Destaques da semana: edifícios como identidade, achados e perdidos

Destaques da semana: edifícios como identidade, achados e perdidos

É em momentos de desastres - natural, militar ou de outras formas - que o valor do nosso ambiente construído como uma forma de identidade cultural se torna mais tragicamente visível. O incêndio que varreu o Museu Nacional do Brasil na noite de segunda-feira destruiu não apenas artefatos históricos inestimáveis, mas um prédio que simbolizava tanto um país quanto um povo. O desaparecimento da paisagem urbana é o desaparecimento da identidade, cultura e pessoas.

É notável, então, que uma nova construção seja frequentemente anunciada como forma dos bairros criarem ou revitalizarem a identidade local. Os arranha-céus, em particular, são considerados ícones em torno dos quais a identidade urbana e até mesmo nacional pode depender - imagine Nova York sem o Empire State Building, Paris sem a Torre Eiffel, Kuala Lumpur sem as Torres Petronas. A história arquitetônica desta semana aborda as formas em que entrelaçamos nossas identidades com nosso tecido construído. Sabia mais a seguir.

História perdida

via Wikimedia
via Wikimedia

O incêndio no Museu Nacional no Brasil é uma perda crítica para arquitetos, historiadores e cidadãos do mundo todo. Não está claro como exatamente o incêndio começou, mas os relatórios indicam que o financiamento para aparatos de segurança foi reduzido nos últimos anos. O Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB) convocou uma carta aberta para a criação e manutenção de um fundo dedicado à segurança anti-incêndio à luz dessa tragédia.

Futuro (para ser) feito

Cortesia de Warren + Mahoney
Cortesia de Warren + Mahoney

A Oceania parece ter sua visão fixa nas nuvens. Após um concurso amplamente divulgado para moldar a identidade do horizonte de Melbourne, Auckland anunciou os finalistas para sua torre no centro da cidade. A lista inclui nomes como Zaha Hadid Architects, Woods Bagot e Elenberg Fraser, cada um interpretando o que a identidade urbana de Auckland pode se tornar em suas próprias formas distintas.

ZHA também aplicou sua experiência em arranha-céus na África, onde sua proposta para a primeira torre oficial do Egito ganhou nova vida após quase uma década na estante. Ela está planejada para o Cairo e diz-se que os habitantes terão vistas da cidade, do Nilo e até das pirâmides. É aqui, nas margens do rio, que as identidades históricas e contemporâneas do país estão prestes a colidir.

Arquitetura em nossas próprias palavras

© EFE
© EFE

Dado o poder da arquitetura em definir a identidade, a crítica desempenha um papel essencial na sua investigação e tradução para um público mais amplo. Mas muitas vezes a crítica é acadêmica e esotérica, reservada apenas a um público que já entende as apostas. Em um ensaio originalmente publicado no Common Edge, o autor Duo Dickinson explorou a ascensão de blogs de arquitetura populares que estão redefinindo o que - e para quem - a crítica de arquitetura pode ser.

Cortesia de World Architecture Festival
Cortesia de World Architecture Festival

Os temas fortemente relacionados entre arquitetura e identidade também serão pauta do Festival Mundial de Arquitetura deste ano em Amsterdã, de 28 a 30 de novembro. Palestras e discussões incluindo Rem Koolhaas, David Adjaye, Lesley Lokko e Jeanne Gang prometem explorar como a arquitetura molda e é moldada pela identidade cultural - questões ainda mais relevantes em um mundo globalizado.

Coisas que você pode ter perdido

via Edward Cella Art + Architecture
via Edward Cella Art + Architecture

  • A Design Intelligence lançou sua pesquisa anual de escolas de arquitetura americanas, classificando os dez melhores programas de graduação e pós-graduação em todo o país. Como candidatos em perspectiva para o próximo ano começam a considerar seus próximos movimentos, vale a pena uma referência.
  • A Edward Cella Gallery em Los Angeles está atualmente exibindo uma exposição dedicada a R. Buckminster Fuller, um arquiteto cujo legado continua a moldar o desenho décadas após sua morte. A exposição revelou um conjunto de cartazes inéditos do próprio Fuller - inspiração perfeita para um dormitório.

Sobre este autor
Cita: Allen, Katherine. "Destaques da semana: edifícios como identidade, achados e perdidos" [This Week in Architecture: Buildings as Identity, Lost and Found] 12 Set 2018. ArchDaily Brasil. (Trad. Sbeghen Ghisleni, Camila) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/901790/destaques-da-semana-edificios-como-identidade-achados-e-perdidos> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.