Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Aarhus

Aarhus: O mais recente de arquitetura e notícia

CUBO projeta pavilhão que conecta centro histórico ao jardim botânico de Aarhus

CUBO, um escritório de arquitetura com sede em Aarhus, Dinamarca, projetou um pavilhão de entrada para a cidade, conectando duas faces emblemáticas de Aarhus - o jardim botânico e a cidade histórica. O edifício é convidativo e acolhedor aos residentes e visitantes, oferecendo à cidade um espaço de encontro e um centro de informações.

Tanto o jardim botânico quanto a cidade histórica são grandes atrações para os visitantes, desempenhando um papel fundamental para a imagem internacional da cidade. O pavilhão procura somar qualidade ao que já existe, integrando sensivelmente a estrutura na paisagem.

Aarhus Harbor Bath / BIG

© Rasmus Hjortshøj
© Rasmus Hjortshøj

© Rasmus Hjortshøj © Rasmus Hjortshøj © Rasmus Hjortshøj © Rasmus Hjortshøj + 20

  • Arquitetos Autores deste projeto de arquitetura Bjarke Ingels Group
  • Área Área deste projeto de arquitetura
    2600.0 m2

C.F. Møller Architects divulga imagens de um "marco escultural" no porto de Aarhus

O escritório C.F. Møller Architects divulgou imagens de sua torre de escritórios de 144 metros de altura no porto de Aarhus, na Dinamarca. Projetada para ser um "marco escultural", a proposta combina funções culturais, comerciais e de negócios para ativar o espaço público em uma antiga área industrial portuária.

O projeto inclui a recuperação de um complexo industrial existente de 5.600 metros quadrados, que será aberto para estabelecer uma conexão mais forte entre espaços internos e externos. A geometria da nova torre se inspira no edifício existente, estabelecendo um diálogo entre o antigo e o novo tecido urbano.

Cortesia de Aestethica Studio Cortesia de Aestethica Studio Cortesia de Aestethica Studio Cortesia de Aestethica Studio + 15

C.F Møller e MT Højgaard propõem cobrir ferrovia de Aarhus com distrito para pedestres

Cortesia de C.F. Møller Architects
Cortesia de C.F. Møller Architects

Os escritórios C.F Møller e MT Højgaard divulgaram sua proposta para um novo bairro ferroviário em Aarhus, Dinamarca, que pretende transformar a região em um distrito urbano livre de carros. Com 110.000 metros quadrados de novas construções, o projeto será composto predominantemente por edifícios residenciais de até seis pavimentos, além de áreas comerciais e de lazer.

A ideia de cobrir a ferrovia em Aarhus já existe há décadas, e as próximas atualizações da infraestrutura exigem que os trilhos sejam rebaixados ainda mais no solo, criando a oportunidade de ocupar o local.

Schmidt Hammer Lassen vence concurso para centro comunitário e de esportes em Aarhus

A equipe liderada por Schmidt Hammer Lassen Architects foi selecionada como vencedora de um concurso para projetar um novo e significativo Campus Esportivo e Cultural no bairro Gellerup de Aarhus, na Dinamarca. Abrangendo uma área de 10.000 metros quadrados, o novo complexo conterá uma grande variedade de instalações esportivas e de lazer destinadas a tornar-se "um destino inspirador, acolhedor e aberto para residentes e visitantes da cidade".

Domo das Visões 3.0 / Atelier Kristoffer Tejlgaard

© Atelier Kristoffer Tejlgaard, Helle Arensbak and Jonathan Bisagni © Atelier Kristoffer Tejlgaard, Helle Arensbak and Jonathan Bisagni © Atelier Kristoffer Tejlgaard, Helle Arensbak and Jonathan Bisagni © Atelier Kristoffer Tejlgaard, Helle Arensbak and Jonathan Bisagni + 32

Conheça a ampliação do ARoS Art Museum projetada por SHL e James Turrell

Novos detalhes do projeto de 40 milhões de euros para a expansão do ARoS Art Museum em Aarhus, Dinamarca, foram divulgados. Projetado por Schmidt Hammer Lassen Architects em colaboração com o artista James Turrell, o projeto de ampliação inclui uma nova galeria subterrânea de 1.400 metros quadrados e duas instalações site-specific de Turrell, o seu maior projeto para museu realizado até hoje.

Intitulado The Next Level, o projeto começa no térreo do museu, estendendo-se no subsolo em direção à praça adjacente de Officerspladsen. O anexo foi projetado para atender o fluxo natural do edifício existente, que já funciona como uma ponte entre o rio e o Music Hall de Aarhus. Um corredor de 120 metros de comprimento será construído sob a terra e conduzirá os visitantes à maior instalação de Turrell, The Dome.

Animação transforma o projeto "The Iceberg" em um paraíso para pinguins

Nesta animação feita pela produtora francesa 11h45, os pinguins conquistaram o edifício conhecido como "The Iceberg", eleito o melhor projeto de habitação no prêmio Building of The Year 2015, do ArchDaily. Imaginando o edifício literalmente como um iceberg, os cineastas transformaram o projeto de SeARCH + CEBRA + JDS + Louis Paillard Architects em um país das maravilhas antárticas, onde os pinguins poderiam escorregar, deslizar e mergulhar as linhas geométricas da estrutura.

A Embaixada Verde / Steffen Impgaard

© Kirstine Mengel © Kirstine Mengel © Kirstine Mengel © Kirstine Mengel + 23

Aarhus, Dinamarca
  • Arquitetos Autores deste projeto de arquitetura Steffen Impgaard
  • Área Área deste projeto de arquitetura
    30

Equipe de jovens arquitetos supera BIG e SANAA em concurso para Escola de Arquitetura em Aarhus

Competindo contra uma lista de arquitetos aclamados internacionalmente, a equipe liderada pelo escritório recém-criado Vargo Nielsen Palle (em colaboração com ADEPT e Rolvung & Brøndsted Arkitekter) foi selecionado como vencedora do concurso NEW AARCH, que buscava projetos para diversas construções novas para a Escola de Arquitetura em Aarhus e o desenvolvimento da área circundante em Aarhus conhecida como Godsbanearealerne.

O concurso fechado consistiu em três escritórios convidados - BIG, SANAA e Lacaton & Vassal - e os três vencedores do concurso aberto preliminar anterior, Vargo Nielsen Palle, Erik Giudice Architects e ALL (Atelier Lorentzen Langkilde). A proposta de Vargo Nielsen Palle foi escolhida como vencedora unânime.

© Vargo Nielsen Palle, ADEPT e Rolvung & Brøndsted Arkitekter © Vargo Nielsen Palle, ADEPT e Rolvung & Brøndsted Arkitekter © Vargo Nielsen Palle, ADEPT e Rolvung & Brøndsted Arkitekter © Vargo Nielsen Palle, ADEPT e Rolvung & Brøndsted Arkitekter + 19

AART revitalizará área portuária de Aarhus com empreendimento de usos mistos

AART Architects venceu um concurso para projetar um novo complexo residencial e comercial no coração de Aarhus Ø, o recém-desenvolvido distrito portuário de Aarhus, na Dinamarca. A proposta vencedora, apelidada de Nicolinehus, foca em "injetar vida e autenticidade no novo bairro portuário e [pavimentar] o caminho para as oportunidades únicas que o cenário oferece". Seu projeto inspira-se nos antigos blocos residenciais do centro da cidade, repensando a tipologia com pátios em um "híbrido de bloco residencial clássico e paisagem em terraços."

© AART Architects © AART Architects © AART Architects © AART Architects + 5

Proposta vencedora de WE Architecture combina espaços verdes com habitação social em Aarhus

Um concurso para um novo complexo de habitação social em Aarhus, na Dinamarca, foi vencido por WE Architecture, em colaboração com o escritório local JWH Arkitekter e encomendado pela Ringgaarden, uma organização de habitação dinamarquesa.

Intitulado "Saltholmsgade", a proposta vencedora é uma reinterpretação das tipologias históricas de habitação de Aarhus ao longo de Hjortensgade, criando espaços comuns modernos e verdes. O complexo é composto por 38 apartamentos individuais, oferecendo vistas da cidade através da inclusão de jardins na cobertura.

Cortesia de WE Architecture Cortesia de WE Architecture Cortesia de WE Architecture Cortesia de WE Architecture + 14

Vale a pena investir em uma boa arquitetura? O caso do 'Iceberg' em Aarhus, Dinamarca

Muitas vezes se escuta que a arquitetura somente encarece os projetos. Que os arquitetos agregam uma série de complexidades - arbitrárias e caprichosas - que poderiam se evitadas a fim de diminuir os custos e que o projeto continuaria funcionando exatamente igual sem todas elas. Isso acontece em todos os casos?

Mesmo que possivelmente mais rentáveis desde o ponto de vista econômico, os seres humanos não parecem ser felizes habitando frias 'caixas' de concreto; sem receber a luz solar ou a brisa do vento quando necessário; ou em bairros inseguros onde não existe a possibilidade de reunir-se com amigos e familiares ao ar livre. A qualidade na arquitetura é um valor que, cedo ou tarde, devolverá algo em troca.

A chave está no equilíbrio e um bom desenho nunca será completo se não for eficiente para além do ponto de vista econômico. Como, então, alcançar esse ideal? Revisamos o processo de desenho do 'Iceberg' em Aarhus, Dinamarca: um projeto que conseguiu convencer as autoridades e investidores ao propor um desenho de alto impacto e um orçamento limitado, que em sua forma procura responder totalmente o objetivo de garantir a qualidade de vida dos seus usuários e vizinhos.

O Iceberg, Maquete. Imagem © José Tomás Franco Mikkel Frost, Sócio Fundador de CEBRA, explicando 'O Iceberg' durante o Tour de Imprensa do The Architecture Project. Imagem © José Tomás Franco O Iceberg / CEBRA + JDS + SeARCH + Louis Paillard Architects. Imagem © José Tomás Franco O Iceberg / CEBRA + JDS + SeARCH + Louis Paillard Architects. Imagem © José Tomás Franco + 15

SHL Architects e James Turrell projetam impressionante cúpula semi-subterrâena para o Museu ARoS

Com o objetivo de criar uma nova experiência cívica num ponto central da cidade de Aarhus, Dinamarca, o projeto "The Next Level" de Schmidt Hammer Lassen Architects amplia a capacidade interior do Museu de Artes ARoS através de uma galeria subterrânea de 1200 m² e uma enorme cúpula semi-subterrânea. A expansão de 40 milhões de euros nasceu de uma colaboração com o reconhecido artista americano James Turrell, gerando uma experiência única de luz e cor.

O espaço subterrâneo se estenderá por 120 metros sob a superfície, permitindo aos visitantes passar através de uma série de galerias e espaços expositivos antes de chegar à cúpula. "Com seus 40 metros de diâmetro, esta cúpula será convertida num dos espaços mais espetaculares construídos num museu", garantem os arquitetos.

Sonnesgade 11 / SLETH architects

© Rasmus Hjortshøj / C O A S T © Rasmus Hjortshøj / C O A S T © Rasmus Hjortshøj / C O A S T © Rasmus Hjortshøj / C O A S T + 29

  • Arquitetos Autores deste projeto de arquitetura SLETH architects
  • Área Área deste projeto de arquitetura
    2800.0

Material em Foco: Torre Salling pelos arquitetos do Dorte Mandrup Arkitekter

Este artigo é parte da nossa nova série "Material em Foco", onde pedimos aos arquitetos que compartilhem conosco como se dá o processo de criação através da escolha de materiais que definem parte importante da construção de seus edifícios.

Instalada no ano passado, a Torre Salling é um notável marco escultural à Aarhus Docklands na Dinamarca. No seu interior, sua forma simples e equilibrada proporciona várias maneiras de observar o porto e a cidade - no entanto, os arquitetos do Dorte Mandrup Arkitekter queriam que, a vista externa da torre tivesse uma aparência abstrata, referenciando temas náuticos com a sua forma da vela e de escotilhas como aberturas enquanto obscurece o processo de sua própria construção. Para que isso fosse possível, a empresa criou uma estrutura composta inteiramente por uma única peça de aço que pousa sobre sua estrutura de fundação. Nesta entrevista, o arquiteto do projeto, Noel Wibrand, nos contou detalhes sobre como a escolha do material aplicado no projeto contribuiu para seu processo de construção.

© Torben Eskerod © Torben Eskerod © Torben Eskerod © Torben Eskerod + 8

Complexo Bestseller Aarhus / CF Moller

© Adam Mork © Adam Mork © Adam Mork © Adam Mork + 76

  • Arquitetos Autores deste projeto de arquitetura CF Moller

Torre Salling / Dorte Mandrup

© Torben Eskerod © Torben Eskerod © Torben Eskerod © Torben Eskerod + 24