Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Zaha Hadid Architects

Zaha Hadid Architects: O mais recente de arquitetura e notícia

Zaha Hadid Architects, Woods Bagot, e Cox entre os finalistas anunciados ao concurso do novo arranha-céu em Auckland

O concurso internacional de projeto para um novo arranha-céu no centro de Auckland anunciou os cinco finalistas, que incluem Warren and Mahoney, Cox Architecture, Zaha Hadid Architects, Elenberg Fraser e Woods Bagot. O concurso ao novo marco é dirigido pela empresa de desenvolvimento imobiliário ICD Property, com sede em Melbourne. Cada uma das equipes foi convidada a apresentar duas versões de seu projeto, uma seguindo as atuais regras do Plano Diretor da cidade e uma outra versão que poderia ser construída a partir de parâmetros de planejamento mais abertos.

Auckland Tower. Cortesia de Woods Bagot Auckland Tower. Cortesia de Warren and Mahoney Auckland Tower. Cortesia de Elenberg Fraser Auckland Tower. Cortesia de Cox Architecture + 6

Projetado por Zaha Hadid, maior arranha-céu da África será construído no Egito

Depois de mais de uma década, o Egito retomou seu plano de construir o edifício mais alto da África. Localizado na orla do rio Nilo, no centro do Cairo, o arranha-céu foi projetado por Zaha Hadid em 2007. O presidente Abdel Fattah el-Sisi e o governo estão trabalhando com a incorporadora do projeto, a Living in Interiors, para criar a "Nile Tower", uma torre de 70 pavimentos. Com vista para o Cairo, o Nilo e as pirâmides, o projeto busca simbolizar o crescimento do Egito e o desenvolvimento do país.

Nile Tower. Cortesia de Zaha Hadid Architects Nile Tower. Cortesia de Zaha Hadid Architects Nile Tower. Cortesia de Zaha Hadid Architects Nile Tower. Cortesia de Zaha Hadid Architects + 5

Zaha Hadid Architects divulga projeto habitacional para Bristol, Inglaterra

O terreno da Arena Bristol enfrenta mais uma série de acontecimentos já que Zaha Hadid Architects e o investidor imobiliário Legal & General divulgaram planos para um grande empreendimento residencial próximo à Estação Temples Meads. O local é um dos dois propostos para a Arena Bristol, um projeto suspenso por mais de 15 anos enquanto o Conselho Municipal de Bristol continua debatendo sua localização. A proposta de Zaha Hadid Architects incluiria blocos de escritórios, um hotel de 345 quartos, centro de conferências e mais de 500 residências.

Arena Bristol. Imagem Cortesia do Conselho da Cidade de Bristol Arena Bristol. Imagem Cortesia do Conselho da Cidade de Bristol Empreendimento Temple Island. Imagem Cortesia de Zaha Hadid Architects Arena Bristol. Imagem Cortesia do Conselho da Cidade de Bristol + 8

Você gastaria US$145 mil na Cadeira Lapella desenhada por Zaha Hadid Architects?

Courtesy of Zaha Hadid Architects
Courtesy of Zaha Hadid Architects

Para aqueles com US$145 mil escondidos debaixo da cama, Zaha Hadid Architects projetou e lançou recentemente a Cadeira Lapella, dando continuidade às suas “investigações em estrutura e tectônica, reinterpretando a icônica poltrona de 1963 desenhada por Hans J. Wegner”.

Feita de mármore italiano, a Lapella mantém as proporções, a escala e a inclinação da cadeira original, ao mesmo tempo em que introduz “técnicas contemporâneas de trabalho em pedra e compostos de fibra de carbono”.

Courtesy of Zaha Hadid Architects Courtesy of Zaha Hadid Architects Courtesy of Zaha Hadid Architects Courtesy of Zaha Hadid Architects + 10

Galaxy SOHO de Zaha Hadid Architects, pelas lentes de Andres Gallardo

Galaxy SOHO / ZHA. Imagem © Andres Gallardo
Galaxy SOHO / ZHA. Imagem © Andres Gallardo

O fotógrafo Andres Gallardo voltou suas lentes para o projeto Galaxy Soho, de Zaha Hadid Architects, localizado em Pequim. O complexo comercial, concluído em 2012, é um dos trabalhos finalizados mais recentes da ilustre carreira da arquiteta iraquiana.

Galaxy SOHO / ZHA. Imagem © Andres Gallardo Galaxy SOHO / ZHA. Imagem © Andres Gallardo Galaxy SOHO / ZHA. Imagem © Andres Gallardo Galaxy SOHO / ZHA. Imagem © Andres Gallardo + 18

Zaha Hadid Architects propõe torre de 31 pavimentos em projeto de restauro na ilha de Malta

Render Fachada Oeste. Imagem Cortesia de VA
Render Fachada Oeste. Imagem Cortesia de VA

O escritório Zaha Hadid Architects divulgou imagens de sua proposta de reforma da histórica Mercury House, situada no centro de turismo e entretenimento de Paceville, na costa leste de Malta. Uma extensa renovação da estrutura existente permitirá a integração de apartamentos residenciais, um hotel e uma variedade de espaços públicos, entre outros serviços.

A mais ousada adição ao patrimônio abandonado será uma torre de 31 pavimentos que rotaciona à medida que se eleva, respondendo a diferentes programas funcionais. A forma resultante procura incluir “um senso de dinamismo dentro de sua silhueta que muda quando vista de diferentes direções ao redor de Paceville”.

Render Pavilhão. Imagem Cortesia de VA Render Piscina. Imagem Cortesia de VA Render Fachada Leste. Imagem Cortesia de VA Render Piazza. Imagem Cortesia de VA + 8

Vídeos de drone mostram o One Thousand Museum de Zaha Hadid próximo de ser concluído

Novos vídeos e fotografias do One Thousand Museum, projeto de Zaha Hadid Architects em Miami, foram divulgados. Com sua estrutura finalizada em fevereiro deste ano, a torre residencial de 62 pavimentos deve ser concluída até o fim de 2018.

As novas fotografias mostram o exoesqueleto estrutural de 210 metros de altura, composto por 5.000 elementos de concreto reforçado com fibra de vidro. A galeria também oferece algumas das primeiras imagens dos espaços interiores do projeto, ainda em construção, mostrando a influência da estrutura nos ambientes internos.

Cortesia de One Thousand Museum Cortesia de One Thousand Museum Cortesia de One Thousand Museum Cortesia de One Thousand Museum + 30

Vídeo mostra a complexidade geométrica do novo projeto de Zaha Hadid Architects na Arábia Saudita

O fotógrafo alemão Hans Georg Esch divulgou um novo vídeo com imagens do Centro de Estudos e Pesquisas de Petróleo Rei Abdullah (KAPSARC), de Zaha Hadid Architects, em Riad, na Arábia Saudita. O vídeo celebra as "estruturas prismáticas em forma de favos hexagonais" do projeto através de planos que mostram tanto os espaços internos como o exterior do edifício.

O lançamento do vídeo ocorreu poucas semanas depois de o KAPSARC ter sido selecionado para o World Architecture Festival Awards 2018 na categoria Ensino Superior e Pesquisa.

Captura de tela do vídeo. Cortesia de Hans Georg Esch Captura de tela do vídeo. Cortesia de Hans Georg Esch Captura de tela do vídeo. Cortesia de Hans Georg Esch Captura de tela do vídeo. Cortesia de Hans Georg Esch + 10

Time-lapse da construção dos estádios para a Copa do Mundo de 2022 no Qatar

Com a chegada da Copa do Mundo de 2018, nós, arquitetos, já podemos dar uma olhada no que está sendo construído para a próxima edição do maior evento esportivo do mundo. A Copa do Mundo da FIFA de 2022 no Qatar oferece tudo aquilo que há de mais emocionante na arquitetura de estádios, com a maioria das infraestruturas sendo construídas do zero. Vários arquitetos de renome mundial apresentaram propostas, e o seguinte conjunto de vídeos recém-lançados mostra a progressão de cada estádio, à medida que chegamos à aproximadamente quatro anos para o início da competição. Enfatizando a tecnologia da construção destas mega estruturas, os vídeos destacam um lado às vezes negligenciado dos projetos de estádios. Para materializar a incrível arquitetura destes estádios, sem a necessidade de renders fenomenais - como os produzidos por Foster + Partners e Zaha Hadid Architects - impressionantes tecnologias de engenharia e controle de compatibilização de projetos são necessários, e nos primeiros estágios da construção, isso se torna o ponto mais importante. Veja à seguir a beleza dessas maravilhas estruturais, mas esteja ciente - você poderá ficar com febre durante a próxima Copa do Mundo.

via screenshot from video via screenshot from video via screenshot from video via screenshot from video + 25

Pavilhão de Zaha Hadid Architects para a marca de cosméticos Il Makiage é inaugurado em Nova Iorque

O escritório Zaha Hadid Architects, em colaboração com o fotógrafo Paul Warchol, divulgou imagens de seu pavilhão para a marca de cosméticos Il Makiage, construído dentro da loja da marca no SoHo.

A conclusão do pavilhão coincide com o lançamento da nova coleção de 800 itens da Il Makiage e foi projetado para transmitir a "identidade gráfica tipicamente ousada" da marca.

© Paul Warchol © Paul Warchol © Paul Warchol © Paul Warchol + 16

Como a Big Data vem revolucionando os projetos para espaços de trabalho

Este artigo foi originalmente publicado pela Metropolis Magazine como
"Architects, Armed with Data, Are Seeing the Workplace Like Never Before."

A busca por um espaço de trabalho que melhore a produtividade e a eficiência dos funcionários tem sido uma questão para gerentes corporativos há décadas. Mas mesmo antes de o escritório como o conhecemos hoje ter nascido, projetistas e pensadores já estavam estudando locais de trabalho, como as fábricas, para elaborar estratégias de melhorar o desempenho dos trabalhadores. Na década de 1960, Robert Propst, o inventor por trás da linha de mobiliário de escritório da Actionman, da Herman Miller, estava conduzindo uma pesquisa no espaço de trabalho que acabaria levando à criação do moderno cubículo.

Esses desenvolvimentos se basearam, em grande parte, na observação e na intuição para organizar os trabalhadores de escritórios de maneiras supostamente eficientes. Agora, os avanços na tecnologia permitem que os projetistas adotem uma abordagem mais sofisticada, utilizando sensores, mobiliários e acessórios conectados à Internet e análise de dados para estudar os escritórios em tempo real. "Você pode levar em conta todos os funcionários, e todas as pessoas são muito diferentes", diz o arquiteto londrino Uli Blum. "Trata-se de resolver os problemas fundamentais de levar as pessoas ao ambiente de que necessitam. E a maneira mais fácil é perguntar a eles”, acrescenta. Mas descobrir as necessidades de centenas, às vezes milhares, de trabalhadores pode rapidamente se tornar um exercício de futilidade.

Zaha Hadid Architects ganha concurso para desenho urbano de cidade russa no Mar Negro

Zaha Hadid Architects venceu uma concorrência internacional para o masterplan do Admiral Serebryakov na cidade de Novorossiysk, na costa russa do Mar Negro. Conectando a Rússia com o Mediterrâneo, o Oceano Atlântico e o Canal de Suez, a cidade industrial é o lar do maior porto marítimo do país, e o terceiro mais movimentado da Europa por volume de negócios.

O masterplan de ZHA, concebido em colaboração com o estúdio russo Pride TPO, procura integrar novos espaços públicos e amenidades na rica história marítima e tradições de Novorossiysk, através de uma análise cuidadosa da orientação do edifício, das vistas e da paisagem.

Cortesia de VA Cortesia de Zaha Hadid Architects Cortesia de VA Cortesia de VA + 5

Zaha Hadid Architects projeta escola com estrutura de abóbadas em área rural da China

O escritório Zaha Hadid Architects divulgou seu projeto para a Escola Primária de Lushan, um campus educacional que atenderá cerca de 120 estudantes de 12 aldeias em uma área rural da província de Jiangxi, na China. O projeto apresenta uma série de abóbadas e arcos parabólicos construídos em concreto, orientadas para oferecer condições ideais de iluminação e vistas para a paisagem.

© VA © Zaha Hadid Architects © Zaha Hadid Architects © VA + 11

Passeio em 360° pelo novo edifício de Zaha Hadid Architects próximo ao High Line

Em um recente vídeo publicado pela Metropolis Magazine, Ed Gaskin, arquiteto associado sênior do escritório Zaha Hadid Architects, nos conduz por um passeio em torno do projeto 520 West 28th Street de ZHA, o único edifício de Zaha em Nova Iorque. O vídeo descreve a interessante relação do projeto com o High Line e também nos leva pelo saguão, pátio e interior das unidades residenciais.

© Hufton+Crow © Hufton+Crow © Hufton+Crow © Hufton+Crow + 7

Primeira e única residência privada de Zaha Hadid é construída em floresta na Rússia

Em uma floresta nos arredores de Moscou, entre pinheiros e bétulas de 20 metros de altura, está a única residência particular projetada e construída por Zaha Hadid. Com uma forma definida por seu entorno, a Capital Hill Residence é dividida em dois componentes, um que se funde com a encosta inclinada e outro que se eleva 22 metros acima do solo para aproveitar as vistas espetaculares da paisagem natural.

Cortesia de OKO Group Cortesia de Zaha Hadid Architects Cortesia de OKO Group Cortesia de OKO Group + 6

Zaha Hadid Architects se inspira em gotas d'água para projetar o Central Hub EAU

O escritório Zaha Hadid Architects venceu um concurso internacional de projeto para o Central Hub de Aljada, um plano-piloto para a cidade de Sharjah nos Emirados Árabes Unidos. Considerada a "capital cultural do mundo árabe", Sharjah receberá a marca inconfundível de ZHA, com seus projetos fluidos e curvos.

Zaha Hadid Architects projetará o novo Aeroporto de Navi Mumbai

Zaha Hadid Architects (ZHA) venceu um concurso internacional pelo projeto do Aeroporto Internacional de Navi Mumbai (NMIA). Um projeto de infraestrutura há muito aguardado para a maior cidade da Índia, o plano abrange problemas de capacidade para o Aeroporto Internacional Chhatrapati Shivaji (CSI) existente, que possui um terminal projetado pelo escritório SOM com sede em Chicago.

O escopo de ZHA abrangerá o projeto e a execução do novo edifício do terminal NMIA, uma Torre de Controle de Tráfego Aéreo e um acesso associado. O aeroporto estará situado no porto de Mumbai, conectado à cidade por uma ligação ferroviária planejada e acesso a redes ferroviárias nacionais.

Zaha Hadid Architects pretende transformar Londres em uma rede de ruas para pedestres

Zaha Hadid Architects divulgou uma proposta de pedestrianização para sua cidade sede, Londres, que gradualmente transformaria a capital britânica em um sistema interconectado de ruas peatonais.

Intitulada Walkable London, a proposta de pesquisa identificou as artérias e áreas da cidade que mais se beneficiariam com a pedestrianização. A transformação seria implementada em três fases: avenidas primárias, avenidas secundárias e, finalmente, distritos inteiros. As notáveis avenidas ​​sinalizadas para alteração incluem Upper Street, Oxford Street e Regent Street.