O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. Vanity Height: Qual é o Espaço Útil de um Arranha-Céu?

Vanity Height: Qual é o Espaço Útil de um Arranha-Céu?

Vanity Height: Qual é o Espaço Útil de um Arranha-Céu?
Vanity Height: Qual é o Espaço Útil de um Arranha-Céu?, 1. Kingdom Tower / Adrian Smith + Gordon Gill Architecture. Image © Adrian Smith + Gordon Gill Architecture
1. Kingdom Tower / Adrian Smith + Gordon Gill Architecture. Image © Adrian Smith + Gordon Gill Architecture

Com o crescimento populacional cada vez maior junto do contínuo desenvolvimento dos centros urbanos, é previsto que os edifícios, em geral, alcancem maiores alturas. Com a chegada do One World Trade Center em maio deste ano, o concurso mundial para construir as torres mais altas não parece estar diminuindo, especialmente na China e nos Emirados Árabes. A pergunta que intriga, no entanto, é quantos desses edifícios colossais possuem realmente um espaço útil?

O Council on Tall Buildings and Urban Habitat (CTBUH), recentemente nomeou os  Best Tall Buildings for 2013, e publicou um artigo que aborda o conceito de Vanity Height, ou "a distância entre o pavimento mais alto ocupável de um arranha-céu e o topo de sua arquitetura". Os resultados demonstram que muitos destes edifícios são surpreendentemente desiguais entre o espaço habitável e o não ocupável.

Critério de Altura do CTBUH define um edifício como Supertall (Super Alto) se sua altura até o "topo da arquitetura" está acima de 300 m. Para contextualizar, o Empire State Building, por exemplo, possui 373 m. Já o Burj Khalifa, de Dubai, com 828 m de altura, está liderando a lista da Era do Megatall (Mega Alto). Conforme o CTBUH, em Julho de 2013, existiam apenas 73 edifícios supertall e 2 megatall.

Cortesia de CTBUH
Cortesia de CTBUH
Cortesia de CTBUH
Cortesia de CTBUH

Os dois edifícios mais altos de Dubai oferecem estatísticas interessantes. A Vanity Height total do Burj Khalifa é 244 m, que, por si só, ocuparia a 11ª colocação entre os edifícios mais altos da Europa. O Burj Al-Arab, por outro lado, tem "a maior proporção de Vanity Height para qualquer edifício supertall", com 124 m - (39%) de sua altura total de 321 m  - "dedicados ao espaço não-útil acima do piso mais alto ocupável". A altura média do Vanity Height nos Emirados Árabes é de 19%, tornando-se o país com os edifícios supertall mais inúteis. Nos EUA, o Bank of America, torre em Nova York, possui  plantas úteis até seus 235 m, deixando 131 m (ou 36%) não ocupáveis. O CTBUH prevê que, quando o One World Trade Center estiver completo em 2014, Nova York será o lar de três das dez maiores Vanity Heights do mundo.

Cortesia de Emporis
Cortesia de Emporis

Embora ainda não exista um edifício que atingiu a marca de 1000m, Emporis compilou uma lista dos dez maiores arranha-céus em construção. Três dos mais altos citados estão sendo construídos na China, enquanto dois outros (incluindo a Kingdom Tower que está prevista para atingir a marca de 1000m, e o Makkah Clock Royal Tower) estão na Arábia Saudita. Se os índices Vanity Height crescerão assim como os edifícios competem para ser o mais alto, será algo para assistir.

Visite um diagrama interativo que explora a história do Vanity Height feito pelo CTBUH. Você pode ler o artigo completo publicado pelo Conselho aqui (PDF).

Referências: CTBUH, Emporis

Ver a galeria completa

Sobre este autor
James Taylor-Foster
Autor
Cita: Taylor-Foster, James. "Vanity Height: Qual é o Espaço Útil de um Arranha-Céu?" [Vanity Height: How Much of a Skyscraper is Usable Space?] 10 Set 2013. ArchDaily Brasil. (Trad. Delaqua, Victor) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/140178/vanity-height-qual-e-o-espaco-util-de-um-arranha-ceu> ISSN 0719-8906