1. ArchDaily
  2. Supertall

Supertall: O mais recente de arquitetura e notícia

Maior arranha-céu da China será projetado pelo escritório americano Adrian Smith + Gordon Gill

O escritório de arquitetura Adrian Smith + Gordon Gill acaba de ser anunciado como o grande vencedor do concurso internacional para o masterplan de Shimao Longgang, o qual incluirá o projeto daquele que será o maior arranha-céu da China, com mais de 700 metros de altura. Mais conhecido como Shenzhen-Hong Kong International Center, o projeto será implantado entre dois parques da cidade, o Parque Longcheng e o Parque Nacional Dayun. O arranha-céu foi concebido para se tornar o mais novo ícone da cidade de Shenzhen.

Shenzhen-Hong Kong International Center. Imagem Cortesia de Adrian Smith + Gordon Gill ArchitectureShenzhen-Hong Kong International Center. Imagem Cortesia de Adrian Smith + Gordon Gill ArchitectureShenzhen-Hong Kong International Center. Imagem Cortesia de Adrian Smith + Gordon Gill ArchitectureShenzhen-Hong Kong International Center. Imagem Cortesia de Adrian Smith + Gordon Gill Architecture+ 5

EID Architecture projeta arranha-céu torcido em Fuzhou, na China

Os arquitetos do EID Architecture foram selecionados como um dos dois finalistas de um concurso internacional para projetar uma torre de 518 metros de altura em Fuzhou, na China. Localizada em um valioso terreno na orla do rio em Fuzhou, a Shimao North Riverfront Tower se tornará a peça central de um novo distrito de negócios da cidade. O projeto explora o que significam as torres super altas atualmente. Em contraste com outros edifícios em altura, a ideia deste marco é integrar arquitetura e engenharia para alcançar um nível de eficiência elevado.

Shimao Fuzhou Tower. Image Courtesy of EID ArchitectureShimao Fuzhou Tower. Image Courtesy of EID ArchitectureShimao Fuzhou Tower. Image Courtesy of EID ArchitectureShimao Fuzhou Tower. Image Courtesy of EID Architecture+ 23

Novas imagens mostram o progresso nas obras da torre mais alta de Istambul

Novas imagens da torre Çamlıca, projetada pelo escritório Melike Altinisik Architects, foram divulgadas. A nova torre de telecomunicações de mais de 360 metros de altura substituirá algumas antigas estruturas que estão desatualizadas e dará suporte para cerca de 125 transmissores de radiodifusão. Pensado para o Ministério de Transportes e Comunicação, o projeto está em construção e as novas fotografias mostram o processo. Quando concluída, a torre será o edifício mais alto de Istambul.

Çamlıca TV and Radio Tower. Image Courtesy of MIRÇamlıca TV and Radio Tower. Image Courtesy of MIRÇamlıca TV and Radio Tower. Image © Ege AcarÇamlıca TV and Radio Tower. Image Courtesy of MIR+ 9

UNStudio projeta torre em Dubai com uma das maiores fachadas cerâmicas do mundo

O escritório UNStudio, em colaboração com Werner Sobek, divulgou seu projeto para a Torre Wasl, um arranha-céu de 300 metros de altura em Dubai. Localizado ao longo da via principal que liga os Emirados de norte a sul, a Torre Wasl fica em frente ao Burj Khalifa e, assim que for concluída, contará com uma das fachadas cerâmicas mais altas do mundo.

Zaha Hadid Architects divulga projeto de arranha-céu de uso misto em Nova Iorque

Um arranha-céu de uso misto de 420 metros de altura, projetado por Zaha Hadid Architects, pode ser a próxima megaestrutura a ocupar o centro de Manhattan. Localizado no 666 Fifth Avenue entre as 52nd e 53rd Street, o projeto foi comissionado pela empresa Kushner Properties que, juntamente com a Vornado Realty Trustatualmente, é co-proprietária do edifício existente no local.

Com um custo estimado em US$ 12 bilhões, a empresa está atualmente negociando um acordo bilionário com a holding chinesa Anbang Insurance Group para financiar o projeto. Se os planos para comprar o prédio tiverem êxito, a Kushner dará início à construção da torre projetada por ZHA, que contará com unidades residenciais, um hotel de onze pavimentos e uma base comercial de 9 pavimentos.

Vanity Height: Qual é o Espaço Útil de um Arranha-Céu?

Com o crescimento populacional cada vez maior junto do contínuo desenvolvimento dos centros urbanos, é previsto que os edifícios, em geral, alcancem maiores alturas. Com a chegada do One World Trade Center em maio deste ano, o concurso mundial para construir as torres mais altas não parece estar diminuindo, especialmente na China e nos Emirados Árabes. A pergunta que intriga, no entanto, é quantos desses edifícios colossais possuem realmente um espaço útil?