoões de chá a cabanas domésticas e elaboradas mesquitas, o ambiente construído do país está intimamente ligado a essas influências, bem como à paisagem e seu contexto mais amplo. No coração dos projetos mais recentes do Irã está o desejo de reinterpretar a história através de novos espaços e formas.

© Parham Taghioff© Parham TaghioffCortesia de Farshad Mehdizadeh Architects + Ahmad Bathaei© Parham Taghioff+ 21

Residência Oldmeetsnew / Block Architects

© Quangdam© Quangdam© Quangdam© Quangdam+ 25

  • Arquitetos: Block Architects
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  148
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2018
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: Schneider Electric, Acor, Hafele, Osram, Toto, +1

10 Casas colombianas com tijolo aparente

O tijolo é um dos materiais mais usados na Colômbia e fez a arquitetura local se destacar mundialmente. Isso se deve à excelente qualidade da argila encontrada em algumas regiões do país. Além de revestir a maioria dos edifícios que caracterizam a paisagem urbana de Bogotá, este material é utilizado em todas as suas formas, desde o adobe até as lajes de piso em casas rurais.

Assim é construída uma parede de tijolos utilizando realidade aumentada

Fundindo a realidade aumentada com o espaço físico, a empresa Fologram busca facilitar a construção de projetos complexos - por exemplo, projetos paramétricos que exigem uma série de medições, verificações e cuidados específicos - através de instruções digitais que se sobrepõem virtualmente ao espaço de trabalho, dirigindo os pedreiros passo a passo durante o processo de construção.

'Centros de pesquisa e grandes empresas vêm trabalhando com robôs industriais para automatizar essas difíceis tarefas de construção. No entanto, os robôs não se adaptam bem a ambientes imprevisíveis, e mesmo os algoritmos de visão mais sofisticados não conseguem igualar a intuição e a habilidade de um pedreiro treinado ", comentam seus criadores.

Cortesía de FologramCortesía de FologramCortesía de FologramCortesía de Fologram+ 9

Pesquisadora desenvolve tijolo biológico a partir de urina humana

Cortesia de University of Cape Town
Cortesia de University of Cape Town

Há alguns anos nos Estados Unidos, pesquisadores estavam buscando maneiras de aplicar substâncias à base de urina sintética na fabricação de materiais de construção. Há milhares e milhares de quilômetros dali, na Universidade da Cidade do Cabo, na África do Sul, a pesquisadora Suzanne Lambert acaba de apresentar uma pesquisa muito parecida, na qual descobriu um processo de desperdício zero para produzir tijolos à base de urina humana.

Cortesia de University of Cape TownCortesia de University of Cape TownCortesia de University of Cape TownCortesia de University of Cape Town+ 6

Ventilação natural e inspiração vernacular: Manuel Herz projeta expansão de hospital rural no Senegal

Manuel Herz foi selecionado para projetar a expansão do Hospital Tambacounda na zona rural do Senegal, concebido e financiado pela Josef and Anni Albers Foundation e pela American Friends of Le Korsa.

A extensão é vista como um projeto urgente para lidar com a superlotação nas instalações hospitalares da região, com as demandas de 20.000 pacientes anuais, o que resulta em hospitais superlotados e quentes, e crianças compartilhando camas em enfermarias. A Fundação descreveu Manuel Herz como a "escolha unânime" com uma abordagem que mostra "uma mistura de talento visual, compreensão prática e profundo humanitarismo."

Cortesia Manuel Herz ArchitectsCortesia Manuel Herz ArchitectsCortesia Manuel Herz ArchitectsCortesia Manuel Herz Architects+ 4

Eladio Dieste e a importância da experimentação no canteiro de obras

Nascido em Artigas, no Uruguai, na segunda década do século XX, Eladio Dieste sagrou-se exímio construtor, com a maior parte de sua obra situada na capital de seu país origem, Montevidéu e em cidades adjacentes. No entanto, sua obra acabou obtendo reconhecimento mais amplo depois de sua morte, após o Massachussets Institute of Technology (MIT) reconhecê-la em 2005 por meio do trabalho teórico de Stanford Anderson. Formado em Engenharia, sua relação com o canteiro de obras e experimentações in loco permitiram-no explorar ao limite a materialidade e as possibilidades estruturais.

Com um trabalho intimamente ligado à relação entre materialidade e canteiro, desenvolveu uma rica produção arquitetônica a partir de estudos de finas cascas cerâmicas, batizadas por ele como Cerâmica Armada. Junto a esta técnica construtiva, Dieste encontrou na adoção de tijolos cerâmicos a essência à resolução estrutural requerida, dado que o material apresentava excelentes propriedades estruturais – resistente aos intrínsecos esforços de compressão; rapidez construtiva; facilidade de mão-de-obra; e que junto à inserção do aço, resistia à flexão. A partir disso, encontrou no tijolo a natureza ideal à plasticidade e desenho estrutural buscado, possibilitando vencer grandes vãos com esbeltas estruturas autoportantes, apoiadas somente nas extremidades – livres de apoios centrais, onde parede, piso e teto unificavam-se como um só corpo.

Mas por que Eladio Dieste pode ser considerado um notável construtor?