Victor Delaqua

Formado pela UFSC, também estudou na FAUUSP e Universidade Politécnica de Valência (Espanha). Colaborador do ArchDaily desde 2012, hoje faz a curadoria de projetos internacionais do ArchDaily Brasil e é editor de diversos artigos. Como arquiteto, atua na área de projetos expositivos, como a 33a Bienal de Artes de São Paulo.

NAVEGUE POR TODOS OS PROJETOS DESTE AUTOR

Como guardar a bicicleta em pequenos espaços?

Sant Antoni Apartment / CaSa - Colombo and Serboli Architecture. Foto: © Roberto Ruiz
Sant Antoni Apartment / CaSa - Colombo and Serboli Architecture. Foto: © Roberto Ruiz

Há alguns anos, a bicicleta era vista mais como uma opção de lazer e esporte em grandes cidades brasileiras. Hoje, diante da crise climática, o preço da gasolina e com planejamentos mais amigáveis aos ciclistas (mesmo que longe do ideal), a magrela tem ganhado cada vez mais destaque e se tornado uma opção de transporte para a população. No entanto, sabemos que nem sempre é fácil achar um cantinho para guardar ela no nosso lar. Por isso, no Dia Mundial da Bicicleta, apresentamos algumas possibilidades para você.

Como guardar a bicicleta em pequenos espaços?Como guardar a bicicleta em pequenos espaços?Como guardar a bicicleta em pequenos espaços?Como guardar a bicicleta em pequenos espaços?+ 9

Quando o arquiteto desenha para comunidades: 9 equipamentos culturais

Galeria Babilônia 1500 / Rua Arquitetos. Foto: © Damien Jacob
Galeria Babilônia 1500 / Rua Arquitetos. Foto: © Damien Jacob

Um programa de caráter público cumpre diversas funções que além de aprimorar a dinâmica social do entorno, pode ser um importante fator para aumentar a sensação de pertencimento, a oferta de empregos e serviços, e a qualidade de vida no espaço. Por isso, após apresentar projetos habitacionais populares desenvolvidos em comunidades brasileiras, buscamos por equipamentos culturais que ocupam zonas rurais e urbanas menos privilegiadas em questões de infraestrutura.

Quando o arquiteto desenha para comunidades: 9 equipamentos culturaisQuando o arquiteto desenha para comunidades: 9 equipamentos culturaisQuando o arquiteto desenha para comunidades: 9 equipamentos culturaisQuando o arquiteto desenha para comunidades: 9 equipamentos culturais+ 28

Espaços queer e um caminho de outras possibilidades na arquitetura: entrevista com Adam Nathaniel Furman

© Kaoru Yamada
© Kaoru Yamada

"Crescer sendo queer significa experimentar a desestabilizadora ausência de uma história queer ampla e acessível, principalmente em relação ao pensamento espacial". Este relato é o que intrigou o designer Adam Nathaniel Furman e o historiador de arquitetura Joshua Mardell a reunir uma comunidade de colaboradores para apresentar novas perspectivas ao campo da arquitetura. A partir de histórias de espaços que desafiam a moral cis-heteronormativa e abrigam pessoas que buscam viver suas próprias verdades, surgiu o livro intitulado "Queer Spaces: An Atlas of LGBTQIA+ Places and Stories", o qual explora distintos contextos sociais, políticos e geográficos da comunidade LGBTQIA+.

Espaços queer e um caminho de outras possibilidades na arquitetura: entrevista com Adam Nathaniel FurmanEspaços queer e um caminho de outras possibilidades na arquitetura: entrevista com Adam Nathaniel FurmanEspaços queer e um caminho de outras possibilidades na arquitetura: entrevista com Adam Nathaniel FurmanEspaços queer e um caminho de outras possibilidades na arquitetura: entrevista com Adam Nathaniel Furman+ 21

O passado ditará a estética do futuro?

A atual produção arquitetônica enfrenta diversos paradigmas e um deles é o estético. Num cenário de constantes incertezas, edifícios com projeções, hologramas ou completamente automativos que a ficção científica tanto deslumbrou, assim como a própria tecnologia aponta como uma possibilidade porvir, parecem cada vez mais distantes da realidade. Hoje, a busca por uma maior identificação com o espaço construído tem sido ampliada ao invés de idealizar o novo pelo novo. Por isso, olhar para o passado tem apresentado diferentes perspectivas e é nessa mirada que talvez possamos imaginar uma nova estética futurística. 

Escadas com jardim: um paisagismo oportuno

Casa Estreita de Tijolos / Srijit Srinivas - ARCHITECTS. Foto: © Justin Sebastian
Casa Estreita de Tijolos / Srijit Srinivas - ARCHITECTS. Foto: © Justin Sebastian

De papel relevante na composição espacial, as escadas podem gerar dinamismo no espaço e trazer o movimento do corpo para a arquitetura. Em alguns projetos, elas ganham um destaque ainda maior ao serem acompanhadas por um desenho paisagístico, que traz o verde para os interiores e transforma o modo como percebemos o espaço ao mesmo tempo que brinda diversas vantagens para o usuário.

Escadas com jardim: um paisagismo oportunoEscadas com jardim: um paisagismo oportunoEscadas com jardim: um paisagismo oportunoEscadas com jardim: um paisagismo oportuno+ 20

Quão pequena uma moradia pode ser? Uma visita às menores casas do mundo

O abrigo é uma questão primordial na Arquitetura. As formas de habitar e se relacionar com o espaço no qual vivemos cotidianamente é uma eterna discussão da disciplina que se propõe a trazer uma melhor qualidade de vida, mas também inovar nas questões do morar. Ao agregar outras camadas como especulação imobiliária, uma grande densidade habitacional em centros urbanos, a busca pelo nomadismo ou, até mesmo, a mera vontade de seguir uma tendência, o debate em torno das casas de pequena escala estão cada vez mais presentes. Com isso, nos perguntamos, qual o mínimo de área necessária para viver?

Quão pequena uma moradia pode ser? Uma visita às menores casas do mundoQuão pequena uma moradia pode ser? Uma visita às menores casas do mundoQuão pequena uma moradia pode ser? Uma visita às menores casas do mundoQuão pequena uma moradia pode ser? Uma visita às menores casas do mundo+ 28

De Lina Bo Bardi a Renzo Piano: quando o desenho traduz a vivência do espaço

© Mikkel Frost
© Mikkel Frost

Se hoje as tecnologias despontam para diversas formas de representação e interação com o desenho, compreender como os arquitetos se comunicam através dos traços realizados à mão pode ser fundamental para se aprofundar no tema da visualização arquitetônica. Através da simplicidade dos gestos, pequenos textos ou uma colagem de referências, é possível traduzir ideias de forma inovadora, diferentemente dos modos que um render pode apresentar. Por isso, evidenciamos aqui o trabalho de grandes nomes como Lina Bo Bardi, Renzo Piano, Pezo von Ellrichshausen e Mikkel Frost, que a partir de diferentes técnicas revelam distintos modos de representar um projeto.

De Lina Bo Bardi a Renzo Piano: quando o desenho traduz a vivência do espaçoDe Lina Bo Bardi a Renzo Piano: quando o desenho traduz a vivência do espaçoDe Lina Bo Bardi a Renzo Piano: quando o desenho traduz a vivência do espaçoDe Lina Bo Bardi a Renzo Piano: quando o desenho traduz a vivência do espaço+ 17

Centro de Educação e Interpretação Ambiental da Paisagem Protegida do Corno de Bico / Atelier da Bouça

Centro de Educação e Interpretação Ambiental da Paisagem Protegida do Corno de Bico / Atelier da BouçaCentro de Educação e Interpretação Ambiental da Paisagem Protegida do Corno de Bico / Atelier da BouçaCentro de Educação e Interpretação Ambiental da Paisagem Protegida do Corno de Bico / Atelier da BouçaCentro de Educação e Interpretação Ambiental da Paisagem Protegida do Corno de Bico / Atelier da Bouça+ 12

Paredes de Coura, Portugal

A importância das paletas de cores em um projeto de arquitetura

Além do conforto térmico, acústico e lumínico, as cores são fatores que influenciam a sensação que sentimos ao estar num ambiente e tornam-se um forte dispositivo para influenciar o comportamento do usuário.

Muito além de preferências estéticas, o uso de determinadas cores podem trazer diferentes significados que abrangem outros campos como a psicologia ou simbologia. Portanto, é sabido que uma cor não depende apenas da luz e do ambiente, mas também da percepção que temos dela. O alemão Johann Wolfgang Von Goethe, que se aprofundou no estudo da Teoria das Cores, aponta que a identificação dos tons é subjetivo, mas os efeitos são universais. Como exemplo, as cores quentes (vermelho, amarelo e laranja) são mais dinâmicas e causam sensações de conforto e estímulo nas pessoas, já as cores frias (verde, roxo e azul) possuem um efeito mais suave, acalmante e estático.  Sendo assim, criar uma paleta de cores é uma possibilidade de gerar diferentes sensações na percepção do espaço.

A importância das paletas de cores em um projeto de arquiteturaA importância das paletas de cores em um projeto de arquiteturaA importância das paletas de cores em um projeto de arquiteturaA importância das paletas de cores em um projeto de arquitetura+ 18

Arquitetura: "Por que estamos tão insatisfeitos com a profissão?"

A arquitetura traz em si um forte arquétipo, no qual o propósito parece ser maior do que ela mesma. Floreada por uma imagem poética, seus profissionais refletem o símbolo de grandes inventores, que concebem o espaço e fundam novas formas de viver na sociedade. Sem dúvidas um ofício sedutor e que, certamente, influencia o cotidiano de qualquer cultura. No entanto, é cada vez mais marcada por ilusões e desapontamentos, num mercado que parece paulatinamente se distanciar da teoria e se fechar nos nichos que ele mesmo cria. Sob uma competição cada vez maior, sem resultar numa qualidade significativa do que é produzido, trabalhar com arquitetura se reflete gradualmente em frustrações e insegurança. 

O que podemos aprender sobre Carbono Zero com a obra de Lelé?

A política do Carbono Zero tem como intuito criar uma espécie de balança ecológica para neutralizar a emissão de gases do efeito estufa. Diversos estudos relatam que o setor da construção civil é um um dos principais responsáveis pelo desequilíbrio no qual nos encontramos atualmente, afinal, consome recursos naturais em escala gigantesca e ainda constrói edifícios que não colaboram com a manutenção do meio ambiente. Sendo assim, buscar por caminhos para uma arquitetura neutra em carbono se tornou fundamental e um deles está em aprender com mestres do passado, como o arquiteto brasileiro João Filgueiras Lima, o Lelé.

O que podemos aprender sobre Carbono Zero com a obra de Lelé?O que podemos aprender sobre Carbono Zero com a obra de Lelé?O que podemos aprender sobre Carbono Zero com a obra de Lelé?O que podemos aprender sobre Carbono Zero com a obra de Lelé?+ 13

Inspirado pela natureza: conhecendo a obra do Atelier Marko Brajovic

Com sede na cidade de São Paulo, o Atelier Marko Brajovic foi fundado em 2006 pelo arquiteto Marko Brajovic. Com uma prática multidisciplinar, a ideia do híbrido se manifesta como norte conceitual do escritório que atua em diversas frentes: arquitetura, cenografia, expografia, direção criativa, design de interiores e produtos. Com uma linguagem vasta que explora diferentes áreas, formatos e estéticas, seus projetos são, sobretudo, reconhecidos por romper com o cânone moderno e buscar soluções na natureza.

Inspirado pela natureza: conhecendo a obra do Atelier Marko BrajovicInspirado pela natureza: conhecendo a obra do Atelier Marko BrajovicInspirado pela natureza: conhecendo a obra do Atelier Marko BrajovicInspirado pela natureza: conhecendo a obra do Atelier Marko Brajovic+ 11

Guia arquitetônico e de exposições para compreender a Semana da Arte Moderna

As celebrações do centenário da Semana da Arte Moderna já começaram. Durante a última semana, artigos e matérias jornalísticas sobre o tema estamparam as mais distintas mídias. Afinal, há cem anos um grupo de artistas se reunia por uma arte que mirava no futuro e se colocava contra o passado, propondo uma nova forma de explorar a brasilidade na música, poesia, pintura e dança. Para compreender como o evento influenciou novos rumos na cultura brasileira e segue importante ainda hoje, reunimos diversos espaços que exaltam a Semana de 22 em um guia para você!

"Imagens falam a verdade do autor": nos bastidores com Pablo Casals Aguirre

Imagens falam a verdade do autor: nos bastidores com Pablo Casals AguirreImagens falam a verdade do autor: nos bastidores com Pablo Casals AguirreImagens falam a verdade do autor: nos bastidores com Pablo Casals AguirreImagens falam a verdade do autor: nos bastidores com Pablo Casals Aguirre+ 50

Neste episódio de "Nos Bastidores", onde mostramos o trabalho de fotógrafos visionários e perguntamos sobre suas experiências além do que é visto pelo público, apresentamos Pablo Casals-Aguirre, arquiteto, professor, fotógrafo e cineasta baseado em Santiago, Chile. Aqui, ele compartilha sua metodologia, desenvolvida a partir de referências do cinema, e destaca suas intenções de traduzir as obras arquitetônicas em imagens - sejam elas fixas ou em movimento.

Os melhores trabalhos de conclusão de curso em 2021

Anualmente, realizamos uma chamada de trabalhos finais de graduação do nosso público aberta a todos os países lusófonos. Com isso, buscamos selecionar os projetos que consideramos os mais interessantes a fim de apresentar visões inspiradoras e debates para o campo da arquitetura e do urbanismo.

Estúdio 4x4 / Teresa Mascaro

Estúdio 4x4 / Teresa MascaroEstúdio 4x4 / Teresa MascaroEstúdio 4x4 / Teresa MascaroEstúdio 4x4 / Teresa Mascaro+ 22

Carapicuíba, Brasil
  • Arquitetos: Teresa Mascaro
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área :  18
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano :  2013