Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos

Audrey Migliani

Audrey Migliani é arquiteta (2013) e mestre em Arquitetura e Urbanismo (2016) pela Universidade São Judas Tadeu/SP. É colaboradora do ArchDaily desde fevereiro de 2014.

NAVEGUE POR TODOS OS PROJETOS DESTE AUTOR

10 plantas resistentes que sobreviverão em ambientes com pouca luminosidade

Home Cafes / Penda. Image © Zhi Xia
Home Cafes / Penda. Image © Zhi Xia

Com apartamentos e casas cada vez menores, percebemos uma crescente demanda para integrar espécies de plantas em espaços interiores. Mas que tipo de plantas escolher se não temos luz natural abundante? Neste artigo você encontrará algumas sugestões de espécies que são indicadas para ficarem "à sombra" ou "à meia sombra". Esse indicador é importante especialmente quando falamos de ambientes internos que recebem pouca luminosidade solar. 

Zamioculca. Image © Liubabasha, Vía Shutterstock Aglaonema. Image © Liubabasha, Vía Shutterstock Dracaena . Image © Gringoann, Vía Shutterstock Sansevieria Trifasciata. Image © Liubabasha, Vía Shutterstock + 33

Qual iluminação é melhor para banheiros?

Um bom projeto de interiores precisa estar compatível com um projeto de luminotécnica adequado. Ele é responsável por assegurar que a quantidade e a potência das lâmpadas são adequadas aos ambientes dependendo de suas dimensões e de seu uso.

Chameleon Villa / Word of Mouth Architecture. Image © Daniel Koh The Skyscape Rooftop House / WARchitect. Image © Rungkit Charoenwat All House / Gui Mattos. Image © Carolina Lacaz House on the Hill / MoDusArchitects. Image © Filippo Molena + 20

Quando foram inventadas as janelas de vidro?

Você já se fez essa pergunta? Pode parecer estranho imaginar, à primeira vista, que nem sempre tivemos janelas em nossas construções, nem tão pouco elas eram vedadas por um material transparente capaz de permitir a entrada de iluminação natural em recintos escuros ou de fazer uma barreira contra o frio: o vidro.

Apartamento Consolação / SOEK Arquitetura. Image © Rafael Renzo Apartamento Urimonduba / Candida Tabet Arquitetura. Image © Rômulo Fialdini Casa ABK / Bernardes Arquitetura. Image © Leonardo Finotti Casa para Beth / Salmela Architect. Image © Paul Crosby + 17

O que são portas corta-fogo e em quais projetos arquitetônicos incorporá-las?

Portas Corta-Fogo (da sigla PCF) são aquelas que atendem aos padrões das normas que asseguram resistência ao fogo, sendo capazes de impedir a propagação deste (ou da fumaça) entre pavimentos de um edifício, tornando possível a evacuação segura de pessoas num incêndio.

Cortesia de Pexels Cortesia de Pexels Sede Instituto BioCruces / IDOM. Image © Aitor Ortiz via Shutterstock, User: Pair Srinrat + 11

Como escolher bancadas de cozinhas: vantagens, desvantagem e inspirações

Um dos ambientes mais práticos e funcionais de qualquer projeto residencial é a cozinha. A bancada, por sua vez, abriga os principais equipamentos desse espaço. Logo, é fundamental que seja feita com o material mais resistente e higiênico. Além destes requisitos é importante atentar à estética e ao custo benefício. Outro ponto importante é adequá-las à dinâmica da família.

© Nikole Ramsay. ImageBluebird Townhouses / Altereco Design © Oliver Smith. ImageCreative Kitchen Designs and Their Details: The Best Photos of the Week © Josefotoinmo. ImageGAS House / OOIIO Arquitectura © Dmitry Tsyrencshikov. ImageStudio11 Minsk Office / Studio11 + 38

Soluções simples: como reformar interiores de forma mais econômica e consciente

Também conhecidas como 'obras-secas', conceito cada vez mais utilizado nas reformas de interiores. São soluções simples que modificam a essência de ambientes internos, de maneira mais econômica e sustentável. Através da menor produção de entulhos e, consequentemente, menos desperdício de dinheiro, tempo e matéria-prima. Reunimos nesse guia 8 sugestões que podem auxiliar você a projetar reformas de interiores mais conscientes.

Aplicação de revestimento sobre revestimento. DEPOIS da Reforma de Banheiro em parceria com a Leroy Merlin Brasil.  Projeto: Apartamento 203. Image Cortesia de Apartamento 203 Aplicação de papel de parede. Elétrica projeta com distribuição da rede elétrica aparente. Projeto: Apartamento 203. Image Cortesia de Apartamento 203 DEPOIS da Reforma de Banheiro em parceria com a Leroy Merlin Brasil.  Projeto: Apartamento 203. Image Cortesia de Apartamento 203 Projeto: Apartamento 203. Image Cortesia de Apartamento 203 + 28

O retorno do granilite na arquitetura: fabricação, instalação e exemplos notáveis

Focal Length / RENESA Architecture Design Interiors Studio. Image © Suryan//Dang
Focal Length / RENESA Architecture Design Interiors Studio. Image © Suryan//Dang

Os revestimentos em granilite são produzidos através da base cimentícia (areia, água e cimento) com grânulos de pedras naturais diversas, e podem ser aplicados em qualquer tipo de superfície horizontal ou vertical. A técnica, produzida a partir de um processo totalmente artesanal, foi amplamente aplicada nos edifícios modernos espalhados por todo o mundo e tem como sua principais vantagens sua durabilidade, resistência (à água e abrasão) e fácil manutenção sendo comumente aplicado em pisos de casas e halls de prédios residenciais e comerciais.

Atualmente, apresenta-se como uma forte tendência da arquitetura contemporânea. É possível confirmar isso observando as diversas marcas que tem apresentado produtos para casa e decoração fabricados a partir da técnica ou que, pelo menos, fazem referências à ela. 

Focal Length / RENESA Architecture Design Interiors Studio. Image © Suryan//Dang Casa Salmen / Office S&M. Image © French + Tye Apartamento Copan / Sabiá Arquitetos. Image © Pedro Vannucchi Parisienne / Miriam Barrio Estudio. Image © Maria Pujol + 24

Isopor reciclado para a fabricação de acabamentos decorativos e sistemas de isolamento

Em pleno século XXI qualquer solução sustentável deve ser exaltada! Neste post serão abordadas soluções arquitetônicas que utilizam o isopor reciclado como matéria-prima de acabamentos decorativos (resistentes à água) e como preenchimento de paredes de EPS, com diversas vantagens que vão desde isolamento termoacústico até economia com os custos da obra.

Projeto com Rodapé e Guarnição 3454 Pátina Branca - Santa Luzia. Image Cortesia de Santa Luzia Projeto com Rodapé 565 Carvalho Prata Santa Luzia. Image Cortesia de Santa Luzia Projeto Viviane Busch com Rodapé 520 e Guarnição 517 Santa Luzia para CASACOR Paraná 2016 | Foto: Lio Simas. Image Cortesia de Santa Luzia Detalhe de uma parede construída com o sistema de EPS.. Image via LCP Engenharia & Construções LTDA + 18

Do ladrilho hidráulico ao alumínio: a irreverência de Flávio de Carvalho no Brasil moderno

Flávio de Carvalho foi um arquiteto moderno brasileiro reconhecido mundialmente por sua maneira inovadora e provocativa de mostrar sua visão de mundo através da arte. Conheça, a seguir, algumas de suas formas de manifestação artística.

Madeira descartada torna-se matéria-prima de artista plástica brasileira

O grande volume de entulhos descartados pela construção civil gera sérios problemas às grandes cidades. Um dos materiais mais vistos no descarte ilegal é a madeira. Felizmente, muitos artistas estão reaproveitando este material, ressignificando-os e transformando-os em verdadeiras obras de arte. Entre eles está Fábia Escobar. Conheça mais sobre seu trabalho a seguir.

Clássicos da Arquitetura: Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro / Affonso Eduardo Reidy

© Centro de Documentação e Pesquisa do MAM © Centro de Documentação e Pesquisa do MAM © André Turazzi (CC BY-NC-SA). Via Arquigrafia © Centro de Documentação e Pesquisa do MAM + 38

Este artigo foi originalmente publicado em 17 de dezembro de 2014. Para ler sobre outros projetos icônicos de arquitetura, visite nossa seção Clássicos da Arquitetura.


O edifício é sustentado por quatorze pórticos em concreto armado aparente posicionados a dez metros de distância entre si e formados por uma viga superior, dois pilares principais inclinados ao exterior e dois pilares menores inclinados ao interior que formam um V com os primeiros. Os pilares em V tem comprimento total de oito metros e meio. Em seção transversal, os pórticos apresentam um formato trapezoidal.

Clássicos da Arquitetura: Sede da SUFRAMA / Severiano Porto

Cortesia de Banco de Imagens da SUFRAMA. Image © Fernando Folhadela © Juliana Rosa © Ivo Brasil Cortesia de Banco de Imagens da SUFRAMA. Image © Juliana Dantas Pazuello + 20

Por Letícia de Oliveira Neves
O edifício é composto por dois blocos, um principal e um anexo, que possuem cota única de implantação. A ligação entre os diversos ambientes fechados se dá por pátio e corredores cobertos, tudo organizado embaixo de uma cobertura única, em concreto, que é dividida em módulos e dá suporte estrutural ao conjunto. Dentro do edifício principal há um jardim interno, que ocupa o espaço de dois módulos.

Clássicos da Arquitetura: Centro de Exposições do Centro Administrativo da Bahia / João Filgueiras Lima (Lelé)

Via Giancarlo Latorraca, 2000 Via Giancarlo Latorraca, 2000 Via arcoweb.com.br © Eduardo Augusto Kneese de Mello (CC BY-NC-ND). Via Arquigrafia + 20

O edifício permanece inteiramente suspenso cinco metros acima do solo. Engasta-se em duas torres laterais idênticas, de onde partem tirantes que colaboram na estabilidade do edifício, que se desenvolve em balanços simétricos de volumes invertidos.

Clássicos da Arquitetura: DISBRAVE / João Filgueiras Lima (Lelé)

via Disbrave © Joana França © Marcel Gautherot © Acervo João Filgueiras Lima + 21

O conjunto edificado está dividido em três volumes principais distintos. O primeiro é predominantemente horizontal e acompanha o traçado irregular do terreno: a oficina. O segundo volume é vertical: uma torre de escritórios com cinco pavimentos. Os dois volumes estão conectados por meio de corredor externo protegido por uma cobertura plana em concreto. O terceiro volume abriga o posto de gasolina.

A Família Mobília / Tatiana Blass

A publicação selecionada de hoje é uma dica de férias do ArchDaily Brasil para os pais arquitetos.  

Da editora. Se a versatilidade de Tatiana Blass já ficava evidente em suas pinturas, esculturas, performances e instalações, uma das mais promissoras artistas plásticas da nova geração empresta agora seu talento a uma nova arte: a literatura infantil, com o lançamento de A Família Mobília.

Clássicos da Arquitetura: Hospital Regional de Taguatinga / João Filgueiras Lima (Lelé)

© Joana França © Joana França © Joana França © Joana França + 18

Hoje seria o 83º aniversário de João Filgueiras Lima, o Lelé. Para celebrar, inauguramos hoje com o Hospital de Taguatinga nossa seção dos Clássicos da Arquitetura de 2015 com uma série de projetos do arquiteto, que serão apresentados nas próximas semanas.

Fotografias da Igreja de Jesús Obrero de Eladio Dieste, por Marcelo Donadussi

Há tempos publicamos no ArchDaily Brasil um artigo em que Carlos Eduardo Dias Comas descreve a Igreja de Jesús Obrero (Atlantica, Uruguai) projetada por Eladio Dieste em 1952. O fotógrafo Marcelo Donadussi visitou a o obra e dividiu o resultado conosco.