Banheiros coletivos para crianças: O que considerar ao projetar?

Banheiros coletivos para crianças: O que considerar ao projetar?

Kindergarden in Chroscice / PORTKindergarden between Palms in Los Alcazares / Cor & AsociadosChildren Hospital EKH / IF (Integrated Field)Beelieve Preeschool of Life / EstudioFernandaOrozco+ 14

É bastante comum usar o termo acessibilidade ao projetar espaços para pessoas com necessidades especiais ou para idosos. No entanto, para garantir um design universal eficaz para as crianças, é imprescindível conhecer e focar em suas necessidades específicas, com base em ergonomia, segurança, iluminação natural e artificial, cores e acessórios. Neste artigo, abordaremos os parâmetros mais importantes a serem considerados ao especificar dimensões e materiais em banheiros coletivos para crianças pequenas.

Quando se trata de uma reforma residencial, é aconselhável fazer pequenas adaptações para que a criança tenha autonomia de utilizar o vaso e a pia com segurança. Um banquinho e um redutor de assento acoplado à bacia sanitária são intervenções bastante interessantes e suficientes a curto prazo. No caso de projetos de banheiros coletivos como de escolas, parques, academias ou áreas de famílias em shopping centers, por exemplo há pontos importantes a serem observados.

Maple Street School Preschool / BFDO Architects + 4Mativ Design Studio
Maple Street School Preschool / BFDO Architects + 4Mativ Design Studio

Não se esqueça de que cada país possui normas e indicações específicas sobre o memorial quantitativo no que se refere aos elementos de segurança e também no que diz respeito às dimensões mais adequadas para cada tipologia construtiva.
Para efeito ilustrativo, utilizaremos como exemplo os banheiros infantis de escolas no Brasil, entre especificações mais técnicas, estão as seguintes recomendações:

  • Devem estar localizados próximos às salas de atividades;
  • Não podem ter comunicação direta com a cozinha e/ou refeitório;
  • Sugere-se que, a cada 20 crianças, seja especificado 1 vaso sanitário, 1 lavatório e 1 chuveiro;
  • É imprescindível que o banheiro usado por adultos seja separado do de uso infantil. Ele pode ser acumulado com a função de vestiário e pode ser implantado próximo às áreas administrativas, áreas de serviço ou pátio coberto.
  • Nas cabines sanitárias, é preferível optar por portas individuais sem chaves ou trincos. Nestes casos, utilize travas fáceis de abrir pelo lado externo que possam indicar se a cabine está livre ou ocupada.
  • As divisórias das cabines devem ser abertas nas partes superiores e inferiores e devem medir aproximadamente 150 centímetros de comprimento.

Beelieve Preeschool of Life / EstudioFernandaOrozco
Beelieve Preeschool of Life / EstudioFernandaOrozco

Segurança

Um dos itens mais importantes a serem especificados no quesito segurança é o piso. Ele deve ser antiderrapante e impermeável. Todos os revestimentos devem ser de fácil limpeza e manutenção, inclusive nas paredes onde devem ser instalados até, no mínimo 1,50 metros de altura. Para a segurança das crianças que usarão o espaço, é imprescindível conferir o caimento do piso (especialmente próximo à área das pias), de maneira a eliminar futuros empoçamentos. Dimensionar a quantidade de ralos corretamente também contribui bastante com esse aspecto.

Maple Street School Preschool / BFDO Architects + 4Mativ Design Studio
Maple Street School Preschool / BFDO Architects + 4Mativ Design Studio

Iluminação

Assim como em qualquer tipologia e escala de edifício, uma boa iluminação é essencial. Ela pode contribuir com a sensação de segurança e bem-estar, dois itens muito importantes para fortalecer a autoestima das crianças, em uma período tão importante para a formação de sua personalidade, a primeira infância.

  • Iluminação Natural

Um valor de referência interessante, e recomendado pelo MEC (Brasil), é calcular no mínimo 1/8 da área total de piso como área de abertura das janelas. Esse item também contempla a preocupação com ventilação natural no ambiente.

Monthey Kindergarden / Bonnard Woeffray Architectes
Monthey Kindergarden / Bonnard Woeffray Architectes

  • Iluminação Artificial

Prefira lâmpadas de tonalidade de cor fria e intensa. Nestes casos, a iluminação difusa torna-se mais interessante para assegurar o mesmo nível de iluminância e conforto a qualquer hora do dia (ou da noite). Quantificar luminárias suficientes para iluminar todas as cabines, é mais um ponto fundamental em banheiros infantis. Veja alguns conselhos para iluminar espaços interiores para crianças.

Nía School / Sulkin Askenazi
Nía School / Sulkin Askenazi

Acessibilidade infantil

Em casos de escolas infantis nas quais há uma mescla de idades, pode ser interessante considerar a instalação de pequenos tablados dentro dos banheiros para adaptar as pias e as bacias sanitárias às diferentes alturas das crianças que o usarão.

Children Hospital EKH / IF (Integrated Field)
Children Hospital EKH / IF (Integrated Field)

  • Torneiras

A bancada com as cubas deve ser instalada a aproximadamente 40 centímetros do piso. Nesta área do banheiro é fundamental preocupar-se também com o formato da torneira. Aconselha-se que ela seja de abertura de fácil manuseio, considerando que a coordenação motora das crianças ainda não está 100% desenvolvida. Evite misturadores para que a ajustar a temperatura da água não seja um dificuldade a mais para as crianças nesta fase de aprendizagem com autocuidado.

Kindergarden between Palms in Los Alcazares / Cor & Asociados
Kindergarden between Palms in Los Alcazares / Cor & Asociados

  • Vaso sanitário

Em banheiros infantis, quer sejam unissex (muito usado em academias), quer sejam divididos por gênero, deve-se instalar bacias sanitárias e mictórios infantis de acordo com as orientações de cada fornecedor, mas tendo sempre em mente que a altura média de uma criança de 3 anos é aproximadamente 95 centímetros.

Honai Children’s Center / UmbreArchitects
Honai Children’s Center / UmbreArchitects

  • Box

Há três tipos de briefing para área do banho nos banheiros infantis: bebês, crianças pequenas e crianças menores possuem necessidades diferentes, pois estão em momentos de desenvolvimento bastante específicos.

Yellow Elephant Kindergarten / xystudio
Yellow Elephant Kindergarten / xystudio

  • No caso de bebês, é fundamental prever áreas altas com banheiras e torneiras aquecidas para que os cuidadores possam banhá-las de forma confortável. Também deve ser prevista área acolchoada para vestir as crianças e trocar fraldas.
  • Para crianças de 1 a 3 anos, é bastante conveniente instalar divisórias alteadas, em torno de 40 centímetros de altura para facilitar o auxílio do cuidador na hora do banho.
  • Já para as maiores de 4 anos (que tendem a tomar banhos sozinhas), deve-se assegurar que o piso seja 100% antiderrapante e, quando possível,  instalar barras de apoio (parecidas com as usadas em banheiros acessíveis para idosos e portadores de necessidades especiais) ao alcance das mãos da criança.

Para crianças portadoras de necessidades especiais, deve ser oferecido um vaso sanitário e chuveiro específicos, além de cadeira de banho e um lavatório para mãos. O espaço deve ser dimensionado para ser confortável para a criança e cuidadores.

Kindergarden in Chroscice / PORT
Kindergarden in Chroscice / PORT

Cores

Banheiros normalmente possuem uma atmosfera tranquila e relaxante, especialmente aqueles que tem áreas para banho. Se seu projeto pretende transmitir esse tipo de sensação, é recomendável o uso de cores claras. Caso, pelo contrário, sua concepção envolva um ambiente estimulante, é possível inovar e aproveitar as inúmeras possibilidades de cores e formatos que os revestimentos de áreas molhadas oferecem atualmente.

New Building for Nursery and Kindergarten in Zaldibar / Hiribarren-Gonzalez + Estudio Urgari
New Building for Nursery and Kindergarten in Zaldibar / Hiribarren-Gonzalez + Estudio Urgari

Como as cores alteram a percepção dos espaços interiores

É importante enfatizar mais uma vez, que neste artigo utilizamos, medidas de referência ilustrativas. Sempre que for projetar um equipamento de uso coletivo (infantil ou não), recorra aos manuais específicos de cada país/tipologia.

Kindergarden between Palms in Los Alcazares / Cor & Asociados
Kindergarden between Palms in Los Alcazares / Cor & Asociados

Leia também artigo que publicamos sobre projeto de banheiros seguros para idosos clicando aqui.

Referências

Galeria de Imagens

Ver tudoMostrar menos
Sobre este autor
Cita: Audrey Migliani. "Banheiros coletivos para crianças: O que considerar ao projetar?" 26 Abr 2020. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/937447/banheiro-coletivo-para-criancas-o-que-considerar-ao-projetar> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.