1. ArchDaily
  2. Paisagismo

Paisagismo: O mais recente de arquitetura e notícia

Casas brasileiras: 14 projetos com jardim frontal

Casa Branca / Studio MK27 - Marcio Kogan + Eduardo Chalabi. © Fernando Guerra | FG+SGResidência A.B.V. / Andrade Morettin Arquitetos Associados. © Maíra AcayabaResidência DMG / Reinach Mendonça Arquitetos Associados. © Nelson KonCasa Lagos Park 250 / BRZL | Brazil Arquitetos. Imagem Cortesia de BRZL | Brazil Arquiteto+ 15

Diversas são as possibilidades no momento de pensar a transição entre os espaços público e privado. No caso da arquitetura residencial, o paisagismo realizado na fachada principal do projeto possui um papel fundamental nesse sentido. Através de distintos elementos como a vegetação, pavimentação, escadas e até mesmo obras de artes, é possível gerar uma composição que não enalteça apenas a arquitetura, mas que seja generosa também com o espaço público.

Casas do Equador: 10 residências organizadas em torno de um pátio

Quinta López Cordero / Astudillo + Proaño. Image Casa entre árboles / El Sindicato Arquitectura. Image Casa de la Loma / Iván Andrés Quizhpe. Image Casa en La Marca / Marco Salazar Valle. Image + 21

A entrada de luz natural, a melhoria das condições de ventilação e a possibilidade de aumentar o contato com a natureza sem que isso implique a perda de privacidade são algumas das vantagens associadas aos jardins e pátios internos. 

Escritório Populos / Superlimão

© Maíra Acayaba© Maíra Acayaba© Maíra Acayaba© Maíra Acayaba+ 43

  • Arquitetos: SuperLimão Studio
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  420
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2019
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: Coupe Laser Cutting Design, Hub Móveis, Ldarti, Trilogiq

11 Conselhos para projetar espaços públicos vibrantes

A 3ª Semana Internacional “Placemaking”, realizada anualmente pela organização filantrópica Project for Public Spaces (PPS), teve lugar entre os dias 1º a 4 de outubro de 2019 na cidade de Chattanooga, Tennessee. Anteriormente organizado nas cidades de Amsterdã (2017) e Vancouver (2016), este inspirador e envolvente evento é um espaço de encontro e intercâmbio de ideias entre, pessoas, profissionais e organizações comprometidas com a construção de “lugares”, promovendo a difusão deste conceito tanto no contexto local da cidade sede quanto no nível internacional.

A PPS, responsável pela criação da Placemaking Week, é uma organização focada em promover a cultura, a construção e a manutenção de “lugares”, ou seja, espaços públicos capazes de construir comunidades mais inclusivas e sustentáveis. Em 1999, a Project for Public Spaces publicou o livro “How to turn a place around”, definindo as bases do movimento “placemaking” e fornecendo diretrizes e princípios a serem seguidos para se construir lugares capazes de gerar comunidades mais vibrantes e inclusivas.

Abaixo, compilamos uma lista com onze projetos construídos que ilustram os onze princípios enumerados no livro:

Green Cloud / ZHUBO-AAO. Image © Yang XuRed Ribbon Park / Turenscape. Image © TurenscapeGreen Cloud / ZHUBO-AAO. Image © John SiuSuperkilen / Topotek 1 + BIG Architects + Superflex. Image © Torben Eskerod+ 19

A arte urbana do distanciamento social

Viver em isolamento despertou em muitos arquitetos e arquitetas uma centelha de criatividade levando-os a explorar meios e métodos não convencionais para conceber seus projetos e instalações. Ao invés de fecharem seus escritórios e colocarem todos os projetos em andamento em standby até que a vida voltasse ao normal, profissionais das áreas criativas se mantiveram ativos, buscando inspiração em outras disciplinas como as artes performáticas e o teatro, vencendo o desafio imposto pelas regras de distanciamento social para (re)aproximarem-se de seus clientes e espectadores.

Ashley Bigham e Erik Herrmann, sócios e fundadores do Outpost Office, utilizaram-se deste tempo de distanciamento físico do trabalho prático para repensar a questão da “mobilidade”, desenvolvendo uma série de desenhos em escala 1:1 durante seu retiro no campus Ragdale, Illinois. Apropriando-se de tecnologias de ultima geração, a dupla utilizou robôs de marcação de campo controlados por GPS para criar uma instalação em escala urbana que procura responder algumas das principais questões relacionadas aos espaços públicos. Como resultado, Bigham e Herrmann receberam o primeiro prêmio no concurso Ragdale Ring 2020.

© Erik Herrmann© Erik Herrmann© Erik HerrmannPhotogrammetry. Imagem © Erik Herrmann+ 6

Dicas para escolher espécies de árvores em ambientes urbanos

Nos primeiros anos da história moderna, os monges taoístas cultivavam Bonsais buscando trazer a beleza das árvores do exterior para o interior, considerando-as um elo entre o humano e o divino. No século XVIII, na periferia de algumas cidades europeias, surgiram diversos passeios ou avenidas arborizadas, gerando espaços de descanso e socialização até então inexistentes nas cidades da época.

Nas cidades modernas, as árvores são utilizadas como elementos essenciais nos processos de urbanização e as espécies vegetais são um contraponto insubstituível às construções e à harmonização dos espaços. A boa escolha das espécies de árvores e sua correta manutenção geram inúmeros benefícios, como isolamento acústico e visual, regulação da temperatura, geração de corredores biológicos e controle da velocidade do vento. O principal erro na escolha de uma espécie é não considerar que se trata de um ser vivo, que tem necessidades específicas e que possui externalidades.

O que considerar para escolhê-los corretamente?

Interiores brasileiros: 10 projetos com jardim interno

Em tempos marcados pelo isolamento, muito se tem discutido sobre a importância da vegetação nos espaços internos como forma de nutrir a fundamental relação com a natureza. Presentes tanto em residências quanto em espaços comerciais, esses resquícios verdes auxiliam no bem-estar e conforto emocional dos ocupantes.  

Além da relação psicológica, um jardim interno bem projetado e posicionado pode ajudar também na purificação do ar e no conforto térmico do ambiente. Para tanto, se deve levar em consideração alguns fatores como orientação solar, ventilação e, claro, escolha adequada das espécies que melhor se adaptam ao clima onde serão inseridas.

Núcleo de Prática Jurídica Unileão / Lins Arquitetos Associados. Imagem © Joana FrançaCasa Mipibu / Terra e Tuma Arquitetos Associados. Imagem © Nelson KonCasa das Sibipirunas / Studio Otto Felix. Imagem © Denilson Machado – MCA EstúdioEscritório IT’S Biofilia / IT'S Informov. Imagem © Alexandre Oliveira – Jafo Fotografia+ 11

Nova Iorque permite que restaurantes ocupem calçadas e espaços públicos com mesas

Como parte da New York’s Recovery Agenda, uma série de compromissos que tem como objetivo manter a cidade de Nova Iorque saudável e segura em relação a pandemia de Covid-19, o Open Restaurants Program, estabelecido em junho de 2020, foi prorrogado durante todo este ano e poderá se tornar permanente. O prefeito Bill de Blasio recentemente permitiu que os restaurantes usem aquecedores e fechamentos, além de poderem também expandir suas mesas para calçadas vizinhas. Essa prorrogação também se aplicará para o Open Streets: Restaurans, "o qual oferece atualmente áreas de expansão em 85 ruas peatonais em toda a cidade, a depender do dia". 

O paisagismo na arquitetura contemporânea brasileira em 27 projetos

CCB Paineiras / Gálvez & Márton Arquitetura - © Paula MonroyCasa das Jabuticabeiras / Terra e Tuma Arquitetos Associados - © Pedro KokCasa Terra / Paola Ribeiro Arquitetura e Interiores - © Denilson Machado – MCA EstúdioCasa Capuri / Sergio Conde Caldas Arquitetura - Imagem Cortesia de  Sergio Conde Caldas Arquitetura+ 28

A paisagem ao redor do ambiente construído pode fazer toda a diferença em um projeto. Os elementos naturais que são integrados na arquitetura ou projetados para compor com ela traçam um enorme diferencial na forma como experienciamos o espaço. Por isso, conceber projetos paisagísticos está longe de ser uma tarefa simples. Para trazer algumas referências de composições com a natureza e outros elementos que ajudam a configurar um lugar, reunimos 27 projetos contemporâneos brasileiros que partem desde simples gestos até outros que expõem a exuberância de nossa flora tropical.

Casa do Livro Lattice / Scenic Architecture Office

  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  350
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2016
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: 上海东复建筑幕墙工程, 上海圣柳建筑装饰, 宏宇竹业科技

Paisagismo: desenhos, referências e conceitos

O desejo de um bom paisagismo vai além da tendência inata de buscar estar sempre próximo à natureza. Pensar a paisagem dos espaços públicos, jardins ou, até mesmo, entre quatro paredes, é um assunto que cada vez ganha mais importância devido a forma como a disposição de elementos no espaço afeta não apenas a percepção espacial, mas também psicológica, agregando conforto e uma qualidade ainda maior para seus usuários. 

Varanda em Xangai / ppas + tf Architecture Office

© SHEN-PHOTO© SHEN-PHOTO© SHEN-PHOTO© SHEN-PHOTO+ 22

12 Plantas para cultivar em ambientes internos

Qualquer ambiente fica mais aconchegante com uma planta. Não é preciso ter uma grande sacada para cultivá-las, muitas espécies se desenvolvem bem na sala, cozinha e até banheiro, com pouca manutenção e não ocupando muito espaço. Os vasos e cachepôs onde se desenvolvem são uma boa aposta na composição de ambientes bem decorados. As flores acrescentam cor e diversidade para todos os ambientes, mas vale lembrar que as espécies que não produzem flores realizam menos fotossíntese e, portanto, exigem quantidades menores de sol e portanto são mais indicadas para serem cultivadas dentro de casa. Importante ressaltar que os nomes populares podem variar muito, e por isso deve-se atentar sempre para seus nomes científicos na hora de escolher suas espécies.

© <a href='https://www.flickr.com/photos/artesaniaflorae/4155226625/in/photolist-5gxkEw-7kbC7n-3gLYAM-5YdgQD-DmtEBn-4yUWTQ-CY5qZb-DuhgQw-DVzQFn-DRK6Kw-E28jrh-Dfsry6-DKP2mS'>Flickr user artesaniaflorae</a> licensed under <a href='https://creativecommons.org/licenses/by-nd/2.0/'>CC BY-ND 2.0</a>© <a href='https://www.flickr.com/photos/starr-environmental/24877416381/in/photolist-RVNchQ-k3G7dm-99c533-nHgbB7-9ajrXv-4H9FW1-efED4u-STh73W-iN87M6-76kTSx-9D31TS-fChRQ6-Dfk5FP-DMCKWF-DUkgb6-EaXUeh-DMCKg2-DUkgFz-k3xZKh-4kXnkz-nZspgZ-nZKBL8-4H5vND-CVMvZX-EpAj8t-DTtJe9-Dr4ZjN-E4iVfx-RT9YpH-STh7eC-76pP6d-DR6THi-Ed8Cne-DGL6yU-RT9YkV-DJvKVt-DRFKof-DSPGfF-D4Fdqx-DjGip4-dCCcz9-DJVq8B-DmB6na-9phc3o-p2GeF1-dCwMhi-HoNt2P-PJvZ9P-fuxtEj-9cqNRg'>Flickr user starr-environmental</a> licensed under <a href='https://creativecommons.org/licenses/by/2.0/'>CC BY 2.0</a>© <a href='https://www.flickr.com/photos/dindaplantas/4473105588/in/photolist-7PgQs9-aanEBc-VWthTD-VxPKhh-VxPwJG-W8Zrqg-gresNE-6BHSBe-4y5M8U-cKB9n9-4y1wwp-3PUEda-hcy7Vb-4y5M3d-4y1x1i-kFBcbV-4y1wFv-7wbfHT-aSxymc-4f2Hyq-4y5LPo-eLzdVc-9gKBG8-VWsMmn-cKB9Us-F6Gdjb-9U9YH5-Cfwuks-y2WMYh-uPk2UL-u93PVq-eQiWoT-qGvT2k-bSQQxi-decWcR-6cBSGr-4DFnmz-rz4EY5-uPjFP7-uPk1D9-azDwL9-6NcZUs'>Flickr user dindaplantas</a> licensed under <a href='https://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/2.0/'>CC BY-NC-SA 2.0</a>© <a href='https://www.flickr.com/photos/starr-environmental/24747723902/in/photolist-DGSy7S-DMW51o-4U2Cr8-EagjpU-bUwcmr-xS5A4-o6h1gR-dRWdQZ-bW1G44-dd3Y24-dS2NxW-4TpcXn-o6fV4b-DVxKj4-CVMnvJ-5opNpT-Dm936A-5SempH-devZu6-7YJ6w9-E4udW4-decxYW-deJHr1-6CgGA3-4U6Rxh-kFB6pe-e4NRxr-DWXbuT-EcJ5ta-Drbwsh-4j8Pgp-DSBKzw-fvFtu9-devSVW-CZyfC6-k3KLeV-4U2Cf6-Dotafk-iBva3E-bs9aMe-5Semmt-E2i3q9-kFzZ6g-61BBte-6mite2-6m68Bt-8FTzJS-8A4c33-5o4G4e-6m68Mn'>Flickr user starr-environmental</a> licensed under <a href='https://creativecommons.org/licenses/by/2.0/'>CC BY 2.0</a>+ 13

Série fotográfica de Cássio Vasconcellos explora o caos das paisagens urbanas contemporâneas

Coletivos é um projeto desenvolvido pelo fotógrafo e artista brasileiro Cássio Campos Vasconcellos, uma série de fotos aéreas capturadas com um helicóptero. Lançado há aproximadamente cinco anos, o projeto consiste em imagens de grande formato retratando paisagens urbanas caóticas que revelam “situações contraditórias típicas de nossa época”. Com o objetivo de evidenciar o impacto da atividade humana na paisagem natural e urbana, Coletivos é uma espécie de pesquisa visual sobre a sociedade de consumo.

COLLECTIVES. Imagem © Cássio VasconcellosCOLLECTIVES. Imagem © Cássio VasconcellosCOLLECTIVES. Imagem © Cássio VasconcellosCOLLECTIVES. Imagem © Cássio Vasconcellos+ 18

Jardins e praças: 10 exemplos de paisagismo em pequena escala no Brasil

"O paisagismo é a única expressão artística em que participam os cinco sentidos do ser humano", afirma Benedito Abbud em seu livro Criando Paisagens – guia de Trabalho em Arquitetura paisagística. Enquanto a arquitetura lida, sobretudo com os sentidos da visão e tato, o paisagismo envolve também o olfato, a audição, o paladar, "o que proporciona uma rica vivência sensorial, ao somar as mais diversas e completas experiências perceptivas. Quanto mais um jardim consegue aguçar todos os sentidos, melhor cumpre seu papel."

© Yuri Seródio© Ana Mello© Yuri Seródio© Leonardo Finotti+ 11

Pavilhão "Roof & Mushrooms" / Ryue Nishizawa + Nendo

© Daici Ano © Daici Ano © Daici Ano © Daici Ano + 25

Jardim CGD Gramado / Hanazaki Paisagismo

© Fernando Guerra | FG+SG© Fernando Guerra | FG+SG© Fernando Guerra | FG+SG© Fernando Guerra | FG+SG+ 38

  • Arquitetos Paisagistas: Hanazaki Paisagismo
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  3000
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2018