1. ArchDaily
  2. Visualização

Visualização: O mais recente de arquitetura e notícia

As visualizações de arquitetura atendem às nossas expectativas?

Quantas vezes nos prendemos a uma imagem ou vídeo renderizado, nossos olhos incrédulos, incapazes de decifrar se aquilo que vemos é real ou apenas uma simulação virtual. Da mesma forma, não é raro ter que convencer amigos ou familiares que não têm relação com a arquitetura que um edifício ainda não existe concretamente e não passa de uma imagem confeccionada para uma propaganda. Não há mais limites para as visualizações hiperrealistas criadas por computador – elas estão cada vez mais enraizadas no mundo dos nossos desejos. É certo que estas imagens artificiais estabelecem novos padrões, mas seriam estes posteriormente atendidos pela arquitetura?

Queremos abrir a discussão e oferecer aos nossos leitores a possibilidade de expressar abertamente suas opiniões e experiências sobre o assunto. Se todos tivéssemos consciência de que a grande maioria do mercado contemporâneo da arquitetura se baseia em representações que simulam apenas a realidade visual, deixando de fora inúmeros aspectos da arquitetura, mudaríamos o modo de apresentar nossos projetos? Os futuros moradores ou usuários exigiriam outras informações complementares?

Visualização realista de arquitetura: conheça as novas ferramentas do Twinmotion 2020

A visualização da arquitetura em tempo real oferece um imediatismo atraente que ajuda arquitetos e clientes a entenderem melhor os edifícios ainda não construídos. Com a ferramenta de visualização interativa Twinmotion, agora é possível transformar os modelos BIM e CAD em experiências realistas em tempo real com mais rapidez e facilidade do que nunca.

Arquitetos e projetistas se beneficiam enormemente de ferramentas fáceis de aprender e usar, mas também buscam criar visualizações que proporcionem uma genuína sensação de presença. O realismo é a chave para alcançar isso. Com o lançamento do Twinmotion 2020, a visualização de arquitetura em tempo real atingirá um nível de realismo com o qual poucas ferramentas podem competir.

Neste artigo, oferecemos uma prévia de alguns dos novos recursos do Twinmotion que transformarão suas visualizações de arquitetura em verdadeiras imagens realistas. 

Courtesy of Epic GamesCourtesy of Epic GamesCourtesy of Epic GamesCourtesy of Epic Games+ 5

Visualização em tempo real: como trabalhar mais rápido com a ferramenta Twinmotion

Empresas de arquitetura, consultorias de infraestrutura e empresas de design de interiores com visão de futuro estão cada vez mais apostando na visualização da arquitetura em tempo real para explorar, avaliar e apresentar projetos. Ao oferecer aos clientes e partes interessadas no projeto a oportunidade de experimentar espaços futuros em ambientes interativos e imersivos, a tecnologia em tempo real fornece um imediatismo convincente que os desenhos 2D não alcançam.

Animação hiper-realista apresenta a obra não construída de Étienne-Louis Boullée

Étienne-Louis Boullée é considerado um dos arquitetos mais visionários e influentes do neoclassicismo francês, no entanto, apesar do prestígio, não viu nenhum de seus projetos mais extraordinários sair do papel. Ao longo das últimas décadas do século XVIII, Boullée ensinou, teorizou e praticou arquitetura em um estilo característico marcado por formas geométricas de grande escala, negação de qualquer ornamentação desnecessária e repetição de colunas e outros elementos similares.

Como implementar realidade virtual: respostas às perguntas mais frequentes

Se você está buscando algo diferente para suas apresentações de arquitetura, a realidade virtual pode ser uma opção interessante (e um desafio, caso seja a primeira vez que você se depare com ela). Você sabe quais são os óculos mais adequados? O quanto deve pesar um render 360 ou um modelo 3D para visualiza-lo em VR?

Esperamos que as seguintes respostas a perguntas frequentes sejam úteis para você!

13 Sites que disponibilizam escalas humanas gratuitas de alta qualidade para suas renderizações

Mesmo que a grande maioria das visualizações arquitetônicas adotem estilos semelhantes, isso não significa que você deva seguir a mesma linha. A menos, é claro, que você queira. De todo modo, existem muitos recursos disponíveis para ajudar a criar visualizações em qualquer estilo que você deseja; a seguir, compilamos 13 sites muito úteis que podem lhe ajudar a dar a suas imagens um toque mais humano (ou canino). O número de sites dedicados a representar a diversidade dos 7,6 bilhões de habitantes do mundo está crescendo, o que significa que nossos leitores de todas as partes do globo contam agora com escalas humanas apropriadas e coerentes para povoar suas renderizações. E se você estiver interessado em algo mais dramático do que fotografias de pessoas reais, sites como ARTCUTOUT e cutoutmix oferecem alternativas menos realistas e mais artísticas.

4 dicas importantes para garantir uma boa apresentação no 2º Prêmio {CURA} Transposições

A pergunta “Como as cidades têm tratado o tema das transposições?” foi lançada no 2º Prêmio {CURA} Transposições, dando continuidade à proposta de realização de concursos de ideias com temas que se alinham às discussões atuais da cidade, buscando aprofundar-se nos temas do desenho urbano. Este artigo complementa o edital, de modo a oferecer alguma orientação para a apresentação para as equipes, uma breve aproximação do que é tratado no {CURA} Curso de Representação Arquitetônica.

De Minecraft a Assassin’s Creed: a arquitetura virtual de seis jogos de videogame

Com a habilidade de manipular todas as interações que os jogadores podem ter em um jogo, os designers de videogames tem a oportunidade de moldar o modo como estes experienciam o espaço. Assim, estes profissionais frequentemente se voltam para a arquitetura para melhorar a jogabilidade e buscar inspiração para os ambientes construídos de seus mundos virtuais.

No vídeo acima, Jamin Warren, do canal de Youtube PBS Game/Show, considera Halo o "jogo arquitetônico mais criativo", destacando que sua arquitetura inspirada no brutalismo exerce uma forte influência no modo como os jogadores se movem pelos diferentes níveis e torna as batalhas mais imersivas. Warren nota que muitos membros da equipe de desenvolvimento de Halo tem formação em arquitetura; essa observação sugere que a indústria dos videogames enxerga o projeto arquitetônico como um elemento essencial em seus projetos criativos.

Warren faz um interessante apontamento sobre Halo: já que as pessoas que habitam edifícios virtuais não podem experienciá-los fisicamente, os edifícios nos videogames tem o potencial de serem incrivelmente inovadores e interessantes. Que outros videogames apresentam abordagens arquitetônicas? Veja, a seguir, nossa lista dos seis videogames mais "arquitetônicos".

via halowaypoint.comScreenshot de Assassin's Creed: Unity. Imagem © Flickr CC user ZehtaArquitetura de SimCity "Cities of Tomorrow". Imagem © simcity.comCidade de Rapture em Bioshock. Imagem via bioshock.wikia.com+ 7

Imagens irreais: prós e contras de utilizar ferramentas de vídeo games nas renderizações arquitetônicas

Nos últimos anos, atingimos um ponto onde as visualizações se tornaram de grande importância para a profissão da arquitetura. Quer gostemos ou não, imagens estilizadas são vistas como produtos e, nos últimos tempos, renderizações vêm ganhando concursos e comissões. Arquitetos passaram a encantar-se por belos renders já que clientes compreendem imagens melhor do que plantas, e, ainda sim, as ferramentas usadas para produzir estas imagens cativantes estão evoluindo mais rápido do que nossa indústria pode acompanhar. Apesar disso, como a tecnologia está em constante desenvolvimento, nós talvez enfrentemos uma nova onda de técnicas para produção de visualizações, com as mesmas ferramentas de renderização usados para produzir imagens tentadoramente realistas em filmes e vídeo games.

As fronteiras entre indústrias estão se dissolvendo e as companhias por trás das ferramentas de renderização dos mais populares vídeo games, agora estão comercializando seus softwares diretamente com arquitetos. Este ano, os criadores originais do jogo Gears of War tornaram seu software de renderização Uneral Engine 4 gratuito para arquitetos, e muitas outras ferramentas de renderização de vídeo games estão disponíveis por preços abaixo dos usados pelos arquitetos. O criador Tim Sweeney acredita que o mundo das visualizações está mudando "Estamos nos dando conta que o Unreal Engine 4 é uma linguagem comum entre todos esses campos", disse ele à The Verge. Criando uma linguagem comum entre os campos atualmente díspares de arquitetura, filmes e vídeo games, por exemplo, sugere que as próprias indústrias devem começar a se tornar mais híbridas e colaborativas. Por exemplo, desenvolvedores de vídeo games devem olhar para os arquitetos para compreender como construir edifícios tridimensionais, ao passo que arquitetos podem aprender do ambiente navegável virtual de vídeo games para descobrir novas formas de representação. Considerando, além de tudo isso, que estes pacotes de softwares são capazes de produzir animações realistas dos projetos, nos resta a dúvida: por que isso não é um padrão na indústria? Leia a seguir para entender os prós e os contras de ser um dos primeiros na adoção desses sistemas.

Pergunte à Arup: Quais as melhores maneiras de utilizar o 3ds Max em arquitetura?

Este artigo foi publicado originalmente em Arup Connect como "Ask Arup: Visualization Edition."

Em nossa última rodada de Pergunte ao Arup, o leitor Biserat Yesflgn, do ArchDaily, pediu dicas sobre o software de visualização 3ds Max (anteriormente conhecido como 3D Studio Max). Conversamos com o especialista em visualização nova-iorquino Anthony Cortez, do escritório Arup, para saber como ele usa o programa, quais competências os artistas de visualização em perspectiva precisam ter e como o campo está evoluindo.

Tecnologia e Arquitetura: Factoría5 Studio

Concurso Edíficio Cajamar en el PITA – Mangado y AsociadosCarolina Herrera Eau De Parfum Sublime para mulheres – Delirium Advertising & Carolina HerreraConcurso Reabilitação da antigua alfândega de El Portalet- Magén ArquitectosConcurso Instituto de Saúde Carlos III – BOD Arquitectura e Ingeniería+ 16

Por Alexandra Molinare, via Plataforma Arquitectura. Tradução Archdaily Brasil.

Essa semana em Tecnologia e Arquitetura apresentamos o grupo espanhol Factoría5 Studio formado por cinco jovens arquitetos: Juan López, Mário Pérez,Manuel López, Mar Parreño e José Carlos Román.

Todos eles praticavam a elaboração de imagens virtuais enquanto eram estudantes e, devido à falta de trabalho, se organizaram para dedicar-se a este importante aspecto da arquitetura, fechando muitos contratos e encomendas em apenas dois anos de experiência no mercado.

A seguir apresentamos uma entrevista exclusiva com Factoría5 Studio e uma seleção de suas melhores imagens.

Tecnologia e Arquitetura: Luxigon

Arquitetura e Tecnologia: Megalomania / Jonathan Gales