Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. One World Trade

One World Trade: O mais recente de arquitetura e notícia

Timelapse registra os 11 anos de construção do One World Trade Center

Em comemoração à inauguração do One World Observatory em Nova Iorque, a EarthCam publicou um vídeo em timelapse da construção do One World Trade Center. Milhares de imagens em alta resolução registram o processo de planejamento e construção desde outubro de 2004 até o dia de inauguração este ano. A câmara transporta o observador pelo terreno, mostrando como o edifício e seu entorno mudaram no decorrer destes últimos 11 anos.

Vídeo: One World Trade Center mostra timelapse dos 500 anos de história de Nova Iorque

Quando o One World Trade Center abrir seus elevadores panorâmicos em maio, os visitantes poderão embarcar em uma jornada de volta no tempo com um timelapse animado que recria a evolução do skyline de Manhattan desde o ano de 1500. Em apenas 47 segundos, os visitantes reviverão a história arquitetônica da cidade, incluindo os atentados de 11 de setembro, enquanto sobem 102 pavimentos. Assista ao vídeo acima, cortesia do New York Times.

Edifício One World Trade Center é inaugurado em Nova Iorque

O primeiro inquilino se mudou para o One World Trade Center, marcando a abertura oficial do (indiscutivelmente) edifício mais alto do hemisfério ocidental 13 anos após a tragédia de 11 de setembro. O "momento extraordinário aconteceu da forma mais comum possível", descreveu o New York Times, com os empregados da Conde Nast entrando pelo saguão de mármore branco (oriundo da mesma pedreira de onde viera o mármore das torres gêmeas) e se dirigindo diretamente aos elevadores para começar sua jornada de trabalho.

Ao longo dos anos, o arranha-céu de 104 pavimentos e 532 metros de altura projetado por Skidmore, Owings & Merrill LLP (SOM) foi o centro de diversos debates públicos. O mais recente foi uma discussão sobre se a estrutura espiralada de 408 pés (122 metros) deveria ou não ser considerada na altura total do edifício, que atinge a patriótica marca de 1776 pés.

Em defesa da vaidade dos edifícios em altura

Recentemente os editores do ArchDaily receberam um pedido interessante de um Diretor de Comunicações anônimo de uma empresa não identificada de Nova Iorque, dizendo: "Em seu relato, por favor não repitam como fato, ou como 'oficial', a opinião de que o One World Trade Center em Nova Iorque será o edifício mais alto dos Estados Unidos.” Ele ou ela continua, explicando que quem decidiu "anunciar" a edificação como a mais alta nos EUA, o Council on Tall Buildings and Urban Habitat (CTBUH), não é oficialmente aprovado pelo AIA ou pelo governo dos EUA, e que, mesmo que seu trabalho tenha sido benéfico para a arquitetura e para as cidades como um todo, seu critério de avaliação da altura das edificações possui falhas e tem sido criticados por muitos na indústria.

O desejo de se ter o maior edifício em uma cidade, país ou até do mundo se dá desde, pelo menos, o período medieval, onde famílias nobres de cidades italianas de colina como San Gimignano tentavam superar os esforços de construção de outras cidades (piadas sobre a natureza freudiana de tal competição não são, imagino, tão recentes). Talvez o maior símbolo do desejo disso seja a coroa decorativa do Chrysler Building, que foi desenvolvida em segredo e permitiu ao edifício receber brevemente o título de mais alto do mundo, para a surpresa e ira dos competidores em seu tempo.

Com este espírito competitivo, aparentemente, ainda muito vivo, pensei que poderia ser útil abordar a questão levantada pelo nosso amigo anônimo.

Parque Elevado Planejado para o World Trade Center

O "Segredo mais bem guardado" do World Trade Center foi revelado. Conforme relatado pelo New York Times, a Autoridade Portuária divulgou detalhes sobre o que será o "Parque Liberdade", um parque elevado do porte de um acre, levando 7,62 metros acima da Liberty Street no local do WTC. Planejado para ser concluído em 2015, o paisagístico terraço de 50 milhões dólares vai ligar o distrito financeiro com o Battery Park City, oferecendo uma vista panorâmica do National September 11 Memorial e servindo como um pátio para a nova Igreja Ortodoxa Grega de São Nicolau. Mais informações sobre o Liberty Park pode ser encontrada aqui.

Calatrava revela proposta para Igreja no Memorial 11 de setembro

O terreno no 11 de setembro tem passado por mudanças significativas na última década, desde o projeto de David Childs para o One World Trade Center até a PATH Station de Santiago Calatrava. Parece que a transformação do local continuará - Calatrava revelou recentemente imagens da nova Igreja Ortodoxa St. Nicholas, que será reconstruída adjacente à Liberty Street. As imagens, que mostram um projeto incomum para uma igreja Ortodoxa Cristã, já começou a atrair críticas sobre a construção de instituições religiosas próximas ao memorial.

Cortesia de Tribeca Citizen Cortesia de Tribeca Citizen Cortesia de Tribeca Citizen Cortesia de Tribeca Citizen + 10

Críticas de Banksy ao One World Trade

Em passagem por Nova Iorque, o artista britânico Banksy comentou que o One World Trade Center é a "maior monstruosidade" da cidade, descrevendo o projeto do SOM como um "arranha-céu envergonhado", um edifício que declara o fim dos "dias de glória" de Nova Iorque.

“Precisam colocar imediatamente um edifício melhor em frente a isto", disse Banksy. "...porque está em construção um sinal de quinhentos metros de altura que diz 'Nova Iorque - perdemos nossa coragem'."

As críticas contra o One World Trade não são novidade, muitos já criticaram o projeto por ser "sem graça" - uma versão piorada da proposta original de Daniel Libeskind.

Leia o artigo com a opinião de Banksy a seguir.

Vanity Height: Qual é o Espaço Útil de um Arranha-Céu?

Com o crescimento populacional cada vez maior junto do contínuo desenvolvimento dos centros urbanos, é previsto que os edifícios, em geral, alcancem maiores alturas. Com a chegada do One World Trade Center em maio deste ano, o concurso mundial para construir as torres mais altas não parece estar diminuindo, especialmente na China e nos Emirados Árabes. A pergunta que intriga, no entanto, é quantos desses edifícios colossais possuem realmente um espaço útil?

Vídeo: One World Trade Center chega ao topo

Atenção: Este vídeo pode causar vertigem.

Com a última parte do One World Trade Center colocada em sua posição - fazendo com que a estrutura atingisse patrióticos 1.776 pés de altura (cerca de 532 metros) - o Curbed NY registrou esta jornada, revelando vistas fascinantes - e um tanto nauseantes - de Manhattan.

Enquanto a cidade celebra o arranha-céu, um debate sobre se o cume de 122 metros de altura contará ou não na altura total do prédio acontece - e o veredito pode ou não render à construção o título de edifício mais alto do hemisfério oeste. Embora a Port Authority argumente que o cume (que também serve de antena de rádio) seja um equipamento de telecomunicações e, portanto, não deve contar na altura total do edifício, o Council on Tall Buildings and Urban Habitat tomará uma decisão apenas em outubro.

One World Trade Center logo atingirá 542 metros

Após as condições climáticas não terem colaborado, as duas partes finais da Freedom Tower foram erguidas até o topo do One World Trade Center. A construção da gigantesca torre espiralada de 758 toneladas, 125 metros, fruto de um empreendimento conjunto de empresas Estadunidenses e Canadenses, começou em dezembro de 2012, quando 18 peças separadas foram enviadas à Manhattan do Canada e de New Jersey. Essa adição final, que inclui a antena de aço, significa que a altura do edifício logo ultrapassará os 417 metros e atingirá os 542 metros, uma vez que os segmentos estarão permanentemente instalados dentro das próximas semanas. No entanto, não é dado como certo que o edifício será oficialmente o mais alto dos Estados Unidos.

Leia mais na continuação.